Nota do presidente Temer sobre as manifestações no Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 29 abr 2017

Tags:, , ,

da Redação

As manifestações no Brasil foram marcadas pela baderna e piquetes para forçar as paralisações. O projeto político da esquerda radical foi derrotado nas últimas eleições, e o povo brasileiro apoiou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

O Brasil precisa avançar. Enquanto a França possui apenas 16 sindicatos – o Brasil possui 17 mil. Isto significa atraso e não deverá prosperar a desordem como forma de recuperar o grande prejuízo causado a Pátria pelo PT e partidos aliados.

Confira a nota oficial do presidente Michel Temer:

As manifestações políticas convocadas para esta sexta-feira ocorreram livremente em todo país. Houve a mais ampla garantia ao direito de expressão, mesmo nas menores aglomerações.

Infelizmente, pequenos grupos bloquearam rodovias e avenidas para impedir o direito de ir e vir do cidadão, que acabou impossibilitado de chegar ao seu local de trabalho ou de transitar livremente. Fatos isolados de violência também foram registrados, como os lamentáveis e graves incidentes ocorridos no Rio de Janeiro.

O governo federal reafirma seu compromisso com a democracia e com as instituições brasileiras. O trabalho em prol da modernização da legislação nacional continuará, com debate amplo e franco, realizado na arena adequada para essa discussão, que é o Congresso Nacional.

De forma ordeira e obstinada, o trabalhador brasileiro luta intensamente nos últimos meses para superar a maior recessão econômica que o país já enfrentou em sua história.

A esse esforço se somam todas as ações do governo, que acredita na força da unidade de nosso país para vencer a crise que herdamos e trazer o Brasil de volta aos trilhos do desenvolvimento social e do crescimento econômico.

Michel Temer
Presidente da República

Os comentários estão encerrados.