Sistema alternativo economiza mais de 100 mil litros de água em um ano

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 27 jun 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

IMG_4901

Uma ação da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) tomada inicialmente com o objetivo de reduzir o valor das contas de água acabou ganhando ainda mais importância devido à crise hídrica enfrentada pela cidade. Com medidas simples, que começaram a ser tomadas desde maio de 2015, a Câmara economizou 107 mil litros de água durante um ano.

A instituição lançou mão do uso de um dispositivo para evitar o desperdício de água nas caixas de descarga dos vasos sanitários. Foram instaladas nas caixas garrafas PET preenchidas com 1 litro de água. A cada acionamento da descarga, um litro de água é poupado no novo enchimento da caixa. Ao todo, 63 garrafas de 1 litro foram utilizadas para a completa adoção do sistema de economia.

O diretor administrativo e financeiro da Câmara, Junior Félix, responsável pela iniciativa, conta que conheceu o sistema através de um programa de televisão. “É um projeto simples que eu conheci em um programa que assisti, foi um estudante no Rio de Janeiro que idealizou, e eu vi que seria viável implantar na Câmara”, conta.

IMG_1602

Entre os meses de junho de 2014 e maio de 2015, a Câmara gastou 825 m³ de água. Com o sistema, o consumo caiu para 718 m³ entre junho de 2015 e maio de 2016, o que significa uma redução de quase 13%. O total de água economizado é o suficiente para abastecer uma casa com uma família de quatro pessoas durante cinco meses e meio, de acordo com a média de consumo de água no Brasil.

“O dinheiro público, nós temos o dever de economizar”, sentencia Junior Félix. “Hoje é muito importante você fazer um projeto que gera economia tanto no setor privado quanto no público”, completa.

“Nós nos orgulhamos de dar um exemplo para nossa população e fazer essa economia de mais de 100 mil litros de água. A situação não é fácil, mas se cada um fizer a sua parte, nós teremos uma economia extraordinária”, comenta o presidente da Casa, Gilzete Moreira. “Ficamos felizes por este resultado e nós queremos que outros órgãos de Vitória da Conquista, casas, famílias entrem nesse projeto”, disse Gilzete.

Mais economia – Ainda de acordo com diretor administrativo e financeiro da Câmara, em breve será implantado um sistema de captação da água dos aparelhos de ar condicionado. Dentro das projeções do administrador, o sistema vai captar entre 2 e 3 mil litros de água por mês, aumentando a economia de água na Casa.

Os comentários estão encerrados.