Polícia Civil lança Disque Denúncia para crimes contra crianças e adolescentes em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Polícia, Vit. da Conquista | Data: 21 nov 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Secom/PMVC

A Polícia Civil de Vitória da Conquista, com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, disponibiliza a partir desta quarta (20) um número de telefone celular exclusivo para atender a denúncias de crimes contra crianças e adolescentes. Além da ligação, os denunciantes também poderão utilizar aplicativo de mensagens (WhatsApp) para fazer contato com a delegacia.

Abuso físico, abuso sexual, violência doméstica e crimes cibernéticos são os principais tipos de violações de direitos das crianças e adolescentes e poderão ser denunciados pelo telefone. O Disque Denúncia é o (77) 98856 4466.

De acordo com a delegada Rosilene Correa, do Núcleo da Criança e do Adolescente da Polícia Civil de Vitória da Conquista, o número facilita o contato com as autoridades policiais, principalmente para os moradores da zona rural da cidade. “Todas as pessoas que tiverem conhecimento de alguma criança ou adolescente vítima de violência podem denunciar. Gostaríamos que as pessoas entrassem nessa luta com a gente, pela proteção e prevenção, para que a delegacia consiga identificar e responsabilizar os agressores”, destacou.

Representando a vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Social, o diretor de Assistência Social, Michael Farias, parabenizou a iniciativa da Polícia. “Temos feito todo o esforço necessário para que pautas como essa sejam prioridades. O dia de hoje é simbólico, mas isso reforça um compromisso de todos os que se envolveram, materializa o fortalecimento da rede de proteção à criança e ao adolescente. Um canal como o Disque Denúncia potencializa os instrumentos de proteção que já existem”, afirmou.

Segundo dados do Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, 17.093 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes foram registrados em todo o país somente em 2018. A Bahia aparece na quarta posição com 950 denúncias, atrás somente de São Paulo (2.810), Minas Gerais (1.776) e Rio de Janeiro (1.498).


Os comentários estão encerrados.