O PT em 20 anos quebrou a Emurc, e vendeu parte do patrimônio da empresa

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 12 dez 2016

Tags:, , ,

da Redação

Foto: Ascom/Prefeitura

A Emurc – Empresa Municipal de Urbanização de Vitória da Conquista, criada na administração Raul Ferraz (77/82), na atualidade, com uma dívida com impostos na ordem de R$ 20 milhões, não mereceu ao longo de 20 anos uma atenção das administrações de Guilherme Menezes e José Raimundo Fontes, ambos do PT. Parte da dívida foi refinanciada e paga até julho/2016, e outra parte para refinanciar. Existe um atraso de pagamento das parcelas acordadas com os credores.

Desmonte

smed

O prédio da Secretaria de Educação (foto) que pertencia a Emurc, foi desapropriado pela prefeitura pelo valor de R$ 3,5  milhões, com a finalidade de capitalizar a empresa municipal. O terreno,  área que integrava o patrimônio do órgão, anexo ao mesmo prédio, foi vendido em 2015 para particulares por R$ 3,9 milhões.

A operação desmonte da Emurc foi feita sem publicidade. Não interessava a administração municipal divulgar para a comunidade algo que representaria grande desgaste ao governo municipal.

Plano 

No início da administração Guilherme Menezes (1997), a Emurc  dava sinais que uma boa gestão tiraria a empresa do vermelho. Em 1999, o então presidente Wilton Cunha, apresentou um plano viável de recuperação, e não conseguia esconder o seu entusiasmo pela preservação e recuperação da empresa. Cunha logo teve uma grande frustração porque o prefeito Guilherme Menezes não autorizou que o plano fosse executado.

Restauração

Durante a campanha política, o candidato, hoje prefeito eleito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), destacou que a recuperação da Emurc seria uma das suas prioridades. Gusmão que anunciou também que a Emurc voltaria a funcionar no seu prédio, recebeu com surpresa que a administração petista vendeu parte do patrimônio, inclusive o prédio da empresa. “A Emurc sempre teve grande importância para a vida de nossa terra. Vamos avaliar o estrago petista, e introduzir um plano de gestão inovador para tentarmos salvar a empresa. Precisamos da Emurc revigorada”, disse Herzem.

 

Os comentários estão encerrados.