Em nota, Prefeitura de Anagé diz que rejeição de contas não tornará prefeita inelegível

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 08 abr 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Andrea-OliveiraNesta sexta-feira (8), a Prefeitura de Anagé se manifestou sobre a rejeição das contas do exercício 2014 daquele município pelo Tribunal de Contas dos Municípios. Segundo a repercussão da informação, a rejeição das contas tornaria a prefeita Andrea Oliveira inelegível para o processo eleitoral 2016. No entanto, a Assessoria de Comunicação de Anagé garantiu, em nota, que a decisão do TCM não tem relação com impedimentos eleitorais.

Confira a nota:

A Prefeitura Municipal de Anagé vem, através deste, esclarecer fatos acerca da rejeição de contas, realizada pelo Tribunal de Contas dos Municípios, referente ao ano de 2014, divulgada na tarde do dia 05 de Abril.

O Governo Municipal apresentou toda a prestação de contas referente ao exercício, que foi avaliada pelo tribunal e rejeitada, única e exclusivamente, quando considerado o fator “Gasto com Pessoal”.

Ressaltamos, ainda, que o motivo de tal rejeição de contas não se caracteriza como ação dolosa da gestora, o que afasta de plano quaisquer questões relacionadas a supostos impedimentos eleitorais, conforme dispõe a LEI COMPLEMENTAR Nº 135, DE 4 DE JUNHO DE 2010, em seu artigo 1º, inciso I, letra “g”, em que traz que serão inelegíveis “os que tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa”, o que não é o caso das contas relativas ao município de Anagé referentes ao ano de 2014. …Leia na íntegra

Prefeita e Câmara de Anagé têm contas rejeitadas pelo TCM

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Justiça | Data: 04 dez 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

Andrea-OliveiraAndréa Oliveira, prefeita de Anagé. Foto: Brumado Agora

As contas da prefeita de Anagé, Andréa Oliveira Silva, relativas ao exercício de 2014, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, nessa quinta-feira (3). O TCM multou a gestora no valor de R$ 3 mil por ultrapassar o percentual de 54% em despesa com pessoal, estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Segundo o relator, conselheiro Paolo Marconi, no 1º quadrimestre de 2013, a prefeitura aplicou 55,23% da receita corrente líquida em despesa com pessoal. Desta forma, a gestora deveria eliminar pelo menos 1/3 do percentual excedente no 1º quadrimestre de 2013 e os 2/3 restantes no 3º quadrimestre de 2013, o que não foi feito.

O TCM ressaltou que nos três quadrimestres de 2014, a despesa de pessoal permaneceu acima do limite de 54%, o que constitui infração administrativa contra as leis de finanças públicas.

Câmara

Na mesma sessão, as contas da câmara de Anagé, da responsabilidade de Enoque Nolasco Moreira, referentes ao exercício de 2014, foram reprovadas pelo TCM. O demonstrativo apontou que foram empenhadas despesas no montante de R$ 1.199.676,46 e as pagas R$ 1.189.515,08, havendo restos a pagar de R$ 10.161,38, sem saldo suficiente para a quitação, descumprindo o art. 42 da LRF. O gestor também superou o limite máximo para despesa total da câmara (R$ 1.198.333,39), promovendo gastos na ordem de R$ 1.199.676,46.
Cabe recurso da decisão.

Prefeito de Encruzilhada é multado em mais de R$ 20 mil pelo TCM

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 01 dez 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

DSC_0066

As contas do prefeito de Encruzilhada, Alcides Pereira Ferraz, relativas ao exercício de 2014, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta terça-feira (1º de dezembro). Ao todo, o prefeito foi multado em mais de R$ 20 mil e terá que devolver quase R$ 6 mil aos cofres públicos.

O gestor foi multado em R$ 3 mil, por irregularidades apuradas nos documentos apresentados, e em R$ 17.280,00, por não ter adotado medidas visando a redução da despesa com pessoal. Também foi determinado o ressarcimento de R$ 5.979,22 aos cofres municipais, com recursos próprios, decorrente do pagamento indevido de juros e multas por atraso no adimplemento de obrigações devidas ao INSS.

As contas foram rejeitadas em razão da não aplicação do percentual mínimo em educação, saúde e no pagamento dos profissionais do magistério. O gestor investiu apenas 11,84% nas ações e serviços públicos de saúde, quando o mínimo exigido é 15%, aplicou somente 22,89% na manutenção e desenvolvimento do ensino, sendo o índice mínimo exigido 25%, e utilizou apenas 59,88% dos recursos do Fundeb para pagamento da remuneração dos profissionais do magistério, quando o mínimo é de 60%.

A relatoria também destacou que houve descumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal, devido a não recondução da despesa total com pessoal ao limite de 54% no 3º quadrimestre de 2014, tendo em vista que o dispêndio alcançou o montante de R$ 22.845.732,17, correspondente a 65,66% da receita corrente líquida de R$ 38.967.933,30.

Cabe recurso da decisão.

TCM rejeita contas e multa prefeito de Itambé em R$ 31 mil

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 26 nov 2015

Tags:, , ,

BannerResenhaGeral_600x65px

por Mateus Novais

DSC_5230

As contas do prefeito de Itambé, Ivan Fernandes Couto Moreira, relativas ao exercício de 2014, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, em sessão realizada na tarde desta quarta-feira (25). O relator do parecer, conselheiro José Alfredo Dias, multou o gestor em R$25.920, em razão da não redução da despesa total com pessoal, e em R$ 5 mil, pelas irregularidades contidas no relatório técnico.

A relatoria apurou a abertura e utilização de créditos sem a existência de recursos disponíveis para suporte das despesas no valor de R$ 834.496,97, e a não recondução dos gastos com pessoal ao limite previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal.

A despesa total com pessoal, no 3º quadrimestre de 2012, alcançou o percentual de 70,09% da receita corrente líquida, extrapolando o limite de 54%, previsto na LRF. Com isso, a despesa em abril de 2014 alcançou o montante de R$26.841.126,96, correspondendo ao percentual de 78,48% da RCL, superando, mais uma vez, o percentual máximo permitido.

A decisão ainda cabe recurso.

Poções: vereador não veste saia, não renuncia, e povo protesta

0

Publicado por Editor | Colocado em Política | Data: 30 out 2015

Tags:, , ,

da Redação

Poções protestofoto: Portal Poções

A Câmara de Vereadores da cidade de Poções, na noite da última segunda-feira (19),  viveu clima de grande tensão. O Movimento Civil Organizado (MCO),  ocupou o auditório da Casa para protestar e exigir que o vereador Antônio Lemos (Toinho) renunciasse o mandato e vestisse uma saia.

O vereador Toinho teria garantido que se as contas do prefeito Oto Magalhães (PCdoB) não fossem aprovadas ele vestiria uma saia e renunciaria ao mandato. O vereador usou da palavra e no discurso provocou os manifestantes que reagiram e foi preciso a presença da Polícia Militar para acalmar a situação que ficou tensa.

TCM rejeita contas do prefeito de Itapetinga

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 30 out 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

jose-carlos-moura-600x400

O Tribunal de Contas dos Municípios, nessa quinta-feira (29), opinou pela rejeição das contas da prefeitura de Itapetinga, da responsabilidade de José Carlos Cruz Cerqueira Moura, relativas ao exercício de 2014. O relator do parecer, conselheiro Raimundo Moreira, imputou ao prefeito multa de R$ 64.800,00, equivalente a 30% dos seus subsídios anuais, pela não redução da despesa total com pessoal, e de R$ 6 mil pela falhas remanescentes no relatório técnico.

As contas foram rejeitadas em função do descumprimento do disposto no art. 212 da Constituição Federal, vez que foram investidos apenas 24,83% das receitas de impostos e transferências na manutenção e desenvolvimento do ensino, quando o mínimo exigido é de 25%, e em razão da ausência de recolhimento de multa e ressarcimentos da sua responsabilidade impostos pelo TCM.

Sobre a despesa total com pessoal, o gestor não conseguiu reduzir os gastos na forma e no prazo estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, sendo multado em 30% dos seus subsídios anuais. Ao final do exercício de 2014, a despesa alcançou o percentual de 68,04%, caracterizando a reincidência na extrapolação do limite imposto pela LRF e absoluta falta de iniciativas para reduzir os gastos com pessoal. O prefeito foi advertido que a não recondução da despesa ao índice máximo de 54% ensejará a rejeição das contas do próximo exercício.

Cabe recurso da decisão.

Dilma Rousseff tem contas de 2014 reprovadas pelo TCU

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 07 out 2015

Tags:, , ,

Folha Online

650x375_dilma-rousseff_1410687

O TCU (Tribunal de Contas da União) reprovou na noite desta quarta-feira (7) as contas da gestão de Dilma Rousseff à frente da Presidência da República. É a segunda vez que o TCU rejeita as contas de um presidente. A primeira foi em 1937.

Fazendo o trabalho pela 80ª vez, o tribunal considerou por unanimidade (8 votos) que a presidente descumpriu no ano passado a Constituição e as leis que regem os gastos públicos, o que impede a aprovação da prestação de contas de 2014.

Com isso, ainda que não haja nenhum efeito imediato para Dilma, politicamente sua situação se complica. O principal pedido de impeachment em análise hoje no Congresso se ampara justamente nas “pedaladas fiscais”, um dos itens reprovados nesta quarta (7). …Leia na íntegra

Contas de 2013 da Prefeitura de Vitória da Conquista são aprovadas com ressalvas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Justiça | Data: 01 set 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

prefeitura

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios decidiram na tarde de hoje (1º de setembro) acatar o pedido de reconsideração feito pelo prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes, e reformular a decisão de rejeição para aprovação com ressalvas das contas do município no exercício de 2013. A multa aplicada ao prefeito por falhas na execução orçamentária, antes de R$5 mil, foi reduzida para R$3 mil.

As contas tinham sido rejeitadas basicamente por conta da abertura de créditos adicionais suplementares sem a existência dos recursos correspondentes. No recurso, no entanto, o prefeito afirmou que houve equívoco dos técnicos na apuração do tanto de arrecadação, e que há excesso suficiente para cumprir os R$ 8,1 milhões de créditos suplementares.

TCU dá mais 15 dias para governo explicar contas de 2014

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 12 ago 2015

Tags:, ,

Informações Agência Brasil

IMG_1550Ministro Augusto Nardes. Foto: Jonas Pereira – Agência Senado

O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou um novo prazo de 15 dias para que o governo apresente explicações sobre a prestação de contas referente ao ano de 2014. O Ministro Augusto Nardes, relator do processo, tomou a decisão a pedido do Senado.

Os senadores da Comissão de Fiscalização e Controle pediram ao tribunal que considere dois novos fatos apontados pelo Ministério Público de Contas como possíveis irregularidades. Os dois pontos tratam de decretos presidenciais para suplementação de dotação orçamentária para o Ministério do Trabalho e para a abertura de créditos suplementares destinados a custear despesas primárias com fontes de recursos que impactariam as metas fiscais.

Em junho, após apontar indícios de descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e da Lei Orçamentária Anual, o TCU concedeu prazo para que o governo esclarecesse 13 pontos da prestação de contas do ano passado.

Câmara vai julgar e deve rejeitar contas de Dilma

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 26 jul 2015

Tags:, ,

da Redação (Diário do Poder)

Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e a presidente Dilma. Foto: Antonio Cruz / ABR

 

O Congresso deve finalmente votar as contas do governo após o recesso. Essa obrigação constitucional não é cumprida desde 2002. Na oposição, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, articula a rejeição das contas, o que tornaria Dilma sujeita a responder por crime de responsabilidade, com perda de mandato e inelegibilidade. Cunha vai pôr em votação também contas de FHC (2002) e de Lula (2006-2008).

O julgamento no Congresso é baseado em relatórios do Tribunal de Contas da União. Contas rejeitadas geram inelegibilidade por 8 anos.

As contas de Dilma devem passar pela Comissão Mista de Orçamento. O PT tentará retardar a análise do caso.

Eduardo Cunha considera que é melhor direcionar a crise para o Planalto, antes que o Congresso seja “engolido pela Lava Jato”.

O ânimo dos ministros do TCU é o mesmo dos parlamentares e da população, segundo apuram as pesquisas: repulsa total ao governo. Leia na Coluna Cláudio Humberto.

Erro do TCM provocou informação falsa da reprovação de contas de Zé Raimundo

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 17 jun 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

Zé RAimnudoUm erro da Secretaria Geral do TCM provocou o encaminhamento das contas de 2005 do ex-prefeito José Raimundo Fontes (PT) para votação na Câmara Municipal de Vitória da Conquista. O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) teria enviado os documentos relativos às contas de 2005 de ‘forma truncada’, invertendo o parecer favorável à aprovação.

A Mesa Diretora da Câmara recebeu a documentação com o parecer do relator do caso rejeitando as contas do exercício financeiro de 2005, nesta semana. O documento apontava a transposição de recurso na ordem de quase R$ 30 milhões de dotações orçamentarias, indevidamente autorizadas. Após a divulgação do fato, o TCM entrou em contato com o Legislativo conquistense informando o erro.

Segundo o Tribunal, na verdade, as contas do então prefeito Zé Raimundo foram apreciadas em 03 de dezembro de 2009 e aprovadas. Constatado o erro, o TCM está enviando novos documentos à Câmara de Vereadores, agora com o parecer favorável à aprovação. “Em nenhum momento tive dúvidas que se tratou de um equívoco, pois o Pleno do TCM havia votado pela aprovação das contas, resultado que foi divulgado no Diário Oficial do Estado, de 10 de dezembro de 2009. Foi um erro lamentável”, afirmou o ex-prefeito, atualmente exercendo segundo mandato de deputado estadual.

José Raimundo precisa de 14 vereadores para aprovar as suas contas rejeitadas pelo TCM

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política, Vit. da Conquista | Data: 16 jun 2015

Tags:, , ,

da Redação

ZEZEA repórter Mônica Cajaíba, da Resenha Geral da Rádio Clube FM (95,9), tentou sem êxito entrevistar o presidente da Câmara de Vereadores, Gilzete Moreira (PSB), sobre as contas do ex-prefeito José Raimundo Fontes (PT), que foram rejeitadas pelo TCM – Tribunal de Contas dos Municípios, que serão apreciadas e votadas na Casa.  Para aprovação o ex-prefeito necessitará de 2/3 dos votos. Na composição do legislativo municipal existem 21 cadeiras e serão necessários mínimo de 14 votos para aprovação das contas.

A causa da rejeição das contas, exercício financeiro de 2005, foi a transposição de recurso na ordem de quase R$ 30 milhões de dotações orçamentarias, indevidamente autorizadas na Lei Orçamentaria, de forma genérica, constatando-se reincidência de infração a Norma Constitucional, de natureza orçamentaria.

O ex-prefeito iniciou trabalho nos bastidores para convencer os vereadores de votarem pela aprovação das contas. O nome de José Raimundo é apontado como provável candidato do partido na disputa pela sucessão de Guilherme Menezes (PT), em 2016. Sem a aprovação das contas, José Raimundo ficará de fora das eleições de 2016 tornando-se inelegível por 8 anos. O prefeito Guilherme Menezes será fundamental no trabalho junto aos vereadores aliados para evitar a reprovação das contas.

Contas do país são as piores dos últimos 17 anos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 30 abr 2015

Tags:, , ,


por Mateus Novais

Dilma BBBNos três primeiros meses deste ano, o Brasil registrou o pior resultado financeiro dos últimos 17 anos para o período. O Tesouro Nacional divulgou na última terça-feira (28), o balanço das contas do primeiro trimestre de 2015. Os números revelam que, as receitas do governo, ou seja, o dinheiro arrecadado em impostos, por exemplo, caíram 4,5% em comparação com o mesmo período do ano passado. O superávit primário, que é um fundo onde o governo deposita recursos para pagar dívidas, também caiu mais 65%.

A queda da arrecadação do país no primeiro trimestre de 2015 foi de mais de R$ 319 bilhões. Na contramão, o Governo Federal aumentou os gastos que subiram 3,5%, mas em comparação aos três primeiros meses de 2014, as despesas do governo caíram quase um 1%.

O especialista em Economia da Universidade de Brasília, Roberto Piscitelli, acredita que, mesmo diante dos números negativos a economia do país está demonstrando sinais de que pode se recuperar.  “Se a gente decompuser o primeiro trimestre, por exemplo, vai verificar que há uma tendência de melhoria, eu diria bem acentuada ao longo do trimestre. Em janeiro houve uma queda bem acentuada da arrecadação em relação ao mesmo período no ano anterior. Em fevereiro essa queda foi menor e já em março houve um aumento real. Não foi assim, nada excepcional, mas já houve um aumento real da arrecadação.”

Além das receitas e dos gastos do país, o Tesouro Nacional divulgou ainda, que os investimentos do governo Federal caíram cerca de 30%. Em comparação com o primeiro trimestre do ano passado, o país deixou de investir cerca de R$ 8 bilhões.

Prestações de contas 2014 da Prefeitura e Câmara estarão disponíveis a partir de 1º de abril

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 30 mar 2015

Tags:


por Mateus Novais

Entre os dias 1º de abril e 30 de maio, a população poderá conferir de perto as prestações de contas da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista e da Câmara Municipal de Vitória da Conquista referentes ao exercício financeiro de 2014. As prestações ficarão disponíveis na sede da Câmara de Vereadores, em todo o horário de funcionmento do Legislativo Municipal, das 09h às 12h e das 14h às 17h.

O contribuinte que desejar acessar os documentos deve preencher antes um requerimento. Para isso, o título eleitoral e um documento de identificação devem ser apresentados na Diretoria Administrativa da Câmara. Ao cumprir essa exigência, é informado data e horário para apreciação de toda documentação que integra as prestações de contas.

A disponibilização é uma exigência legal prevista em todos os âmbitos: União, Estado e município.

Prefeitura diz que vai recorrer de decisão do TCM

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 10 dez 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

prefeituraO Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), na sessão desta terça-feira (09), reprovou as contas da Prefeitura de Vitória da Conquista, referentes ao exercício de 2013. De acordo com o TCM, o Município de Vitória da Conquista apresentou um déficit orçamentário de R$ 6.806.730,21, refletindo um desequilíbrio das contas públicas.

Ao tomar conhecimento da informação, a Prefeitura emitiu nota informando que irá recorrer da decisão do Tribunal “e comprovar mais uma vez a regularidade de suas contas”.

O principal motivo para a rejeição das contas, a abertura de créditos adicionais suplementares sem a existência dos recursos correspondentes, no entendimento do executivo municipal, “se deu em perfeita adequação às normas orçamentárias vigentes”.

O conselheiro relator, Fernando Vita, aplicou multa de R$ 5 mil ao prefeito Guilherme Menezes pelas irregularidades remanescentes no parecer.

TCM encontra déficit de quase 7 milhões no orçamento da prefeitura de Conquista e contas são reprovadas

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 09 dez 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

prefeitura-conquistaAs contas da Prefeitura de Vitória da Conquista, da responsabilidade de Guilherme Menezes de Andrade, referentes ao exercício de 2013, foram reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), na sessão desta terça-feira (09). O conselheiro relator, Fernando Vita, aplicou multa de R$ 5 mil ao gestor pelas irregularidades remanescentes no parecer.

De acordo com o TCM, no exercício de 2013, o Município de Vitória da Conquista apresentou uma receita arrecadada na ordem de R$ 468.290.061,81 e realizou despesas no montante de R$ 475.096.792,02, resultando em um déficit orçamentário de R$ 6.806.730,21, refletindo um desequilíbrio das contas públicas.

“As contas foram rejeitadas em razão da abertura de créditos adicionais suplementares sem a existência dos recursos correspondentes, fato que, por si só, compromete o mérito das contas”, informou o TCM. Em face da irregularidade, a relatoria determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o gestor. A decisão ainda cabe recuso.

Parecer do TSE pede rejeição de contas da campanha de Dilma

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 09 dez 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais

650x375_dilma-rousseff_1410687As contas de campanha 2014 da presidente Dilma Rousseff (PT) deverão ser rejeitadas. Pelo menos esse foi o parecer encaminhado ao ministro Gilmar Mendes pelos técnicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O ministro é vice-presidente do TSE e relator da prestação de contas da petista e do comitê financeiro do Partido dos Trabalhadores.

O relatório já foi encaminhado para o parecer da Procuradoria-Geral Eleitoral, que 48 horas para se manifestar sobre o relatório técnico. O TSE tem até esta quarta-feira (10) para analisar as contas de campanha. O julgamento das contas está agendado para sessão do tribunal de terça.

Justiça Eleitoral divulgará prestação de contas de candidatos na internet

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 01 ago 2014

Tags:, , ,

por Mateus Novais

image002Termina neste sábado (2), o prazo para que todos os candidatos que concorrem às eleições em outubro, bem como comitês financeiros e os diretórios partidários estaduais, apresentem a primeira prestação de contas à Justiça Eleitoral. Nela deve contar a discriminação dos recursos em dinheiro ou estimáveis em dinheiro arrecadados para financiamento da campanha eleitoral e dos gastos que realizaram, detalhando doadores e fornecedores.

Os dados serão divulgados pela Justiça Eleitoral na internet, no dia 6 de agosto, podendo ser acessado pelo público em geral a partir da data no site do TRE-BA.

Servidores devem abrir conta-salário ou realizar portabilidade até dia 11 no Santander

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 01 jul 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

cartão-santander1A Prefeitura Municipal solicita aos servidores municipais, que tomaram posse recentemente e mesmo os que já trabalhavam na Prefeitura, que ainda não efetuaram a abertura da conta-salário no Banco Santander ou não solicitaram a portabilidade bancária para realizar o procedimento até o dia 11 de julho.

Para tal, o banco disponibiliza um posto de atendimento exclusivo no auditório do Instituto de Educação Euclides Dantas (Escola Normal) funcionando até esta data, das 8 às 18 horas, de segunda a sexta, sem intervalo para almoço.

…Leia na íntegra

Santander tem hoje o último dia para tentar transferir contas do servidor municipal

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 jun 2014

Tags:, , , ,


da Redação

BANCO SANTNesta 6ª feira (6), termina o prazo para que os servidores municipais, lotados na Prefeitura de Vitória da Conquista, transferir as suas contas do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal para a única agência do Santander na cidade e toda região sudoeste.

Em entrevista concedida ontem (5), ao programa Resenha Geral da Rádio Clube FM (95,9), o presidente José Marcos do Sinserv, garantiu que manterá uma fiscalização nos postos de atendimento na Escola Normal,  e ao lado do prédio da PMVC,  para orientar os filiados dos seus direitos à portabilidade. “Tem funcionário que nem sabe onde fica a agência do Santader”, disse o presidente do sindicato referindo-se as facilidades operacionais com os bancos oficiais em suas diversas agências bancárias.

Segundo informações que merecem confirmação, a adesão tem sido considerada baixa. Um dos principais pontos que estão sendo atribuídos ao insucesso das transferências das contas são os juros altos e a existência de apenas 1 agência do Santander em toda região.