Neste ano, 141 pessoas já foram resgatadas de situações de tráfico de pessoas e trabalho escravo na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 30 jul 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Fonte: Ascom/ SJDHDS

Trabalho-Escravo-Trabalhador resgatado em fazenda no Pará (Foto: Leonardo Sakamoto / trabalhoescravo.org)

De janeiro a julho deste ano, a força tarefa da Comissão de Enfrentamento ao Trabalho Escravo (Coetra-BA), em conjunto com a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), resgatou 141 trabalhadores em situação de trabalho análogo ao de escravo, que também é qualificado como Tráfico de Pessoas, resultado das falsas promessas de trabalho remunerado.

As operações de resgate foram comandadas pelo Grupo Móvel de resgate da Bahia/Coetrae. Já as tratativas de pós-resgate, foram dadas e acompanhadas pela Coordenação do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e ao Trabalho Escravo da SJDHDS, que presta toda a assistência necessária ao trabalhador, buscando o acesso ao seguro desemprego, a documentação civil, a assistência do SUAS, através dos Cras e Creas dos municípios em que a vítima foi resgatada, entre outras articulações.  

“O caótico cenário imposto pela pandemia tem resultado no aumento das violações de direitos humanos no país inteiro. São inúmeros trabalhadores, pais e mães de família, buscando oportunidade de acesso a renda para o sustento dos seus e que acabam sendo vítimas de trabalho análogo ao de escravo, sendo submetidos à carga horária exaustiva, alimentação e alojamentos precários, direitos trabalhistas negados, sem equipamentos de proteção para exercer a função e tantas outras condições mais que ferem a dignidade humana. Vamos continuar atuando em rede para coibir essa prática criminosa”, afirmou Carlos Martins, secretário da SJDHDS.

De acordo com Admar Fontes, coordenador da Coetrae-BA e do Núcleo de Enfrentamento e Tráfico de Pessoas da SJDHDS, a busca por sucesso profissional e conquistas financeiras, transformam-se em iscas ideais para as quadrilhas que chegam a movimentar mais de 30 bilhões de dólares, com a exploração de, aproximadamente, 2,5 milhões de pessoas, segundo dados do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC).

“Sob promessas de oportunidades de trabalho remunerado, homens e mulheres, jovens e adolescentes, muitos deles vêem seus sonhos serem substituídos por trabalho forçado, exploração sexual, escravidão e até remoção de órgãos. Esta é a realidade das vítimas de organizações criminosas que atuam no tráfico de pessoas no Brasil e em várias partes do mundo”, esclareceu.

Dos 141 casos resgatados de trabalho análogo ao de escravo, três são trabalhadoras domésticas; oito trabalhadores da construção civil; um caso de adoção ilegal, que está sendo acompanhado junto ao Conselho Tutelar, Derca e Polícia Federal; 66 trabalhadores, resgatados de uma fazenda de café em São Paulo; e 63 trabalhadores resgatados de uma fazenda de café Minas Gerais.

“Esse número supera o ano passado e provavelmente será recorde esse ano, pois temos muitas denúncias reprimidas devido a pandemia. A crise sanitária e econômica tem facilitado para que esse tipo de crime aconteça e que mais pessoas sejam submetidas às condições de escravidão. Estamos operando mediante denúncias e investigações e resgatando essas pessoas dos locais e dando os devidos encaminhamentos para assegurar a proteção e garantia de seus direitos”, declarou Admar Fontes Jr.

A prática criminosa, conforme artigo 149 do Código Penal brasileiro, submete o trabalhador a condições indignas de trabalho e de moradia. Algumas delas, como ausência de banheiros e camas nos alojamentos; falta de acesso à água potável; falta de equipamentos de proteção individual e coletivo para determinadas funções; falta de salários justos e de carteira assinada, são comumente encontradas durante as ações de resgate e pós-resgate das operações.

As fiscalizações são realizadas mediante denúncias recebidas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-BA) e pela Superintendência Regional do Trabalho. Além do MPT, os grupos móveis são formados também por auditores da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, representantes da SJDHDS e defensores públicos. Após o resgate das vítimas, o MPT convoca os empregadores para que seja efetuado o pagamento das verbas rescisórias e de todos os direitos trabalhistas retroativos.

O que fazer para enfrentar o tráfico de pessoas

Algumas dicas são fundamentais para evitar o tráfico de pessoas e o trabalho análogo ao de escravo. Toda vez que surgir oportunidade para trabalhar ou estudar, especialmente se for fora da cidade de origem, é importante duvidar sempre de propostas de emprego fácil e lucrativo; antes de aceitar a proposta de emprego, ler atentamente o contrato de trabalho, buscar informações sobre a empresa contratante e procurar auxílio da área jurídica especializada; e denunciar anonimamente qualquer caso suspeito através do Disque 100 ou (71) 3266-0131.

Fonte: Ascom/ SJDHDS

Governo do Estado assina ordem de serviço para ampliar reconhecimento facial e de placas na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Segurança | Data: 27 jul 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Fonte

A Bahia terá mais 39 cidades da região metropolitana e interior monitoradas por vídeo neste ano, com tecnologia para reconhecimento facial e de placas veiculares.

A ordem de serviço que contempla, até 2022, 77 municípios, será assinada pelo governador nesta terça-feira (27), às 9h, no Centro de Operações e Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

O investimento, avaliado em aproximadamente R$ 665 milhões, inclui a prestação de serviço, por cinco anos, através do consórcio vencedor da licitação, o conglomerado Oi SA e Avante SA. A tecnologia dos Sistemas de Reconhecimento Facial e de Placas, que integram o Projeto Vídeo Polícia, lançado em 2018, já foi responsável pela prisão de 216 procurados pela Justiça.

Bahia registra 3.211 novos casos de Covid-19 e mais 48 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 04 jul 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.211 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 3.104 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico deste sábado (3) também registra 48 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 1.135.261 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.098.816 já são considerados recuperados, 12.210 encontram-se ativos e 24.235 tiveram óbito confirmado.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.374.341 casos descartados e 233.011 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado. Na Bahia, 50.961 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 24.235, representando uma letalidade de 2,13%. Dentre os óbitos, 55,75% ocorreram no sexo masculino e 44,25% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,98% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,28%, preta com 15,40%, amarela com 0,42%, indígena com 0,14% e não há informação em 6,77% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 60,50%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (72,80%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

Bahia registra 1.719 novos casos de Covid-19 e mais 30 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 28 jun 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.719 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.587 recuperados (+0,2%). O boletim epidemiológico deste domingo (27) também registra 30 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 1.119.127 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.081.290 já são considerados recuperados, 14.098 encontram-se ativos e 23.739 tiveram óbito confirmado.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.361.309 casos descartados e 230.359 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo. Na Bahia, 50.721 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 23.739, representando uma letalidade de 2,12%. Dentre os óbitos, 55,79% ocorreram no sexo masculino e 44,21% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,97% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,25%, preta com 15,43%, amarela com 0,43%, indígena com 0,13% e não há informação em 6,79% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 60,76%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (72,92%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

Bahia registra 2.160 novos casos de Covid-19 e mais 77 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 22 jun 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.160 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.790 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico desta segunda-feira (21) também registra 77 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 1.099.499 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.059.838 já são considerados recuperados, 16.407 encontram-se ativos e 23.254 tiveram óbito confirmado.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.345.656 casos descartados e 230.807 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira. Na Bahia, 50.415 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 23.254, representando uma letalidade de 2,11%. Dentre os óbitos, 55,79% ocorreram no sexo masculino e 44,21% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,95% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,24%, preta com 15,42%, amarela com 0,42%, indígena com 0,13% e não há informação em 6,84% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 61,09%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,01%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

Bahia registra 4.567 novos casos de Covid-19 e mais 73 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 21 jun 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.567 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 3.604 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico deste domingo (20) também registra 73 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 1.097.339 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.057.048 já são considerados recuperados, 17.114 encontram-se ativos e 23.177 tiveram óbito confirmado.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.343.821 casos descartados e 231.880 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo. Na Bahia, 50.384 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 23.177, representando uma letalidade de 2,11%. Dentre os óbitos, 55,81% ocorreram no sexo masculino e 44,19% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,97% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,22%, preta com 15,42%, amarela com 0,42%, indígena com 0,13% e não há informação em 6,83% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 61,10%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,05%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

Bahia receberá 300 mil doses da vacina russa Sputnik V em julho

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 16 jun 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

A Bahia receberá no mês de julho as 300 mil doses da vacina contra a covid-19 Sputnik V com importação autorizada pela Anvisa. Já as cidades baianas que vão receber as doses serão definidas nesta semana, de acordo com o governador da Bahia, Rui Costa. Ele fez os anúncios nas redes sociais.
 
“A previsão é que as doses da vacina #SputnikV cheguem ao Brasil no início de julho. Hoje pela manhã tivemos uma reunião com o Fundo Russo, para detalhar os 28 pontos exigidos pela Anvisa. Essa semana vamos definir os municípios onde vamos aplicar as vacinas”, escreveu.

Em março, o consórcio de governadores do Nordeste formalizou a compra de 37 milhões de doses da Sputnik V. Desse total, a Bahia teria direito a 9,7 milhões de doses.

Conquista fica em 2º lugar na Bahia em geração de empregos formais na pandemia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Trabalho, Vit. da Conquista | Data: 10 jun 2021

Tags:, ,

Vitória da Conquista voltou a ser destaque no cenário econômico da Bahia com geração de empregos em meio à pandemia do novo coronavírus. Considerando o período de março de 2020 a abril de 2021, o município ocupa o segundo lugar no estado da Bahia, com saldo positivo de 3.474 novos empregados com carteira assinada, atrás apenas de Lauro de Freitas em números absolutos. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria do Trabalho, ligada ao Ministério da Economia.

Os destaques na criação de novos empregos formais foram indústria (2.321), comércio (928) e construção (628).

Para o secretário municipal de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, Marcos Ferreira, os números mostram a confiança dos empresários de Vitória da Conquista em suas atividades produtivas. “A cidade continua representando oportunidades para o aumento das atividades produtivas e, por conseguinte, ampliando postos de trabalho, com efeito na geração no emprego e na renda da população”, afirmou.

De acordo com o secretário, o Governo Municipal exerceu papel determinante em avaliar as medidas sugeridas e adaptá-las à realidade local, sem prejuízos aos cuidados com a saúde da população. “O saldo positivo também resulta do esforço da Prefeitura em garantir a continuidade das atividades  produtivas das medidas, com decretos específicos, assegurando os cuidados sanitários e preventivos, mas evitando o desemprego e permitindo a geração de novos postos de trabalho”, disse ele.

Marcos Ferreira parabenizou os empresários otimistas e responsáveis, acrescentando que “ao Governo cumprirá manter as articulações com as entidades de classe e representativas dos variados segmentos empresariais, de modo a permite-lhes o melhor ambiente propício ao Desenvolvimento Econômico”.

Bahia registra mais de 15 mil casos ativos da Covid-19

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 01 jun 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Dos 1.012.200 casos confirmados desde o início da pandemia, 975.260 já são considerados recuperados, 15.699 encontram-se ativos e 21.241 tiveram óbito confirmado, destes 81 foram registrados nas últimas 24 horas. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje.

Por conta de uma falha pontual no sistema de leitura e processamento das bases de dados da Covid-19, dos governos federal, estadual e municipais identificada pela Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb) neste domingo (30), não foi possível consolidar os dados das últimas 24 horas e, consequentemente, ter as informações comparativas com as 24 horas anteriores. Nesta terça-feira (01), todos os dados voltarão a ser divulgados.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.278.526 casos descartados e 226.743 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira. Na Bahia, 49.146 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 21.241, representando uma letalidade de 2,10%. Dentre os óbitos, 55,71% ocorreram no sexo masculino e 44,29% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,80% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,06%, preta com 15,45%, amarela com 0,43%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,12% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 62,39%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,36%).

…Leia na íntegra

Bahia registra 4.099 novos casos de Covid-19 e mais 130 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 28 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.099 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 3.809 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico desta quinta-feira (27) também registra 130 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 999.463 casos confirmados desde o início da pandemia, 960.258 já são considerados recuperados, 18.349 encontram-se ativos e 20.856 tiveram óbito confirmado.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.269.363 casos descartados e 224.207 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia, 48.939 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 20.856, representando uma letalidade de 2,09%. Dentre os óbitos, 55,74% ocorreram no sexo masculino e 44,26% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,82% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,04%, preta com 15,42%, amarela com 0,43%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,16% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 62,85%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,44%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

…Leia na íntegra

Bahia registra 4.942 novos casos de Covid-19 e mais 107 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 26 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.942 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 5.286 recuperados (+0,6%). O boletim epidemiológico desta terça-feira (25) também registra 107 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 989.909 casos confirmados desde o início da pandemia, 952.292 já são considerados recuperados, 17.011 encontram-se ativos e 20.606 tiveram óbito confirmado.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.262.870 casos descartados e 221.092 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira. Na Bahia, 48.796 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 20.606, representando uma letalidade de 2,08%. Dentre os óbitos, 55,72% ocorreram no sexo masculino e 44,28% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,90% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,99%, preta com 15,38%, amarela com 0,44%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,17% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,04%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,50%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

…Leia na íntegra

Bahia registra 1.380 novos casos de Covid-19 e mais 71 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 25 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.380 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,1%) e 2.750 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico desta segunda-feira (24) também registra 71 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 984.967 casos confirmados desde o início da pandemia, 947.006 já são considerados recuperados, 17.462 encontram-se ativos e 20.499 tiveram óbito confirmado.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.259.590 casos descartados e 218.054 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira. Na Bahia, 48.728 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 20.499, representando uma letalidade de 2,08%. Dentre os óbitos, 55,70% ocorreram no sexo masculino e 44,30% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,93% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,98%, preta com 15,34%, amarela com 0,44%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,19% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,12%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,53%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

…Leia na íntegra

Bahia registra 5.182 novos casos de Covid-19 e mais 74 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 21 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou o falecimento de dois moradores da zona rural de Vitória da Conquista por complicações causadas pela Covid-19.

468º óbito – Homem de 69 anos, morador do povoado de Abelhas, com Insuficiência Renal Aguda e Hipertensão Arterial. Internado no dia 12 de abril, foi a óbito em 18 de maio, no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC).

469º óbito – Mulher de 71 anos, moradora do Povoado de Lagoa de Melquíades, portadora de Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus. Internada no dia 19 de abril no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde foi a óbito em 18 de maio.

Ocupação de Leitos – Neste momento, 121 pacientes estão internados em parte dos 148 leitos disponíveis (78 enfermarias e 70 leitos de UTI) na rede SUS para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus.

Além de moradores de Vitória da Conquista, também estão internados residentes dos seguintes municípios: Anagé, Barra da Estiva, Barra do Choça, Brumado, Caatiba, Canapolis, Cândido Sales, Carinhanha, Condeúba, Dom Basílio, Guanambi, Ibicoara, Iguaí, Itapetinga, Lagoa Real, Livramento de Nossa Senhora, Macaúbas, Maetinga, Malhada de Pedras, Nova Canaã, Piripá, Planalto, Poções, Rio do Antônio e Tremedal.

…Leia na íntegra

Bahia registra 5.111 novos casos de Covid-19 e mais 77 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 20 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 5.111 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 3.801 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico desta quarta-feira (19) também registra 77 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 966.268 casos confirmados desde o início da pandemia, 928.500 já são considerados recuperados, 17.637 encontram-se ativos e 20.131 tiveram óbito confirmado.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.246.759 casos descartados e 213.779 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira. Na Bahia, 48.449 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 20.131, representando uma letalidade de 2,08%. Dentre os óbitos, 55,66% ocorreram no sexo masculino e 44,34% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,80% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,05%, preta com 15,32%, amarela com 0,44%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,27% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,44%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,49%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

…Leia na íntegra

Mais de 3 milhões de baianos foram vacinados contra a Covid-19

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 19 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Nesta terça-feira (18) a Bahia ultrapassou a marca de 3 milhões de baianos vacinados com a primeira dose da vacina contra o coronavírus (Covid-19). A Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados, superando a marca de 20% da população vacinada com a primeira dose. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Com 3.023.842 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 1.387.255 receberam também a segunda dose, até as 16 horas desta terça-feira, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados.

Tem se observado volume excedente de doses nos frascos das vacinas contra a Covid-19, o que possibilita a utilização de 11 e até 12 doses em apenas um frasco, assim como acontece com outras vacinas multidoses. O Ministério da Saúde emitiu uma nota que autoriza a utilização do volume excedente, desde que seja possível aspirar uma dose completa de 0,5 ml de um único frasco-ampola. Desta forma, poderá ser observado que alguns municípios possuem taxa de vacinação superior a 100%.

Bahia registra 3.890 novos casos de Covid-19 e mais 82 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia | Data: 19 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.890 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 3.643 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico desta terça-feira (18) também registra 82 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 961.157 casos confirmados desde o início da pandemia, 924.699 já são considerados recuperados, 16.404 encontram-se ativos e 20.054 tiveram óbito confirmado.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.242.538 casos descartados e 212.232 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira. Na Bahia, 48.371 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 20.054, representando uma letalidade de 2,09%. Dentre os óbitos, 55,65% ocorreram no sexo masculino e 44,35% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,78% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,03%, preta com 15,35%, amarela com 0,44%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,29% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,53%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,52%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

…Leia na íntegra

Bahia registra 1.917 novos casos de Covid-19 e mais 78 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 18 maio 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.917 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.476 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico desta segunda-feira (17) também registra 78 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 957.267 casos confirmados desde o início da pandemia, 921.056 já são considerados recuperados, 16.239 encontram-se ativos e 19.972 tiveram óbito confirmado.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.239.831 casos descartados e 209.520 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira. Na Bahia, 48.311 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 19.972, representando uma letalidade de 2,09%. Dentre os óbitos, 55,68% ocorreram no sexo masculino e 44,32% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,79% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,01%, preta com 15,36%, amarela com 0,44%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,29% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,62%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,55%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

…Leia na íntegra

Bahia registra 4.140 novos casos de Covid-19 e mais 121 óbitos pela doença

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 14 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.140 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 3.383 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico desta quinta-feira (13) também registra 121 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 944.724 casos confirmados desde o início da pandemia, 908.210 já são considerados recuperados, 16.890 encontram-se ativos e 19.624 tiveram óbito confirmado.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.231.911 casos descartados e 207.472 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia, 48.100 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 19.624, representando uma letalidade de 2,08%. Dentre os óbitos, 55,64% ocorreram no sexo masculino e 44,36% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,74% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,01%, preta com 15,37%, amarela com 0,44%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,31% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,76%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,56%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

…Leia na íntegra

Bahia registra 4.244 novos casos de Covid-19; vacinados chega a 2.781.478

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 12 maio 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.244 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 3.814 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico desta terça-feira (11) também registra 91 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 936.275 casos confirmados desde o início da pandemia, 901.434 já são considerados recuperados, 15.430 encontram-se ativos e 19.411 tiveram óbito confirmado.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.226.187 casos descartados e 203.624 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (11). Na Bahia, 47.937 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 19.411, representando uma letalidade de 2,07%. Dentre os óbitos, 55,67% ocorreram no sexo masculino e 44,33% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,73% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,00%, preta com 15,33%, amarela com 0,45%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,37% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,83%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,52%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

…Leia na íntegra

Bahia registra mais 81 óbitos por Covid-19; vacinados chega a 2.728.059

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 11 maio 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.438 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.360 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico desta segunda-feira (10) também registra 81 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 932.031 casos confirmados desde o início da pandemia, 897.620 já são considerados recuperados, 15.091 encontram-se ativos e 19.320 tiveram óbito confirmado.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.222.970 casos descartados e 201.657 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira. Na Bahia, 47.861 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 19.320, representando uma letalidade de 2,07%. Dentre os óbitos, 55,66% ocorreram no sexo masculino e 44,34% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,74% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,03%, preta com 15,30%, amarela com 0,45%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,36% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,92%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,47%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

…Leia na íntegra