SP repete projeto do PT de Conquista que fracassou e deu prejuízo de mais de R$ 1 milhão

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Vit. da Conquista | Data: 06 out 2017

Tags:, , , ,

da Redação
Foto: Arquivo do BRG

O prefeito  João Doria (PSDB) implantará o fardamento com chip nas escolas municipais da cidade de São Paulo. Projeto semelhante lançado pelo ex-prefeito Guilherme Menezes (PT), em Vitória da Conquista  fracassou.

A idéia era que, quando os alunos passassem pelo portão da escola, os pais recebessem uma mensagem no celular. Um sensor na porta do colégio detectaria o aluno que estivesse usando o uniforme com o chip.

O projeto, contudo, patinou deste o início: pais receberam mensagens com horas de atraso ou até “alarmes falsos”, chips se descosturaram das camisetas e houve atraso na entrega dos uniformes.

Prejuízo

Após gastar R$ 1,2 milhão, de 2012 a 2013, o projeto foi abandonado e só serviu para projetar o prefeito nacionalmente, como se a ideia fosse algo benéfico para a educação e o bom funcionamento das escolas.

São Paulo

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta quarta-feira (4) um projeto de lei que determina a instalação de chips eletrônicos nos uniformes de escolas municipais de ensino fundamental destinado ao controle de presença dos alunos. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, a votação foi em caráter de segundo turno, portanto já segue para sanção do prefeito da capital paulista.

Como em Vitória da Conquista o projeto determina que os microchips sejam instalados nos brasões dos uniformes e enviem mensagens para os responsáveis pelas crianças nos horários em que elas entrem e saiam das escolas.

Resta agora aguardar e torcer que São Paulo consiga lograr êxito na experiência que abraça o prefeito Doria – que vem conquistando SP com a sua administração.

 

Ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, é hostilizado em restaurante de SP

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 16 maio 2015

Tags:, , ,

da Redação

Alexandre Padilha, ex-ministro da Saúde do governo Dilma Rousseff, foi hostilizado enquanto almoçava nesta sexta-feira (15) no restaurante Varanda Grill, nos Jardins em São Paulo. Batendo a faca em um copo de vidro, o advogado Danilo Amaral, que foi presidente da Bra Transportes Aéreos, chamou atenção do salão inteiro para a presença de Padilha.

“Queria saudar, aqui, hoje, dizer a vocês que temos a presença do ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, que nos brindou com o programa Mais Médicos, da presidente Dilma Rousseff, responsável pelo gasto de um bilhão de reais que nós, otários, pagamos até hoje.”  O ex-ministro petista  tentou rebater, mas foi ofuscado pelos aplausos.  Na atualidade Padilha é secretário de Relações Governamentais de Haddad. A impopularidade do PT tem tirado o sossego de muita gente. Assista ao vídeo:

Covardia: mulher leva cotovela e sofre traumatismo craniano

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 23 ago 2014

Tags:, ,

da Redação

A televisão paulista mostrou neste semana uma cena chocante. Um homem, alto e forte, agride uma mulher com uma brutal cotovelada. O Brasil continua sendo um país onde as mulheres são covardemente agredidas. Veja a cena:

Difamar é o negócio

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 11 mar 2013

Tags:, , , , , , , , , , , ,

Revista Veja

DINHEIRO PÚBLICO — André Guimarães (à esquerda) trabalha no gabinete do deputado André Vargas, vice-presidente da Câmara (Fotos: Juliana Knobel / Frame / Estadão Conteúdo)

Texto de Hugo Marques publicado na edição de VEJA que está nas bancas

 

DIFAMAR É O NEGÓCIO

Petista que criou rede para denegrir adversários agora vende a tecnologia a prefeituras do partido

São muitas as histórias de anônimos que alcançaram a fama por meio da internet. O petista André Guimarães tem planos ambiciosos nessa direção. Criador da RedePT13, uma organização virtual formada por perfis falsos e blogs apócrifos usados para atacar aqueles que são considerados inimigos do partido, ele já é uma celebridade entre seus pares.

Se é preciso espalhar uma mentira para difamar alguém, Guimarães é acionado. Se for apenas para ridicularizar um oponente, o rapaz conhece todos os caminhos sujos. Na visita da blogueira Yoani Sánchez, ele trabalhou como nunca. A rede postou montagens fotográficas, incentivou os protestos e difundiu um falso dossiê produzido contra ela pela embaixada cubana. O problema é que o “ciberguerrilheiro” petista sustenta sua atividade criminosa com dinheiro público, dinheiro do contribuinte.

…Leia na íntegra