“O homem perdeu o endereço de Deus ”

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura | Data: 18 set 2015

Tags:, ,

Por Alberto David

Alberto-David8O homem perdeu o rumo é como se estivesse num mar aberto   sem noção para aonde ir, é o caos da criatura humana; nem depois de tantas instruções do próprio cristo que veio ao mundo em carne viva para ser crucificado numa Cruz para dizer do seu Amor e morrer por nós o homem desce ao último degrau da moral e dos bons costumes. É a filosofia do ter e mais nada vale. Vale sim as suas mansões, o ouro e os seus haréns. Vivem para isso. Jesus já dizia dos pobres de espíritos o que coaduna muito bem a força de expressão do ensinamento do Mestre. O mundo inflama e os valores, princípios a ética caem por terra. O homem perdeu o endereço …

A concorrência dos países, a crueldade e a disputa insana qual o melhor Deus… E por isso matam, destrói cidades e o mundo vai perdendo também a memória, sua arte. É a estupidez da guerra.  É o fim do mundo! Não. É a moral comprometida, aonde se pode tudo. Onde todo tem um preço. O que o Cristo nos deixa é uma maneira tão fácil de se entender sem complexidades, a começar pelas boas ações, riqueza maior de todas. Buscando e agradecendo ao pai por tantas belezas que aqui deixou, tantas coisas maravilhosas, que o homem não dá atenção. O mundo é feliz, sim; quantos de nós temos esta oportunidade, da vida e jogamos fora, com tanta insensatez, Jesus nunca pregou a tristeza ele se fez dor para que nós pudéssemos ser felizes e que alegria reinasse em nossos corações. A dor faz parte. Nós é que somos responsáveis por ela, se é que ela existe? O bom remédio é aquele que é amargo não é mesmo. Não se pensa torto. Se pensa com Jesus. O homem perdeu o endereço …ah!  As vaidades.

“O mundo está perdido” frase tão popular que escutamos de nossos avós!  Hoje, eu, neto digo no mesmo tom “ O mundo está perdido” para quem perdeu nos caminhos largos da vida.  Nos países onde impera o islamismo, na jovem muçulmana, aprisionada, chicoteada, naquele que ajunta riquezas na terra, das ostentações diferentemente de Jesus que pregou a humildade, da depressão que se alastra ceifando vidas, depressão oriunda da falta de amor a si mesmo, das pornografias ao alcance visual das crianças, maus tratos aos animais, da justiça ainda vendada quanto programações da televisão brasileira que não fazem os cortes necessários, quanto precisos.

Os comentários estão encerrados.