Butantan entrega mais 1 milhão de doses de vacinas contra covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 12 maio 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

A.Brasil

O Instituto Butantan liberou hoje (12) mais 1 milhão de doses da vacina contra o novo coronavírus ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Com essa remessa, o Butantan totaliza 46,112 milhões de doses disponibilizadas ao Ministério da Saúde desde o início deste ano e cumpre o primeiro contrato firmado com o governo federal em janeiro. 

Segundo informações, na próxima sexta-feira (14) começa a entrega das doses previstas no segundo contrato, que é de 54 milhões de vacinas. A primeira remessa será de 1,1 milhão de doses. 

De acordo com as informações, também serão entregues neste mês mais 30 milhões de doses da vacina contra a gripe para distribuição em todo o país.

Butantan começa produção de mais 5 milhões de doses da Coronavac

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 23 abr 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

Fonte: Brasil 61

O Instituto Butantan já começou a produção de mais 5 milhões de doses da vacina Coronavac, imunizante contra a Covid-19. Na última segunda-feira (19), a instituição recebeu 3 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA) enviados da China.

O Butantan também informou que espera receber nas próximas semanas mais um carregamento com 3 mil litros do insumo, que permitirão a produção de mais 5 milhões de doses. O material ainda aguarda autorização para ser embarcado para o Brasil.

Segundo o instituto, a produção das vacinas acontece de forma ininterrupta em uma linha de produção automatizada de 24 horas por dia e 7 dias por semana. Desde janeiro, já foram fornecidas 41,4 milhões de doses de Coronavac para todo o país.

Coronavac: Butantan esclarece sobre quantidade de doses nos frascos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 14 abr 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é unnamed-1.gif

Fonte: Brasil 61

Após relatos de gestores municipais, o Instituto Butantan emitiu, em suas redes sociais, uma nota oficial sobre a distribuição de um volume menor na composição das ampolas das vacinas. Segundo o comunicado, cada frasco de imunizante contra a Covid-19 contém 10 doses de 0,5 ml e mais um conteúdo extra, totalizando 5,7 ml.

O Butantan ainda reafirma que o volume foi aprovado pela Anvisa e é considerado suficiente para a extração das 10 doses, podendo render até 11 doses do imunizante. Para isso, o Instituto relembra da importância de fazer a aspiração correta das vacinas contidas em cada frasco, e que eles, inclusive, já produziram informes técnicos que orientam os profissionais da saúde a usarem as doses extras.

Após o ocorrido, a bula da Coronavac irá ser atualizada e ganhará também um vídeo explicativo. Eles poderão ser acessados no site oficial do Instituto Butantan.

Ministério da Saúde recebe mais 5 milhões de doses da CoronaVac do Butantan

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 31 mar 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

Fonte: Brasil 61

O Instituto Butantan liberou mais 5 milhões de doses da CoronaVac ao governo federal. Os imunizantes serão incorporados ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), ou seja, vão ser distribuídos de forma igualitária aos estados e municípios pelo Ministério da Saúde. 

As doses entregues neste mês de março somam 19,3 milhões. Até o fim de abril, o total de vacinas estipulado pelo Butantan somará 46 milhões. 

De acordo com o governo do estado de São Paulo, a previsão é que o instituto entregue mais 54 milhões de doses para vacinação até o dia 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades.

Atualmente, 85% dos imunizantes disponíveis no País contra a Covid-19 são do Butantan, que afirma que a produção “segue em ritmo constante e acelerado”. 

Butantan entrega 5 milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 29 mar 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

Mais 5 milhões de doses da vacina CoronaVac para uso em todo o país por meio do Programa Nacional de Imunizações contra a Covid-19, foi liberado nesta segunda-feira (29) pelo Instituto Butantan.

É a maior remessa já entregue de doses envasadas pelo Instituto, que é responsável pela etapa final de produção. Em janeiro, o Butantan entregou lote com 6 milhões, mas de vacina já prontas, importadas da China

Butantan cria vacina contra Covid e pedirá início de testes

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 26 mar 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

Fonte:

Foi anunciado pelo Instituto Butantan, a criação da Butanvac, nova candidata a vacina contra a Covid-19.O Instituto pedirá nesta sexta-feira à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorização para iniciar os testes em humanos de uma potencial vacina contra a Covid-19.

De acordo com as informações, a previsão é que a distribuição da vacina desenvolvida pelo Butantan comece em julho. O anúncio da vacina foi adiantado ontem pelo jornal Folha de S. Paulo.

Na ButanVac, o vírus é inativado com produtos químicos e é considerada uma alternativa ainda mais segura do ponto de vista de efeitos colaterais. Após passar por testes pré-clínicos, quando foram avaliados em animais efeitos positivos e toxicidade, a vacina deve ser testada agora em seres humanos depois de autorização da Anvisa

Butantan entrega hoje mais 1 milhão de doses da CoronaVac ao Brasil

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 22 mar 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A.Brasil

Nesta segunda-feira (22) foram liberados mais 1 milhão de doses da vacina do Instituto Butantan contra o coronavírus para uso em todo o país. Somente nos últimos dez dias, o Instituto Butantan entregou ao Brasil 8,3 milhões de doses, o equivalente a 830 mil unidades diárias do imunizante.

Com o novo carregamento, o total de vacinas oferecida por São Paulo ao Plano Nacional de Imunizações (PNI) chega a 25,6 milhões de doses desde o início das entregas, em 17 de janeiro. Até o final de abril, o total de vacinas garantidas pelo Butantan ao país somará 46 milhões.

O Instituto Butantan informou que trabalha para entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até o dia 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades. Atualmente, 85% das vacinas disponíveis no país contra a covid-19 são do Butantan.

No último dia 4, uma remessa de 8,2 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), correspondente a cerca de 14 milhões de doses, desembarcou em São Paulo para produção local.

…Leia na íntegra

Bahia recebe 178.600 doses em nova remessa de vacinas contra Covid-19

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Bahia, Saúde | Data: 10 mar 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-redes-sociais-ano-novo.gif

Uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19 chegou à Bahia na noite desta terça-feira (09). Trazidas em um vôo comercial que pousou no aeroporto de Salvador às 23h10, as 178.600 doses do imunizante produzido pelo Butantan começarão a ser distribuídas para o interior do estado na manhã desta quarta-feira (10). Este é a sétimo envio que chega ao estado. Com esta carga, a Bahia totaliza 1.289.800 doses recebidas, entre Coronavac e Oxford, desde o dia 18 de janeiro, quando chegou a primeira remessa.

As vacinas serão enviadas para o interior pelo Grupamento Aéreo da Policia Militar, após a organização das doses feita pela equipe da coordenação de imunização do estado. Elas serão encaminhadas para as centrais regionais no interior da Bahia, de onde serão despachadas para os municípios.

Segundo a coordenadora de imunização do Estado, Vânia Rebouças, somente os municípios que já utilizaram 85% das doses anteriormente recebidas terão nova remessa. Ela explica que esta decisão foi definida em reunião da CIB (Comissão Intergestores Bipartite – instância que reúne representantes das secretarias municipais de saúde e da Secretaria da Saúde do Estado). “Metade das doses que seria enviado para os municípios que não cumpriram a meta serão redistribuídos para aqueles que já tiverem utilizado mais de 90%. A outra metade ficará armazenada na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos da Secretaria da Saúde do Estado. Esta estratégia não foi uma imposição da Sesab e sim uma deliberação feita de forma conjunta com os municípios”, afirma.

Esta nova remessa dará possibilidade de que continue sendo imunizado o público alvo da primeira fase do plano de vacinação contra Covid-19. “Ficou também definido em CIB que aqueles municípios que conseguirem alcançar as metas da primeira fase, poderão ampliar a aplicação das doses para idosos de 70 anos ou mais, de forma decrescente de idade”, aponta Vânia Rebouças.

…Leia na íntegra

Ministério da Saúde anuncia que distribuirá vacina do Butantan para todos os estados

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Saúde | Data: 10 jan 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado-1-1.gif

Fonte: A Tarde

Neste sábado (09), o Ministério da Saúde informou que fechou acordo com o Instituto Butantan, de São Paulo, para distribuir com exclusividade as vacinas contra o novo coronavírus pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para todos os estados, simultaneamente. A pasta informou que campanha de imunização gratuita deve começar “tão logo os imunizantes recebam autorização da Anvisa”.

Em nota, o ministério informou que já havia assinado junto ao Butantan contrato para a aquisição de 46 milhões de doses da CoronaVac fabricada pelo instituto. O ministério informou que as doses serão distribuídas proporcionalmente à população de estados, que farão a distribuição entre os municípios.

A pasta da Saúde informou que que nos próximos dias deve acontecer uma reunião entre o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e representantes dos Conselhos Nacionais de Secretários Estaduais Conass) e Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) para detalhamento dos próximos passos da logística e calendário da campanha.

Covid-19: vacina do Butantan atinge 100% de eficácia contra casos moderados e graves da doença

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 09 jan 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: Brasil 61

Vacina contra Covid-19, desenvolvida pelo Instituto Butantan, em parceria com farmacêutica chinesa Sinovac, atinge 100% de eficácia contra os casos moderados e graves da doença. Para casos leves, a taxa de eficácia ficou em 78%. A informação foi divulgada pelo instituto e pelo governo de São Paulo. Os resultados do estudo clínico no Brasil foram considerados satisfatórios e o Butantan já solicitou à Anvisa a autorização temporária de uso emergencial da Coronavac. Os testes do imunizante no Brasil contaram com a participação de 12,4 mil profissionais de saúde voluntários, em 16 centros de pesquisa.

Confira trecho do vídeo divulgado pelo Canal Butantan, no qual os pesquisadores celebram os resultados.

Butantan terá vacina contra dengue só em 2018

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Saúde | Data: 14 mar 2015

Tags:,

Estadão

{73378F0C-AEFD-4EC1-81A1-B111F2AE9B7C}_dengue_internaSão necessários ainda três anos de testes para ficar pronta a vacina paulista contra a dengue. Produzida pelo Instituto Butantan, vinculado à Secretaria de Saúde do Estado, a vacina entrou na segunda fase de testes clínicos. O Estado de São Paulo está à beira de uma epidemia da doença, com 123,7 mil casos notificados e 35 mortes, conforme boletim divulgado ontem pelo Ministério da Saúde.

A previsão é de que a vacina possa ser usada para imunizar a população a partir de 2018. Até lá, terão se passado doze anos desde que as tratativas para o desenvolvimento da vacina começaram a ser feitas com o National Institutes of Health (NIH), dos Estados Unidos. A demora na liberação para uso se deve ao tempo exigido para os testes, segundo o Butantan. São necessários cinco anos para avaliar o desempenho do imunizante no organismo humano. A resposta imunológica nos pacientes precisa ser avaliada anualmente. O desenvolvimento da vacina é tratado como prioridade pelos pesquisadores do instituto.

…Leia na íntegra