Crianças e adolescentes com Autismo são acompanhados integralmente pelo CAPS IA

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 04 abr 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Secom/PMVC

O dia 2 de abril é um dia para intensificar o respeito às diferenças. A data celebra o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, um transtorno que compromete duas importantes áreas do desenvolvimento: comunicação social e comportamento. O Transtorno de Espectro Autista (TEA), como o nome já sugere, ocorre em diferentes níveis de comprometimento desde os mais leves aos mais graves, e se manifesta de uma maneira única em cada pessoa.

Em Vitória da Conquista, as peças de conscientização e respeito são montadas diariamente para o melhor atendimento deste público. O Centro de Atenção Psicossocial Infantil e Adolescente (CAPS IA), por exemplo, é o serviço especializado em saúde mental do SUS que acolhe crianças e adolescentes até 13 anos, com transtornos graves e persistentes, entre eles o TEA.

Hoje, são 232 crianças e adolescentes que estão ativos no serviço. Davi Lacerda, de nove anos, é uma dessas crianças acompanhadas pelo CAPS IA. Sua mãe, Cleonice dos Santos, conta que há quase quatro anos ele vem recebendo a assistência de toda a equipe do serviço: “Eu gosto muitos dos médicos que atendem ele, a enfermeira que sempre me ajuda e orienta na hora que eu preciso. É uma ajuda e uma equipe muito boas”.

Para as crianças e adolescentes com TEA, são ofertados grupos de estimulação sensorial, habilidades sociais, Atividades de Vida Diária e Musicoterapia. Já para a família, são oferecidos o Treinamento de Pais e Atividades de Vida Diária. O Plano Terapêutico Singular (PTS) define quais serão os atendimentos, a partir da demanda de cada um, e é construído entre a família e a equipe multidisciplinar do Centro.

Não existe cura para o TEA e não há um tratamento que serve para todos os espectros da mesma forma. Mas, quanto mais cedo for o diagnóstico e a intervenção terapêutica, mais diferença fará na vida da criança.