Rodoviários da Viação Serrana ainda aguardam pagamentos de direitos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em transporte | Data: 02 jan 2017

Tags:

por Mateus Novais

A possibilidade do cancelamento do contrato da Viação Vitória tem deixado os rodoviários em alerta. É que a experiência recente da saída de uma empresa do transporte coletivo em Vitória da Conquista ainda causa traumas nos trabalhadores. Os funcionários da antiga empresa Serrana ainda esperam o pagamento dos direitos trabalhistas – algo em torno de R$ 5,7 milhões.

A Serrana transporte coletivo do município entre 2001 e 2014. Após a licitação de 2013, quando se retirou do processo, os cerca de 400 funcionários foram desligados sem receber valores do FGTS e rescisão contratual.

Na Justiça, os trabalhadores conseguiram a penhora do terreno onde funcionava a garagem da empresa para custear as despesas com os encargos trabalhistas. O Sindicato dos Rodoviários comemorou a decisão. No entanto, até o momento ninguém demonstrou interesse em desembolsar os R$6,3 milhões pelo local.

Enquanto isso não acontece, cerca de 20 ônibus deixados pelos donos da empresa na antiga garagem estão sendo depenados por invasores. Até motores e parte da lataria de alguns carros foram arrancados.

Viação Vitória

Assim como a antiga Viação Serrana, os trabalhadores da Viação Vitória queixam-se da gestão da empresa – que é alvo de processo administrativo da Prefeitura. Os constantes atrasos nos salários e benefícios têm gerado constantes greves dentro da empresa.

Os comentários estão encerrados.