Governo começa a liberar crédito para micro e pequenas empresas

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia, Geral | Data: 21 jul 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

R.News

A Caixa Econômica Federal deu início a liberação do crédito emergencial para as micro e pequenas empresas do país, no âmbito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

O dinheiro é voltado a reduzir os impactos da pandemia do cononavírus na economia. De acordo com o presidente da instituição, Pedro Guimarães, a previsão inicial é de liberar R$ 3 bilhões nessa linha de crédito. O governo federal dará garantia sobre 85% do valor a ser contratado em cada banco participante. Segundo Guimarães, as micro e pequenas empresas contempladas no Pronampe – aquelas com faturamento de até R$ 4,8 milhões no ano passado – poderão buscar a contratação do crédito pelo site da Caixa Econômica Federal.

Segundo Pedro Guimarães, 117 mil empresas já fizeram cadastro na instituição financeira para análise do crédito. “Estamos analisando outros caminhos que façam com que esse programa possa ser acelerado ainda mais”, acrescentou.

…Leia na íntegra

Câmara aprova concessão de crédito para pequenas empresas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 01 jul 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

A.Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (30), a análise da medida provisória que concede uma linha de crédito especial para pequenas e médias empresas pagarem a folha de salários durante a pandemia do novo coronavírus. A matéria segue para o Senado Federal.

O texto prevê uma linha de crédito de R$ 34 bilhões para garantir o pagamento dos salários em empresas com receita anual entre R$ 360 mil e R$ 50 milhões.

Segundo a proposta aprovada pelos deputados, em vez de dois meses previstos inicialmente, o empréstimo poderá financiar os salários e as verbas trabalhistas por quatro meses

Guedes diz que crédito a microempresas poderá ter perdão parcial

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Geral | Data: 26 jun 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte: B.S.Fronteiras

Durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais do presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (25), o ministro da Economia, Paulo Guedes, falou que as linhas especiais de crédito para empresas de menor porte poderão ter um bônus de adimplência, perdão parcial para tomadores que estejam em dia com as parcelas e não tenham impostos em atraso.

O ministro disse ainda, que parte dos programas de crédito postos em prática durante a pandemia de coronavírus tiveram “desempenho inicial insatisfatório”. “As políticas foram desenhadas por um timaço, mas, às vezes, o outro time marca o gol”, disse Guedes. Ele não detalhou como será posto em prática o bônus de adimplência, apenas explicou que a medida poderá beneficiar os bons pagadores. “O sujeito pequeninho foi lá, pegou empréstimo, trabalhou bem, conseguiu se recuperar e pagou os impostos. A gente pode dar o bônus de adimplência, perdoa o crédito”, disse.

O ministro citou os juros “ainda altos” do cheque especial como entrave para a retomada da economia. Em tom de brincadeira, Guedes cobrou do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, uma solução para diminuir as taxas.

Governo anuncia fundo para crédito a micro e pequenas empresas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Geral | Data: 10 jun 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte: A.Brasil

O Ministério da Economia anunciou nesta quarta-feira (10), o Fundo Garantidor de Operações para a linha de crédito destinada às micro e pequenas empresas. Alinha de crédito será concedida no âmbito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

Sancionada pelo presidente da República Jair Bolsonaro no dia 19 de maio, a linha recebeu aporte do Tesouro Nacional no valor de R$ 15,9 bilhões, que estará disponível nas agências bancárias. Esse crédito vai garantir o apoio a mais de 4,5 milhões de micro e pequenas empresas que necessitam de capital de giro. Terão acesso a esta linha empresas com receita bruta de até R$ 4,8 milhões.

O valor liberado corresponderá a até 30% da receita bruta anual da empresa calculada com base no exercício de 2019. A Receita Federal está enviando comunicado a todas as empresas informando qual o limite de crédito elas poderão solicitar nesta linha. A taxa de juros anual máxima será igual à Selic, acrescida de 1,25% sobre o valor concedido, com prazo de 36 meses para o pagamento e carência de 8 meses.

O governo vai garantir 100% de cada operação até o limite de 85% da carteira.

Caixa e Sebrae oferecem crédito ao pequeno empresário

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 20 abr 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Fonte:EBC

Foi anunciado nesta segunda-feira (20), pela Caixa Econômica Federal, um convênio com o Sebrae para oferecer crédito a micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais (MEI). A medida será operacionalizada por meio do Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (Fampe), do Sebrae, e que oferece as garantias complementares.

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a expectativa do banco é disponibilizar o montante de R$ 7,5 bilhões em crédito, valor que representa cerca de 1% da carteira do banco. Guimarães disse, durante videoconferência com a participação do presidente do Sebrae, Carlos Melles, que o crédito vai atender a um dos segmentos mais afetados pela redução na atividade econômica com as medidas de isolamento social adotadas em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

De acordo com as informações, os empréstimos terão um período de carência que pode chegar a 12 meses e os prazos de pagamento podem variar de 24 a 36 meses. Guimarães disse ainda que as garantias complementares concedidas pelo Sebrae por meio do Fampe vão permitir ao banco a adoção de taxas 40% menores do que as praticadas pelo banco.

Cartões de débito e crédito poderão ser usados em cartórios extrajudiciais na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 23 ago 2019

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Da Redação

Fonte: B. Noticias

O uso de cartões de débito e de crédito para pagamento de Documento de Arrecadação Judicial e Extrajudicial (Daje), foi autorizado pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O documento é emitido por cartórios extrajudiciais quando o cidadão precisa de algum serviço público notarial ou de registro.

De acordo com o ato conjunto da Presidência e da Corregedoria do TJ-BA, os delegatários dos serviços públicos notariais e de registro da Bahia que adotarem esta modalidade de arrecadação deverão recolher o valor devido, integralmente e à vista, sem qualquer ônus adicional para o TJ.

O decreto não permite aos delegatários cobrarem taxas a título de custo operacional ou de encargos financeiros a quem optar por usar as modalidades de pagamento. As taxas e encargos cobrados pela operadora de cartão de crédito serão apenas de quem aderir a modalidade de pagamento.

65% dos micro e pequenos empresários não pretendem contratar crédito nos próximos três meses, mostra indicador

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia, Geral | Data: 12 jul 2019

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Em cada dez micro e pequenos empresários que atuam no comércio e no ramo de serviços,seis (65%) não planejam contratar crédito para seus negócios em um horizonte de três meses. A constatação é do Indicador de Demanda por Crédito calculado pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito).

O percentual de indecisos saltou de 17% para 24%, ao passo que apenas 11% declararam a intenção de contratar crédito para seus negócios. Puxado pela alta incidência de consumidores reticentes em buscar crédito, o indicador registrou 26,0 pontos em junho, com um pequeno crescimento de apenas 1,0 ponto na comparação com o mês anterior. O número varia de zero a 100, sendo que quanto mais próximo a 100, maior é demanda do empresário por crédito.

A maioria dos que não pretendem contratar crédito diz não ver necessidade (42%) ou então alega ser possível manter a empresa com recursos próprios (40%). Em seguida, aparecem os empresários que justificam devido às altas taxas de juros (25%) e o receio de não ter condições de pagar as prestações no futuro (11%).

O indicador de demanda por crédito tem permanecido em baixo patamar, mesmo após o fim da recessão econômica e sinaliza que a recuperação está distante de atingir um ritmo satisfatório. “A revisão das expectativas sobre o futuro da economia mantem o apetite ao crédito modesto. Mesmo com uma sutil melhora das condições econômicas do país, a demanda por crédito está distante do um nível ideal para induzir o crescimento”, avalia o presidente da CNDL, José Cesar da Costa.

…Leia na íntegra

Feira do Crédito e Microcrédito termina nesta sexta-feira

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 30 Maio 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

A 1ª Feira do Crédito e Microcrédito de Vitória da Conquista, chega ao seu último dia nesta sexta-feira(31). O evento, promovido pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre), foi iniciado no dia 29 de maio, e tem como objetivo estimular a expansão dos pequenos negócios através da concessão de financiamentos e programas de capacitação empresarial e profissional.

A ação tem o apoio do Sebrae e da empresa de alimentos Tia Sônia e contará com participação de instituições financeiras (Banco do Povo, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil), que ofertarão crédito e microcrédito em condições especiais para empreendedores informais, microempreendedores, além de micro e pequenas empresas. Após análise de crédito, documentação e comprovação de endereço, os empréstimos poderão ser concedidos, se aprovados, de forma rápida e com prazos e taxas de juros mais atrativas.

Os interessados poderão também se inscrever gratuitamente nas capacitações ofertadas pela Semtre. A programação acontecerá no Centro Cultural Glauber Rocha (Sala do Empreendedor), das 8h às 13h. Mais informações pelo telefone (77) 3421 1272.

Demanda por crédito da micro e pequena empresa cresce 3,4 pontos em julho, mas ainda é baixa

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 05 set 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte:  site da CDL (Conteúdo)

Entre os empresários ouvidos, 73% descartam a possibilidade de contratar crédito nos próximos três meses. Quase metade não pretende investir em seus negócios até o fim do ano

Após um período de retração, o mercado começa a dar sinais de retomada das concessões de crédito. Cenário que vem resultando no aumento da demanda das micro e pequenas empresas do varejo e serviços (MPEs). Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que, entre junho e julho, o indicador que mede a intenção de contratar crédito registrou alta de 3,4 pontos. Em uma escala de zero a 100, o resultado de junho foi de 22,8 pontos, o valor máximo desde o início da série histórica.

Já na comparação com os meses de julho dos anos anteriores, houve um aumento no apetite por crédito. Em julho de 2017, o índice estava em 11,3 pontos, ao passo que no mesmo período de 2016 ficou em 10,8 pontos. Pela metodologia, quanto mais próximo de 100, maior é a probabilidade de os empresários procurarem crédito e quanto mais próximo de zero, menos propensos eles estão para tomar recursos emprestados.

a

 

Na avaliação do presidente da CNDL, José Cesar da Costa, a recuperação gradual da economia já resulta em um quadro mais positivo. “A partir do momento em que observarmos maiores quedas reais dos juros, haverá um estímulo maior para a contratação de crédito nas empresas. Hoje, a confiança na retomada ainda é tímida, no entanto enxergamos nos setores do comércio e serviços vendas melhores”, afirma o presidente. …Leia na íntegra

Cinco passos para conseguir créditos para o seu negócio

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 05 ago 2018

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: sebrae.com.br/CDL (Conteúdo)

Confira dicas e orientações de como conseguir crédito em instituições financeiras, com base em planejamento bem estruturado de como investir recursos

Para expandir os negócios, micro e pequenas empresas podem acessar linhas de crédito específicas para o segmento ou para a finalidade que se quer alcançar com o recurso. No entanto, antes de ir à instituição financeira e pedir recursos, é preciso tomar alguns cuidados, como, por exemplo, identificar a real necessidade de empréstimo/financiamento, pesquisar qual linha e banco melhor atendem a seu projeto e elaborar um plano de negócio.

Abaixo, você confere quais as etapas que um empreendedor deve percorrer para obter crédito:

1º passo: identificar a necessidade de crédito

É importante ter claro o valor do financiamento e a finalidade do recurso pretendido (compra de máquinas, de equipamentos, de matéria-prima, de aumento da estrutura física etc).

2º passo: buscar informações e escolher a instituição financeira

Busque informações sobre as linhas de financiamento que melhor se enquadram nas necessidades de crédito identificadas no 1º passo e quais instituições financeiras operam com tais linhas. Não se esqueça: as condições (custos, prazos, limites etc.) podem variar bastante de banco para banco.

3º passo: analisar os fatores de restrição

É fundamental estar com todos os fatores de restrição (situação legal, garantias, capital próprio etc.) adequados às exigências das instituições financeiras. …Leia na íntegra

22% dos consumidores tiveram crédito negado ao tentarem parcelar compra em janeiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 12 mar 2018

Tags:, ,

da Redação
Fonte: CNDL/CDL (Conteúdo)

Em cada dez brasileiros, seis não se utilizaram de nenhuma modalidade de crédito no período; 22% dos usuários de cartões começaram 2018 entrando no rotativo e 78% dos consumidores fecharam o mês sem sobras de dinheiro

Indicador de Uso do Crédito apurado pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) revela que 22% dos brasileiros tiveram crédito negado no último mês de janeiro ao tentarem parcelar uma compra em estabelecimentos comerciais ou contratar serviços a prazo. A falta de comprovação de renda ou insuficiente de renda (36%) e as restrições ao CPF (31%) em virtude da inadimplência foram as principais razões para a negativa.

De acordo com a sondagem, em cada dez consumidores, seis (58%) não se utilizaram de nenhuma modalidade de crédito no último mês de janeiro, como cartões, crediário, cheque especial, linhas de financiamentos ou empréstimos. Outros 42% mencionaram ao menos uma modalidade a qual tenham recorrido no período. Em dezembro, período de tradicional aquecimento das vendas no varejo, esse índice era ligeiramente maior e atingiu 46% dos consumidores. Ainda assim, o número observado em janeiro deste ano é o segundo mais elevado desde junho de 2017, quando 44% dos brasileiros haviam se utilizado de ao menos um tipo de crédito naquele mês. …Leia na íntegra

25% dos brasileiros tiveram crédito negado em maio

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Economia | Data: 12 jul 2017

Tags:, , ,

da Redação
Fonte: CNDL / CDL (Conteúdo)

46% dos consumidores consideram que atualmente está difícil tomar crédito. Indicador se manteve estável em 27,5 pontos em maio e 57% planejam reduzir gastos em julho

O Indicador de Uso do Crédito apurado pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) revela que 25% dos brasileiros tiveram crédito negado no último mês de maio ao tentarem fazer uma compra a prazo ou contratarem algum tipo de empréstimo ou financiamento. A principal razão para a negativa foi o fato de estarem com o nome inserido em cadastros de inadimplentes (10%) ou a falta de comprovação de renda (4%).

Dado que reforça o comportamento mais restritivo por parte dos credores é que 46% dos brasileiros consideram ‘difícil ou muito difícil’ contratar empréstimos ou linhas de financiamento. Apenas 13% dos consumidores avaliam o processo como fácil. Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, a facilidade na obtenção de crédito nem sempre representa algo positivo para o consumidor. “Crédito fácil e desburocratizado pode parecer algo positivo para quem precisa de dinheiro imediato para resolver um problema financeiro. Em muitos casos, porém, a contrapartida da agilidade e do crédito farto é a cobrança de taxas de juros muito elevadas. Nesses casos, se o consumidor não analisar a sua capacidade de pagamento, ele poderá ficar inadimplente e desajustar todo o seu orçamento”, alerta a economista.

58% dos brasileiros não tomaram crédito em maio …Leia na íntegra

Seminário gratuito apresenta linhas de crédito do BNDES

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 05 jul 2017

Tags:, ,

da Redação
Fonte: Agência Sebrae de Notícias (Conteúdo)

Voltado para donos de pequenos negócios, o evento é gratuito e pretende mostrar alternativas de acesso a crédito com menores taxas de juros

Com o objetivo de disseminar linhas de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) específicas para as Micro e Pequenas Empresas (MPE) e oportunizar aos participantes uma conversa sobre suas demandas com outros bancos, acontece nos dias 18 e 19 de julho, das 19h às 22h, respectivamente em Jequié e Vitória da Conquista, o Seminário de Crédito.

Os eventos são gratuitos e os interessados podem se inscrever nos pontos de atendimento do Sebrae nos municípios. Mais informações pelos telefones (73) 3525-3552, Sebrae Jequié, e (77) 2424-1600, Sebrae Vitória da Conquista. Em Jequié, o Seminário será realizado no Auditório da Associação Comercial e Industrial do município e, em Vitória da Conquista, na Casa Rafiki.

O técnico do Sebrae da Unidade de Acesso a Crédito e Serviços Financeiros, Marcelo Andrade, explica que o evento é uma oportunidade para disseminar uma alternativa de acesso a linha de crédito com juros mais baixos do que os praticados no mercado, através de uma apresentação didática, realizada pela própria equipe do BNDES.

O seminário é uma ação articulada através da Unidade de Gestão de Produtos e Unidades Regionais do Sebrae com o BNDES, que conta também com a participação da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Desenbahia e Banco do Nordeste.

Crédito de R$ 702,5 milhões para Fies é aprovado no Congresso

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Educação | Data: 18 out 2016

Tags:, ,

por Mateus Novais

FIESO projeto de lei que libera crédito extraordinário de R$ 702,5 milhões para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi aprovado pelo Congresso Nacional, na tarde desta terça-feira (18). O dinheiro será usado para quitar taxas administrativas com os bancos oficiais e liberar pagamentos às universidades privadas que fazem parte do programa. Há cerca de quatro meses as universidades não recebem os repasses.

A votação foi simbólica, sem a contagem de votos dos parlamentares. No total, o projeto libera R$ 1,103 bilhão para o Ministério da Educação, sendo R$ 400,9 milhões para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e R$ 702,5 milhões para o Fies.

CDL de Conquista planeja campanha de Reabilitação de Crédito

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 15 out 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

cdl1A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Vitória da Conquista planeja entre seus associados uma ação para reduzir o nível de inadimplência do comércio local. Segundo os planos da entidade, o objetivo é oferecer o serviço no mês de novembro, quando antecede o período de compras do Natal (principal data de vendas para o comércio).

Para que a Campanha de Reabilitação de Crédito aconteça, é preciso a adesão do maior número possível de associados, o motivaria “o consumidor quitar seus débitos e voltar a consumir”, explica a nota divulgada pela CDL Conquista. O comunicado também aponta que “o momento será mais que oportuno para a realização dessa Campanha, pois nesta época haverá pagamentos de 13º, férias (para várias categorias), e o consumidor terá interesse de pagar seus débitos para realizar suas comprar de final de ano”.

Ainda segundo a entidade, “a CDL não vai se envolver no modo de negociação entre associado e consumidor, mas a empresa que aderir a Campanha terá que participar oferecendo alguma vantagem para o consumidor que queira pagar suas dívidas”.

A empresa que comunicar seu interesse até a próxima segunda-feira (19) e pagar um valor de adesão.

Banco do Nordeste faz prestação de contas em Vitória da Conquista e prevê crescimento nas linhas de crédito

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Economia | Data: 06 fev 2014

Tags:, ,

por Mateus Novais
Fotos: Rafael Gusmão

DSC_0090

A agência do Banco do Nordeste de Vitória da Conquista realizou uma prestação de contas sobre o seu trabalho no ano de 2013 na cidade na manhã desta quarta-feira (6). Na reunião, realizada no auditório do banco, também foi apresentado as perspectiva para 2014.

DSC_0085As linhas de crédito disponíveis e a elaboração da Agenda de Compromissos foram os principais destaques da reunião. Segundo a gerente geral da agência, Elza Peixoto Haum, “esta prestação de conta demonstra a preocupação que o Banco do Nordeste tem, não apenas com Vitória da Conquista, mas com toda a região. Superamos os investimentos de crédito em 2013 e para 2014 queremos ampliar muito mais, porque, para nós, cada crédito aprovado representa mais produtividade e crescimento na cidade”.