Confira o calendário de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 24 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Agência Brasil (Conteúdo)

Cerca de 60 milhões de pessoas estão inscritas no programa do governo federal para receber o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mulheres mães e chefes de família). O benefício é pago a trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos no cadastro social do governo e no Bolsa Família.

O programa foi criado pelo governo federal para garantir uma renda básica emergencial durante três meses, para o enfrentamento dos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. A primeira parcela já foi paga.

A segunda parcela começou a ser depositada nesta semana, conforme calendário divulgado pela Caixa Econômica, que está operacionalizando o pagamento do benefício.

Veja o calendário de depósitos para beneficiários do Bolsa Família: 
…Leia na íntegra

Caixa credita auxílio a 7,9 milhões de trabalhadores nesta sexta

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 22 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

A Caixa Econômica Federal (CEF) credita nesta sexta-feira (22) novos lotes do Auxílio Emergencial, tanto da primeira parcela, para novos aprovados, quanto da segunda, para quem recebeu a anterior até 30 de abril. Ao todo, o benefício será pago a 7,9 milhões de trabalhadores, segundo o banco.

A segunda parcela, será paga a 5,3 milhões de trabalhadores inscritos no Cadastro Único ou que se cadastraram através do aplicativo e do site, e que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em maio e junho; 1,9 milhão de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família, cujo NIS termina em 5.

Primeira parcela: 700 mil trabalhadores do novo lote de aprovados do benefício, nascidos em abril; Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou no site auxilio.caixa.gov.br. O valor do auxílio emergencial é de R$ 600, podendo chegar a R$ 1.200 em alguns casos.

Segunda parcela: 1,9 milhão de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família, cujo NIS termina em 5; Primeira parcela: 0,7 milhão de trabalhadores do novo lote de aprovados do benefício, nascidos em abril

Para os beneficiários que vão receber a segunda segunda parcela e não fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos trazem mais restrições: todos vão receber por meio de conta poupança digital da Caixa – mesmo quem recebeu a primeira parcela em outra conta.

Além disso, a poupança digital não vai permitir transferências inicialmente – apenas pagamento de contas, de boletos e compras por meio do cartão de débito virtual. Transferências para outras contas e saques só serão liberados a partir de 30 de maio.Essa notícia foi relevante 

Caixa Econômica paga novos lotes da primeira e segunda parcelas do auxílio emergencial nesta quinta (21)

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 21 Maio 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

AR+

Novos lotes do Auxílio Emergencial foram pagos pela Caixa Econômica Federal nesta quinta-feira (21). A medida é referente tanto à primeira parcela, para novos aprovados, quanto da segunda, para quem recebeu a anterior até o dia 30 de abril.

Cerca de 5,3 milhões trabalhadores inscritos no Cadastro Único ou que se cadastraram através do aplicativo e do site, vão receber a segunda parcela. Além desse grupo, também recebem 1,9 milhão de trabalhadores beneficiários do Bolsa Família, cujo NIS termina com o número 4.

Para quem vai receber a segunda parcela e não faz parte do Bolsa Família, os pagamentos apresentam algumas restrições. Uma delas é de que todos vão receber o valor por meio de conta poupança digital da Caixa. Isso vale mesmo quem recebeu a primeira parcela em outra conta.

A primeira parcela para os novos aprovados será creditada na conta informada pelo beneficiário, da forma como receberam os primeiros beneficiários, ou seja, nas contas da Caixa, na Poupança Social Digital ou em contas de outras instituições financeiras. 

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Caixa começa a pagar segunda parcela a beneficiários fora do Bolsa Família

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 20 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Começa a ser pago nesta quarta-feira (19), pela Caixa Econômica Federal (CEF), a segunda parcela do Auxílio Emergencial para os beneficiários do programa que não fazem parte do Bolsa Família (que fazem parte do Cadastro Único ou que se inscreveram pelo aplicativo ou site), e que receberam a primeira parcela até 30 de abril. Os primeiros a receber serão cerca de 5 milhões de beneficiários nessa situação nascidos em janeiro e fevereiro.

Também nesta quarta a Caixa paga a segunda parcela do Auxílio a outros 1,9 milhão de trabalhadores que também são beneficiários do Bolsa Família, cujo NIS é terminado em 3. Além disso, também será liberado o pagamento da primeira parcela do benefício para um novo grupo de trabalhadores, que fazem aniversário em fevereiro.

Caixa paga 1ª parcela de auxílio emergencial de R$ 600 nesta terça para novos aprovados

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 19 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Começa a ser pago nesta terça-feira (19), pela Caixa Econômica Federal (CEF), a primeira parcela do Auxílio Emergencial para um novo grupo de pessoas aprovadas para receber o benefício. Os primeiros a receber, já nesta terça, serão os trabalhadores nascidos nascidos em janeiro.

Os pagamentos vão até 29 de maio, em dias escalonados por mês de nascimento (veja o calendário mais abaixo). Até o final dos pagamentos, serão creditados R$ 5,3 bilhões a mais de 8,3 milhões de pessoas. Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Também nesta terça, o banco credita a segunda parcela do auxílio para 1,9 milhão de beneficiários do Bolsa Família cujo NIS é terminado em 2. Já os trabalhadores que estão no Cadastro Único e não recebem o Bolsa Família, assim como os que se inscreveram no Auxílio Emergencial através do site ou aplicativo, começam a receber a parcela apenas na quarta-feira (20).

Pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial começa hoje

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 18 Maio 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Começa a ser paga nesta segunda-feira (18) a segunda parcela do Auxílio Emergencial de R$ 600, para aqueles que já receberam a primeira parcela até 30 de abril. Os valores serão pagos aos beneficiários até 13 de junho. A parcela é de R$ 600, sendo que mães solteiras chefes de família têm direito a duas cotas, totalizando R$ 1.200.

Os primeiros a receber serão os beneficiados do Bolsa Família, que poderão sacar em espécie a partir de hoje, da mesma forma do benefício regular, conforme o número final do Número de Identificação Social (NIS).  

As datas foram definidas para evitar concentração nos meios digitais e aglomerações nos pontos de atendimento. O calendário traz escalonamento para os grupos de beneficiários – elegíveis do Bolsa Família, CadÚnico e inscritos pelo app/site –, bem como para antecipação do crédito para movimentação digital e para saque em espécie conforme mês de nascimento.

Dataprev aprova auxílio emergencial para 8,3 milhões de brasileiros

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 16 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Agência Brasil

Cerca de 8,3 milhões de brasileiros que haviam pedido o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras) tiveram o benefício aprovado. A lista de novos beneficiários foi repassada à Caixa Econômica Federal, que liberará cerca de R$ 5,3 bilhões nos próximos dias.

O pagamento da primeira parcela para esse contingente ocorrerá gradualmente entre os dias 19 e 29 de maio, conforme o mês de nascimento do beneficiário. Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a liberação será gradual para evitar filas e aglomerações nas agências.

Esses 8,3 milhões de cidadãos receberão o benefício em espécie nas seguintes datas: 19 de maio (terça-feira) para nascidos em janeiro, 20 de maio (quarta-feira) para nascidos em fevereiro, 21 de maio (quinta-feira) para nascidos em março, 22 de maio (sexta-feira) para nascidos em abril e 23 de maio (sábado) para nascidos em maio, junho e julho.

O pagamento da primeira parcela continua na semana seguinte: 25 de maio (segunda-feira) para nascidos em agosto, 26 de maio (terça-feira) para nascidos em setembro, 27 de maio (quarta-feira) para nascidos em outubro, 28 de maio (quinta-feira) para nascidos em novembro e 29 de maio (sexta-feira) para nascidos em dezembro. Segundo Guimarães, beneficiários que nasceram em um mês superior ao da data de saque não poderá retirar o dinheiro num dia anterior.

Nova parcela do auxílio emergencial começa a ser paga na segunda

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 15 Maio 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

A Caixa Econômica Federal começará a creditar a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 a partir da próxima segunda-feira (18), informou o presidente do banco estatal, Pedro Guimarães.

Ao todo, cerca de 50 milhões de pessoas estão inscritas no programa, criado para garantir uma renda básica emergencial durante três meses, para o enfrentamento dos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. O benefício é pago para trabalhadores informais e pessoas de baixa renda, inscritos do cadastro social do governo e no Bolsa Família. 

Governo divulga calendário da 2ª parcela do Auxílio Emergencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 15 Maio 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

O calendário do pagamento da 2ª parcela do Auxílio Emergencial foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (15). O cronograma começa a partir de segunda-feira (18) e seguirá até 13 de junho.

A portaria que definiu o calendário também alterou a forma de recebimento dos trabalhadores que se inscreveram no programa por meio do site e do aplicativo e informaram uma conta já existente para recebimento do benefício.

Para esses beneficiários, a segunda parcela também será depositada em poupança digital na Caixa em um primeiro momento. Esses recursos vão poder ser usado digitalmente (para pagamentos de contas, boletos e compras por meio de cartão de débito virtual) até uma segunda data, quando os recursos restantes nessa poupança serão então transferidos para a conta que o trabalhador indicou ao fazer o cadastro.

Conquista: Prefeitura inicia segunda etapa do mutirão para auxílio emergencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 12 Maio 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, iniciará nesta terça-feira (12), a segunda etapa do mutirão para orientações e cadastramento do auxílio emergencial para trabalhadores informais que moram na zona rural e não têm acesso à internet.

Durante a primeira etapa, a equipe da Assistência Social visitou 12 localidades, realizando mais de 1600 atendimentos para cadastro do auxílio e atendimento do Cadastro Único/Bolsa Família.

Nesta segunda etapa, a meta é visitar os povoados mais distantes das sedes dos distritos em que a população tem mais dificuldade para acessar o aplicativo da Caixa Econômica Federal. “Nosso objetivo com esta ação é garantir a proteção social dessas pessoas, permitindo que aqueles que se encaixam no perfil do auxílio possam ser contemplados. Isso permitirá o acesso à renda, um direito básico” informou o secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

Veja a programação:

…Leia na íntegra

Cerca de 3,5 milhões de pessoas ainda não conseguiram movimentar o benefício do Auxílio Emergencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 11 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Fonte:G1

De acordo com o balanço divulgado pela Caixa Econômica Federal, neste domingo (10), cerca de 3,5 milhões de pessoas ainda não movimentaram os recursos disponíveis pelo Auxílio Emergencial.

Desde o dia 9 de abril, quando teve o início o pagamento, R$ 35,5 bilhões foram creditados para 50 milhões de pessoas. De acordo com o banco, 93% dos beneficiários já fizeram algum tipo de movimentação.

O número de transações alcançou 20,3 milhões. A maior parte delas foi feita em transferências na Caixa (8,2 milhões), seguida por transações em DOC ou TED (4,1 milhões).

Auxílio emergencial não sacado de conta digital voltará para o governo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 08 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

O auxílio emergencial de R$ 600 e a compensação para trabalhadores com contratos suspensos ou reduzidos pagos por meio de contas digitais da Caixa Econômica Federal voltarão ao governo, se não forem sacados em 90 dias. O retorno automático ao Tesouro Nacional consta das regulamentações dos dois benefícios publicadas neste mês pelo Ministério da Economia.

Segundo o Ministério da Economia, o beneficiário poderá retirar o dinheiro mesmo depois de os recursos voltarem ao Tesouro Nacional. De acordo com a pasta, as leis que instituíram o auxílio emergencial de R$ 600 e o benefício emergencial (BEM) garantem o direito ao recebimento de quem teve o cadastro aprovado, dispensando a necessidade de uma nova regulamentação.

O retorno automático aos cofres do governo vale apenas para os benefícios depositados nas contas poupança digital da Caixa. Recebe por essa modalidade quem não tem conta em banco ou quem tiver optado por esse canal na hora de pedir o dinheiro.

Auxílio emergencial: mais de 1600 atendimentos já foram realizados na zona rural durante mutirão

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 07 Maio 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Secom/PMVC

A equipe da Assistência Social, segue realizando o mutirão para cadastramento do auxílio emergencial de R$ 600,00 reais (seiscentos reais) do Governo Federal, voltado para trabalhadores informais que moram na zona rural e não possuem acesso à internet em suas residências.

A Semdes iniciou o mutirão no último dia 15 de abril, no distrito de Bate Pé. “Nossa primeira preocupação quando o governo liberou o auxílio, por meio de plataforma digital, foi com os moradores da zona rural que, em sua maioria, não possuem sinal de internet em suas casas. Por isso, reunimos nossa equipe, organizamos uma escala de visita, apresentamos a proposta ao prefeito Herzem Gusmão que imediatamente autorizou nossa ação”, informou o secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

A equipe formada por técnicos da Proteção Social Básica, Proteção Social Especial e Cadastro Único rodou mais de 985 km visitando 12 localidades: Bate Pé, Cercadinho, Inhobim, José Gonçalves, Cabeceira do Jiboia, Veredinha, São João da Vitória, São Sebastião, Iguá, Pradoso, Lagoa das Flores e Dantilândia, onde foram realizados mais de 1600 atendimentos.

Em cada localidade, além do atendimento para o auxílio emergencial, a equipe realizou atendimento do Cadastro Único para atualização cadastral e inclusão de novos. “Nosso objetivo com esta ação é oferecer mais proteção social para quem mais precisa. Por isso, já estamos organizando um novo mutirão que deve começar na próxima semana com foco nos povoados mais distantes da sede do distrito”, explicou Michael.

Mais de 13 milhões de informais terão que refazer cadastro para receber auxílio emergencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 06 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Cerca de 13,6 milhões de trabalhadores informais terão que refazer o cadastro no aplicativo e site da Caixa Econômica Federal para receber o auxílio emergencial de R$ 600.

Ao analisar 40 milhões de cadastros realizados no sistema do banco, a Dataprev não conseguiu identificar se esses trabalhadores têm direito ao benefício. Outros 20,27 milhões foram considerados elegíveis e 6,97 milhões, inelegíveis.

Quando o resultado é inconclusivo, o interessado pode fazer uma nova solicitação para corrigir dados informados anteriormente. Se o resultado for “benefício não aprovado”, o interessado poderá contestar o motivo da não aprovação ou realizar nova solicitação.

Governo lança portal para trabalhador saber o motivo da exclusão do auxílio emergencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 05 Maio 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte:G1

Agora os trabalhadores que se cadastraram para receber o auxílio emergencial de R$ 600 terão acesso a uma nova ferramenta para consultar a situação dos seus pedidos.

Todo o detalhamento dos pedidos poderá ser acompanhado como: resultados, datas de recebimento e envio dos dados pela Caixa à Dataprev e vice-versa, além da motivação da negativa do benefício. A análise da segunda solicitação também poderá ser conferida.

O portal já está no ar e disponível para pesquisas dos CPFs dos requerentes. De acordo com o governo, o objetivo é dar transparência ao procedimento de análise, processamento, homologação e pagamento do benefício.

Além do portal e do aplicativo da Caixa, os brasileiros poderão acompanhar, a partir desta terça-feira (5), os seus pedidos por meio dos seguintes endereços: www.cidadania.gov.br/consultaauxilio e https://consultaauxilio.dataprev.gov.br .

Calendário da 2ª parcela do auxílio emergencial será liberado próxima semana

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 02 Maio 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg
4

De acordo com as informações divulgadas nesta sexta-feira (1º) pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, o calendário para o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 deve ser liberado na próxima semana.

A previsão inicial era de que a segunda leva de pagamentos começasse a ser paga na última segunda-feira (27) para os inscritos no Cadastro Único e os cadastrados por meio do aplicativo e do site do programa. Mas o Ministério da Cidadania soltou uma nota afirmando que a divulgação do calendário deve ocorrer agora em maio.

Segundo Guimarães, o banco ainda está fechando o detalhamento dos pagamentos da primeira parcela e fechará o calendário após reunião com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e aprovação do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Auxílio emergencial não sacado de conta digital voltará para o governo

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 30 abr 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

EBC

O auxílio emergencial de R$ 600 e a compensação para trabalhadores com contratos suspensos ou reduzidos pagos por meio de contas digitais da Caixa Econômica Federal voltarão ao governo, se não forem sacados em 90 dias. O retorno automático ao Tesouro Nacional consta das regulamentações dos dois benefícios publicadas neste mês pelo Ministério da Economia.

Segundo o Ministério da Economia, o beneficiário poderá retirar o dinheiro mesmo depois de os recursos voltarem ao Tesouro Nacional. De acordo com a pasta, as leis que instituíram o auxílio emergencial de R$ 600 e o benefício emergencial (BEM) garantem o direito ao recebimento de quem teve o cadastro aprovado, dispensando a necessidade de uma nova regulamentação.

O retorno automático aos cofres do governo vale apenas para os benefícios depositados nas contas poupança digital da Caixa. Recebe por essa modalidade quem não tem conta em banco ou quem tiver optado por esse canal na hora de pedir o dinheiro.

Mais de 46,2 milhões de pessoas já receberam o auxílio emergencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 30 abr 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte:EBC

A primeira parcela de R$ 600 do Auxílio Emergencial,de 46,2 milhões de brasileiros já foram creditada em suas contas, o que representa a liberação pelo governo federal de R$ 32,8 bilhões, segundo o Ministério da Cidadania. O total de contemplados supera a população de países como o Canadá (37,5 milhões de habitantes), e a Argentina (44,5 milhões).

O aplicativo criado pela Caixa teve 67,5 milhões de downloads e permitiu 49,2 milhões de cadastros. A Central de Atendimento 111, para tirar dúvidas das pessoas, recebeu mais de 98,6 milhões de ligações. Os números foram atualizados pela Caixa Econômica Federal no fim da tarde dessa quarta-feira (29).

A estimativa do ministério é de que até 70 milhões de brasileiros recebam os recursos. “Já superamos 45 milhões de brasileiros contemplados, isso contando 14,2 milhões ligados ao Programa Bolsa Família, outros milhões do Cadastro Único Federal (que não são do Bolsa Família) e já estamos virando a casa dos 15 milhões via aplicativo”, disse o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

Auxílio emergencial: atividades de cadastramento serão ampliadas na zona rural de Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 28 abr 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

A equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) se reuniu nesta segunda-feira (27), com representantes da Defesa Civil e da Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural para discutirem sobre o atendimento à população da zona rural, visando apoiar a equipe da Assistência Social no cadastramento para auxílio emergencial de R$ 600,00 (seiscentos reais) do Governo Federal para trabalhadores informais.

Durante o encontro, os representantes mapearam as áreas rurais de difícil acesso da população e também aquelas com maior vulnerabilidade social. “No primeiro momento, nós priorizamos as sedes dos distritos e agora vamos ampliar essa ação para os povoados, com o objetivo de garantir para essa população o acesso à proteção social, neste momento que nós sabemos ser a falta de renda um dos fatores que mais vulnerabilizam as famílias” ressaltou o secretário de Desenvolvimento Social Michael Farias.

A Defesa Civil atende tanto a zona urbana quanto a zona rural do município. “Nós temos núcleos comunitários da Defesa Civil em cada distrito da zona rural, o que tem facilitado o nosso atendimento a essas regiões e podemos acioná-los para ajudar a equipe da Assistência Social nesta atividade” destacou o assessor da Defesa Civil, David Ribeiro Viana.

Veja as datas dos mutirões:

…Leia na íntegra

Governo libera mais R$ 27 bilhões para pagar auxílio emergencial a informais e outros trabalhadores

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 28 abr 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

AR+

O Governo Federal disponibilizou mais R$ 27 bilhões para o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 aos trabalhadores informais, autônomos desempregados e microempreendedores durante a pandemia do novo coronavírus. O aporte foi liberado ao Ministério da Cidadania por meio de uma Medida Provisória (MP) e se soma aos R$ 98 bilhões previstos no início do programa.

De acordo com o governo, a ampliação no orçamento é necessária, porque o número de pessoas que terá direito ao benefício saltou de 54 milhões — quando no anúncio do programa — para 70 milhões de pessoas. Isso quer dizer que a cada três brasileiros, um deverá receber o auxílio, que será concedido por três meses.

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, afirmou que não vai faltar recurso para garantir o benefício e que as pessoas podem se tranquilizar, pois ainda há tempo de se cadastrarem para receber o auxílio.

Criado para minimizar o impacto econômico causado pela pandemia do coronavírus, o auxílio emergencial é voltado para trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados. Além disso, os brasileiros inscritos no Cadastro Único e no Bolsa Família e que atendem as regras do programa, também vão receber o dinheiro.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, responsável pelos pagamentos do benefício, mais de 39 milhões de pessoas já receberam a primeira parcela do auxílio até esta segunda-feira (27). Desde o início do programa, o banco já creditou cerca de R$ 28 bilhões.