Conta de energia terá bandeira amarela em Outubro

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 01 out 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL – divulgou nesta segunda-feira (30) que a bandeira tarifária em outubro de 2019 será amarela. Significa custo de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora consumidos. A boa notícia é que nos próximos meses a situação pode melhorar para o consumidor, com tarifas um pouco mais baixas.

Outubro é um mês de transição entre a estação seca e o início do período úmido nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a mudança de bandeira só foi possível porque a previsão hidrológica para o mês sinaliza elevação das vazões afluentes aos principais reservatórios, o que também permitirá reduzir a oferta de energia suprida pelo parque termelétrico.

A Aneel alerta que a bandeira amarela mantém a necessidade do uso consciente e do combate ao desperdício de energia.

As bandeiras tarifárias funcionam com as cores verde, amarela ou vermelha. Servem para indicar se a energia terá custo maior ou menor, conforme as condições de geração.

Conta de energia ficará mais cara o aumento pode chegar até 3,86%

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 18 jul 2018

Tags:, ,

Da Redação

Uma noticia triste para os consumidores de todo o país. Foi aprovado nesta terça-feira (17), pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), um aumento nas contas de energia entre 0,02% e 3,86% por conta de um reajuste de 45,52% na receita anual de geração de 69 usinas hidrelétricas que atuam no regime de cotas. Segundo a Aneel, o impacto médio nas contas será de 1,54%.

O valor do aumento na conta de  energia depende da data do reajuste aprovado pela Aneel e da quantidade de volume de energia que cada distribuidora compra das hidrelétricas. O volume de cotas de cada distribuidora representa, em média, 22,64% dos contratos de energia das concessões.

De acordo com a Agência Brasil, a receita anual de geração é calculada considerando os valores do Custo da Gestão dos Ativos de Geração (GAG), acrescidos de encargos de uso e conexão, receita adicional por remuneração de investimentos em melhorias de pequeno e grande porte, investimentos em bens não reversíveis, Taxa de Fiscalização dos Serviços de Energia Elétrica, custos associados aos programas de Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética e eventuais ajustes.

O regime de cotas foi implantado por meio da Medida Provisória nº 579, de 2012, com renovação automática das concessões de usinas hidrelétricas. Para isso, as hidrelétricas tiveram que vender energia às distribuidoras por um preço fixo, determinado pela Aneel, ao contrário de firmarem preços conforme o mercado e as realidades das instituições.

A partir de março, bandeira tarifária da conta de energia será amarela

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 04 fev 2016

Tags:, ,

Da Redação

1conta-de-energiaO Governo decidiu desligar as usinas térmicas com custo de geração acima de R$ 420 por megawatt-hora (MWh). Com a decisão, a partir do mês que vem, seráa adotada a bandeira amarela no sistema de bandeiras tarifárias.

Como, atualmente, a bandeira aplicada é a vermelha, patamar 1, com acréscimo de R$ 3 a  cada 100 kWh,  as contas de energia ficarão um pouco mais barata, já que a bandeira amarela tem acréscimo menor do que a vermelha – de R$ 1,5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

A decisão tomada nessa quarta-feira (3) pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) permite o desligamento de sete usinas térmicas com capacidade de geração de cerca de 2 mil megawatts em geração térmica a partir de março. Segundo o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, a medida vai permitir uma redução do custo do setor elétrico de R$ 720 milhões por mês em 2016. Ele disse que é possível ser adotada em abril a bandeira verde, na qual não é cobrado nenhum adicional na conta de luz.

Contas de energia ficarão mais caras em fevereiro com bandeira vermelha

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 01 fev 2015

Tags:,

Correio da Bahia

RTEmagicC_678c4ab52b.jpgAssim como aconteceu em janeiro, as contas de energia ficarão mais caras em fevereiro. A conta de energia no próximo mês ficará R$ 3 mais cara para cada 100 quilowatt/hora (kW/h), segundo anúncio feito na sexta-feira pela Agência Nacional de Energia Elétrica, que determinou que a bandeira tarifária vigente em fevereiro seja vermelha, assim como foi em janeiro.

O sistema de bandeiras tarifárias, começou a valer em janeiro deste ano. Com este sistema, as contas de luz podem ter aumentos mensais se a bandeira for vermelha ou amarela. Ele funciona como um sinal de trânsito: quando a bandeira é vermelha, o consumidor paga R$ 3 a mais por cada 100 kW/h; se for amarela paga R$ 1,50 por 100 kWh; e caso a bandeira seja verde, a fatura não sofre nenhum custo adicional.

…Leia na íntegra

Conta da Coelba está sendo emitida no momento da leitura

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 04 ago 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais
foto: Roberto Silva

DSC_1800Começou a funcionar, nesta  segunda-feira (4), em Vitória da Conquista e parte da região Sudoeste da Bahia, o novo sistema de coleta, processamento e impressão da conta de energia elétrica. A implantação do novo sistema da Coelba, que iniciou no final do ano passado, está ocorrendo de forma gradativa e deverá chegar a todo estado até o final do segundo semestre deste ano.

Na prática, o novo sistema permite uma única visita mensal ao cliente que recebe a fatura, em novo formato, imediatamente após a leitura do medidor. O procedimento assegura maior agilidade e praticidade no processo de leitura e faturamento, e minimiza extravios da conta de energia, sem perder a qualidade e garantindo a confiabilidade dos valores.

Além de Vitória da Conquista, passam a receber a conta de energia no novo formato a partir de agosto os moradores de municípios como Anagé, Ibicuí, Itapetinga, Poções, Itambé e Cândido Sales. …Leia na íntegra