Suspensão de recadastramento para aposentados e pensionistas segue até dezembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 17 nov 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: Ascom/Saeb

Foi prorrogado até dezembro a suspensão do recadastramento para aposentados e pensionistas do Estado. Desta forma, integrantes desses dois grupos não precisam realizar o recadastramento da Previdência Estadual até o final de 2020. Esta é a sétima prorrogação consecutiva da rotina, medida temporária com o objetivo de evitar a transmissão da Covid-19 na Bahia.

De acordo com a publicação, aposentados aniversariantes de dezembro — e pensionistas cujo benefício foi originado por servidor que também aniversariava neste mesmo mês — ficam dispensados de realizar a atualização dos dados cadastrais. Publicada no decreto estadual n° 19.586, do dia 27 de março deste ano, a medida teve seu texto original alterado pelos decretos n° 19.735/2020, n° 19.787/2020, n° 19.885/2020, nº 19.942, n° 20.012/2020 e n° 20.067/2020, que incluíram os meses de junho, julho, agosto, setembro, outubro e novembro, respectivamente.

O recadastramento de inativos e pensionistas do Estado, realizado pela Superintendência de Previdência (Suprev), unidade vinculada à Secretaria da Administração (Saeb), ocorre anualmente para assegurar a manutenção dos benefícios previdenciários. Não deixarão de ser pagos valores a quem esteja com o recadastramento 2020 pendente.

Mais informações podem ser obtidas pelo call center da Suprev, por meio dos telefones 0800 71 5353 (para chamadas de telefone fixo) ou (71) 4020-5353 (para ligações originadas do interior do estado e de celular) ou ainda no Portal do Servidor.

Decreto prorroga suspensão do recadastramento de aposentados e pensionistas até final de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 27 out 2020

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Um novo decreto do governo do estado, suspendeu até o final de novembro o recadastramento de aposentados e pensionistas que fazem aniversário neste mês. Esta é a sexta prorrogação da medida, que antes era relativa aos aniversariantes dos meses de março, abril, maio, junho, julho, agosto, setembro e outubro. O objetivo é evitar a transmissão da Covid-19 no estado.

Com a prorrogação, aposentados aniversariantes do mês de novembro– e pensionistas cujo benefício foi originado por servidor que também aniversariava neste mesmo mês – ficam dispensados de fazer a atualização dos dados cadastrais. Os benefícios continuarão sendo pagos.

Para mais informações, é possível entrar em contato com a Superintendência de Previdência (Suprev) por meio do telefone 0800 71 5353 (para chamadas de telefone fixo) ou (71) 4020-5353 (para ligações originadas do interior do estado ou celular).

Recadastramento de aposentados está suspenso até 30 de novembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 22 out 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

Fonte:A.Brasil

Está suspensa até o dia 30 de novembro, a exigência da prova de vida anual de servidores aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis. O Ministério da Economia publicou hoje (22) a Instrução Normativa nº 103, que estabelece o novo período.

Anteriormente, o recadastramento estava suspenso até o fim deste mês. Segundo o Painel Estatístico de Pessoal, estão nessa situação em torno de 700 mil pessoas. A prova de vida anual obrigatória deixou de ser exigida desde o dia 18 de março de 2020, como medida de proteção no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. A medida, no entanto, não afeta o recebimento de proventos e pensões.

Aqueles que, excepcionalmente, tiveram o pagamento suspenso antes do dia 18 de março de 2020, podem solicitar, conforme Instrução Normativa nº 29, de 1º de abril de 2020, o seu restabelecimento. Para isso, é preciso acessar o Sistema de Gestão de Pessoas (Sigepe) e selecionar, em Requerimento, o documento “Restabelecimento de Pagamento – Covid-19”. O beneficiário receberá um comunicado do deferimento ou não do seu requerimento por e-mail, que é enviado automaticamente pelo Sigepe.

A Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia, órgão central da gestão de pessoas da Administração Pública Federal, informa que definirá, posteriormente, prazo e forma para realização da comprovação de vida daqueles que foram contemplados na suspensão da Prova de Vida anual, assim como dos que tiveram o pagamento excepcionalmente restabelecido por solicitação via requerimento do Sigepe.

Decreto suspende recadastramento de aposentados e pensionistas no mês de outubro

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 09 out 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

Fonte: Ascom Saeb

Foi prorrogado até o final do mês de outubro a suspensão do recadastramento para aposentados e pensionistas do Estado. Desta forma, integrantes destes dois grupos não precisam realizar o recadastramento da Previdência Estadual no próximo mês. O decreto pode ser consultado no Diário Oficial do Estado (DOE). Esta é a quinta prorrogação consecutiva da rotina, medida temporária com o objetivo de evitar a transmissão da COVID-19 na Bahia.

Com isso, quase 11 mil pessoas, em sua maioria idosa, deixarão de se dirigir às unidades do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev) em funcionamento nas unidades da Rede SAC. Idosos acima de 60 anos são os mais vulneráveis ao coronavírus e fazem parte do grupo de risco da doença. Entretanto, vale ressaltar que as medidas de higiene e segurança devem ser adotadas por todos. 

O recadastramento de inativos e pensionistas do Estado, realizado pela Superintendência de Previdência (Suprev), unidade vinculada à Secretaria da Administração (Saeb), é realizado anualmente para assegurar a manutenção dos benefícios previdenciários. Vale ressaltar que não deixarão de ser pagos os valores a quem esteja com o recadastramento 2020 pendente. 

Mais informações podem ser obtidas pelo call center da Suprev, por meio dos telefones 0800 71 5353 (para chamadas de telefone fixo) ou (71) 4020-5353 (para ligações originadas do interior do estado e de celular) ou ainda no Portal do Servidor.

Governo antecipa pagamento de aposentados e pensionistas para esta terça (29)

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 28 set 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é DIS_728x90px-SEMANA-NACIONAL-DE-TRA%CC%82NSITO-1.gif

Aposentados e pensionistas do governo do estado devem receber nesta terça-feira (29) o pagamento referente ao mês de setembro. De acordo com a Secretaria da Administração da Bahia (Saeb), esta é a sexta antecipação do pagamento, desde o início da pandemia do novo coronavírus.

A iniciativa é uma das medidas adotadas para conter a disseminação do novo coronavírus. Isso porque evita a formação de filas e aglomerações nos postos e agências bancárias.

O pagamento de servidores ativos, por outro lado, segue programado para quarta-feira (30), último dia útil do mês. A tabela de pagamentos pode ser consultada no Portal do Servidor.

Recadastramento de aposentados e pensionistas do Estado é suspenso em setembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 31 ago 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

A.Sertão

Os aposentados e pensionistas do Estado que fazem aniversário no mês de setembro não precisam se recadastrar entre os dias 1° e 30 do próximo mês. Decreto estadual publicado neste sábado (29), no Diário Oficial do Estado (DOE), prorroga até o final de setembro a suspensão da atividade.

A medida atende determinação do decreto nº 19.942, que editou o texto original do decreto n° 19.529, do dia 16 de março deste ano. Esta é a quarta prorrogação consecutiva da rotina, medida temporária que tem como objetivo evitar a transmissão da Covid-19 na Bahia.

A suspensão era válida para os nascidos em março, abril e maio. Os decretos n° 19.735/2020, n° 19.787/2020 e n° 19.885/2020 incluíram os meses de junho, julho e agosto, respectivamente. Com a adição deste sábado, aposentados aniversariantes do mês de setembro – e pensionistas cujo benefício foi originado por servidor que também aniversariava neste mesmo mês – ficam dispensados de realizar a atualização dos dados cadastrais.

Com isso, quase 11 mil pessoas, em sua maioria idosos, deixarão de se dirigir às unidades do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev) situados nas unidades da Rede SAC. Os postos e pontos SAC funcionam, atualmente, em regime especial de atendimento para serviços essenciais. Idosos acima de 60 anos são os mais vulneráveis ao coronavírus e fazem parte do grupo de risco da doença. Entretanto, vale ressaltar que as medidas de higiene e segurança devem ser adotadas por todos.

Governo do Estado antecipa pagamento de aposentados e pensionistas

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 25 maio 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Pelo terceiro mês consecutivo, o Governo do Estado, vai antecipar a liberação do pagamento de aposentados e pensionistas estaduais em um dia. Os recursos estarão disponíveis para os cerca de 130 mil beneficiários do Estado nesta quinta-feira (28).

A iniciativa visa evitar a formação de filas e aglomerações nos postos e agências bancárias, como parte das medidas adotadas para contenção da disseminação do coronavírus na Bahia.

Já os servidores ativos receberão os valores relativos ao mês de maio na sexta-feira (29), conforme o calendário de pagamento divulgado em janeiro e que pode ser consultado por meio do Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br).

Aposentados que ganham mais de um salário mínimo começam a receber 1ª parcela do 13º

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 05 maio 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ganham mais do que um salário mínimo, começam a receber a primeira parcela do 13º salário. O pagamento segue até esta sexta-feira (08).  O benefício foi antecipado como uma das medidas anunciadas pelo governo para combater a crise causada pela pandemia da Covid-19 (novo coronavírus).

Para quem ganha até um salário mínimo (R$ 1.045, em 2020), o pagamento começou no dia 24 de abril e também termina em 8 de maio. A primeira parcela corresponde a 50% do valor do benefício. Já a segunda parcela, que tem o desconto do Imposto de Renda, cairá na conta entre os dias 25 de maio e 5 de junho. Têm direito ao pagamento antecipado os segurados que recebem aposentadoria, pensão, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Se o benefício está programado para acabar antes de 31 de dezembro de 2020, o segurado receberá o valor proporcional.

Normalmente, a primeira parcela do 13º salário é paga no segundo semestre. A segunda, no pagamento de dezembro.

INSS começa a pagar primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 24 abr 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a pagar o 13º de aposentados e pensionistas nesta sexta-feira (24). A antecipação da primeira parcela, que geralmente é feita em agosto, foi anunciada pelo governo federal em março com o objetivo de liberar mais recursos na economia para minimizar os impactos da pandemia do coronavírus.

Quem recebe até um salário mínimo, irá receber 50% do benefício. Os pagamentos serão feitos até o dia 8 de maio, de acordo com o número final da identificação de segurado, desconsiderando o dígito verificador. 

Aqueles que têm renda mensal superior a um salário mínimo, receberão a primeira parcela do 13º  entre os dias quatro e oito de maio. 

De acordo com o INSS, a previsão é que mais de 35 milhões de pessoas recebam o benefício até o fim de abril e que sejam injetados R$ 71 bilhões na economia do país.

Pagamento da 1ª parcela do 13º de aposentados e pensionistas começa nesta sexta

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 23 abr 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

O Instituo Nacional do Seguro Social (INSS) começa a pagar, nesta sexta-feira (24), o 13º de aposentados e pensionistas. O depósito da primeira parte desse abono anual será realizado no período de 24 de abril a 8 de maio, conforme a Tabela de Pagamento 2020.

O pagamento da primeira parcela do 13º, que em geral costumava ocorrer em julho, foi antecipado neste ano como uma medidas para reduzir o impacto da pandemia do novo coronavírus no país.

Para aqueles que recebem 1 salário mínimo, o depósito da antecipação será feito entre os dias 24 de abril e 8 de maio, de acordo com o número final do benefício, sem levar em conta o dígito verificador. Segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados entre 4 e 8 de maio, conforme a Tabela de Pagamento 2020.

Aposentados do INSS começam a receber segunda parte do décimo terceiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 26 nov 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_black_friday-1.gif

Fonte: EBC

A segunda parcela do décimo terceiro salário de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já começou a ser paga. Os depósitos serão feitos até o próximo dia 6, conforme calendário de pagamento de benefícios.

A segunda parte do décimo terceiro será paga junto com o benefício mensal de novembro. Em setembro, os aposentados e pensionistas tinham recebido a primeira parcela de 50% do benefício. A consulta ao contracheque está disponível no portal Meu INSS. Basta o usuário clicar na guia Extrato de Pagamento de Benefício e consultar o valor a receber.

A segunda parcela do 13º salário é paga a aposentados, pensionistas, titulares de auxílio-doença, de auxílio-reclusão, entre outros beneficiários da Previdência Social.

Por lei, não têm direito ao décimo terceiro os seguintes benefícios: amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, auxílio-suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora, salário-família e amparo assistencial ao idoso e ao deficiente.

Primeira parcela do 13º dos aposentados começa a ser paga hoje pelo INSS

0

Publicado por Anne Ellen | Colocado em Geral | Data: 26 ago 2019

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a pagar nesta segunda-feira (26) a primeira parcela do 13º salários dos aposentados e pensionistas. A data de pagamento varia de acordo com o número final do benefício. O dinheiro será depositado junto com a folha mensal de agosto.

A antecipação vai beneficiar aqueles que, durante o ano, tenham recebido auxílio-doença, auxílio-acidente, aposentadoria, auxílio-reclusão ou pensão por morte e demais benefícios administrados pelo INSS que também façam jus ao abono anual. A parcela dos 50% restantes será paga no fim do ano.

A antecipação representará uma injeção de R$ 21,9 bilhões na economia neste terceiro trimestre. Terão direito à primeira parcela do abono anual cerca de 30 milhões de benefícios. Não haverá desconto de Imposto de Renda nessa primeira parcela, que será cobrado apenas em novembro e dezembro, quando for depositada a segunda parte do abono.

Mesmo aposentados, 21% dos idosos continuam trabalhando

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 28 dez 2018

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Reprodução do site da CDL

Quase metade dos entrevistados precisa complementar a renda; 43% dos idosos que se mantêm na ativa enfrentaram dificuldades em conseguir oportunidade no mercado de trabalho

A longevidade impõe desafios para a população brasileira, em que parte significativa segue exercendo alguma atividade profissional mesmo após a aposentadoria. Um levantamento realizado em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que sete em cada dez idosos (70%) estão aposentados. Desse total, 21% continuam trabalhando e uma das principais razões é o fato de a renda não ser suficiente para pagar as contas (47%). Já 48% disseram que querem se sentir produtivos nessa fase da vida e 46% buscam manter a mente ocupada.

Embora atuem ativamente, 43% reconhecem que tiveram dificuldades para conseguir uma oportunidade, principalmente por enfrentar preconceito com a idade avançada (30%). Por outro lado, 57% afirmam não ter tido problemas em conseguir trabalho. Quando questionados sobre até que idade pretendem trabalhar, mais da metade (61%) não soube definir ao certo. Para os que sinalizaram ter uma perspectiva em mente, a média é de 74 anos.

Apesar da questão financeira ser um ponto relevante para aqueles que optam por não parar, 76% dos idosos encaram o trabalho de forma positiva nessa fase da vida. Tanto que um terço (30%) destes menciona sentir satisfação por estar trabalhando e poder produzir, enquanto 20% têm orgulho de manter sua independência, ao passo que 18% disseram gostar do que fazem e ainda possuem muitos projetos a serem realizados.

Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, os dados refletem um novo cenário com o aumento da expectativa de vida no Brasil. “Percebe-se, muitas vezes, que os idosos não se prepararam para este momento e os ganhos com a aposentadoria acabam não sendo suficientes para manter o padrão de vida desejado. Mas já enxergamos uma mudança na visão de grande parte dessas pessoas, que começam a encontrar um sentido especial no trabalho por se sentirem mais produtivos e independentes”, ressalta.

Nove em cada dez idosos contribuem com orçamento familiar; previdência social é principal forma de preparação para aposentadoria

O estudo observa ainda que boa parte dos lares conta com a renda de familiares acima dos 60 anos. Nove em cada dez (91%) idosos contribuem financeiramente com o orçamento, sendo que 43% são os principais responsáveis pelo sustento da casa. Ainda assim, 34% dos entrevistados recebem algum tipo de custeio — percentual que cresce para 40% entre as mulheres — vindo principalmente de pensão por falecimento do cônjuge (15%) ou de familiares (15%).

Quando o assunto é preparação para aposentadoria, o que se percebe ainda é uma falta de conscientização sobre a necessidade de pensar no futuro. Entre os que se planejaram de olho nesta fase da vida, três em cada dez (32%) admitem nunca ter guardado dinheiro exclusivamente para esta finalidade. Outros 25% não lembram quando começaram a fazer uma reserva. Em relação aos 43% que recordam o período de início dessa poupança, a média de idade foi aos 27 anos.

A maior parte (47%) se preparou ou ainda se prepara para a aposentadoria por meio da contribuição ao INSS. Já 34% realizam ou realizaram algum tipo de investimento — número que sobe para 43% entre os homens e 49% nas classes A e B. Desse total, 13% dos recursos foram aplicados em poupança, 9% em previdência privada da empresa onde trabalhou e 7% destinados a outros investimentos, como fundos, ações, CDBs, Tesouro direto e renda fixa. Há também uma parcela que investe em previdência paga por conta própria (7%) e em imóveis (6%) – considerando apenas os imóveis tratados como investimento e não moradia.

Entre os que sinalizaram ter se preparado, 25% atribuem esse comportamento ao seu perfil mais precavido, enquanto 21% dizem que se espelharam em exemplos próximos de pessoas que não se preparam e tiveram problemas financeiros na aposentadoria. Já 17% seguem orientações de amigos e familiares. Quanto àqueles que não se prepararam, os principais fatores citados são falta de renda (29%) e de sobra de dinheiro no orçamento (25%).

“Planejar a aposentadoria pensando apenas na renda que virá com o INSS é arriscado no contexto econômico atual do país, especialmente porque as regras da previdência social podem mudar a qualquer momento. Além disso, o valor médio do benefício concedido raramente é suficiente para dar cobrir despesas que não estavam previstas, gastos com remédios e plano de saúde, por exemplo. O recomendável é complementar os ganhos da previdência com um plano privado ou outro tipo de reserva. E quanto mais cedo, melhor”, orienta o educador financeiro do SPC Brasil e do portal “Meu Bolso Feliz”, José Vignoli.

Fonte: CNDL

Aposentado tem até o dia 21 para pedir atrasados do Real

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 10 out 2018

Tags:, , ,

 

Clayton Castelani
do Agora

Aposentados do INSS entre 1º de março de 1994 e 28 de fevereiro de 1997 têm até o próximo dia 21 para entrar na execução de uma ação civil pública que obrigou o órgão previdenciário a revisar perdas salariais ocorridas na implantação do Plano Real.

Para aqueles que comprovarem o direito, os valores atrasados podem variar entre R$ 45 mil e R$ 210 mil, segundo processos levantados pela ABL Advogados.

A data final para a execução é determinada pelo fim do prazo de cinco anos após a conclusão da ação civil pública, cujo número de origem na Justiça Federal de SP é 2003.61.83.011237-8.

A ação, de 2003, terminou em 21 de outubro de 2013, data do trânsito em julgado.

73.953 ganharão atrasados do INSS de até R$ 57.240

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 24 ago 2018

Tags:, ,

banner alfa park

Luciana Lazarini
do Agora

A Justiça Federal vai pagar mais um lote de atrasados de até 60 salários mínimos para 73.953 segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que ganharam uma ação de revisão ou concessão de benefício no país.

Entra nesse lote quem ganhou a ação e teve o pagamento autorizado pela Justiça no mês de julho –etapa chamada de autuação.

O CJF (Conselho da Justiça Federal) liberou o recurso dos atrasados de até R$ 57.240 para os tribunais federais.

No país, 73.953 segurados que aguardam ações de benefícios previdenciários e assistenciais receberão neste lote.

Foram R$ 857.567.924 para 63.899 processos.

INSS libera consulta ao 13º dos aposentados

Cristiane Gercina
do Agora

Os segurados do INSS já podem conferir quanto vão receber na primeira parcela de 13º, que começará a ser paga na segunda-feira.

A consulta ao extrato com os valores foi liberada ontem e pode ser feita no site meu.inss.gov.br. Para isso, é preciso ter senha. …Leia na íntegra

INSS recebe 461 denúncias de golpes contra aposentados

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 17 ago 2018

Tags:, , ,

Clayton Castelani
do Agora (Reprodução)

Após dispararem no ano passado, as denúncias de golpes financeiros contra aposentados e pensionistas do INSS tiveram queda de 29% no primeiro semestre de 2018, segundo dados da Ouvidoria Previdenciária.

Entre janeiro e junho, o órgão recebeu 461 queixas.

No mesmo período de 2017, a Ouvidoria havia registrado 649 relatos de beneficiários que se disseram vítimas de estelionatários.

O recuo nas denúncias em 2018 pode ser reflexo do aumento fora do comum ocorrido no ano anterior.

Na comparação entre os primeiros semestres de 2016 e de 2017, as reclamações à Ouvidoria cresceram 84%, passando de 353 para 649.

Primeira parcela do 13ª de aposentados será depositada ainda este mês

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 14 ago 2018

Tags:, ,

Da Redação

Fonte: A.B

A primeira parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas começará a ser paga ainda neste mês de agosto.De acordo com a Secretaria de Previdência, o depósito será realizado junto com a folha mensal de pagamentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro, conforme a Tabela de Pagamentos de Benefícios 2018.

A estimativa é que essa antecipação chegue a R$ 20,6 bilhões nos meses de agosto e setembro. Cerca de 30 milhões de beneficiários terão direito à primeira parcela do abono anual, que corresponde a metade do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro de 2018. Nesse caso, o valor será calculado proporcionalmente.

Tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. Aqueles que recebem benefícios assistenciais, como Benefício de Prestação Continuada e Renda Mensal Vitalícia, não têm direito ao abono anual.

Veja o valor da 1ª parcela do 13º dos aposentados

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 18 jul 2018

Tags:, ,

Fernanda Brigatti
do Agora

O adiantamento de metade do 13º de aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) foi confirmado ontem pelo decreto 9.447, assinado pelo presidente Michel Temer (MDB) e publicado no “Diário Oficial da União”.

Os segurados que já recebiam ou começaram a receber a grana no mês de janeiro deste ano terão exatamente metade do valor do benefício.

Os depósitos seguirão o calendário mensal de pagamento do instituto.

Eles começarão no dia 27 de agosto, com os benefícios iguais ao salário mínimo, e seguirão até 10 de setembro.

O valor do adiantamento do 13º é diferente para quem começou a receber o benefício previdenciário a partir de fevereiro.

O cálculo da gratificação será proporcional ao número de meses em que o segurado receberá a aposentadoria ou a pensão até o fim deste ano.

Governo confirma 1ª parcela do 13º do INSS em agosto

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 17 jul 2018

Tags:, , ,

Clayton Castelani
do Agora (Reprodução)

O presidente Michel Temer (MDB) assinou ontem o decreto que antecipa para agosto a primeira parcela do 13º de aposentados, pensionista e demais beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), conforme o Agora havia adiantado.

A medida deverá injetar R$ 21 bilhões na economia.

O valor será depositado junto com o benefício de agosto, acompanhando o calendário de pagamentos, que neste ano cairá entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro.

A data de liberação variam conforme o número final do benefício, sem o dígito.

A segunda parte da bonificação será liberada com o calendário de pagamentos de novembro, diz o decreto.

 

Aposentados podem evitar desconto da troca de benefício

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 21 abr 2018

Tags:, , ,

Clayton Castelani
do Agora

O INSS está revisando aposentadorias que tiveram a desaposentação e, além de reduzir a renda mensal, está cobrando a devolução dos valores recebidos antecipadamente por meio de decisão provisória, informou o advogado Roberto de Carvalho Santos, presidente do Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários).

O órgão passou a fazer os descontos –limitados a 30% do benefício– na renda mensal desses segurados após o STF (Supremo Tribunal Federal) anular essas ações, também conhecidas com troca de aposentadoria, em outubro de 2016.

Na semana passada, porém, a divulgação de parte dos votos da última etapa do julgamento, com os chamados embargos de declaração, indicou que o INSS não deve cobrar valores recebidos de boa-fé pelos aposentados.