Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 02 dez 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-natal-antecipado.gif

Nesta terça-feira (1º), o Centro de Controle de Endemias publicou mais uma atualização do Boletim informativo com dados da Dengue, Zika e Chikungunya em Vitória da Conquista, até a 48º semana epidemiológica – período de janeiro a 27 de novembro.

DENGUE – Foram notificados o total de 6.729 casos suspeitos, sendo que 4.067 deles apresentaram resultados positivos para a doença. Outros 2.138 casos foram descartados, 438 apresentaram resultados inconclusivos para dengue e 84 pacientes ainda aguardam por resultado laboratorial. Nesse período, foram confirmados dois óbitos de pacientes por dengue grave hemorrágica.

ZIKA – 1.025 casos suspeitos da doença foram notificados. 48 deles tiveram diagnóstico laboratorial positivo para a doença e 239 foram descartadas. Outros 712 casos apresentaram resultado inconclusivo e 26 pacientes notificados esperam pelo resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – 863 pessoas foram notificadas com suspeita da doença em Conquista. 75 delas tiveram diagnóstico positivo e 423 tiveram resultado descartado para Chikungunya. 365 pacientes seguem aguardando resultado laboratorial.

As ações de prevenção contra o mosquito da dengue devem continuar. É preciso evitar água parada em pratinhos de plantas ou qualquer outro recipiente; vedar adequadamente reservatórios de água; limpar a caixa coletora de água atrás da geladeira, além de evitar o descarte de lixo em locais e horários incorretos.

Caso alguém apresente sintomas característicos de uma dessas doenças, deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para ser notificado e receber atendimento médico. A população também deve fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias por meio do número (77) 3429-7421.

Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista atualiza dados da dengue, zika e chikungunya

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 23 nov 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou, nesta segunda-feira (23), mais uma atualização do Boletim informativo com dados da Dengue, Zika e Chikungunya em Vitória da Conquista. As informações são de janeiro a 20 de novembro – período até a 47º semana epidemiológica.

De acordo com dados, foram notificados o total de 6.692 casos suspeitos de dengue. Destes, 4.017 apresentaram resultados positivos para a doença. Outros 2.110 casos foram descartados, 496 apresentaram resultados inconclusivos e 67 pacientes ainda aguardam por resultado laboratorial. Desde o início do ano, foram confirmados dois óbitos causados pela dengue.

Para a Zika, foram confirmados 48 casos, do total de 1.025 notificações. Neste período, 239 foram descartadas e 26 esperam resultados. Já os casos de Chikungunya atingiram o número de 853 notificações, com 72 confirmados, 360 aguardando resultados e 421 descartados.

…Leia na íntegra

Boa notícia! Índice de infestação do mosquito da dengue despenca para 1% em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 13 nov 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

A infestação do mosquito aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, caiu em Vitória da Conquista para os menores índices dos últimos anos. Segundo dados da coordenação de endemias do município, o índice de infestação que chegou a 6% em meados de 2020, agora está em 1%, número que é o tolerado pelo Ministério da Saúde, mas o trabalho dos agentes de endemias continua para que esse número diminua ainda mais.

Para se ter uma noção do quanto essa queda é importante, o bairro Santa Terezinha era um dos que possuía o maior índice de infestação, chegou a 20%, atualmente está em 6%, uma redução bastante significativa.

A intenção é que esses dados continuem diminuindo cada vez mais, por isso o trabalho da coordenação de endemias, juntamente com a equipe de agentes não para. Mas é preciso a colaboração de toda a população, descartando lixo corretamente, ficando atenta a limpeza do seu quintal e terrenos, ainda mais neste período chuvoso, onde qualquer recipiente, por menor que seja, pode acumular água e tornar-se um criadouro do mosquito.

Secretaria Municipal de Saúde divulga novo boletim da dengue, zika e chikungunya

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 10 nov 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

Nesta terça-feira (10), o Centro de Controle de Endemias, ligado à Secretaria Municipal de Saúde, divulgou a atualização do boletim informativo das Arboviroses (Dengue, Zika e Chikungunya). Em Vitória da Conquista foram registradas o total de 8.456 notificações suspeitas dessas doenças no período de janeiro a 6 de novembro – dados referentes a 45ª semana epidemiológica.

Dos casos notificados, 3.916 apresentaram resultados positivos para a Dengue, 47 para a Zika e 70 para Chikungunya. De janeiro a 6 de novembro, foram confirmados dois óbitos por dengue. Neste mesmo período, nenhum conquistense faleceu vítima de Zika ou Chikungunya.

Aguardam resultado 459 casos. Destes, 84 são de Dengue, 11 de Zika e 364 de Chikungunya.

…Leia na íntegra

Novo levantamento aponta queda de infestação do mosquito da dengue para 1,2% em Conquista

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 26 out 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

Foi divulgado nesta segunda-feira (26) mais uma atualização do Boletim informativo com dados da Dengue, Zika e Chikungunya no município, até a 43ª semana epidemiológica, de janeiro a 23 de outubro.

De acordo com a coordenação do Centro de Controle de Endemias, o boletim desta semana apresenta uma redução de casos confirmados de dengue após uma revisão do sistema de notificações, em que a equipe constatou casos com duplicidade de registro e fez a correção dos dados.

Além disso, O Centro de Controle de Endemias divulgou o resultado do segundo LIRAa (Levantamento do Índice Rápido de Infestação por Aedes Aegypti) do ano de 2020, feito no fim do mês de setembro, que aponta uma queda significativa do índice de infestação predial, que foi reduzido para 1,2%, se comparado ao primeiro levantamento feito no mês de fevereiro deste ano, em que o índice era de 6,6%.

…Leia na íntegra

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 20 out 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

Secom/PMVC

Nesta terça-feira (20), foi divulgada, pelo Centro de Controle de Endemias, a atualização do boletim informativo das Arboviroses (Dengue, Zika e Chikungunya) em Conquista, que já registrou o total de 8.294 notificações suspeitas dessas doenças no período de janeiro a 16 de outubro – dados referentes a 42ª semana epidemiológica.

As ocorrências continuam reduzindo em todo município. De acordo com o Centro de Controle, somente neste mês de outubro foram registradas 14 notificações de suspeita de Dengue, com seis casos confirmados. Além disso, não houve nenhuma notificação de Zika e, consequentemente, nenhum caso confirmado dessa doença, e apenas uma notificação para Chikungunya e um caso confirmado.

DENGUE – Já foram notificados 6.493 casos suspeitos. Sem nenhum novo caso confirmado, manteve-se o número 3.928 casos positivos. Outros 1.774 casos foram descartados, 658 apresentaram resultados inconclusivos em relação à doença e 131 pacientes ainda aguardam por resultado laboratorial.

ZIKA – Sem novos registrados de casos suspeitos, o número de notificações permaneceu em 991, sendo que 46 delas tiveram diagnóstico laboratorial positivo para a doença e 224 foram descartadas. Outros 710 casos apresentaram resultado inconclusivo para Zika e 11 pacientes notificados esperam pelo resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – Foram notificadas 810 pessoas com suspeita da doença em Conquista. 63 delas tiveram diagnóstico positivo e 747 pacientes ainda seguem aguardando resultado laboratorial.

De acordo com o Centro de Controle de Endemias, os bairros que registraram o maior número de casos confirmados de arboviroses desde o mês de janeiro foram: Cruzeiro (355), Patagônia (219), Alto Maron (217), Brasil (211), Centro (183) e Vila América (169).

Pequenas ações diárias devem continuar sendo feita por todos em casa para evitar que a reprodução do mosquito volte a crescer, como: evitar água parada em pratinhos de plantas ou qualquer outro recipiente; vedar adequadamente reservatórios de água; limpar a caixa coletora de água atrás da geladeira, além de evitar o descarte de lixo em locais e horários incorretos.

Caso alguém apresente sintomas característicos de uma dessas doenças, deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para ser notificado e receber atendimento médico. A população também deve fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias por meio do número (77) 3429-7421.

Não foi registrado nenhum caso confirmado de dengue na última semana em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 13 out 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

O Centro de Controle de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde divulgou nesta terça-feira (13), a atualização semanal do boletim informativo com os dados da Dengue, Zika e Chikungunya no município. As informações são da 41ª semana epidemiológica, que corresponde do início do mês de janeiro a 9 de outubro de 2020.

DENGUE– Já foram notificados 6.478 casos suspeitos. Na última semana, não houve nenhum novo caso confirmado de dengue no município e manteve-se o número 3.928 casos positivos. Outros 1.751 casos foram descartados, 640 apresentaram resultados inconclusivos em relação à doença e 157 pacientes ainda aguardam por resultado laboratorial.

ZIKA– Não houve registros de novas de notificações suspeitas da doença nos últimos sete dias, mantendo-se, portanto, 991 notificações de zika, sendo que 46 delas tiveram diagnóstico laboratorial positivo para a doença e 224 foram descartadas. Outros 710 casos apresentaram resultado inconclusivo para Zika e 11 pacientes notificados esperam pelo resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – Até o momento, 806 pessoas foram notificadas com suspeita da doença em Conquista. 62 delas tiveram diagnóstico positivo e 744 pacientes ainda seguem aguardando resultado laboratorial.

Mesmo com a redução dos números de ocorrências de casos semana após semana, a população não deve diminuir os cuidados para que o encontre condições para se reproduzir. Por isso, é essencial evitar água parada em pratinhos de plantas ou qualquer outro recipiente; vedar adequadamente reservatórios de água; limpar a caixa coletora de água atrás da geladeira, além de evitar o descarte de lixo em locais e horários incorretos.

Caso alguém apresente sintomas característicos de uma dessas doenças, deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para ser notificado e receber atendimento médico. A população também deve fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias por meio do número(77) 3429-7421.

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 06 out 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-2.png

Foi divulgado nesta segunda-feira (5), pelo Centro de Controle de Endemias, a atualização semanal do boletim informativo com os dados da Dengue, Zika e Chikungunya no município até a 40ª semana epidemiológica, que vai de janeiro a 2 de outubro de 2020.

DENGUE – Nesse período foram notificados em Conquista 6.463 casos suspeitos. Na última semana apenas um novo caso da doença foi confirmado, totalizando 3.928 casos positivos. Outros 1.734 casos foram descartados, 626 apresentaram resultados inconclusivos em relação à doença e 173 pacientes ainda aguardam por resultado laboratorial.

ZIKA – Das 991 notificações de casos suspeitos registrados até o momento, 46 delas tiveram diagnóstico laboratorial positivo para a doença, 224 descartados e 703 apresentaram resultado inconclusivo para Zika. Outros 18 pacientes notificados esperam pelo resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – 791 pessoas foram notificadas com suspeita da doença. Até o momento, 60 delas tiveram diagnóstico positivo e outros 731 pacientes ainda seguem aguardando resultado laboratorial.

De acordo com o Centro de Controle de Endemias, os bairros que registraram o maior número de casos confirmados de arboviroses até este período foram: Cruzeiro (356), Patagônia (219), Alto Maron (214), Brasil (210) e Centro (183).

Desde o mês de junho, as notificações vêm diminuindo gradativamente, mas os cuidados devem continuar para que a situação permaneça nesse ritmo. Por isso, é essencial evitar água parada em pratinhos de plantas ou qualquer outro recipiente; vedar adequadamente reservatórios de água; limpar a caixa coletora de água atrás da geladeira, além de evitar o descarte de lixo em locais e horários incorretos.

Caso alguém apresente sintomas característicos de uma dessas doenças, deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para ser notificado e receber atendimento médico. A população também deve fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias por meio do número (77) 3429-7421.

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 28 set 2020

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é DIS_728x90px-SEMANA-NACIONAL-DE-TRA%CC%82NSITO-1.gif

Na última semana foram confirmados laboratorialmente apenas três casos de dengue no município, de acordo com a atualização do boletim semanal, divulgado pelo Centro de Controle de Endemias, da 39ª semana epidemiológica, que vai de janeiro a 25 de setembro deste ano.

DENGUE – Dos 6.423 casos suspeitos notificados no município, 3.927 foram confirmados e 1.728 descartados. Além disso, 612 casos apresentaram resultados inconclusivos em relação à doença e 154 pacientes ainda aguardam por resultado laboratorial. Nesse período, foram registrados dois falecimentos de pacientes por dengue grave hemorrágica.

ZIKA – Com 979 notificações suspeitas, manteve-se o número de 35 casos com diagnóstico laboratorial positivo para a doença, 178 descartados e 724 com resultado inconclusivo para Zika. Outros 42 pacientes notificados esperam pelo resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – Foram notificados 783 casos suspeitos da doença. Com dois novos resultados confirmados na última semana, são contabilizados 59 casos positivo para Zika e outros 724 pacientes ainda seguem aguardando resultado laboratorial.

Mesmo com a redução dos números de notificações dos casos de arboviroses nos últimos meses em Conquista, os cuidados não devem ser deixados de lado. É importante que cada morador mantenha as ações de limpeza diariamente, como: evitar água parada em pratinhos de plantas ou qualquer outro recipiente, vedar adequadamente reservatórios de água, limpar a caixa coletora de água atrás da geladeira, além de evitar o descarte de lixo em locais e horários incorretos.

Caso alguém apresente sintomas característicos de uma dessas doenças, deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para ser notificado e receber atendimento médico. A população também deve fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias por meio do número (77) 3429-7421.

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 21 set 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-2.png

Nesta segunda-feira (21), o Centro de Controle de Endemias divulgou o boletim informativo semanal com a atualização dos dados de notificação de casos Dengue, Zika e Chikungunya em Conquista até a 38ª semana epidemiológica – período de janeiro a 18 de setembro de 2020.

Desde o mês de junho os números de notificações das arboviroses vem diminuindo de forma gradativa e, neste mês de setembro, a coordenação de Endemias informou que foram feitas 35 notificações de casos suspeitos de dengue, um de Zika e seis de Chikungunya, sendo que, dessas notificações, apenas dois casos de dengue foram confirmados.

DENGUE – Foram notificados 6.377 casos suspeitos, sendo 3.924 confirmados, 1.716 descartados laboratorialmente e 587 casos com resultados inconclusivos em relação à doença. Ainda aguardam resultado laboratorial 148 pacientes notificados e duas pacientes do município foram a óbito por dengue grave hemorrágica.

ZIKA – Com 979 notificações de suspeita, 35 pessoas tiveram diagnóstico laboratorial positivo para a doença, 178 descartados e 724 apresentaram resultado inconclusivo para Zika. Outros 42 pacientes notificados esperam pelo resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – Nesse período, 777 pessoas foram notificadas com suspeita da doença. Desse total, 57 pessoas receberam resultado positivo para Zika e outras 720 ainda seguem aguardando resultado laboratorial.

Todos as pequenas ações diárias devem continuar sendo feitas de forma rotineira para evitar criadouros do mosquito, como: evitar água parada em pratinhos de plantas ou qualquer outro recipiente, vedar adequadamente reservatórios de água, limpar a caixa coletora de água atrás da geladeira, além de evitar o descarte de lixo em locais e horários incorretos.

Caso alguém apresente sintomas característicos de uma dessas doenças, deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para ser notificado e receber atendimento médico. A população também deve fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias por meio do número (77) 3429-7421.

Ministério da Saúde notifica 924.238 casos prováveis de dengue em 2020

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 17 set 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte: Brasil 61

A crise sanitária causada pela pandemia voltou a atenção da população para os cuidados preventivos contra a Covid-19. Outra conhecida doença, no entanto, vem apresentando números altos em 2020. Entre 29 de dezembro do ano passado e agosto deste ano, o Ministério da Saúde registrou 924.238 casos prováveis de dengue em todo o país, com taxa de incidência de 439,8 diagnósticos por 100 mil habitantes. 

Entre as regiões do Brasil, Centro-Oeste apresentou a maior taxa com 1.159 diagnósticos por 100 mil habitantes, seguida das regiões Sul (929,2 casos/100 mil habitantes); Sudeste (339,1 casos/100 mil habitantes); Nordeste (240,7 casos/100 mil habitantes) e Norte (106,7 casos/100 mil habitantes). No cenário entre os estados, Acre, Bahia, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal tiveram incidências acima da apresentada no país como um todo. 

No sul do Brasil, o Paraná também esteve acima da média nacional. O estado teve 227.724 casos confirmados até julho deste ano, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. A chefe da Divisão de Doenças Transmitidas por Vetores da pasta, Emanuelle Pouzato, destaca que a maior parte dos criadouros identificados no estado estava dentro dos domicílios e chama atenção para a importância dos cuidados dentro de casa. 

…Leia na íntegra

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 14 set 2020

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

De acordo com a atualização do boletim informativo da dengue, divulgado pelo Centro de Controle de Zoonoses nesta segunda (14), foram registradas 72 novas notificações de casos suspeitos de Dengue e Chikungunya no município – um número que apresenta redução, se comparado aos meses de abril e maio, quando houve um pico de notificações de arboviroses em Conquista.

Os dados epidemiológicos atualizados são da 37ª semana epidemiológica, que compreende o período de janeiro até 11 de setembro deste ano.

DENGUE – O município registrou 6.329 notificações de casos suspeitos da doença, sendo 3.908 confirmados e 1.669 descartados laboratorialmente, 569 pacientes tiveram resultados inconclusivos em relação à doença. Ainda aguardam resultado laboratorial 154 pacientes notificados e duas pacientes do município foram a óbito por dengue grave hemorrágica.

ZIKA – Sem nenhuma nova notificação na última semana, manteve-se o número de 959 casos suspeitos notificados. 32 pessoas tiveram diagnóstico laboratorial positivo para a doença, 124 descartados e 727 apresentaram resultado inconclusivo para Zika. Outros 76 pacientes notificados ainda aguardam resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – 762 pessoas foram notificadas com suspeita da doença. Desse total, 57 pessoas receberam resultado positivo para Zika e outras 705 ainda seguem aguardando resultado laboratorial.

Todos os cuidados contra o mosquito devem ser adotados na rotina diária para evitar que ele encontre condições para se reproduzir. Algumas ações são fundamentais para isso, como: evitar água parada em pratos de plantas, vedar adequadamente reservatórios de água, limpar a caixa coletora de água atrás da geladeira, além de evitar o descarte de lixo em locais e horários incorretos.

Caso alguém apresente sintomas característicos de uma dessas doenças, deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para ser notificado e receber atendimento médico. A população também deve fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias por meio do número: (77) 3429-7421.

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 31 ago 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Tivic_BLOG-DA-RESENHA-GERAL_600x65.png

Secom/PMVC

Desde o mês de janeiro até o dia 28 de agosto, o Centro de Controle de Endemias notificou 7.853 casos suspeitos de uma das arboviroses – Dengue, Zika e Chikungunya. Até o momento, 3.916 pessoas tiveram diagnóstico positivo para uma dessas doenças no município. Nesta segunda (31), o boletim epidemiológico semanal traz os dados atualizados da 35ª semana epidemiológica.

O pico de casos no município ocorreu entre os meses de abril e maio, e a partir do mês de junho, o número de notificações vem diminuindo gradativamente. Neste mês de agosto, foram registradas 107 notificações de casos suspeitos de dengue, 23 de chikungunya e cinco de zika.

A Coordenação do Centro de Controle de Zoonoses reforça que o aumento dos números de notificações e confirmações dos casos nos últimos boletins epidemiológicos, está relacionado à constante atualização dos dados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) com notificações feitas nos meses anteriores e não representa a realidade do cenário epidemiológico atual do município.

Além disso, as amostras dos pacientes notificados são enviadas para análise laboratorial ao Lacen Estadual e os resultados estão sendo recebidos em um prazo de, em média, 60 dias, justificado pelo cenário de pandemia da Covid-19 e também um aumento expressivo de casos de arboviroses em toda Bahia, o que acaba sobrecarregando o trabalho de análises. Com isso, os casos notificados em Conquista nos meses anteriores estão sendo concluídos agora com o desfecho laboratorial desses pacientes que já aguardavam resultado.

DENGUE – Até o momento, foram notificados no município 6.188 casos suspeitos de dengue, sendo 3.835 confirmados e 1.564 descartados. Outros 584 casos apresentaram resultado inconclusivo em relação à doença, 203 aguardam resultado de exame laboratorial e dois pacientes foram a óbitos por dengue grave hemorrágica.

ZIKA – 950 notificações de casos suspeitos foram registradas, sendo que 32 tiveram confirmação laboratorial e 117 descartados. Ainda aguardam resultado laboratorial 87 pacientes notificados e 714 apresentaram diagnóstico inconclusivo para a doença.

CHIKUNGUNYA – 715 pessoas foram notificadas com suspeita da doença. 49 delas apresentaram resultado laboratorial positivo para a doença e outros 666 seguem aguardando o resultado laboratorial.

Os bairros que apresentaram os maiores números de notificações e confirmações de casos de Dengue, Zika e Ckikugunya até a última semana, foram:

…Leia na íntegra

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 24 ago 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

O Centro de Controle de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde divulgou, nesta segunda (24), o Boletim informativo semanal com dados atualizados da Dengue, Zika e Ckikungunya em Conquista. Até a 34ª semana epidemiológica, referente ao período do mês de janeiro a 21 de agosto deste ano, foram notificados 7.509 casos suspeitos dessas arboviroses, sendo 3.512 casos confirmados.

DENGUE – 5.895 notificações de casos com suspeita de dengue foram registradas no município, até o momento, sendo 3.433 casos confirmados e 1.251 descartados. Outros 699 casos apresentaram resultado inconclusivo em relação à doença, 510 aguardam resultado de exame laboratorial e dois pacientes foram a óbitos por dengue grave hemorrágica.

ZIKA – Foram notificados 946 casos suspeitos, sendo 32 confirmados laboratorialmente e 117 descartados. Ainda aguardam resultado laboratorial 108 casos notificados e 689 que apresentaram diagnóstico inconclusivo para a doença.

CHIKUNGUNYA – Nesse período, 668 pessoas foram notificadas com suspeita da doença. 47 delas apresentaram resultado positivo para a doença e 621 seguem aguardando o resultado laboratorial.

Foram atualizados, também, os números de notificações e confirmações das localidades do município com maior número de casos de Dengue, Zika e Ckikugunya.

  • Cruzeiro – 799 notificados* e 345 confirmados
  • Patagônia – 392 notificados e 200 confirmados
  • Alto Maron – 342 notificados e 193 confirmados
  • Brasil – 340 notificados e 178 confirmados
  • Vila América – 385 notificados e 155 confirmados
  • Centro – 308 notificados e 151 confirmados
  • Alto da Boa Vista – 251 notificados e 149 confirmados
  • Vila Elisa – 129 notificados e 51 confirmados
…Leia na íntegra

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 17 ago 2020

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

S

Nesta segunda-feira (17), foram divulgados os números atualizados da 33ª semana epidemiológica (período de janeiro a 14 de agosto de 2020). Conquista registrou 7.133 notificações de casos suspeitos de Dengue, Zika ou Chikungunya – doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

A coordenação do Centro de Controle de Endemias chama a atenção para o fato de que o aumento dos números de notificação e confirmação dos casos de arboviroses não representa a realidade do cenário epidemiológico atual do município, pois está relacionado à constante atualização dos dados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), bem como ao recebimento dos resultados laboratoriais que estavam em aguardo.

O coordenador do Centro, Eliezer Silveira, explica que “o pico de aumento de casos ocorreu nos meses de abril e maio e, a partir do mês de junho, essas notificações começaram a diminuir gradativamente, chegando ao mês de agosto com nove casos notificados para dengue, dois para zika e dois para chikungunya”.

DENGUE – Até o momento, foram registradas 5.572 notificações no município, com 3.203 casos confirmados. Outros 1.097 casos foram descartados, 764 apresentaram resultado inconclusivo em relação à doença e 506 pessoas notificadas seguem aguardando resultado de exame laboratorial.

…Leia na íntegra

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 10 ago 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Tivic_BLOG-DA-RESENHA-GERAL_600x65.png

Do início do mês de janeiro até a última sexta-feira, 7 de agosto, a Secretaria Municipal de Saúde registrou 6704 notificações de pessoas com suspeita de contaminação por Dengue, Zika e Chikungunya em Conquista, sendo 2.926 confirmados para uma destas doenças. O boletim desta semana traz informações atualizadas do cenário epidemiológico no município, incluindo os dados de 275 novas notificações realizadas nos últimos sete dias.

DENGUE – 5.263 notificações foram registradas no município em mais de sete meses. Na última semana, mais 241 pessoas tiveram resultado laboratorial positivo para dengue, totalizando 2.880 casos confirmados. Outros 880 casos foram descartados e 992 apresentaram resultado inconclusivo em relação à doença. 509 pessoas seguem aguardando resultado de exame laboratorial.

ZIKA – 861 casos suspeitos foram notificados até o momento. Nenhum novo resultado positivo foi divulgado ao longo da última semana e manteve-se o número de 10 casos confirmados laboratorialmente, 68 descartados e 641 que apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à Zika. 142 pessoas ainda aguardam resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – Mais seis pessoas que aguardavam resultado laboratorial apresentaram resultado positivo para a doença, totalizando 36 casos confirmados no município. Já foram notificados 580 casos suspeitos e 544 pacientes aguardam resultado laboratorial.

O Centro de Controle de Endemias, divulgou também os números atualizados das oito localidades do município que apresentaram maior número de casos confirmados e notificados de Dengue, Zika e Chikungunya:

…Leia na íntegra

Dengue: aproveite a quarentena para vistoriar o quintal

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 06 ago 2020

Tags:

Assim como o enfrentamento ao novo coronavírus, a população não pode esquecer o combate a uma outra grave doença, a Dengue. Diversas ações estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura de Vitória da Conquista para combater o mosquito, como o veículo fumacê, roçagem, coleta de resíduos, operação Cata-bagulho, entre outras. Mas a ajuda mais importante nesse combate vem da população.

Então, aproveite o tempo que está em casa e dê uma volta pelo quintal. Tampe as caixas d’água e elimine a água acumulada sobre lajes, calhas e até mesmo vasos de plantas. Nos ambientes internos, cuide dos ralos, baldes e bacias que devem ser mantidos limpos.

Transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, o mosquito se reproduz em água limpa e parada. Por isso, a orientação é manter os quintais sempre limpos, eliminando pneus velhos, latas, garrafas, vasilhas plásticas ou qualquer outro recipiente que possa acumular água. Outra providência é acondicionar e descartar o lixo doméstico de forma adequada.

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 03 ago 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

De acordo com dados do Boletim informativo da 31ª semana epidemiológica, que corresponde ao início do mês de janeiro até a última sexta-feira, 31 de julho, já foram notificados em Conquista 6.429 casos suspeitos de contaminação por Dengue, Zika e Chikungunya, sendo que 2.679 foram confirmados. Nos últimos sete dias, o Centro de Controle de Endemias notificou 319 casos suspeitos apenas de Dengue e Chikungunya.

Foram confirmados laboratorialmente mais 288 casos de pessoas contaminadas pela dengue no município, totalizando 2.639 casos confirmados de 5.054 notificações já registradas, até o momento. Outros 721 casos foram descartados, 1.178 apresentaram resultado inconclusivo em relação à doença e 514 pessoas ainda aguardam resultado laboratorial. Duas pacientes foram a óbito por dengue grave hemorrágica no município.

Não foi notificado nenhum novo caso suspeito ao longo da última semana e manteve-se os dados da semana anterior, com 854 casos suspeitos notificados até o momento, 10 casos confirmados laboratorialmente e 68 foram descartados. Outros 564 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à Zika e 212 pessoas seguem aguardando resultado laboratorial.

Mais sete pessoas que aguardavam resultado laboratorial apresentaram resultado positivo para a doença na última semana, totalizando 30 casos confirmados no município. Já foram notificados 521 casos suspeitos e 491 pacientes aguardam resultado laboratorial.

Ainda segundo informações do Centro de Controle de Endemias, as oito localidades do município que apresentaram maiores números de notificação de Dengue, Zika e Chikungunya em Conquista, são:

…Leia na íntegra

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 27 jul 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

No Boletim epidemiológico das arboviroses desta semana, a coordenação do Centro de Controle de Endemias informa que houve uma diminuição dos casos inconclusivos de dengue, em relação ao boletim divulgado no dia 20 de julho. Isso ocorreu devido a uma atualização para encerramento de casos notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), que dá o prazo de 60 dias para que isso seja feito, com base no resultado laboratorial do paciente. No entanto, os resultados têm levado, em média, 60 dias para serem divulgados e o próprio sistema acaba lançando os casos como inconclusivos, mas após a chegada dos resultados foram atualizadas as informações para o encerramento oficial com o resultado positivo ou negativos.

Além disso, a coordenação relata que após uma reavaliação das fichas de investigação, também houve uma redução de notificações de dengue por conta da duplicidade de notificações no SINAN, pois é comum ocorrer de um mesmo paciente procurar uma unidade de atendimento mais de uma vez durante o período sintomático de dengue e não comunicar sobre o primeiro atendimento. Com isso, ele é notificado novamente, gerando uma duplicidade da notificação que só é percebida após o lançamento no sistema.

Dengue – foram registrados 4.775 casos notificados. Destes, 2.351 tiveram diagnóstico confirmado para dengue, 622 foram descartados e 1.264 apresentam diagnóstico inconclusivo em relação a doença. Outros 536 pacientes aguardam resultado laboratorial e duas pacientes foram a óbito por dengue grave hemorrágica no município.

Zika – 854 casos suspeitos de Zika foram notificados até o momento. Não houve novos resultados positivos divulgados na última semana e manteve-se o número de 10 casos confirmados laboratorialmente. Outros 68 foram descartados, 212 aguardam resultado e 564 apresentam diagnóstico inconclusivo em relação à doença.

Chikungunya – Até o momento já foram notificados 481 casos suspeitos, sendo 23 casos confirmados e 458 pacientes que seguem aguardando o resultado laboratorial.

Os bairros com mais casos notificados e confirmados de contaminação por Dengue, Zika e Chikungunya em Conquista, de acordo com informações do Centro de Controle de Endemias, são:

…Leia na íntegra

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 13 jul 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Nos últimos sete dias, o Centro de Controle de Endemias notificou 285 novos casos de pessoas com suspeita de Dengue, Zika ou Chikungunya em Conquista. Neste ano, já foram notificados 5.772 casos de arboviroses, até a última sexta-feira (10).

DENGUE – Mais 45 pessoas tiveram resultado laboratorial positivo para dengue e o número de confirmados subiu para 1.735. Outros 344 resultados foram descartados e 1.751 exames laboratoriais apresentaram diagnóstico inconclusivo para a doença. Dos 4.556 casos notificados até o momento, 723 ainda aguardam resultado da análise laboratorial. Além disso, um óbito que vinha sendo investigado pela Secretaria de Saúde do Estado foi descartado laboratorialmente para dengue, retornando ao número de dois óbitos por dengue grave hemorrágica confirmados no município.

ZIKA – Até o momento foram notificados 788 casos com suspeita de contaminação. Sem novos casos positivos na última semana, manteve-se 10 casos confirmados. Outras 381 pessoas notificadas tiveram resultado laboratorial inconclusivo para Zika e 51 foram descartados. Ainda aguardam resultado laboratorial 346 pessoas.

CHIKUNGUNYA – Já foram notificados 428 casos suspeitos, sendo que 19 deles tiveram resultados laboratoriais confirmados para Ckikungunya. 409 pacientes seguem aguardando análise laboratorial.

De acordo com o Centro de Controle de Endemias, os bairros com maiores números de casos notificados e confirmados de contaminação por Dengue, Zika e Chikugunya em Conquista são:

  • Cruzeiro – 751 notificados e 229 confirmados
  • Patagônia – 299 notificados e 112 confirmados
  • Alto Maron – 282 notificados e 119 confirmados
  • Vila América – 320 notificados e 48 confirmados
  • Centro – 242 notificados e 87 confirmados
  • Alto da Boa Vista – 208 notificados e 84 confirmados
  • Brasil – 235 notificados e 85 confirmados
  • Vila Elisa – 161 notificados e 16 conformados.

As ações de combate ao mosquito continuam! Os agentes de endemias seguem realizando visitas nas residências que possuem acesso pela lateral, inspecionando terrenos baldios, realizando bloqueio nas localidades com maior número de notificações e ações educativas junto aos moradores. Além disso, o fumacê continua pulverizando inseticida a Ultra Baixo Volume (UBV) no Vila Elisa, Santa Cruz, Lagoa das Flores 1 e 2.

Mais uma vez, a população é convocada para esta luta contra o Aedes aegypti, realizando pequenas ações diárias que podem contribuem para a eliminação do mosquito. Em caso de sintomas, procure imediatamente a unidade de saúde mais próxima de casa para receber atendimento médico.

Para fazer uma denúncia ou solicitar a visita dos agentes de endemias, entre em contato com o Centro de Controle de Endemias por meio do número: (77) 3429-7421.