Polícia quer implantar delegacia especializada no Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 09 set 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

SC2_9364foto: Secom PMVC

O coordenador regional da Polícia Civil de Vitória da Conquista, delegado Marcus Vinícius Moraes, tenta o apoio da Administração Municipal para a implantação de uma delegacia especializada na apuração de atos infracionais cometidos por adolescentes. A delegacia funcionaria no Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente, que já reúne serviços jurídicos e socioassistenciais.

Acompanhado do juiz da Vara da Infância e da Juventude, Juvino Henrique Brito, e do promotor da mesma Vara, Marcos Coelho, o delegado explicou que ter o núcleo instalado no Centro Integrado facilitaria “o trâmite dos processos e dar um suporte a família desses adolescentes”. “Será um grande benefício para a cidade e dará bons frutos”, argumentou Marcus Vinícius.

Segundo o delegado, um projeto piloto está sendo elaborado para enviar aos órgãos estaduais competentes.  O encontro ocorreu na última sexta-feira (4), no Gabinete Civil da Prefeitura.

Conquista deve receber Delegacia de Repressão ao Tráfico de Drogas este ano

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 03 mar 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais
foto: arquivo BRG

DSC_0600O aumento da criminalidade está diretamente ligado ao tráfico de drogas. Esta máxima, já conhecida por todos poderá deixar de ser predominante em Vitória da Conquista. Ao menos é o que espera a 10ª Coordenação Regional da Polícia Civil (10ª Coorpin). O delegado chefe da Polícia Civil na cidade, Dr. Marcos Vinicius, anunciou nesta terça-feira (3) que uma delegacia de combate ao tráfico será instalada no Distrito Integrado de Segurança Pública.

De acordo com o delegado há uma previsão de que a Delegacia Especializada de Repressão ao Tráfico de Drogas seja implantada “provavelmente esse ano”. Com isso, Dr. Marcos acredita que veremos a queda mais acentuada, não apenas do número de homicídios, mas também dos furtos e roubos.

“Os usuários roubam para saciar seu vício e, também, as quadrilhas relacionadas ao tráfico de drogas terminam cometendo grandes roubos para pagar drogas que eles adquirem, armas. Então, infelizmente, todas as nossas mazelas estão relacionadas ao tráfico de drogas. Enquanto existir essa mazela em nossa sociedade, passaremos por isso”, afirmou o delegado.