Prefeitura intensifica assistência a pessoas em situação de rua

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 19 jun 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Secom/PMVC (conteúdo)

Desde 2017, a população em situação de rua tem recebido atenção especial do Governo Municipal. Com a realização de ações como a ampliação das equipes, as capacitações dos serviços e também a ampliação do horário de atendimento, a Prefeitura de Conquista aprimorou o atendimento. Esse cuidado se estende ainda mais agora em 2020, durante a pandemia da Covid-19, com a implantação de três abrigos provisórios e uma extensão do Centro Pop Adulto na Prefeitura da Zona Oeste.

O atendimento à população acontece de forma espontânea, quando a própria pessoa busca o serviço ou por meio do Serviço de Abordagem Social, que realiza o atendimento na rua, em locais informados pela população ou identificados durante a ronda da equipe.

Na noite desta quarta-feira (17) a equipe de Abordagem encontrou A.O.S, 43 anos, migrante que veio de Sete Lagoas – MG e a princípio se identificou como “Filho de Deus”. Ele estava na Av. Bartolomeu de Gusmão à procura de um abrigo para dormir, quando a equipe o encontrou e ele decidiu ir para o abrigo provisório. Segundo Wadson, a única preocupação de A.O.S era o reencontro com a sua namorada que foi visitar a família em outra cidade, mas não conseguiu retornar por conta da pandemia. No abrigo da Prefeitura, A.O.S recebeu materiais para higiene pessoal, uma cama com cobertor, a refeição noturna e informações relativas à prevenção da Covid-19.

…Leia na íntegra

Conquista: pacientes do NASF-AB continuam recebendo assistência em saúde por meio de teleconsultas

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Segurança, Vit. da Conquista | Data: 12 jun 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC (conteúdo)

Nesse momento de pandemia do novo coronavírus, é preciso reinventar formas de assistência em saúde para continuar ajudando as pessoas! A solução encontrada por alguns dos profissionais do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB) foram as teleconsultas e o telemonitoramento dos pacientes por Whatsapp.

As equipes do NASF atuam diretamente com as equipes de Saúde da Família da Atenção Primária, com foco principal no trabalho de prevenção e promoção à saúde, realizando atividades como visitas domiciliares, consultas, grupos de saúde e atividade física. Todos esses serviços precisaram ser suspensos, em razão da necessidade de evitar aglomerações. Boa parte dos profissionais foi direcionada para atuarem junto às equipes de referência da Covid-19. Além disso, os psicólogos estão realizando teleatendimento voltado para os profissionais de saúde da rede municipal.

O serviço de fisioterapia foi uma das especialidades mantida no apoio às Equipes de Saúde da Família e precisou se reinventar para o apoio não presencial de pessoas com quadro de dor articular, pós-operatórios ortopédicos (inclusive amputação) e doenças degenerativas. A fisioterapeuta Érica Tremura teve a iniciativa de gravar vídeos ensinando alongamentos, que podem ser feitos em casa, e enviar para usuários do SUS em grupos de Whatsapp como forma de incentivar a prática de exercícios. “Estas pessoas estão recebendo a teleconsulta e o tratamento por meio de exercícios terapêuticos em casa, com suporte de vídeos e cartilhas, monitorados semanalmente ou quinzenalmente a depender da necessidade”, explica a fisioterapeuta.

Conquista: assistência às pessoas em situação de rua é intensificada no período de pandemia

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 20 abr 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

As unidades que atendem à população em situação de rua em Vitória da Conquista têm recebido uma atenção especial da Prefeitura Municipal com a ampliação da oferta de serviços e o aumento nos dias e horário de funcionamento. O objetivo é que, neste período de pandemia, ninguém fique desassistido.

O serviço de Abordagem Social e o Centro Pop Adulto tiveram seus atendimentos estendidos para sábado e domingo, com oferta de almoço para os usuários, além dos serviços já ofertados como banho, guarda de objetos pessoais, café da manhã, lanche e atendimento com a equipe multiprofissional. Também foi implantada uma extensão do serviço na Prefeitura da Zona Oeste, onde as pessoas em situação de rua daquela região têm acesso a banho, higienização das mãos e café da manhã.

Outra medida importante para esta população foi a implantação de dois abrigos provisórios, um para pessoas sem sintomas da Covid-19 e outro para pessoas sintomáticas. Com a entrada no abrigo de maneira voluntária, cada pessoa conta com uma estrutura de dormitório, banho, roupas, alimentação e material de higiene pessoal. A equipe da Assistência Social tem aproveitado este momento para a realização de intervenções técnicas, oferecendo para os abrigados o acesso a outros serviços disponibilizados pela Política Nacional de Assistência Social, como o Cadastro Único do Governo Federal.

Abrigo provisório recebeu visita da equipe da Defensoria Pública que aprovou as instalações

“Nosso objetivo é proteger essa população que já se encontra em situação de vulnerabilidade. Agradeço à Secretaria de Saúde pelo apoio nessa atenção articulada disponibilizando tanto o Consultório na Rua, quanto com o Caps AD, que tem feito visitas semanais aos abrigos. Outro parceiro importante é a Casa do Andarilho, que tem recebido a população que faz parte do grupo de risco do coronavírus, a exemplo de idosos e gestantes”, ressaltou o secretário de desenvolvimento Social, Michael Farias.

Falta de “casa de acolhimento” preocupa o Ministério Público e a Polícia em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia, Vit. da Conquista | Data: 31 jul 2013

Tags:, , ,

Por Rodrigo Ferraz

marcos coelhoA situação dos adolescentes infratores em Vitória da Conquista é preocupante. A cidade não conta com uma “casa de acolhimento”, local onde os apreendidos ficariam provisoriamente custodiados, até decisão de um juiz. Hoje eles apenas assinam ocorrência e são liberados, de imediato. O resultado é o aumento dos assassinatos entre eles. Para o Ministério Público, a situação na cidade é uma verdadeira “bomba relógio”.

O promotor da Vara da Infância e Juventude de Vitória da Conquista, Marcos Coelho (foto), revela que, nos últimos dois anos, cerca de 60 adolescentes foram mortos devido ao envolvimento com tráfico de drogas. “A situação é preocupante. Conquista está pior que cidades pequenas, como Cândido Sales e Poções, já que são municípios que possuem cadeias públicas e que abrigam, pelo menos, os adolescentes apreendidos em flagrante e que podem ser colocados, de forma isolada, até aguardar a chegada do Promotor. Aqui em Conquista nem isso tem”, desabafa.

Recentemente o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção de Conquista, esteve em Salvador na Fundação da Criança e do Adolescente (FUNDAC), no intuito de cobrar a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento ao Adolescente na capital do Sudoeste.

…Leia na íntegra