PMs serão alvo de sindicância por imagem em que aparecem ao lado do corpo do acusado de chefiar assaltos a banco na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia | Data: 12 nov 2013

Tags:, ,

por Paulo Anderson Rocha

Para quem navega na internet, em sites e blogs de notícias e até mesmo nas redes sociais, não é difícil ter visto uma imagem que retrata um grupo de policiais militares, em operação na cidade de Bonito, posando para foto ao lado do corpo do homem identificado como ‘Coninho’, apontado como chefe da quadrilha que praticava assaltos a banco na região de Mucugê, morto no último domingo em confronto com a polícia.

Pois essa imagem será motivo de sindicância por parte da Corregedoria da Polícia Militar do Estado da Bahia. De acordo com nota da Corporação enviada em resposta ao site Bahia Notícias, a Polícia Militar sinaliza que não deixará o fato cair no esquecimento.

Ainda de acordo com informações do site, a imagem também chamou a atenção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e a instituição dele levar o caso para ser discutido na plenária da Ordem.

Eduardo Rodrigues , vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-BA, diz que a imagem traduz uma falta às regras de convivência em um Estado de Direito. “Não é porque o sujeito está morto que se tem o direito de desrespeitar o corpo dele, além de seus familiares” diz o advogado. E mais: “a polícia também não pode usar o corpo de alguém como um troféu”.

O texto ainda ressalta que a imagem aparece na semana seguinte ao lançamento da 7ª Edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que aponta a Bahia como o estado que mais mata no país, e, ainda assim, com o maior grau de confiança da população para com a polícia, entre todos os estados do país, com índices de 54% de baianos que confiam na polícia militar e 50% na polícia civil.

Os comentários estão encerrados.