Rio Verruga é tema de discussão em audiência da Câmara de Vereadores

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Meio Ambiente | Data: 11 jun 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

IMG_8510

A Câmara de Vereadores abrigou, nesta quinta-feira (11), a discussão em torno da degradação do Rio Verruga, único a passar por dentro de Vitória da Conquista. O Legislativo Municipal convidou vários setores públicos para buscar solução para aquele que é apontado como um dos rios mais poluídos do país.

Entre os convidados os deputados estaduais Herzem Gusmão (PMDB), Marcell Moraes (PV), Presidente da Comissão de Meio Ambiente, Fabíola Mansur (PSB) e Marquinhos Viana (PV); a Promotora Pública de Meio Ambiente, Cristina Seixas Graça; o promotor de Justiça Carlos Robson Leão; a Diretora Geral do Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Márcia Telles; o Conselheiro Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Rui Medeiros; o secretário municipal de Meio Ambiente, Carlos Alberto Teles; a engenheira sanitarista da Embasa, Kelly Galvão; o engenheiro agrônomo Alexandre Tavares; o diretor geral da FTC (Faculdade de Tecnologia e Ciências), Sérgio Magalhães; a coordenadora do curso de Engenharia Ambiental do IFBA, Camilla Willer; o coordenador regional do INEMA, Fabiano Ferraz; o analista e professor de Geografia da UESB, Altemar Amaral Rocha; e o gerente regional da Embasa, José Olímpio Cardoso.

IMG_8506

O Rio Verruga, em Vitória da Conquista, foi um dos destaques negativos de um estudo que mostra a poluição de rios e lagos de todo o Brasil, realizado pela Fundação SOS Mata Atlântica. No levantamento, realizado em 2011, o rio conquistense foi considerado um dos mais poluídos do país dentre 69 pesquisados naquele ano.

De todos os bens naturais analisados, nenhum possui a qualidade de água boa. Produtos químicos, materiais pesados, dentre outros problemas, são alguns dos casos detectados pela Fundação.

Além dos problemas ambientais, a poluição no rio causa um intenso mal estar na região comercial do bairro Jurema. Comerciantes de veículos que atuam na ‘praça da pedra’, na Avenida Yolando Fonseca, reclamam do forte odor exalado pelo canal que passa o Rio Verruga. Eles afirmam que o mau cheiro chaga a causar dores de cabeça em quem transita pelo local, que fica ao lado do Restaurante Popular.

Os comentários estão encerrados.