PRE completa 15 anos de atuação na Bahia

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Polícia, Segurança, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 20 maio 2015

Tags:, ,


Da Redação

Diariamente, 624 policiais atuam nos nove mil quilômetros de estradas que são de responsabilidade do órgão.

PREA Polícia Rodoviária Estadual (PRE) completou, em 2015, 15 anos de existência, com atividades para garantir a segurança de condutores e passageiros nas rodovias que cortam o estado. Diariamente, 624 policiais atuam nos nove mil quilômetros de estradas que são de responsabilidade do órgão, realizando abordagens aos veículos. Durante as blitzes, além as vistorias nos automóveis, documentos do veículo e do condutor são verificados como forma de reduzir o risco de acidentes e combater o tráfico de drogas e de pessoas.

“Nós temos como diretriz para o trabalho a educação, o trânsito e o enfrentamento – o ETE. Orientamos, fiscalizamos para que a estrada seja um lugar mais seguro. Realizamos diversas campanhas educacionais para que as pessoas não cometam infrações que venham a comprometer a vida”, explica o comandante da PRE, tenente-coronel Alfredo Nascimento.

Em dias comuns, a PRE realiza cerca de 700 abordagens na área de cobertura, que abrange 218 municípios. Em véspera de feriados ou em períodos de grandes eventos no estado, o número é ampliado para aproximadamente cinco mil. As principais ocorrências registradas pela PRE são as colisões de veículos, das quais mais de 70% dos casos são provocados pela falta de atenção do condutor. Segundo a capitã Maria Aparecida Vieira, além das ações desenvolvidas pelo órgão, a solução para a redução dos acidentes é a conscientização do próprio motorista.

“É necessário que o condutor reavalie suas próprias atitudes. Não é o suficiente os equipamentos, as fiscalizações se não houver uma mudança de concepção. Em maio fazemos o Maio Amarelo, por exemplo, para que condutor passe a enxergar a gravidade de cometer infrações”, afirma a capitã. Com informações Secom-Ba.

Os comentários estão encerrados.