Polícia Rodoviária Federal realiza Operação Proclamação da República

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia, transporte | Data: 13 nov 2013

Tags:, , ,

por Paulo Anderson Rocha

PRFA partir da zero hora desta quinta-feira (14), a Superintendência de Polícia Rodoviária Federal realizará a Operação Proclamação da República, em função do feriado do dia 15 de novembro. A operação segue até o final do domingo, dia 17.

O objetivo da ação é prevenir e evitar acidentes de trânsito, por isso, as rodovias federais estarão em esquema especial de fiscalização, tendo o policiamento reforçado com equipes do Núcleo de Operações Especiais – NOE, do motopoliciamento e dos Grupos de Policiamento Tático local, utilizando todas as que utilizarão todas as viaturas operacionais.

Serão utilizados 38 etilômetros e 13 radares portáteis e fotográficos para coibir o uso de bebidas alcoólicas e excesso de velocidade.

A estimativa é que haja um aumento de 40% no tráfego de veículos nos dias de maior movimentação, que são a quinta-feira e o domingo, dias em que aqueles que vã viajar saem e retornam às cidades.

Clique em “Leia na íntegra” e confira as recomendações da Polícia Rodoviária Federal para quem vai viajar.

RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES PARA QUEM VAI VIAJAR

Veículo em dia – A checagem das condições do automóvel é fundamental, mesmo quando as distâncias percorridas são pequenas. Faróis conferidos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia;

Planejamento da viagem – O motorista deverá se informar sobre as distâncias que percorrerá, as condições do tempo em sua rota, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada e principalmente, planejar os horários e rodovias do seu percurso para evitar os congestionamentos típicos de feriados prolongados;

CNH, CRLV e RG: Antes de viajar, confira os documentos pessoais e do veículo, bem como das crianças (certidão de nascimento quando for o caso);Cinto de segurança – Certifique-se que todos os ocupantes do veículo estejam com o cinto de segurança (multa de R$ 127,69 e 5 pontos na CNH);

Pausas para descanso – O condutor deverá programar paradas a cada 3 horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora;

Período noturno – Evitar circular à noite. Além da redução da visibilidade, é o horário que os delinquentes mais se aproveitam para a prática de crimes. Ademais, em caso de pane, o socorro mecânico é sempre mais lento;

CONSIDERAÇÕES SOB CHUVA:

É importante ficar alerta desde o início da chuva, quando a pista, geralmente, fica mais escorregadia, devido à presença de óleo, areia ou impurezas;

• O condutor deve manter sempre o pleno controle do seu veículo, desta forma, deverá adaptar a sua velocidade às circunstâncias para conseguir manter esse controle;

• É preciso também manter uma distância de segurança entre os veículos.

OBSERVE E OBEDEÇA A SINALIZAÇÃO:

Cuidado com o excesso de velocidade, pois é a causa da maioria dos acidentes (multas que variam entre R$ 85,13 e R$ 574,62 e perda de 4 a 7 pontos na CNH);

ULTRAPASSE SOMENTE EM LOCAIS PERMITIDOS e com certeza do sucesso da manobra (multa de R$ 191,54 e perda de 7 pontos na CNH);

• Evitar trafegar pelos acostamentos, pois impede o acesso rápido dos veículos de emergência (ambulância, viaturas policiais e resgates) que prestam socorro e garantem a segurança nas rodovias (multa de R$ 574,62 e perda de 7 pontos na CNH);

•Não ingerir bebida alcoólica. Bebida e direção não combinam (multa de R$ 1.915,40 e perda de 7 pontos na CNH, sendo também encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciária, caso ultrapasse o índice de 0,30 mg de álcool por litro de ar expelido dos pulmões (artigos 165 e 306 do CTB, além da lei 11.705/2008 e 12.760/2012), podendo responder a processo criminal, com condenação de seis meses a três anos de prisão por crime de embriaguez no trânsito.

•A PRF disponibiliza o número 191 para que a população possa denunciar atividades criminosas, motoristas que estejam dirigindo de forma irresponsável, usando bebidas alcoólicas etc, enfim, condutas que possam pôr em risco a vida das pessoas nas estradas.

Os comentários estão encerrados.