Orquestra Sinfônica da Bahia realiza live no YouTube para celebrar o Dia da Amizade

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Cultura, Geral | Data: 26 jul 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Fonte: Ascom/Osba

Depois de ter lançado um vídeo em homenagem ao Dia do Amigo, comemorado em 20 de julho, a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) se prepara para realizar o Concerto da Amizade, no dia 30 de julho (sexta-feira), quando é celebrado o Dia Internacional da Amizade, em uma live que traz um programa dedicado ao tema da amizade. O concerto ao vivo, que poderá ser visto no canal da Osba no YouTube, terá regência do maestro Carlos Prazeres e será transmitido diretamente da Sala Principal do Teatro Castro Alves, às 19h30. A live não ficará salva no YouTube, ou seja, só poderá ser assistida no horário que será transmitida ao vivo.

Carlos Prazeres, Diretor Artístico e regente titular da Osba, tem a intenção de convidar o público a refletir sobre a importância dos amigos em suas vidas, principalmente em momentos tão difíceis de isolamento social devido à pandemia do Coronavírus, que nos deixou distantes da rede de apoio que, em muitos casos, é composta de amigos.

“Eu, que moro longe da minha família, assim como muitas pessoas, tive em meus amigos aqui na Bahia a força que eu precisava para passar por esta pandemia. Os amigos são nossos alicerces, os amigos perpassam o tempo e cumprem um importante papel de incentivadores e companheiros. Por isso, estou propondo toda essa celebração à amizade”, afirma Carlos Prazeres.

A ideia é que a live traga essa reflexão acerca do cultivo de amizades e reaproxime as pessoas através da música. Por isso, o repertório do concerto traz as obras “Roda de Amigos”, do compositor brasileiro César GUERRA-PEIXE (1914-1993), em quatro movimentos, sendo o primeiro “O Rabugento”, o segundo “O Teimoso”; o terceiro “O Melancólico” e o quarto “O Travesso”. Também faz parte do programa a “Serenata para cordas, Op. 22”, do compositor checo Antonín DVOŘÁK (1841-1904). Por fim, a OSBA irá interpretar novamente uma versão, com arranjos de Jean Marques, da “Canção da América”, composição de Milton Nascimento e Fernando Brant (1946-2015), que tem sido considerada um “hino” da amizade por várias gerações.

A Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba), criada em 30 de setembro de 1982, é um corpo artístico do Teatro Castro Alves e que teve seu processo de publicização consolidado em abril de 2017. Desde então, a Associação Amigos do Teatro Castro Alves (ATCA) – entidade sem fins lucrativos qualificada como Organização Social (OS) – realiza a gestão da Osba, que permanece como corpo artístico público, sendo mantida com recursos diretos do Governo do Estado da Bahia, através da sua Secretaria de Cultura (SecultBA).

Os comentários estão encerrados.