Relação entre Câmara e Prefeitura continua dando sinais de instabilidade

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 11 fev 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_2837A relação entre Prefeitura e Câmara está realmente estremecida. Após a vitória do grupo contrário ao prefeito para a composição da Mesa Diretora da Casa houve declarações de conciliação, mas que parecem não ter surtido efeito. Dois fatos ocorridos nesta quarta-feira (11) dão sinais de que a relação dos dois poderes municipais vai demorar a ficar adocicada.

O primeiro deles aconteceu na seção da Câmara. O presidente do legislativo, Gilzete Moreira (PSB), fez questão de deixar claro que o encontro com a secretária de Saúde e o diretor da Fundação de Saúde, ocorrido na manhã da última terça, para tratar do caos no Hospital Esaú Matos, foi uma ação isolada do Vereador Luciano Gomes (PR). “Essa reunião não foi uma solicitação da Câmara e, sim, do Vereador Luciano Gomes, líder do governo na câmara, pois não havia necessidade da reunião se já havíamos aprovado, na segunda-feira, uma sessão para o dia 20 para discutirmos o assunto”.

Já a segunda situação pode ser explicada como uma falta de atenção, mas mesmo assim chamou muito a atenção dos presentes. Durante a assinatura da ordem de serviço do Corredor Perimetral, no Salão Nobre do Gabinete Civil, o presidente da Câmara não estava na lista dos que seriam convidados para compor a mesa, juntamente com o prefeito, Guilherme Menezes, secretário de Mobilidade Urbana, superintendente da Caixa e empresas responsáveis pela obra. Porém, o líder do prefeito na Câmara, o mesmo Luciano Gomes que agendou a reunião esvaziada pelos demais vereadores, teve o seu lugar reservado bem ao lado do prefeito, com direito, até, a plaquinha de identificação.

A situação foi tão constrangedora que coube ao prefeito solicitar que o presidente da Câmara compusesse a mesa, mas só após ser registrada a presença do ex-vice-prefeito de Conquista. “Não me interessa divergência de ideias, temos que manter uma relação civilizada”, afirmou o prefeito.

Os comentários estão encerrados.