Prefeitura e Uesb discutem últimos ajustes para programa de ovinocultura

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 02 jul 2018

Tags:, ,

da Redação
Reprodução da Secom

Os pequenos agricultores da região tem muito que comemorar. Na semana passada, Prefeitura e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) discutiram os ajustes finais do Programa Procriar, que tem o objetivo de incentivar a criação de caprinos e ovinos no município, incluindo a melhoria do rebanho, bem como a sanidade dos animais, alimentação e assistência técnica aos criadores.

A intenção é dar suporte aos criadores de cabras e ovelhas, por meio de uma capacitação, com aulas e palestras, instruindo a comunidade. “Não tem como imaginar a cidade sem o campo. A ideia é levar informação para desenvolver a produção, melhorando também a infraestrutura da propriedade. ’’ explicou o coordenador do projeto Procriar, Jurandir Cruz. Além disso, ele ressaltou os benefícios do projeto. “A gente leva alimento para a cidade, e ajuda a evitar o êxodo rural, fazendo com que as famílias consigam se sustentar no campo’’.

José William, secretário de Agricultura; Jurandir Cruz, professor da Uesb e coordenador do programa; Eduardo Castro, coordenador de Promoção Agropecuária

O papel da Prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura, é fornecer técnicos e assistência aos produtores. A expectativa é que eles voltem a criar rebanhos e aumentem a produção na região. “É um projeto muito bom para o município, porque além de expandir o rebanho, o rebanho será de maior qualidade. Quando orientamos sobre esses cuidados, o agricultor deixa de perder animais por doenças’’, explicou o coordenador de Promoção Agropecuária, Eduardo Castro.

Em Poço Comprido, a Prefeitura debateu a implantação do programa com agricultores

A Prefeitura esteve recentemente em Poço Comprido, para debater a implantação do programa e fazer um levantamento do número de agricultores e rebanho. Além de Poço Comprido I e II, o projeto está previsto para, inicialmente, ser implantando em outros comunidades, como Olho D’Água, Bate Pé, José Gonçalves. A intenção é que, no futuro, toda a zona rural possa ser contemplada.

Os comentários estão encerrados.