Festival Estudantil marca retorno de atividades no Centro de Cultura de Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 02 out 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_2537

O Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, enfim, voltará a ser palco de atividades culturais. Mesmo com a sala principal sem previsão de reabertura, o espaço receberá, nesta sexta-feira (2), suas primeiras atividades, depois de mais de um ano fechado para reforma. A etapa Regional do Festival Estudantil traz de volta ao Centro de Cultura o brilho da arte.

O evento acontece na concha acústica do Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima, a partir das 15h, e reúne os projetos: Festival Anual da Canção Estudantil (FACE), DANCE, Tempos de Arte Literária (TAL), Artes Visuais Estudantis (AVE) e Produção de Vídeos Estudantis (PROVE).

Segundo o técnico em assuntos culturais da Secretaria Municipal de Cultura, Gilmar Dantas, os projetos são importantíssimos para a revelação de novos artistas. Todos os finalistas desta edição receberão oficinas gratuitas de acordo com a linguagem que está participando.

Ao todo, foram mais de 190 propostas inscritas por estudantes de escolas estaduais da região, dos quais 33 foram selecionados como finalistas para se apresentarem nesta etapa.

‘Obra Poética’, de Camillo de Jesus Lima, é lançado com grande público, em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 11 set 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

DSC_1038

Em uma noite de louvor para a cultura de Vitória da Conquista, as duas primeiras edições do ‘Obra Poética’, do escritor conquistense Camillo de Jesus Lima foi lançado. Um público formado por familiares do escritor, autoridades políticas, personagens da cultura da cidade e estudantes, encheram o plenário da Câmara Municipal para acompanhar a homenagem a Camillo, reconhecido como uma das grande personalidades da Bahia.

DSC_1032

Os dois volumes de ‘Obra Poética’ são uma realização da Editora da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). O projeto resulta de convênio celebrado em 2011, durante a realização da Assembleia Itinerante, assinado pelos presidentes da AL-BA, deputado Marcelo Nilo, e da Casa de Cultura de Vitória da Conquista, Carlos Jeovah.

No Volume I, constam as obras: Poemas, Viola Quebrada, Novos Poemas e As Trevas da Noite Estão Passando. E no Volume II vem com Cantiga da Tarde Nevoenta – poemas, Di-Versos, A Mão Nevada e Fria da Saudade e O Livro de Miriam.

DSC_1026

Camillo de Jesus Lima nasceu em Caetité, Bahia, em 08 de setembro de 1912, filho de Francisco Fagundes de Lima e de Esther Fagundes da Silva, mas passou grande parte da vida em Conquista. Da família herdou o hábito da leitura e a tendência literária, tornou-se um grande poeta da Região, que participou ativamente da roda literária, no século XX, principalmente entre as décadas de 40 a 50. Além de poesias, escreveu crônicas, contos e romances, com publicações em jornais e revistas da Bahia e de outros estados brasileiros. Também atuou como tradutor de Garcia Lorca, Charles Baudelaire, W. Whitman. Devido ao legado cultural e literário que deixou para a cidade, o Centro de Cultura de Conquista foi batizado com o seu nome.

Banheiro do Centro de Cultura foi refeito nove vezes em reforma que dura 1 ano e 4 meses

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 10 set 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

Centro-de-cultura

Interditado há dois anos, o Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, em Vitória da Conquista, segue sem previsão de receber espetáculos no teatro. A reforma iniciada em 28 de abril de 2014 está em sua terceira e última etapa, que deve custar R$ 550 mil e não tem prazo para começar. As etapas anteriores se arrastaram por um longo período e chegou ao cúmulo de, em alguns pontos, ser refeita nove vezes.

Os banheiros do foyer, camarins e concha acústica foram concluídos. Uma rampa foi colocada para dar acesso ao palco externo, algumas barras e um corrimão foram instalados. Em entrevista à TV Bahia, o coordenador do Centro de Cultura, Daniel Nunes, revelou que “só um banheiro do Centro de Cultura, a gente precisou fazer nove vezes e a empresa resolveu vim de Salvador para Vitória da Conquista, com os funcionários dela da capital, para conseguir executar a obra aqui”.

Os mais de trinta itens para reforma que foram listados pelo Corpo de Bombeiros e pelo Crea, ainda devem ser cumpridos. O Corpo de Bombeiros informou que o projeto de segurança e combate a incêndio entregue pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia tem algumas pendências na parte de combate a incêndio, como sistema de hidrantes e extintores.

A Secult informou que as obras no anfiteatro e nas salas de ensaio, que são as áreas externas do espaço, devem ser concluídas em setembro, e reativados em outubro. Porém, apenas a área externa volta a funcionar ainda este ano. Informações do G1 Bahia

Editora da AL-BA lança obra poética de Camillo de Jesus Lima, em Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Cultura | Data: 10 set 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

SAM_7536foto: Blog da Bia Oliveira

Nesta sexta-feira, 11 de setembro, serão lançados os dois volumes da obra do poeta, escritor, jornalista e político Camillo de Jesus Lima. A cerimônia ocorrerá na Câmara de Municipal de Vitória da Conquista, às 19 horas.

São dois volumes de obras reeditadas deste poeta e escritor da região Sudoeste. No Volume I, constam as obras: Poemas, Viola Quebrada, Novos Poemas e As Trevas da Noite Estão Passando. E no Volume II vem com Cantiga da Tarde Nevoenta – poemas, Di-Versos, A Mão Nevada e Fria da Saudade e O Livro de Miriam.

Os dois volumes de Obra Poética são uma realização da Editora da ALBA. O projeto resulta de convênio celebrado em 2011, durante a realização da Assembleia Itinerante, assinado pelos presidentes da ALBA, deputado Marcelo Nilo, e da Casa de Cultura de Vitória da Conquista, Carlos Jeovah.

O deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB), convidado pela Assembléia Cultural, destacou a importância da homenagem do poeta que nasceu em Caetité, mas passou grande parte da vida em Conquista, onde firmou-se como escritor. “Sem dúvidas essa é uma feliz iniciativa do presidente desta Casa, deputado Marcelo Nilo, que visa estimular escritores e obras importantes que estão sendo resgatadas e outras reeditadas para o conhecimento do povo baiano”, destacou o parlamentar.

Camillo de Jesus Lima nasceu em Caetité, Bahia, em 08 de setembro de 1912, filho de Francisco Fagundes de Lima e de Esther Fagundes da Silva. Da família herdou o hábito da leitura e a tendência literária, tornou-se um grande poeta da Região, que participou ativamente da roda literária, no século XX, principalmente entre as décadas de 40 a 50. Além de poesias, escreveu crônicas, contos e romances, com publicações em jornais e revistas da Bahia e de outros estados brasileiros. Também atuou como tradutor de Garcia Lorca, Charles Baudelaire, W. Whitman. Devido ao legado cultural e literário que deixou para a cidade, o Centro de Cultura de Conquista foi batizado com o seu nome.

“Vidas Secas” é o espetáculo dessa quarta (23) no Verão Cênico

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura | Data: 23 jan 2013

Tags:, , ,

por Mateus Novais 

Nesta quarta-feira (23), a Temporada Verão Cênico traz para Vitória da Conquista o espetáculo “Vidas Secas”, adaptação do romance homônimo de Graciliano Ramos. A apresentação começa às 20h no Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima. O valor da entrada é R$ 1,00 (inteira) e R$ 0,50 (meia).

verão

A montagem conta a história de Fabiano e de sua família de retirantes, que por conta da seca são forçados a migrar pelo sertão. Ao longo de sua trajetória no teatro baiano, o Cia 1º Ato, fundada em 1990, em Petrolina/Juazeiro, já encenou outras obras literárias como A Hora da Estrela, de Clarice Lispector, e Capitães da Areia, de Jorge Amado.

Homenagens marcam o centenário de Camillo de Jesus Lima

0

Publicado por Editor | Colocado em Cultura, Vit. da Conquista | Data: 03 set 2012

Tags:, ,

Por Rodrigo Ferraz

O maior poeta do Sudoeste baiano, Camillo de Jesus Lima, comemoraria no próximo dia 08 de setembro 100 anos de idade e é em face disso que toda a região pauta-se na expectativa de um reconhecimento definitivo e do resgate histórico daquele que tanto contribuiu e tem contribuído, com a sua obra e histórias de lutas e movimentos em prol da cultura.

O Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, nos dias 04, 05 e 06 de Setembro, realizará justas homenagens a esse grande artista.

No dia 04, coquetel de abertura com projeção de vídeos e exposição de poemas pintados de Júlio Veredas. No dia 05, acontecerá a apresentação “Agora é a sua vez” do ballet Lorena Albuquerque. E para encerrar, no dia 06, o show “Destina de cigarra” de Gutemba. Toda a programação começa às 20h.