Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 10 ago 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Tivic_BLOG-DA-RESENHA-GERAL_600x65.png

Do início do mês de janeiro até a última sexta-feira, 7 de agosto, a Secretaria Municipal de Saúde registrou 6704 notificações de pessoas com suspeita de contaminação por Dengue, Zika e Chikungunya em Conquista, sendo 2.926 confirmados para uma destas doenças. O boletim desta semana traz informações atualizadas do cenário epidemiológico no município, incluindo os dados de 275 novas notificações realizadas nos últimos sete dias.

DENGUE – 5.263 notificações foram registradas no município em mais de sete meses. Na última semana, mais 241 pessoas tiveram resultado laboratorial positivo para dengue, totalizando 2.880 casos confirmados. Outros 880 casos foram descartados e 992 apresentaram resultado inconclusivo em relação à doença. 509 pessoas seguem aguardando resultado de exame laboratorial.

ZIKA – 861 casos suspeitos foram notificados até o momento. Nenhum novo resultado positivo foi divulgado ao longo da última semana e manteve-se o número de 10 casos confirmados laboratorialmente, 68 descartados e 641 que apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à Zika. 142 pessoas ainda aguardam resultado laboratorial.

CHIKUNGUNYA – Mais seis pessoas que aguardavam resultado laboratorial apresentaram resultado positivo para a doença, totalizando 36 casos confirmados no município. Já foram notificados 580 casos suspeitos e 544 pacientes aguardam resultado laboratorial.

O Centro de Controle de Endemias, divulgou também os números atualizados das oito localidades do município que apresentaram maior número de casos confirmados e notificados de Dengue, Zika e Chikungunya:

…Leia na íntegra

Dengue: aproveite a quarentena para vistoriar o quintal

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 06 ago 2020

Tags:

Assim como o enfrentamento ao novo coronavírus, a população não pode esquecer o combate a uma outra grave doença, a Dengue. Diversas ações estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura de Vitória da Conquista para combater o mosquito, como o veículo fumacê, roçagem, coleta de resíduos, operação Cata-bagulho, entre outras. Mas a ajuda mais importante nesse combate vem da população.

Então, aproveite o tempo que está em casa e dê uma volta pelo quintal. Tampe as caixas d’água e elimine a água acumulada sobre lajes, calhas e até mesmo vasos de plantas. Nos ambientes internos, cuide dos ralos, baldes e bacias que devem ser mantidos limpos.

Transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, o mosquito se reproduz em água limpa e parada. Por isso, a orientação é manter os quintais sempre limpos, eliminando pneus velhos, latas, garrafas, vasilhas plásticas ou qualquer outro recipiente que possa acumular água. Outra providência é acondicionar e descartar o lixo doméstico de forma adequada.

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 03 ago 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

De acordo com dados do Boletim informativo da 31ª semana epidemiológica, que corresponde ao início do mês de janeiro até a última sexta-feira, 31 de julho, já foram notificados em Conquista 6.429 casos suspeitos de contaminação por Dengue, Zika e Chikungunya, sendo que 2.679 foram confirmados. Nos últimos sete dias, o Centro de Controle de Endemias notificou 319 casos suspeitos apenas de Dengue e Chikungunya.

Foram confirmados laboratorialmente mais 288 casos de pessoas contaminadas pela dengue no município, totalizando 2.639 casos confirmados de 5.054 notificações já registradas, até o momento. Outros 721 casos foram descartados, 1.178 apresentaram resultado inconclusivo em relação à doença e 514 pessoas ainda aguardam resultado laboratorial. Duas pacientes foram a óbito por dengue grave hemorrágica no município.

Não foi notificado nenhum novo caso suspeito ao longo da última semana e manteve-se os dados da semana anterior, com 854 casos suspeitos notificados até o momento, 10 casos confirmados laboratorialmente e 68 foram descartados. Outros 564 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à Zika e 212 pessoas seguem aguardando resultado laboratorial.

Mais sete pessoas que aguardavam resultado laboratorial apresentaram resultado positivo para a doença na última semana, totalizando 30 casos confirmados no município. Já foram notificados 521 casos suspeitos e 491 pacientes aguardam resultado laboratorial.

Ainda segundo informações do Centro de Controle de Endemias, as oito localidades do município que apresentaram maiores números de notificação de Dengue, Zika e Chikungunya em Conquista, são:

…Leia na íntegra

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 27 jul 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

No Boletim epidemiológico das arboviroses desta semana, a coordenação do Centro de Controle de Endemias informa que houve uma diminuição dos casos inconclusivos de dengue, em relação ao boletim divulgado no dia 20 de julho. Isso ocorreu devido a uma atualização para encerramento de casos notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), que dá o prazo de 60 dias para que isso seja feito, com base no resultado laboratorial do paciente. No entanto, os resultados têm levado, em média, 60 dias para serem divulgados e o próprio sistema acaba lançando os casos como inconclusivos, mas após a chegada dos resultados foram atualizadas as informações para o encerramento oficial com o resultado positivo ou negativos.

Além disso, a coordenação relata que após uma reavaliação das fichas de investigação, também houve uma redução de notificações de dengue por conta da duplicidade de notificações no SINAN, pois é comum ocorrer de um mesmo paciente procurar uma unidade de atendimento mais de uma vez durante o período sintomático de dengue e não comunicar sobre o primeiro atendimento. Com isso, ele é notificado novamente, gerando uma duplicidade da notificação que só é percebida após o lançamento no sistema.

Dengue – foram registrados 4.775 casos notificados. Destes, 2.351 tiveram diagnóstico confirmado para dengue, 622 foram descartados e 1.264 apresentam diagnóstico inconclusivo em relação a doença. Outros 536 pacientes aguardam resultado laboratorial e duas pacientes foram a óbito por dengue grave hemorrágica no município.

Zika – 854 casos suspeitos de Zika foram notificados até o momento. Não houve novos resultados positivos divulgados na última semana e manteve-se o número de 10 casos confirmados laboratorialmente. Outros 68 foram descartados, 212 aguardam resultado e 564 apresentam diagnóstico inconclusivo em relação à doença.

Chikungunya – Até o momento já foram notificados 481 casos suspeitos, sendo 23 casos confirmados e 458 pacientes que seguem aguardando o resultado laboratorial.

Os bairros com mais casos notificados e confirmados de contaminação por Dengue, Zika e Chikungunya em Conquista, de acordo com informações do Centro de Controle de Endemias, são:

…Leia na íntegra

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 13 jul 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Nos últimos sete dias, o Centro de Controle de Endemias notificou 285 novos casos de pessoas com suspeita de Dengue, Zika ou Chikungunya em Conquista. Neste ano, já foram notificados 5.772 casos de arboviroses, até a última sexta-feira (10).

DENGUE – Mais 45 pessoas tiveram resultado laboratorial positivo para dengue e o número de confirmados subiu para 1.735. Outros 344 resultados foram descartados e 1.751 exames laboratoriais apresentaram diagnóstico inconclusivo para a doença. Dos 4.556 casos notificados até o momento, 723 ainda aguardam resultado da análise laboratorial. Além disso, um óbito que vinha sendo investigado pela Secretaria de Saúde do Estado foi descartado laboratorialmente para dengue, retornando ao número de dois óbitos por dengue grave hemorrágica confirmados no município.

ZIKA – Até o momento foram notificados 788 casos com suspeita de contaminação. Sem novos casos positivos na última semana, manteve-se 10 casos confirmados. Outras 381 pessoas notificadas tiveram resultado laboratorial inconclusivo para Zika e 51 foram descartados. Ainda aguardam resultado laboratorial 346 pessoas.

CHIKUNGUNYA – Já foram notificados 428 casos suspeitos, sendo que 19 deles tiveram resultados laboratoriais confirmados para Ckikungunya. 409 pacientes seguem aguardando análise laboratorial.

De acordo com o Centro de Controle de Endemias, os bairros com maiores números de casos notificados e confirmados de contaminação por Dengue, Zika e Chikugunya em Conquista são:

  • Cruzeiro – 751 notificados e 229 confirmados
  • Patagônia – 299 notificados e 112 confirmados
  • Alto Maron – 282 notificados e 119 confirmados
  • Vila América – 320 notificados e 48 confirmados
  • Centro – 242 notificados e 87 confirmados
  • Alto da Boa Vista – 208 notificados e 84 confirmados
  • Brasil – 235 notificados e 85 confirmados
  • Vila Elisa – 161 notificados e 16 conformados.

As ações de combate ao mosquito continuam! Os agentes de endemias seguem realizando visitas nas residências que possuem acesso pela lateral, inspecionando terrenos baldios, realizando bloqueio nas localidades com maior número de notificações e ações educativas junto aos moradores. Além disso, o fumacê continua pulverizando inseticida a Ultra Baixo Volume (UBV) no Vila Elisa, Santa Cruz, Lagoa das Flores 1 e 2.

Mais uma vez, a população é convocada para esta luta contra o Aedes aegypti, realizando pequenas ações diárias que podem contribuem para a eliminação do mosquito. Em caso de sintomas, procure imediatamente a unidade de saúde mais próxima de casa para receber atendimento médico.

Para fazer uma denúncia ou solicitar a visita dos agentes de endemias, entre em contato com o Centro de Controle de Endemias por meio do número: (77) 3429-7421.

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 jul 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Secom/PMVC

Desde o mês de janeiro, até a última sexta-feira (3), foram notificados 5.487 casos suspeitos de arboviroses – Dengue, Zika e Chikungunya – em Conquista. Nos últimos sete dias, foram registrados 360 novos casos, de acordo com informações do boletim semanal do Centro de Controle de Endemias, referente à 27ª semana epidemiológica.

Os bairros Cruzeiro (435), Patagônia (244), Alto Maron (222), Vila América (208), Centro (193), Alto da Boa Vista (173) e Brasil (166), apresentam os maiores números de pessoas notificadas com suspeita de contaminação por dengue, zika ou ckikungunya.

DENGUE – 399 pessoas que aguardavam resultado testaram positivo, aumentando para 1619 casos confirmados no município. 1.516 exames laboratoriais apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à dengue e 317 foram descartados. No total, foram notificados 4.322 casos e 867 seguem aguardando resultado laboratorial. Três pacientes, que eram residentes do município, vieram a óbito por dengue grave hemorrágica.

ZIKA – 761 pessoas foram notificadas com suspeita de contaminação e mais três pessoas apresentaram resultado laboratorial positivo, totalizando 10 casos confirmados. Outras 311 tiveram resultado laboratorial inconclusivo para Zika e 51 apresentaram resultado negativo. Ainda aguardam resultado laboratorial 389 pessoas.

CHIKUNGUNYA – Mais quatro pessoas tiveram resultado de exame laboratorial positivo e, com isso, subiu para 19 o número de casos confirmados. Foram notificados 404 casos suspeitos e 385 estão aguardando análise laboratorial.

…Leia na íntegra

Boletim informativo: 549 novas notificações de Dengue, Zika e Chikugunya em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 29 jun 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

Nos últimos dias, foram registradas 549 novas notificações de pessoas com suspeita de contaminação por Dengue, Zika e Chikungunya em Vitória da Conquista. De acordo com dados do boletim informativo divulgado semanalmente pelo Centro de Controle de Endemias, o número geral de notificações no município chegou a 5.127 casos dessas arboviroses, até a 26ª semana epidemiológica – que corresponde ao período de janeiro a 26 de junho de 2020.

As localidades do município que apresentam maior número de notificações estão concentradas nos bairros Cruzeiro (385), Patagônia (194), Alto Maron (183), Alto da Boa Vista (158), Centro (150), Brasil (149) e Conveima I (101).

Até agora, foram notificados 4.012 casos no município. O número de casos confirmados subiu para 1.220 e outras 248 pessoas tiveram resultados negativos para dengue. Além disso, 1.471 exames laboratoriais apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à dengue e 1.070 pessoas seguem aguardando resultado laboratorial. Três pacientes, que eram residentes do município, vieram a óbito por dengue grave hemorrágica.

 Mais 139 pessoas foram notificadas com suspeita de contaminação, totalizando 731 notificações. Destas, sete tiveram resultado laboratorial positivo, 40 apresentaram resultado negativo e 196 tiveram resultado laboratorial inconclusivo para Zika. 488 pessoas estão aguardando resultado laboratorial.

Não houve nenhum novo caso confirmado da doença, que manteve-se com 15 casos positivos no município. Foram notificados, até o momento, 384 casos suspeitos e 369 estão aguardando análise laboratorial.

Esse crescimento no número de ocorrências de casos durante o ano de 2020 já era previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019, que sinalizou um aumento significativo de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya no Nordeste, por conta do vírus do tipo 2 que está em circulação. Esse tipo ainda não havia circulado por aqui e, por isso, uma vez que as pessoas não tiveram contato com ele, a possibilidade de contaminação é grande.

…Leia na íntegra

Confira o boletim semanal sobre os casos de Dengue, Zika e Chikungunya em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Segurança, Vit. da Conquista | Data: 22 jun 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

A informação é uma importante arma na luta contra o mosquito da dengue! Por isso, semanalmente a coordenação do Centro de Controle de Endemias tem divulgado o boletim informativo com números atualizados das notificações de casos suspeitos de Dengue, Zika e Chikugunya em Conquista. Somente na última semana foram registradas 427 novas notificações dessas arboviroses, totalizando 4.578 de janeiro até a última sexta-feira, 19 de junho.

Mais 213 pessoas tiveram resultado laboratorial positivo para contaminação por DENGUE, aumentando para 925 o número de casos confirmados. Outras 166 pessoas tiveram resultados negativos, 1.196 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à dengue e três pacientes vieram a óbito por dengue grave hemorrágica. Até o momento, foram notificados 3.631 casos suspeitos da doença e 1.341 ainda aguardam resultado laboratorial.

As notificações suspeitas de ZIKA subiram para 592 na última semana. Os casos confirmados da doença mantiveram-se em sete e 37 foram descartados. Outros 29 tiveram pacientes tiveram resultado laboratorial inconclusivo para Zika, totalizando 132 casos inconclusivos. Além disso, 416 aguardam resultado da análise laboratorial.

Quanto à CHIKUNGUNYA, foi confirmado mais um novo caso, totalizando 15 pessoas que foram contaminadas pelo vírus no município. Do total de 355 notificações suspeitas, 340 pacientes ainda aguardam resultado laboratorial.

Os bairros Cruzeiro (385), Patagônia (194), Alto Maron (183), Alto da Boa Vista (158), Centro (150), Brasil (149) e Conveima I (101), são os que apresentam os maiores números de notificações de casos suspeitos de pessoas contaminadas por Dengue, Zika e Chikugunya no município.

Esse aumento no número de ocorrências de casos durante o ano de 2020 já era previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019, que sinalizou um aumento significativo de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya no Nordeste, por conta do vírus do tipo 2 que está em circulação. Esse tipo ainda não havia circulado por aqui e, por isso, uma vez que as pessoas não tiveram contato com ele, a possibilidade de contaminação é grande.

…Leia na íntegra

Dengue: aproveite a quarentena para vistoriar o quintal

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 19 jun 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Assim como o enfrentamento ao novo coronavírus, a população não pode esquecer o combate a uma outra grave doença, a Dengue. Diversas ações estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura de Vitória da Conquista para combater o mosquito, como o veículo fumacê, roçagem, coleta de resíduos, operação Cata-bagulho, entre outras. Mas a ajuda mais importante nesse combate vem da população.

Então, aproveite o tempo que está em casa e dê uma volta pelo quintal. Tampe as caixas d’água e elimine a água acumulada sobre lajes, calhas e até mesmo vasos de plantas. Nos ambientes internos, cuide dos ralos, baldes e bacias que devem ser mantidos limpos.

Transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, o mosquito se reproduz em água limpa e parada. Por isso, a orientação é manter os quintais sempre limpos, eliminando pneus velhos, latas, garrafas, vasilhas plásticas ou qualquer outro recipiente que possa acumular água. Outra providência é acondicionar e descartar o lixo doméstico de forma adequada.

Confira o boletim semanal sobre os casos confirmados de Dengue, Zika e Chikungunya em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 15 jun 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Secom/PMVC

Durante a última semana, foram notificados 213 novos casos de pessoas com suspeita de Dengue, Zika e Chikungunya em Vitória da Conquista. De acordo com o Boletim informativo da 24ª semana epidemiológica, o Centro de Controle de Endemias registrou 4.151 notificações de janeiro a 12 de junho de 2020. Dessas, 168 pessoas receberam resultado positivo na última semana para uma das doenças.

Dengue – Subiu para 712 os casos confirmados de Dengue, do total de 3.284 pessoas notificadas com suspeita. 1.562 pessoas ainda aguardam resultado laboratorial, 121 pessoas tiveram resultados descartados e 886 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à doença. Além disso, três pacientes, que eram residentes do município, faleceram por dengue grave hemorrágica.

Zika – Foram feitas 521 notificações de pessoas com suspeita da doença. Na última semana o Lacen Estadual não foi divulgou nenhum novo resultado laboratorial dos casos suspeitos de Zika, portanto, se manteve o número de sete pessoas que testaram positivo, 37 que tiveram resultados negativos e 103 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à doença. Outras 374 pessoas seguem aguardando resultado laboratorial.

Chikungunya – 346 casos suspeitos foram notificados no município. Subiu para 14 o número de casos confirmados para esta doença e 332 pacientes ainda aguardam resultado laboratorial.

O aumento no número de ocorrências de casos durante este ano de 2020 já era previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019, que sinalizou um aumento significativo de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya no Nordeste, por conta do vírus do tipo 2 que está em circulação. Esse tipo ainda não havia circulado por aqui e, por isso, uma vez que as pessoas não tiveram contato com ele, a possibilidade de contaminação é grande.

Todos juntos contra o mosquito – A Prefeitura está com as atividades de controle e prevenção intensificadas. Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, os agentes de endemias continuam realizando ações educativas e de orientação com os moradores, além das visitas aos terrenos baldios e residências que possuem acesso pela lateral, mantendo sempre uma distância segura de, pelo menos, dois metros do morador – evitando a entrada no interior dos imóveis, conforme orienta o Ministério da Saúde.

Além disso, o veículo fumacê segue realizando pulverização de inseticida a Ultra Baixo Volume (UBV), até o dia 27 de junho, em 12 localidades do município que registraram o maior número de notificações de casos de pessoas contaminadas por arboviroses (Dengue, Zika ou Chikungunya) nos últimos 15 dias.

Mas, nessa luta, o trabalho de cada morador é essencial para eliminar qualquer foco de água parada que dê condições ideais para a reprodução do mosquito Aedes aegypti. Portanto, mantenha o seu quintal sempre limpo e em caso de sintomas de febre, dores articulares, dores abdominais e ao redor dos olhos, diarreia ou a presença de manchas avermelhadas pelo corpo, procure atendimento médico na unidade de saúde mais próxima de casa.

A população também pode entrar em contato com o Centro de Controle de Endemias para fazer denúncias ou solicitar a visita dos agentes de endemias, por meio do número: (77) 3429-7421.

Boletim semanal atualiza as notificações de Dengue, Zika e Chikungunya no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 08 jun 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

O Centro de Controle de Endemias divulgou nesta segunda (8), os números atualizados das notificações das arboviroses Dengue, Zika e Chikugunya no município. As informações da 23ª semana epidemiológica (janeiro a 05 de junho de 2020) mostram que 3.938 pessoas foram notificadas com suspeita de alguma dessas doenças, sendo registradas 273 novas notificações de casos somente na última semana.

3084 pessoas foram notificadas com suspeita de Dengue. O número de casos confirmados após resultado laboratorial positivo subiu para 547. Outras 95 pessoas tiveram resultados descartados e 657 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à doença. 1.782 pessoas aguardam resultado laboratorial e três pacientes, que eram residentes do município, faleceram por dengue grave hemorrágica.

Foram notificados 514 casos de pessoas com suspeita de Zika, sendo que sete deles testaram positivo em exame laboratorial, 37 tiveram resultados negativos e 103 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à doença.

Quanto às notificações de Chikungunya, foram registrados 340 casos suspeitos. Destes, 11 foram confirmados e 329 pacientes ainda aguardam resultado laboratorial.

Os seis bairros que apresentaram o maior número de casos registrados de pessoas com suspeita de contaminação por Dengue, Zika ou Chikungunya foram: Cruzeiro (367), Vila América (167), Alto Maron (162), Patagônia (150), Centro (136) e Brasil (125).

O aumento no número de ocorrências de casos durante este ano de 2020 já era previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019, quando sinalizou que, no Nordeste e nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, haveria um aumento significativo de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya, por conta do vírus do tipo 2 que está circulando nessas regiões. Esse tipo ainda não havia circulado por aqui e, por isso, uma vez que as pessoas não tiveram contato com ele, a possibilidade de contaminação é grande.

…Leia na íntegra

Dengue: Prefeitura e Governo do Estado no combate a dengue

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 04 jun 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

da Redação com informações da Secom/Prefeitura

Três carros fumacê reforçam o combate a focos do mosquito da ...
Foto: Divulgação

Desde ontem, a Prefeitura de Vitória da Conquista e o Governo do Estado retomaram as ações no combate a dengue. A pulverização está sendo feita com aplicação de inseticida a Ultra Baixo Volume (UBV), o popular fumacê, em 12 localidades do município. A Secretaria Municipal de Saúde solicitou, junto ao Governo do Estado, a liberação da atividade que possui critérios rigorosos para ser realizada.

A Secretaria de Saúde informou quais as localidades que registraram o maior número de notificações de dengue, zika ou chikugunya) nos últimos 15 dias.

Dois veículos equipados com fumacê, estarão disponíveis nos próximos 25 dias, nos horários de 17 às 20 horas. A aplicação vai acontecer no Conveima, Recanto das Águas, Primavera, Guarani, Jurema, Centro, Cidade Modelo, Ibirapuera, Urbis VI, Alto da Boa Vista, Baixão e Dantelândia.

Os moradores devem estar em alerta para abrirem portas e janelas no momento em que o veículo estiver circulando para que o inseticida possa agir na eliminação da população de insetos adultos com asas, por meio das micropartículas que ficam em suspensão no ar, após lançadas pelo equipamento.

Mutirões

Além do carro fumacê.a Prefeitura através da Sesep – Secretaria de Serviços Público vem intensificando ações de mutirões de limpeza e a Operação Cata-Bagulho, em todos os bairros da cidade, com atenção especial nas áreas mais afetadas pelo mosquito da dengue.

Boletim semanal das arboviroses: 405 casos confirmados de Dengue, 3 de Zika e 5 de Chikungunya

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 01 jun 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Secom/PMVC

Durante a última semana, o Centro de Controle de Endemias registrou 323 novas notificações de casos suspeitos de Dengue, Zika ou Chikugunya em Vitória da Conquista. Até a última sexta (29) foi registrado o total de 3.665 notificações, de acordo com dados do Boletim semanal das arboviroses da 22ª Semana Epidemiológica (de janeiro a 29 de maio de 2020).

Dengue – Até o momento, foram notificados 2.830 casos com suspeita de dengue no município. 405 pessoas tiveram resultado laboratorial positivo para dengue, 88 foram descartados, 520 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à doença e ainda estão aguardando resultado laboratorial 1.814 pacientes notificados. Além disso, foram a óbito três pacientes, residentes do município, por dengue grave hemorrágica. O terceiro óbito foi de uma mulher de 46 anos, moradora do bairro Campinhos.

Zika – 514 casos suspeitos de Zika foram notificados. Desses, três pessoas tiveram resultados confirmados laboratorialmente, 38 foram descartados e 71 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à doença. Outras 402 pessoas notificadas com suspeita de Zika aguardam resultado laboratorial.

Chikungunya – Foram notificados 321 casos suspeitos de Chikungunya no município, até o momento. Cinco pessoas tiveram resultados confirmados laboratorialmente e 316 ainda estão aguardando resultado laboratorial.

Os bairros que apresentaram o maior número de casos registrados de pessoas com suspeita de contaminação por Dengue, Zika ou Chikungunya são: Cruzeiro (346), Vila América (167), Alto Maron (132), Patagônia (126), Brasil (120), Alto da Boa Vista (117) e Centro (111).

O aumento no número de ocorrências de casos durante este ano de 2020 já era previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019, quando sinalizou que, no Nordeste e nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, haveria um aumento significativo de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya, por conta do vírus do tipo 2 que está circulando nessas regiões. Esse tipo ainda não havia circulado nessas regiões e, por isso, uma vez que as pessoas não tiveram contato com ele, a possibilidade de contaminação é grande.

…Leia na íntegra

Dengue: aproveite a quarentena e limpe o quintal de casa

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 27 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Assim como o enfrentamento ao novo coronavírus, a população não pode esquecer o combate a uma outra grave doença, a Dengue. A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista vem tomando uma série de medidas para evitar aglomeração e circulação de pessoas. Com isso, muitos conquistenses estão em casa onde podem ajudar no combate a um inimigo bastante conhecido: o Aedes Aegypti.

Transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, o mosquito se reproduz em água limpa e parada. Por isso, a orientação é manter os quintais sempre limpos, eliminando pneus velhos, latas, garrafas, vasilhas plásticas ou qualquer outro recipiente que possa acumular água. Outra providência é acondicionar e descartar o lixo doméstico de forma adequada.

Então, aproveite o tempo que está em casa e dê uma volta pelo quintal. Tampe as caixas d’água e elimine a água acumulada sobre lajes, calhas e até mesmo vasos de plantas. Nos ambientes internos, cuide dos ralos, baldes e bacias que devem ser mantidos limpos.

Conquista registra 254 casos confirmados de Dengue

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 18 Maio 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC (conteúdo)

Nesta segunda-feira (18), o Centro de Controle de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde divulga o segundo boletim semanal com os números atualizados da 20ª semana epidemiológica, que compreende o período de janeiro a 15 de maio de 2020. O levantamento mostra que já foram notificados em Vitória da Conquista, 2.976 casos suspeitos de Dengue, Zika ou Chikungunya – doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Dengue – já são 2.239 casos notificados para suspeita de dengue no município. Destes, 254 pessoas tiveram diagnóstico confirmado, 59 descartados e 274 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação a doença. Outros 1.650 pacientes aguardam resultado laboratorial e duas pacientes foram a óbito por dengue grave hemorrágica no município.

Zika – 470 casos suspeitos de Zika foram notificados até o momento. Três deles foram confirmados laboratorialmente, 436 aguardam resultado e 31 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à doença.

Chikungunya – Já foram notificados 267 casos suspeitos de Chikungunya, sendo dois casos confirmados e nove pacientes que apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação a doença; 256 ainda aguardam resultado laboratorial.

As localidades que apresentam mais registrados de casos de pessoas com suspeita de contaminação por uma dessas doenças são: Cruzeiro (312), Vila América (132), Alto Maron (124), Alto da Boa Vista (91) e Patagônia (81).

O aumento no número de ocorrências de casos já estava previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019, quando foi sinalizado que no Nordeste e nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo haveria um aumento significativo de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya em 2020, por conta do vírus que está circulando nessas regiões que é o tipo 2. Esse tipo ainda não havia circulado nessas regiões e, por isso, uma vez que as pessoas não tiveram contato com ele, a possibilidade de disseminação é grande.

…Leia na íntegra

Dengue: aproveite a quarentena e limpe o quintal de casa

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 13 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Assim como o enfrentamento ao novo coronavírus, a população não pode esquecer o combate a uma outra grave doença, a Dengue. A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista vem tomando uma série de medidas para evitar aglomeração e circulação de pessoas. Com isso, muitos conquistenses estão em casa onde podem ajudar no combate a um inimigo bastante conhecido: o Aedes Aegypti

Transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, o mosquito se reproduz em água limpa e parada. Por isso, a orientação é manter os quintais sempre limpos, eliminando pneus velhos, latas, garrafas, vasilhas plásticas ou qualquer outro recipiente que possa acumular água. Outra providência é acondicionar e descartar o lixo doméstico de forma adequada.

Então, aproveite o tempo que está em casa e dê uma volta pelo quintal. Tampe as caixas d’água e elimine a água acumulada sobre lajes, calhas e até mesmo vasos de plantas. Nos ambientes internos, cuide dos ralos, baldes e bacias que devem ser mantidos limpos.

Secretaria Saúde divulga boletim semanal sobre Dengue, Zika e Chikungunya

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 11 Maio 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Secom/PMVC

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Controle de Endemias, vai divulgar o boletim informativo semanal para informar a população sobre as notificações de casos de Dengue, Zika e Chikungunya – doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti – em Vitória da Conquista, a partir de hoje (11). As informações  do primeiro boletim dizem respeito à 19º semana epidemiológica de 2020, que corresponde ao período de janeiro a 8 de maio de 2020.

De acordo com o levantamento de dados, foram notificados 2.498 casos suspeitos de Dengue, Zika ou Chikungunya:

Dengue – foram registrados 1.923 casos notificados para suspeita de dengue, sendo 212 confirmados, 56 descartados e 200 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação a doença. Outros 1.240 pacientes aguardam resultado laboratorial. Quanto aos óbitos, foram registrados dois falecimentos por dengue grave hemorrágica no município, de moradoras dos bairros Alto Maron e Guarani.

Zika – 342 casos suspeitos de Zika foram notificados até o momento, sendo que dois foram confirmados, 331 aguardam resultado e nove apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à doença.

Chikungunya – Já foram notificados 233 casos suspeitos de Chikungunya no município, sendo dois casos confirmados e nove pacientes apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação a doença; 222 ainda aguardam resultado laboratorial.

O aumento no número de ocorrências de casos já estava previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019, quando foi sinalizado que no Nordeste e nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo haveria um aumento significativo de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya em 2020, por conta do vírus que está circulando nessas regiões que é o tipo 2. Esse tipo ainda não havia circulado nessas regiões e, por isso, uma vez que as pessoas não tiveram contato com ele, a possibilidade de disseminação é grande.

…Leia na íntegra

Dengue: aproveite a quarentena para vistoriar o quintal

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 30 abr 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Assim como o enfrentamento ao novo coronavírus, a população não pode esquecer o combate a uma outra grave doença, a Dengue. A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista vem tomando uma série de medidas para evitar aglomeração e circulação de pessoas. Com isso, muitos conquistenses estão em casa onde podem ajudar no combate a um inimigo bastante conhecido: o Aedes Aegypti

Transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, o mosquito se reproduz em água limpa e parada. Por isso, a orientação é manter os quintais sempre limpos, eliminando pneus velhos, latas, garrafas, vasilhas plásticas ou qualquer outro recipiente que possa acumular água. Outra providência é acondicionar e descartar o lixo doméstico de forma adequada.

Então, aproveite o tempo que está em casa e dê uma volta pelo quintal. Tampe as caixas d’água e elimine a água acumulada sobre lajes, calhas e até mesmo vasos de plantas. Nos ambientes internos, cuide dos ralos, baldes e bacias que devem ser mantidos limpos.

Aproveite a quarentena para proteger sua casa do Aedes aegypti

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 17 abr 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

Buscando conter a proliferação do novo coronavírus, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista vem tomando uma série de medidas para evitar aglomeração e circulação de pessoas. Com isso, muitos conquistenses estão em casa onde podem ajudar no combate a um inimigo bastante conhecido: o Aedes Aegypti

Transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya, o mosquito se reproduz em água limpa e parada. Por isso, a orientação é manter os quintais sempre limpos, eliminando pneus velhos, latas, garrafas, vasilhas plásticas ou qualquer outro recipiente que possa acumular água. Outra providência é acondicionar e descartar o lixo doméstico de forma adequada.

Então, aproveite o tempo que está em casa e dê uma volta pelo quintal. Tampe as caixas d’água e elimine a água acumulada sobre lajes, calhas e até mesmo vasos de plantas. Nos ambientes internos, cuide dos ralos, baldes e bacias que devem ser mantidos limpos.

Cuidados com a dengue devem ser redobrados: casos chegam a 71 no município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 14 abr 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

A Prefeitura está intensificando os trabalhos de orientação, fiscalização e combate ao mosquito, mas de acordo com dados do Programa de Controle de Endemias, do início do mês de janeiro deste ano, até essa segunda-feira (13), já foram notificados 679 casos suspeitos de dengue no município, com 71 confirmados. Um aumento alarmante, se comparado com o mesmo período do ano anterior que registrou, apenas no primeiro trimestre, 63 casos notificados com suspeita de dengue, com 6 positivos.

Esse aumento no número de ocorrências de casos já era algo previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019, como explica Eliezer Silveira, coordenador do Programa de Controle de Endemias: “Já estava sinalizado que no Nordeste e nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, teriam um aumento significativo de ocorrência de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya neste ano, por conta do vírus que está circulando nessas regiões que é o tipo 2. Esse é um tipo que ainda não tinha circulado aqui, então as pessoas não tinham tido contato com esse vírus até então. Por isso, a possibilidade de disseminar na população é muito grande”.

Aliado a isso, está o acúmulo desse período chuvoso que condiciona mais locais para reprodução do mosquito. Com a chuva, qualquer pequeno recipiente que esteja jogado em vias públicas, quintais, terrenos baldios, em cima de uma laje ou em qualquer outro ambiente, proporciona as condições ideais para que o mosquito coloque seus ovos e conclua o ciclo de reprodução no período de 7 a 10 dias, enquanto que numa temperatura mais baixa, ele pode levar de 10 a 12 dias.

Ainda de acordo com o coordenador do Programa, o fator determinante é a colaboração da população no combate ao mosquito: “A gente tem encontrado em torno de 89% de caixas d’águas destampadas ou tampadas parcialmente, dando condições para os mosquitos reproduzirem. Então isso é um fator muito determinante, porque quando a gente faz o levantamento de índice, que chamamos de LIRAa, a gente encontra esse percentual nos depósitos que são caixas d’água nível de solo”, explica Eliezer.

O índice de infestação geral do município é 6.6, de acordo com o último Levantamento Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) feito pelo Programa no mês de fevereiro.

…Leia na íntegra