Só 15% de professores em faculdade paga são doutores

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 15 set 2012

Tags:, ,

Agência Estado

O número de professores com doutorado nas instituições de ensino superior privado no País aumentou apenas 3,3 pontos porcentuais em uma década, de 2001 a 2010. Do total de docentes nas entidades particulares, 15% têm grau acadêmico de doutor – cerca de 33 mil pesquisadores. Nas instituições públicas, o porcentual de doutores saltou de 36% para 50% no mesmo período.

Os dados sobre a evolução na titulação dos professores fazem parte do relatório do Censo da Educação Superior de 2010, consolidado em agosto deste ano pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC).

 

No documento, o Inep afirma que o porcentual atual das funções docentes de doutorado nas particulares é “bastante reduzido”. Já a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes) – entidade que representa 400 instituições privadas – alega que a maioria das unidades particulares não tem o título de universidade.

Segundo o consultor educacional da Abmes, Celso Frauches, como a maioria das instituições privadas é formada por centros universitários ou faculdades, não haveria obrigação de realizar uma pesquisa com professores de maior titulação nem de oferecer cursos de doutorado, por exemplo. “Essas instituições não são destino do professor-doutor”, afirma Frauches.

Mas, segundo o professor da Faculdade de Educação da USP Ocimar Alavarse, as faculdades devem sim “problematizar” algum tipo de pesquisa. Segundo Alavarse, o professor com doutorado teria uma preparação mais sólida. “O título de doutor não significa um título de nobreza, significa que alguém passou pelo menos sete anos como pesquisador.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Os comentários estão encerrados.