CNT aponta redução no número de acidentes nas rodovias federais da Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 05 fev 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Fonte:B.Noticias

De acordo com os dados divulgados no Painel de Acidentes Rodoviários, da Confederação Nacional de Transporte (CNT), em cinco anos, o número de acidentes nas rodovias federais da Bahia sofreu uma queda de 66,6%, ao passar de 10.405 em 2014 para 3.468 em 2019.

Entretanto, o número de mortes nas rodovias federais em território baiano aumentou no último ano. Enquanto 2018 registrou 456 vítimas fatais, o dado chegou a 476 óbitos em 2019: um crescimento de 4,39%. A BR-116, com 939 km de extensão no estado, é a rodovia federal “campeã” no número de casos em território baiano, com 874 registros, seguida da BR-101, que registrou 819 episódios em 954 km de extensão. A BR-324 fecha o “pódio” dos acidentes no estado, com 692 registros.

Esse ranking pode ser facilmente justificado pela circulação de carros nas rodovias. Enquanto a BR-324 liga as duas maiores cidades do estado, Salvador e Feira de Santana, a BR-116 e a BR-101 são duas das maiores estradas do Brasil, atravessando o país de norte a sul.

Aprovação de Dilma despenca para 7,7%, diz Pesquisa CNT

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 21 jul 2015

Tags:, , ,

Por Tiago Vasconcelos (Diário do Poder)

A avaliação de Dilma é a pior para um presidente desde 2001 (Foto ABR)

dilma by abr

Pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (21) mostra que a avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff caiu para apenas 7,7%, enquanto 70,9 por cento desaprovam o governo petista. É uma queda acentuada: no levantamento CNT realizado em março, 10,8% dos entrevistados consideravam o governo Dilma “ótimo ou bom”, enquanto 64,8% avaliaram o governo como “ruim ou péssimo”. A pesquisa divulgada hoje mostra também que 20,5% consideram o governo regular, contra 23,6% na avaliação de quatro meses atrás.

Com relação ao desempenho pessoal de Dilma Rousseff, houve crescimento na rejeição à atuação da presidente. A desaprovação atingiu 79,9% e a aprovação está em 15,3%. A avaliação negativa também é a mais alta desde 2001.

A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional do Transporte ao instituto MDA e ouviu 2.002 pessoas entre os dias 12 e 16 de julho passado.

O governo Dilma alcançou a maior avaliação negativa medida pela pesquisa da CNT, iniciada em 1998.

Avaliação detalhada

De acordo com o levantamento, 18,5% disseram que o governo Dilma é “ruim” e 52,4% afirmaram que ele é “péssimo”. Já 20,5% consideraram que o governo é regular, 6,2% disseram que o governo é bom e 1,5% classificaram o governo como ótimo. A porcentagem dos entrevistados que não souberam ou não responderam é de 0,9%.

Em março, o desempenho pessoal da petista era aprovado por 18,9% dos consultados e desaprovado por 77,7%.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 137 municípios de 25 unidades federativas. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.

Mais de 60% das rodovias têm problemas, aponta CNT

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 02 nov 2013

Tags:,

Agência Brasil

br-232-peMais de 60% das rodovias do Brasil apresentam problemas de sinalização, pavimentação e geometria da via, segundo estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT). O porcentual de estradas com problemas subiu para 63,8% este ano, de 62,7% no ano passado. Segundo o estudo, seria necessário um investimento mínimo de R$ 355,2 bilhões para melhorar a infraestrutura das rodovias brasileiras.

Foram analisados 96,7 mil quilômetros de rodovias em todo o País, o que equivale à totalidade da malha federal e às principais estradas estaduais. Na questão das sinalização, 67,3% das vias apresentam problemas. Já no critério de pavimentação, que avalia a capacidade de suportar efeitos do mau tempo, resistir ao desgate e permitir o escoamento das águas, 46,9% dos trechos analisados estão com problemas.

…Leia na íntegra