PF aponta superfaturamento de quase R$ 1 bilhão em dez aeroportos

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 01 fev 2010

do G1

Reportagem do jornal ‘O Estado de S. Paulo’ deste domingo (31) cita relatório da Polícia Federal sobre a operação ‘Caixa Preta’ que aponta superfaturamento de R$ 991,8 milhões nas obras de dez aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero): Corumbá, Congonhas, Guarulhos, Brasília, Goiânia, Cuiabá, Macapá, Uberlândia, Vitória e Santos Dumont.

Segundo o jornal, todas as obras foram contratadas durante o primeiro mandato do governo Luiz Inácio Lula da Silva, entre 2003 e 2006. O texto cita que os desvios teriam sido arquitetados pela cúpula da estatal na administração Carlos Wilson, que presidiu a Infraero naquele período.

Ex-deputado, ex-senador e ex-governador de Pernambuco (1990), Carlos Wilson foi filiado à antiga Arena, ao PMDB, ao PSDB, ao PTB e, por último, ao PT. Ele morreu em abril de 2009, aos 59 anos, vítima de câncer.

A reportagem diz que o relatório da PF detalha, em 188 páginas, a operação de um ‘um seleto e ajustado grupo’ de 18 empreiteiras. Segundo o jornal, 52 pessoas, entre ex-dirigentes e funcionários da Infraero, empresários, projetistas e fiscais são acusados dos seguintes crimes: formação de quadrilha, peculato (crime contra a administração pública), corrupção ativa e passiva, crimes contra a ordem econômica e fraude em licitações.

Entre as irregularidades apontadas pela polícia no inquérito, de acordo com o texto, estão manobras da direção da estatal, como a contratação de uma mesma empresa para executar diferentes obras no aeroporto, formação de cartel entre as empresas para prejudicar concorrentes e mudanças de regras durante a licitação.

O jornal cita uma manifestação da Infraero em que a estatal diz que colabora com as investigações por ser interessada na apuração dos fatos e afirma ser gerida com transparência. As informações são do G1.

Os comentários estão encerrados.