Parabólica

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 22 out 2013

Tags:, ,

Vixe!

PARABÓLICA22111111111212164111211111O senador Pedro Taques (PDT) detonou: “Costuma-se dizer que há três razões para um partido ocupar um ministério. Primeiro, para ROUBAR. Segundo, para aparelhar a máquina com seus apaniguados. Em terceiro lugar, para concretizar políticas publicas” .

Vixe!  II

“Quero que o PDT saia do Ministério do Trabalho”, disse Taques. E continuou:  “Para apoiar projetos bons, não é preciso ocupar cargos. Vou requerer a inclusão do tema na pauta da Executiva.” O senador pertenceu ao Ministério Público Federal e acha que já não há justificativas para a permanência do PDT no governo Dilma.

 Oposição unida

Na Tribuna da Bahia o pré-candidato ao governo da Bahia, Geddel Vieira Lima foi claro: (…) “Estou motivado, quero trabalhar para ser o candidato,  mas se não for o meu nome vou apoiar outro, como se eu fosse o candidato. Não tenho problema com Paulo Souto, como alguns querem colocar. Se ele quiser ser candidato não precisa nem me avisar, basta chegar numa coletiva e anunciar que eu o apoiarei”, enfatizou.

 Candidato

Políticos e analistas atestam que o candidato do governador Jaques Wagner será mesmo o secretário Rui Costa (PT). Sergio Gabrieli e Walter Pinheiro ainda são nomes no páreo, mas com poucas chances.

 Candidato II

Jorge Solla (Secretário de Saúde) e Guilherme Menezes (Prefeito de Vitória da Conquista) estão com os seus aliados trabalhando para inclusão dos seus nomes no tabuleiro da sucessão. O primeiro destruiu a Saúde na Bahia. O segundo tem péssimo desempenho na Educação, Saúde e Transporte que são  fatores que não credenciam o gestor de Vitória da Conquista a esse salto. Será um prato cheio para a oposição.

Candidato III

Por conta da ânsia de alcançar o Palácio de Ondina, os dois, Solla e Menezes, segundo os bastidores, andaram trocando algumas farpas. Será? Na dúvida merece uma manifestação da dupla, espécie de desmentido já que  sempre andaram juntos.

 

Os comentários estão encerrados.