Fungo devora gramado do Lomantão

0

Publicado por Editor | Colocado em Esportes, Vit. da Conquista | Data: 30 out 2017

Tags:, ,

da Redação

A Secretaria do Meio Ambiente da Prefeitura de Vitória da Conquista buscou os técnicos da Uesb – Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, e foi possível identificar o agente que estava devorando o gramado do Estádio Lomanto Junior.  O fungo Bipolaris é o responsável pelo dano em todo gramado.

A grama do estádio Greenleaf foi responsável pelos gramados de sete arenas utilizadas durante a Copa do Mundo de 2014 – entre elas o Maracanã, o Mineirão e a Fonte Nova. Foi plantada em dezembro de 2015 do tipo bermuda tifway, que tem como característica uma superfície densa e resistente a variações de temperatura.

Recuperação

As seguintes providências foram tomadas pela secretária Luzia Vieira, para que o gramado esteja em condições de receber competições oficias a partir do início do Campeonato Baiano em janeiro de 2018.

1. Corte baixo do gramado (o mesmo procedimento com a grama de fora do campo)
2. Retirada do material imediatamente depois do corte para fora do estádio
3. Irrigação pela manhã, um pouco antes de 6 horas para retirada do orvalho (via de acesso do fungo às células)
4. Adubação básica.  Evitar adubo nitrogenado na forma amoniacal
5. Pulverização que deve ser feita com atomizador e não com pulverizador costal