Polícia Civil dá detalhes sobre a prisão do Pastor Edimar

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia | Data: 27 jan 2016

Tags:, , , , ,

Da Redação
foto: Rafael Gusmão

DSC_0668

Durante a entrevista realizada a manhã de hoje (27), a Polícia Civil deu detalhes sobre a prisão do pastor Edimar. Segundo o delegado Marcus Vinícius, responsável pela operação, Edimar Brito foi encontrado na casa de um parente, após conferência de algumas denúncias. O delegado contou que ele e a sua equipe saíram de Vitória da Conquista às 3 horas da manhã dessa terça e percorreram mais de 800 km até encontrar o pastor.

O delegado afirmou que além dos recursos de inteligência da polícia, a colaboração da população foi essencial para efetuar a prisão de Edimar. “Nós verificamos cada denúncia chegou à Polícia Civil, realmente todas foram verídicas, a população levou muito a sério esse caso, não fez denúncias falsas, e coroamos com êxito o cumprimento da prisão preventiva que foi decretada pela Vara do Júri”, declarou Marcus Vinícius.

O delegado informou que após localizar Edimar, ele ainda conseguiu fugir, já que o acesso à fazenda que ele estava é muito difícil. Mas diante do cerco, o acusado decidiu se entregar na presença do seu advogado. Durante os sete dias em que esteve foragido, Edimar contou com a ajuda de várias pessoas. “Ele é muito conhecido e querido por várias pessoas. Ele acabou ludibriando essas pessoas que o ajudaram. Aqueles que o ajudaram de má fé, sabendo que ele tinha envolvimento com o crime e tentaram protegê-lo vão responder também criminalmente”, afirmou o delegado.

Para a polícia, o duplo homicídio está elucidado, precisando apenas fechar alguns detalhes do inquérito, por ser um caso muito complexo, com muitas vítimas e muitos autores, apesar de Edimar não ter confessado a autoria. “Diante dos interrogatórios e acariações, nós pretendemos provar cabalmente o evolvimento do mesmo. Os indícios são muito grandes, tendo em vista que os co-autores o denunciam e uma das vítimas também o denuncia”, ressaltou Marcus Vinícius. Assim, os três acusados serão indiciados, a princípio, por duplo homicídio.

Os comentários estão encerrados.