Quilombolas denunciam mais de 30 casos suspeitos de fraude nas cotas da Uesb

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 15 abr 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

UESB1

Na manhã desta sexta-feira (15), um grupo formado por estudantes originários de comunidades quilombolas realizou um protesto no campus da Uesb contra a fraude nas cotas raciais da universidade. O grupo aponta mais de 30 casos suspeitos, a maioria no curso de Medicina.

Os estudantes percorreram todo o campus de Vitória da Conquista e realizaram um ato em frente à reitoria, cobrando investigação dos casos suspeitos, dentre outras reivindicações. Em um vídeo publicado no Facebook da revista Gambiarra, os estudantes bradam palavras de ordem, pedindo respeito.

“Estudantes quilombolas, estamos aqui para denunciar as fraudes que acontecem nesta universidade, principalmente no curso de Medicina. Nós negro quilombolas, estamos aqui, e merecemos mais negros nos cursos de medicina”, diz o grupo.

Fraude

Uma estudante do curso de Medicina da Uesb foi condenada por pratica de fraude no sistema de reserva de cotas adicionais para o grupo de quilombolas. A estudante, Maiara Aparecida Oliveira Freire, apresentou uma declaração falsa de que era moradora de uma comunidade quilombola do município de Livramento de Nossa Senhora. Após a condenação, a Uesb abriu processo administrativo para apurar a situação da estudante, que poderá ser expulsa da instituição.

Os comentários estão encerrados.