“Não vai ter golpe”, gritam manifestantes pró-governo em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 18 mar 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_1320

Nesta sexta-feira (18), foi a vez dos manifestantes pró-governo do Partido dos Trabalhadores irem às ruas. Como aconteceu em todo o país, os apoiadores da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula repudiaram o que chamam de “golpe contra a democracia”. O número de pessoas no movimento ainda não foi divulgado pela organização ou Polícia Militar.

A mobilização em Conquista começou às 17 horas, com concentração na Praça Sá Barreto (próximo ao antigo Clube Social). De lá, os manifestantes seguiram em direção ao centro da cidade, passando por ruas do comércio e finalizando no terminal de ônibus da Av. Lauro de Freitas. Em um momento inicial da caminhada, os manifestantes se concentraram na porta da TV Sudoeste, filiada da Rede Globo, e gritaram “O povo não é bobo, abaixo a Rede Globo”. No entanto, a frase de efeito mais ouvida durante todo o percurso foi “Não vai ter golpe”.

“Somos a favor do Brasil. A bandeira verde-amarela é nossa também. Somos contra a corrupção. Mas nós somos contra qualquer tipo de Justiça seletiva, qualquer mídia seletiva, que descriminaliza os movimentos sociais e os partidos de esquerda. Então, nossa vinda hoje à rua é para mostrar que também temos indignações, mas não as demonstramos com ódio ou repulsa”, afirmou o presidente do PT de Conquista, Rudival Maturano.

Sobre o número de participantes no ato, o petista preferiu não fazer cálculos prematuramente, mas disse que a adesão foi “surpreendente”. “Nós estamos no meio de semana, no horário de pico e vendo uma grande movimentação. Se o movimento da gente fosse no sábado, com certeza teria triplicado [o número de participantes]. Mas, na comparação de forças [com o movimento da oposição, ocorrido no dia 13 deste mês], acho que seja igual”.

 

Os comentários estão encerrados.