Mais 2,2 milhões de famílias do Bolsa Família passam a ter conta digital na Caixa em janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 26 jan 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

Fonte: Brasil 61

Mais 2,2 milhões de famílias receberão os recursos do Bolsa Família pelos serviços da Conta Poupança Social Digital neste mês. Desde dezembro de 2020 está ocorrendo, de forma gradativa, o cadastramento de mais de nove milhões de beneficiários do programa no sistema bancário.

Antes, nenhum deles tinha conta em instituições do sistema financeiro. Até março, todos os que recebem o benefício terão uma conta social digital da Caixa Econômica Federal. Na primeira etapa do cadastramento, em dezembro de 2020, foram abertas 1,5 milhão de contas sociais, para quem possuía NIS com final 9 e 0, seguindo a data de crédito regular do programa. 

A abertura das contas digitais ocorre de forma automática pela Caixa, sem que o beneficiário precise levar documento às agências. As informações sobre os benefícios das famílias podem ser acessadas nos aplicativos Bolsa Família e Caixa Tem. 

Revisões do Cadastro Único e cancelamentos do Bolsa Família foram suspensos por mais 90 dias

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 19 jan 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

As revisões e atualizações do Cadastro Único e cancelamentos do Bolsa Família foram suspensos por mais 90 dias. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (18). Com isso, nenhuma família beneficiária que estiver com cadastro desatualizado precisa ir aos centros de atendimento do programa para fazer atualizações, já que não haverá bloqueio dos benefícios por esta razão.

A portaria estende o prazo de suspensão previsto na Portaria 443, de 20 de julho, que foi de 180 dias. O objetivo do adiamento é evitar aglomeração nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), em ato de prevenção contra o contágio pelo coronavírus.

Segundo a secretária nacional de Renda de Cidadania do Ministério da Cidadania, Fabiana Rodopoulos, houve, inclusive, um pedido dos municípios para essa medida. Por parte dos entes, o pedido se deve, ainda, pela requisição de documentos para a atualização cadastral que precisam ser solicitados em unidades de saúde e educação, como a frequência dos filhos na escola, por exemplo.

Bolsa Família inicia calendário 2021 sem auxílio emergencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 18 jan 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

Fonte: G1

Começa nesta segunda-feira (18) o pagamento do Bolsa Família para beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) de final 1. Em janeiro, o pagamento vai até o dia 29. O Bolsa Família é pago a mais de 14 milhões de famílias inscritas.

Para saber em que dia o benefício ficará disponível para saque ou crédito em conta bancária, a família deve observar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), impresso no cartão de cada titular.

Para cada final do NIS há uma data correspondente por mês. Se o NIS do titular termina com o número 1, em janeiro, por exemplo, os pagamentos iniciam-se no dia 18.

Governo divulga calendário de pagamentos do Bolsa Família em 2021

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 11 jan 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: A.

Foi divulgado nesta segunda-feira (11) pelo Ministério da Cidadania, o calendário anual de pagamentos dos benefícios do Programa Bolsa Família para 2021. As informações foram publicadas no Diário Oficial da União. Em janeiro, o pagamento será feito entre os dias 18 e 29.  

Programa com 14 milhões de famílias inscritas, o Bolsa Família paga os beneficiários conforme o dígito final do Número de Identificação Social. Os depósitos ocorrem sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês. As datas já haviam sido divulgadas pela Caixa Econômica Federal, responsável por operar o Bolsa Família. Confira o calendário.

Eleições 2020: quem trabalhou diretamente pode ter Bolsa Família cancelado

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 08 jan 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

Fonte: Brasil 61

O Ministério da Cidadania iniciou uma ação de verificação das informações de pessoas cadastradas no programa Bolsa Família que, de alguma forma, participaram das campanhas eleitorais de 2020.

Serão analisados os beneficiários que foram identificados como doadores de recursos financeiros, prestadores de serviços em campanhas eleitorais, candidatos a cargos eletivos com patrimônio incompatível com as regras do programa (conceitos de pobreza e extrema pobreza referidos no art. 2° da Lei n° 10.836/2004) ou candidatos eleitos nas eleições de 2020.

As pessoas que tiveram o bloqueio ou cancelamento no Bolsa Família, devem procurar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou um Centro de Atendimento do Bolsa Família no seu município para realizar uma atualização do cadastro. As informações mais detalhadas sobre esse procedimento podem ser conferidas na Instrução Normativa Nº02/2021 no Diário Oficial da União ou pelo portal do Ministério da Cidadania.

Beneficiários do Bolsa Família têm prazo de 270 dias para sacar parcelas do Auxílio Emergencial

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 05 jan 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

Fonte: Brasil 61

Governo federal amplia o prazo para os integrantes do Bolsa Família sacarem parcelas do Auxílio Emergencial. Segundo a Portaria 579/2020, os beneficiários têm 270 dias – a contar a partir da data em que o crédito foi feito em suas contas – para retirar as cinco parcelas do auxílio e as quatro parcelas da extensão do programa. 

O Auxílio Emergencial foi criado em abril de 2020 para mitigar os desafios financeiros dos trabalhadores informais, durante a crise provocada pela pandemia da Covid-19. O benefício também se estende a Microempreendedores Individuais, autônomos e desempregados. Incialmente, foi previsto o pagamento de apenas três parcelas de R$ 600 – ou R$ 1.200, no caso de mulheres provedoras da família. Mas a crise se estendeu além do estimado, e por isso o governo federal ampliou o pagamento para mais duas parcelas de mesmo valor. Por fim, foi criada a extensão do programa, com mais quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 reais, totalizando nove parcelas aos brasileiros contemplados.

Bolsa Família: Caixa divulga calendário de pagamentos em 2021

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 04 jan 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

Foi divulgado nesta segunda (4) pela Caixa Econômica Federal, o calendário de pagamentos do benefício social para 2021. Em janeiro, o pagamento será feito entre os dias 18 e 29.

Programa com 14 milhões de famílias inscritas, o Bolsa Família paga os beneficiários conforme o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Os depósitos ocorrem sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês.

Confira o calendário de pagamento para todos os meses do ano na tabela abaixo:

…Leia na íntegra

Prazo de saques do Bolsa Família foi ampliado de 90 para 270 dias

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 02 jan 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: Brasil 61

O prazo para beneficiários do Bolsa Família sacarem os recursos já depositados do programa social e do auxílio emergencial residual foi ampliado de 90 para 270 dias.

A legislação prevê que o prazo de saque do programa pode ser estendido em municípios com declaração de situação de emergência. Além disso, a medida pretende evitar aglomerações nos locais de pagamentos.  

A prorrogação será contada a partir da data da disponibilidade da parcela dos benefícios. Ela incidirá em todas as parcelas do Bolsa Família disponibilizadas para pagamento durante a vigência da situação de emergência em razão da covid-19 e que ainda estejam válidas.

Prazo de saques do Bolsa Família é ampliado

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 30 dez 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

O governo federal ampliou de 90 dias para 270 dias o prazo para beneficiários do Bolsa Família sacarem os recursos já depositados do programa social e do auxílio emergencial residual. A portaria do Ministério da Cidadania foi publicada hoje (30) no Diário Oficial da União.

De acordo com o texto, a legislação prevê que o prazo de saque do programa pode ser ampliado em municípios com declaração de situação de emergência, como é o caso da pandemia de covid-19. Além disso, a medida visa evitar aglomerações nos locais de pagamentos, como forma de prevenção, controle e contenção de riscos de disseminação do novo coronavírus.

A prorrogação será contada da data da disponibilidade da parcela dos benefícios. Ela incidirá ainda em todas as parcelas do Bolsa Família disponibilizadas para pagamento durante a vigência da situação de emergência em razão da covid-19 e que ainda estejam válidas, segundo o calendário de pagamentos e operacional do programa.

Inscritos no Bolsa Família podem contestar auxílio emergencial negado

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 21 dez 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Os beneficiários do Bolsa Família que tiveram o auxílio emergencial extensão de R$ 300 (R$ 600 para mães solteiras) cancelado, bloqueado ou negado, já podem requererem o benefício. Até 29 de dezembro, a revisão do benefício deve ser pedida no site da Dataprev, estatal que processa os requerimentos do auxílio emergencial.

O processo será inteiramente virtual, dispensando a necessidade de ir a uma agência da Caixa Econômica Federal ou a um posto de atendimento do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Segundo o Ministério da Cidadania, a pasta promove mensalmente um pente-fino entre os beneficiários do auxílio emergencial para verificar se eles atendem a todos os requisitos definidos pela lei que criou o benefício. Quem não se enquadra em um dos critérios é excluído da lista de beneficiários, mesmo tendo recebido alguma parcela.

Inscritos no Bolsa Família ganham prazo para contestar auxílio negado

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 16 dez 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

Fonte:

Os beneficiários do Bolsa Família que tiveram o auxílio emergencial extensão de R$ 300 (R$ 600 para mães solteiras) cancelado, bloqueado ou negado ganharam um prazo para requererem o benefício. A partir de domingo (20) até 29 de dezembro, a revisão do benefício deve ser pedida no site da Dataprev, estatal que processa os requerimentos do auxílio emergencial.

O processo será inteiramente virtual, dispensando a necessidade de ir a uma agência da Caixa Econômica Federal ou a um posto de atendimento do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Segundo o Ministério da Cidadania, a pasta promove mensalmente um pente-fino entre os beneficiários do auxílio emergencial para verificar se eles atendem a todos os requisitos definidos pela lei que criou o benefício. Quem não se enquadra em um dos critérios é excluído da lista de beneficiários, mesmo tendo recebido alguma parcela.

De acordo com a pasta, a verificação é necessária para garantir que o público-alvo do auxílio emergencial seja atendido e impedir que pessoas que não precisam do benefício recebam a ajuda. Entre as principais situações verificadas, estão morte, descoberta de irregularidades ou obtenção de emprego formal durante a concessão do auxílio.

Governo federal inicia pagamentos de dezembro do programa Bolsa Família

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 11 dez 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

Beneficiários do programa Bolsa Família começaram a receber nesta semana os pagamentos relativos ao mês de dezembro, incluindo a quarta e última parcela da extensão do auxílio emergencial. Segundo o Ministério da Cidadania, mais de 14 milhões de famílias serão contempladas.

Os pagamentos começam com quem tem o Número de Identificação Social (NIS) final 1 e serão finalizados no dia 23, com aqueles cujo NIS termina em zero. De acordo com números do governo federal, somando as folhas de pagamento do Bolsa Família, do auxílio emergencial e da extensão, o repasse é de cerca de R$ 7 bilhões.


O Ministério da Cidadania ressalta ainda que está em processamento o pagamento do auxílio para algumas famílias, que vão entrar em um segundo lote, na próxima semana. Segundo o Executivo, neste mês, os beneficiários do auxílio emergencial que ainda estavam em parcelas iniciais receberão todas as parcelas faltantes (até a 5ª parcela)

Beneficiários do Bolsa Família começam a receber a última parcela do auxilio

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 10 dez 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Nesta quinta-feira (10), Caixa Econômica Federal (CEF) começa a pagar a quarta e última parcela de R$ 300 do Auxílio Emergencial Extensão aos beneficiários do Bolsa Família. Os primeiros a receber, nesta quinta, serão 1,6 milhão de beneficiários cujo número do NIS termina em 1.

Os pagamentos são feitos da mesma forma que o Bolsa. O calendário desta parcela segue até 23 de dezembro. Em janeiro, com a previsão de fim do Auxílio Emergencial, esses beneficiários voltam a receber as parcelas habituais do Bolsa Família.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Beneficiários do Bolsa Família passarão a receber por poupança digital

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 01 dez 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: Brasil 61

A partir de dezembro, o pagamento aos beneficiários do Programa Bolsa Família será realizado por meio da Conta Poupança Social Digital. Segundo a Caixa Econômica Federal, mais de 9 milhões de pessoas que ainda não possuem nenhuma conta bancária poderão receber o benefício por meio de crédito na conta digital, sacar com o cartão Bolsa Família e movimentar os valores pelo aplicativo CAIXA Tem.

A modalidade permitirá também que o beneficiário tenha conta bancária sem obrigatoriedade de saque integral das parcelas. A abertura das contas será feita de forma automática e escalonada pela Caixa sem a necessidade de apresentação de documentos ou comparecimento às agências.

A abertura das contas será feita de forma escalonada. Os primeiros a receber os recursos com os serviços da Conta Poupança Social Digital serão os beneficiários de NIS com final 9 e 0, seguindo a data de crédito regular do Programa.

Confira o calendário:

…Leia na íntegra

Beneficiário do programa Bolsa Família receberá por poupança digital

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 28 nov 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte:

A partir de dezembro, a Caixa Econômica Federal inicia o pagamento aos beneficiários do Programa Bolsa Família por meio da Conta Poupança Social Digital. Mais de 9 milhões de pessoas que ainda não possuem nenhuma conta bancária poderão receber o benefício por meio de crédito na conta digital, sacar com o cartão Bolsa Família e movimentar os valores pelo aplicativo CAIXA Tem.

A modalidade permitirá que o beneficiário tenha conta bancária sem obrigatoriedade de saque integral das parcelas. A abertura das contas será feita de forma automática e escalonada pela Caixa sem a necessidade de apresentação de documentos ou comparecimento às agências.

Além de movimentar o benefício pelo aplicativo, os beneficiários poderão continuar sacando os recursos por meio do Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão.

Famílias passarão a receber o Bolsa Família somado ao Auxílio Emergencial até dezembro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 22 out 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

Fonte: Brasil 61

Até o próximo dia 30 de outubro, cerca de 12,4 milhões das mais de 14,27 milhões de famílias atendidas pelo Programa Bolsa Família (PBF) receberão o benefício de R$ 300 ou R$ 600, somados a primeira parcela da extensão do Auxílio Emergencial.

Durante as cinco primeiras parcelas do Auxílio dado em função da pandemia do novo coronavírus, o benefício do Bolsa Família foi suspenso e todas as famílias elegíveis passaram a receber o Auxílio Emergencial, desde que fosse mais vantajoso para elas.

Neste mês, segundo informações da Dataprev, 1,5 milhão de famílias receberão somente a parcela habitual do Bolsa Família, enquanto 185 mil serão beneficiadas apenas com o Auxílio Emergencial em sua versão original.

Beneficiários do Bolsa Família começam a receber a 1ª parcela de R$ 300

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 17 set 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

A partir desta quinta-feira (17), os beneficiários do programa Bolsa Família começam a receber a primeira das 4 parcelas de R$ 300 do Auxílio Emergencial residual. Os primeiros a receber são aqueles cujo número final do NIS é 1. O calendário, sempre pela numeração do benefício, segue até 30 de setembro.

Também nesta quinta, a Caixa Econômica Federal (CEF) libera saques e transferências de novas parcelas do Auxílio Emergencial, para 3,8 milhões de beneficiários do programa nascidos em dezembro. Com isso, a Caixa conclui mais um ciclo de pagamentos do benefício.

Estão nesse grupo todos os trabalhadores do Cadastro Único fora do Bolsa Família e os inscritos por meio do site ou aplicativo do programa aprovados até o sexto lote. As liberações para os trabalhadores do sétimo lote, e aqueles que foram aprovados em lotes anteriores mas tiveram os pagamentos reavaliados em agosto, terão saques liberados mais tarde.

Caixa paga auxílio emergencial a beneficiários do Bolsa Família

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 24 ago 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

A quinta parcela do auxílio emergencial, continua sendo paga nesta segunda (24) para os beneficiários do programa Bolsa Família. A cada dia, o saque é liberado a um novo grupo conforme o final do Número de Identificação Social (NIS). Ao todo, 19,2 milhões de pessoas cadastradas no programa receberão o dinheiro até 31 de agosto.

O auxílio, com parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), foi criado para reduzir os efeitos da crise econômica causada pela pandemia da covid-19.

Nesta segunda-feira (24), é a vez dos beneficiários com NIS final 5 que podem fazer o saque em espécie. Os primeiros a receber foram os beneficiários com NIS final 1, na última terça-feira (18). O pagamento segue em ordem crescente até chegar ao NIS 9 no dia 28 e termina com o NIS 0, no dia 31. Não há pagamentos nos finais de semana.

O recebimento do auxílio emergencial por esse público é feito da mesma forma que o benefício regular do Bolsa Família, utilizando o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui ou por crédito na conta Caixa Fácil.

Caixa paga auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 18 ago 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Tivic_BLOG-DA-RESENHA-GERAL_600x65.png

O pagamento da 5ª parcela do auxílio emergencial para beneficiário do programa Bolsa Família, foi iniciado nesta terça-feira (18), pela Caixa Econômica Federal. O auxílio, com parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), foi criado para reduzir os efeitos da crise econômica causada pela pandemia da covid-19.

O saque do auxílio emergencial é para público beneficiário do Bolsa Família com NIS final 1. O pagamento para esse público é feito conforme o calendário usual do programa Bolsa Família.

Os primeiros a receber são os beneficiários com NIS final 1. Amanhã, será a vez daqueles com NIS final 2 e assim por diante, com exceção do final de semana quando não há pagamentos, até o dia 31 de agosto, quando será liberado o saque para os beneficiários com NIS final 0. Serão 1,9 milhão de beneficiários por dia.

Conquista: atendimento do Bolsa Família/Cadastro Único é ampliado para diversas localidades do Município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 14 ago 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Secom/PMVC

O Cadastro Único faz parte da Política de Assistência Social e permite o acesso aos programas sociais, a exemplo do Bolsa Família e o do Acessuas Trabalho. Para garantir que a população de Vitória da Conquista tenha pleno acesso aos programas sociais, a Prefeitura de Vitória da Conquista vem desde 2017 ampliando a oferta deste serviço no município, seja com ações de mutirão, que leva o serviço de forma temporária a determinada localidade, como o Bolsa Família Móvel, mas também com a oferta de novos postos de atendimento com a descentralização do cadastro único para os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Prefeitura da Zona Oeste e Subprefeitura de José Gonçalves.

“Com estes postos de atendimento, somados às ações itinerantes, nós estamos garantindo que a população seja melhor assistida nos territórios em que vivem. Além disso, fortalecemos a relação do CadÚnico e do Bolsa Família com as outras ofertas da Assistência Social. Com isso ampliamos nossa capacidade de proteger famílias, ressaltou o secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

Para potencializar a descentralização e o melhor o atendimento das equipes, a Prefeitura vem investindo na capacitação das equipes de cadastradores que prestam este serviço à população. O governo está oferecendo para todos os cadastradores e técnicos, que atendem nos serviços socioassistenciais municipais, treinamento sobre gestão do Bolsa Família, Cadastro Único e do Sistema de Condicionalidades (Sicon) com o consultor na área do Cadastro Único e programa Bolsa família Robson Almeida.

…Leia na íntegra