Cantora EuLá participa de encerramento da segunda edição do projeto Cirandando, da Secretaria de Educação

0

Publicado por Editor | Colocado em Educação, Geral, Vit. da Conquista | Data: 05 dez 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é e2-pagadores-de-aluguel.gif

A cantora EuLá, que está participando do The Voice Brasil, da Rede Globo, foi uma das presenças destacadas no encerramento da segunda edição do projeto Cirandando, promovido pela Secretaria Municipal de Educação (Smed), que teve como tema “Vivências na Educação Especial”.

A culminância do 2º Cirandando ocorreu ontem (3), Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, no Planetário do Centro Glauber Rocha, com uma programação que incluiu palestra, rodas de conversas, apresentações culturais e a participação especial de EuLá.

A palestrante foi a professora e coordenadora do Curso de Psicologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Pós-doutora Patrícia Martins de Freitas, que relatou as vivências que dela no trabalho de inclusão com crianças portadoras de transtorno do neurodesenvolvimento. “Nós temos um grupo de pesquisa na UFBA que se chama Neurônia e que faz trabalhos de adaptação curricular para que essas crianças tenham uma inserção mais tranquila, com uma maior efetividade no processo de aprendizagem, dando suporte aos professores e equipe que vai acompanhar esta criança”, disse.Patrícia MartinsEdgard Larry

O secretário Edgard Larry afirmou a culminância do 2º Cirandando foi um momento muito especial e que o ideal é ter mais de uma edição ao ano. “Precisamos ter a sensibilidade, o cuidado, responsabilidade de contribuir, participar para que as coisas sejam melhores, possíveis para todos indistintamente”. Destacou que o município vem fazendo um trabalho brilhante na área da educação especial inclusiva, através de uma equipe competente e bastante compromissada. “Quero expressar minha alegria e que eu possa contribuir mais, inclusive investir mais em educação inclusiva e nas salas multifuncionais. É nosso dever trabalhar no sentido de uma acessibilidade cada vez melhor, e que não seja apenas material, mas também no âmbito das atitudes”.

…Leia na íntegra