1.138 casos de dengue foram confirmados no ano de 2016 em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 04 jan 2017

Tags:, ,

Da Redação

O número de casos de dengue bateu o recorde no ano de 2016 em Vitória da Conquista. Foram 1.138 confirmados de um total de 3.056 casos notificados, em que 40 deles foram dados como negativos e 55 inconclusivos.

Os números superam em três vezes mais o total de casos que foram registrados no ano de 2015, com 342 pessoas infectadas pela doença no município, de 603 casos que foram notificados.

Além dos casos de dengue, até o mês de julho de 2016, a Secretária Municipal de Saúde divulgou a confirmação de dois casos de Zika e quatro de Chinkungunya, transmitidos pelo mosquito aedes aegypti.

Com o alto números de casos confirmados a população conquistense continua em alerta no combate ao mosquito transmissor dessas três doenças. É importante estar atento aos cuidados que devem ser tomados  nessa época do ano em que as chuvas são mais constantes, deixando um acúmulo de água em lugares que propiciam a proliferação do mosquito, além de também se proteger fazendo o uso de repelentes.

 

Notificações para H1N1, Dengue, Zika e Chikungunya diminuem em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 04 ago 2016

Tags:, , , ,

Da Redação

Vitória-da-ConquistaA Secretaria Municipal de Saúde informou que está havendo um diminuição do número de notificações de casos suspeitos para as doenças relacionada ao Aedes aegypti em Vitória da Conquista. De acordo com a pasta, até o dia 21 do mês de julho, foram registradas 48 novas notificações para dengue, nenhuma para zika e uma de chikungunya.

Segundo a Vigilância à Saúde, houve uma queda também no número de registro de internações por conta desses agravos. Nenhum paciente foi internado em Vitória da Conquista devido por está com zika, chikungunya ou dengue.

H1N1

Ainda de acordo com informações da Secretaria, diminui também o número de casos suspeitos de H1N1. Em julho, foram registrados cinco novos casos, o que significa uma diminuição de mais de 60%, já que em maio foram notificados 12 casos da doença na cidade. Já o número de pacientes hospitalizados por causa da gripe H1N1 caiu em mais de 50%. Foram 04 internações até a última quinta-feira, enquanto que em junho 09 pessoas foram hospitalizadas por causa da doença.

Vacina contra a Dengue custará mais de 130 reais

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 26 jul 2016

Tags:, , ,

Da Redação

dengue
Nessa segunda-feira (25), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que a vacina contra a Dengue já pode ser comercializada no país. De acordo com o Comitê Técnico Executivo da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed), o preço da Dengvaxia, como é chamada a vacina da Sanofi Pasteur, vai variar entre R$ 132,76 e R$ 138,53, dependendo do ICMS adotado em cada estado.

No entanto, o valor estipulado é o que será pago ao fabricante por clínicas, hospitais e distribuidores e deve ser bem diferente do que será cobrado do consumidor final, ou seja, os paciente que quiserem receber a imunização terão que desembolsar um valor bem maior.  Principalmente, porque ainda não há nenhuma informação oficial de que a Dengvaxia será utilizada na rede pública. Para isso, o Ministério da Saúde deve fazer estudos sobre o custo/benefício da compra e distribuição do produto e de qual seria a estratégia de aplicação para ter impacto em termos de saúde pública.

imunizante é indicado para pessoas entre 9 e 45 anos, deve ser aplicado em três doses com intervalo de seis meses entre elas. O fabricante garante proteção contra os quatro tipos do vírus da dengue. Segundo os estudos, a proteção é de 93% contra casos graves da doença, redução de 80% das internações e eficácia global de pouco mais de 60% contra todos os tipos do vírus. A capacidade de produção do laboratório é de 100 milhões de doses por ano.

Notificações da Prefeitura para casos de H1N1, Dengue, Zika e Chikungunya

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 09 jul 2016

Tags:, , , ,

da Redação

Em Vitória da Conquista a Prefeitura através  da Secretaria Municipal de Saúde informou em seu site oficial a situação das notificações de casos suspeitos para os agravos H1N1, Dengue, Zika e Chinkungunya até o dia 8 de julho:

Zika

Diferença das doenças

Com informações do Mundo Educação

Apesar de serem transmitidas pelo mosquito, o Aedes aegypti  pelo mesmo mosquito, a dengue, a chikungunya e a zika são doenças que apresentam alguns sintomas semelhantes, o que pode dificultar o diagnóstico. Entretanto, pequenas diferenças existem e podem ser usadas como critério para a diferenciação.

A dengue é, sem dúvidas, a doença mais grave quando comparada à chikungunya e à zika. Ela causa febre, dores no corpo, dores de cabeça e nos olhos, falta de ar, manchas na pele e indisposição. Em casos mais graves, a dengue pode provocar hemorragias, que, por sua vez, podem ocasionar óbito. …Leia na íntegra

Doenças relacionadas ao Aedes continuam crescendo em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 07 jun 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

dengueOs males causados pelo mosquito Aedes Aegpty tem avançado de forma alarmante em Vitória da Conquista. Os constantes boletins epidemiológicos divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde traz o alerta para a crescente no número de casos notificados/cofirmados na cidade. E a dengue é a doença que mais tem acometido os pacientes picados pelo Aedes.

Segundo o boletim divulgado nesta terça-feira (7), o número de pessoas diagnosticadas com dengue subiu de 677 para 704, em uma semana. As demais doenças continuam estáveis, em comparação aos dois últimos boletins, mas também mantém o alerta: 4 de Chinkungunya e 1 de Zika.

Estes dados só apontam para a necessidade da população manter a vigilância e evitar os focos de proliferação do mosquito, principalmente nesse período de racionamento, em que as pessoas costumam estocar água. “As pessoas precisam de água limpa e pura para o seu consumo, portanto, temos mais um bom motivo para tampar bem as caixas d’água e tonéis”, afirma a upervisor dos agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde, Joseilton Lima.

Fique atento às dicas! – Se você está utilizando uma caixa d’água no chão para armazenamento, além de tampar direito, não deixe aberto o orifício de saída para o cano – padrão nos reservatórios de polietileno. Ele pode ser uma porta de entrada para o Aedes. Em caso de baldes abertos, é possível usar plástico, madeira ou telas de proteção para lacrá-los. O importante é se certificar de que não há nenhuma fresta.

Saúde atualiza números da H1N1, Dengue, Chikungunya e Zika

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 04 maio 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

H1N1A Secretaria Municipal de Saúde de Vitória da Conquista atualizou, nessa terça-feira (3), os números relacionados a gripe H1N1 e as doenças relacionadas ao mosquito Aedes Aegypti. Ao todo, foram 2.728 casos notificados para as quatro doenças (Influenza A-H1N1, Dengue, Chikungunya e Zika) no município, sendo que a Dengue continua com maior predominância.

H1N1: foram notificados 30 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo 7 positivos para Influenza A-H1N1 (1 óbito e 2 altas hospitalares), 13 negativos, 2 para outros vírus, 2 inconclusivo e os demais aguardando resultado.

Dengue: 2.463 casos notificados, sendo 450 positivos, 166 negativos, 5 inconclusivos e 1842 aguardando resultado.

Chikungunya: 20 casos notificados, sendo 3 positivos, 1 negativos, e 16 aguardando resultado.

Zika: 215 casos notificados, sendo 0 positivos, 2 negativos, e 213 aguardando resultado.

Índice de infestação do Aedes aegypti em Conquista é 4 vezes maior do que o tolerável

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 27 abr 2016

Tags:, , , ,

Da Redação
foto: Rafael Gusmão

coletiva
Durante coletiva de imprensa realizada pela Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, na manhã desta segunda-feira, os responsáveis pela pasta informaram que, de acordo com Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa), apresentou um índice de infestação do Aedes aegypti de 4,5.  Com esse número, o índice de infestação predial no município é quatro vezes maior do que o tolerável  Organização Mundial de Saúde, que deve ser no máximo de 1%.

O último levantamento, que é realizado a cada dois meses, é referente à primeira quinzena de abril. Na oportunidades, foram visitados pelos agentes de endemias 5.415 imóveis de 79 logradouros da zona urbana da cidade. Segundo os dados, a cidade encontra-se em estado de alerta para infestação do mosquito. Portanto, é muito importante que as pessoas continuem realizando ações para erradicar o Aedes aegypti.

Ainda segundo as informações divulgadas na coletiva de imprensa, em 2016, foram notificados 2.354 casos de dengue, sendo 437 positivos, 156 negativos e 5 inconclusivos. Em relação à Zika, 17 casos notificados, sendo 3 positivos e 14 aguardando resultado. Também foram notificados 209 casos de chikungunya, sendo 2 deram negativos e 207 aguardando resultado.

Os números relacionados às três doenças nestes primeiros quatro meses do ano já são maiores dos que os casos notificados em todo o ano de 2015. Até dezembro do ano passado, por exemplo, foram notificados 603 casos suspeitos de dengue, dos quais 342 foram positivos.

Vitória da Conquista: casos de dengue em uma semana são números acumulados, diz coordenadora

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 20 abr 2016

Tags:, ,

Por Bruna Goulart

MosquitoA coordenadora municipal de controle de endemias, Poliana Gusmão, explicou que o fato de terem sido notificados 400 casos suspeitos de dengue em apenas uma semana em Vitória da Conquista não significa exatamente que os casos se deram nesse período de tempo. Segundo ela, são números represados que entraram de uma só vez no sistema da Secretaria de Saúde, e que por isso dão a sensação de que o número de casos de dengue cresceu rápido. Até o dia sete de abril, Vitória da Conquista havia registrado dois mil e 200 casos suspeitos de dengue.

329 foram confirmados e mais de mil e 700 aguardam exames de laboratório. A melhor maneira de combater a dengue e as outras doenças transmitidas pelo aedes aegypti, que são a febre chikungunya e o vírus zika, é impedir que o mosquito nasça. Para isso, basta que você, além de não deixar o lixo acumular em casa, retire objetos que podem acumular água. Para saber mais sobre o mosquito e as doenças que ele transmite, acesse a página combateaedes.saúde.gov.br.

OMS aprova uso de 1ª vacina contra dengue

0

Publicado por Editor | Colocado em Mundo | Data: 15 abr 2016

Tags:, , ,

Da Redação

MosquitoA Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou o uso da primeira vacina contra a dengue. O anúncio foi feito nesta sexta (15), após reunião do Grupo de Especialistas sobre Imunização (SAGE, sigla em inglês). Segundo a entidade, a vacina é recomenda para locais onde a doença é endêmica.

A informação foi dada pela presidência do SAGE, que afirmou que tem confiança no efeito da nova vacina, a Dengvaxia, produzida pela multinacional francesa Sanofi Pasteur. Na avaliação da OMS e da empresa, a imunização pode mudar a história do combate à doença, já que tem uma eficácia de aproximadamente 90%.

No Brasil, no México, em El Salvador e nas Filipinas, os governos e agências de regulação já haviam dado sinal verde para o uso do produto. Agora, a OMS chancela a decisão. No entanto, a orientação é que os governos só utilizem a vacina em locais onde exista uma alta incidência de transmissão da dengue, ou seja, onde o vírus tenha uma prevalência de mais de 50% na região afetada.

 

Alto número de notificações da Dengue é compatível com cenário nacional, diz Prefeitura

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 12 abr 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

dengueA Secretaria Municipal de Saúde se manifestou sobre o alto nível de notificações de casos suspeitos da dengue em Vitória da Conquista. Conforme mostrou o BLOG DA RESENHA GERAL, Entre os dias 31 de março e 7 de abril, 400 novos casos suspeitos de dengue foram notificados no município.

Segundo nota emitida pela Prefeitura Municipal, “em todo o Brasil, o número de casos de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti aumentou nos últimos meses”. O comunicado também aponta que “todas as notificações feitas nas unidades de saúde, tanto as localizadas na zona urbana quanto na zona rural, nos hospitais e laboratórios são encaminhadas para a Secretaria Municipal de Saúde. […] Muitas vezes existe demora no recebimento dessas notificações, o que gera a sensação de aumento rápido no número de casos em período curto de tempo, como aconteceu entre os dias 31 de março e 7 de abril”.

Em 31 de março, o número de casos notificados foi 1.800 e na semana seguinte, 2.200. Muitas dessas notificações ocorreram em período anterior ao dia 31, chegando à coordenação de Controle de Endemias dias depois.

No acumulado do ano, até o dia 7 de abril, foram notificados 2.200 casos suspeitos para dengue. Destes, 329 apresentaram resultados positivos, 111 negativos e 5 inconclusivos. Os demais aguardam resultado.

A Secretaria de Saúde garante também que continua realizando o tratamento e as orientações preventivas para eliminação das larvas e a borrifação para eliminar os mosquitos em áreas que existam casos notificados de uma das três doenças por ele provocadas.

Em uma semana, 400 casos suspeitos de dengue foram notificados em Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 12 abr 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

dengue

Entre os dias 31 de março e 7 de abril, 400 novos casos suspeitos de dengue foram notificados no município de Vitória da Conquista. Como já mostrou o BLOG DA RESENHA GERAL, o alto número de casos registrado neste em 2016 deixa a Secretaria Municipal da Saúde em alerta.

Desde o início de 2016, já foram notificados 2.200 casos suspeitos de dengue na cidade, sendo que 329 foram confirmados.

Os casos suspeitos da zika também aumentaram. No mesmo período, entre 31 de março e 7 de abril, 49 casos suspeitos foram registrados, chegando ao total de 185 notificações neste ano. Os casos suspeitos de chikungunya também cresceram. Ao todo, são dez notificações em 2016.

Vitória da Conquista já registrou mais de 300 casos de dengue somente em 2016

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 08 abr 2016

Tags:, , ,

Da Redação

mosquitoO aedes aegypti continua sendo uma grande preocupação para a saúde pública. Mesmo todas as esferas do governo, bem como empresas privadas, estarem na “luta” contra o mosquito, os casos das doenças transmitidas pelo o aedes, principalmente a dengue, só fazem aumentar.

Em Vitória da Conquista, de acordo com a Secretaria de Saúde, até essa quinta-feira (7), foram notificados 2.200 casos suspeitos para dengue, desse total, 329 foram confirmados. Esse número é semelhante a quantidade de casos da doença confirmados em todo o ano de 2015. Até dezembro do ano, passado, ainda segundo a Secretaria de Saúde, foram notificados 603 casos suspeitos de dengue, dos quais 342 foram positivos.

As estatísticas comprovam o quanto é necessário investir ainda mais no combate ao aedes aegypti, principalmente no que diz respeito a disseminação de informações. A população também deve fazer a sua parte, ficando atenta aos cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito, no intuito de diminuir os casos de doenças que são transmitidas por ele.

Leituristas da Coelba entram na luta contra o Aedes Aegypti

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 05 abr 2016

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_017

Funcionários de uma empresa privada de Vitória da Conquista se uniram para combater o mosquito Aedes Aegypti, que transmite a Dengue, Zika e Chikungunya. Os trabalhadores que fazem a leitura dos medidores da Coelba deixaram seus equipamentos de lado para recolher materiais jogados em terrenos baldios e que podem ajudar na proliferação do Aedes Aegypti.

O primeiro dia de ação ocorreu nesse sábado (2), no bairro Recanto das Águas. Lá, além do trabalho de limpeza, os funcionários da empresa terceirizada Engelmig deram dicas aos moradores e distribuíram panfletos explicativos sobre as formas de prevenção das doenças causadas pelo Aedes Aegypti.

“A gente trabalha na rua, de porta em porta, o que nos deixa vulnerável a contrair esse tipo de doença. Então, não há melhor forma de ajudar a comunidade do que fazendo esse trabalho de explicação e limpeza”, avalia o leiturista João Carlos Silva.

Núcleo Regional de Saúde enfrenta dificuldades para combater Aedes aegypti

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 26 fev 2016

Tags:, , , , ,

Banner Expoconquista

por Mateus Novais

dengue

A Sessão especial da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, desta sexta-feira (26), serviu para reforçar a premissa que o papel de toda a comunidade é importante para o combate ao mosquito Aedes aegypti. Mas também revelou algumas verdades inconvenientes nesse período de promoção do engajamento social.

IMG_1435A representante do Núcleo Regional de Saúde do Estado, Rosane Carvalho, presente ao evento, destacou o problema enfrentado pelo órgão no combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela. “O órgão enfrenta dificuldades, pois possui uma equipe reduzida e dificuldades de realizar o trabalho de campo, sobretudo após a extinção das diretorias estaduais de saúde [Dires]”, informou Rosane. A profissional de saúde salientou que em Conquista ações vêm sendo feitas, mas existem “muitos municípios enfrentando um cenário caótico”.

Pouco material

Um dos municípios baianos que passa por problema é Brumado (a 100 km de Vitória da Conquista). Naquela cidade, a última remessa de larvicida recebida pela Coordenação Epidemiológica foi de 10 kg, quando seriam necessários pelo menos 60 kg do produto para cobrir a cidade em pelo menos 90% de sua totalidade.

“O larvicida está vindo regrado e o governo cancelou a coleta de dados sobre o índice predial, mas com os números dos casos suspeitos, temos a certeza de que o índice do mosquito no município mais que triplicou. Estamos rumando para uma grande epidemia da zika em Brumado e a Vigep está trabalhando com limitação por conta desta falta de material para os agentes”, disse o coordenador do serviço, Fábio Azevedo.

Sobre a falta de material em Brumado, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou que a denúncia da falta de larvicida no município de Brumado não procede. “A média de consumo do município é de 10 KG por mês e todas as solicitações do produto foram atendidas”, dia a nota.

Combate ao mosquito Aedes Aegypti é tema de sessão da Câmara

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 25 fev 2016

Tags:, , , ,

Da Redação

mosquito
Nesta sexta-feira (26), a Câmara Municipal de Vitória da Conquista realiza Sessão Mista para discutir formas de combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissão de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus. A proposta abordar a temática na Casa foi apresentada pela Comissão de Saúde, diante da mobilização nacional para dar fim a proliferação do mosquito e a diminuição dos casos das doenças a ele relacionadas.

Depois do aumento significativo dos casos do zika vírus nos últimos meses, o governo federal intensificou as ações de combate ao Aedes Aegypti. Principalmente, após a confirmação da relação entre o zika vírus e a microcefalia – doença congênita em que a cabeça e o cérebro das crianças são menores que o normal para a sua idade, o que prejudica o seu desenvolvimento

Em Vitória da Conquista, de acordo com a Secretaria de Saúde, até o dia 18 de fevereiro, foram registrados 749 casos suspeitos de dengue, 30 de zika e um de chikungunya. Todos aguardam o resultado.

Vacina contra dengue passa por testes finais

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 22 fev 2016

Tags:, ,

Da Redação

mosquito
Nesta segunda (22), a vacina contra dengue, desenvolvida pelo Instituto Butantan, começa a ser submetida à fase 3 de testes clínicos. Esta é a última etapa antes que a vacina possa ser submetida à avaliação da Anvisa para registro.

Inicialmente, 1,2 mil voluntários pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-FMUSP) devem ser vacinados nesta etapa. A presidente Dilma Rousseff deve assinar, no início da tarde desta segunda-feira, um contrato entre o Ministério da Saúde e a Fundação Butantan para a realização dos testes no restante do país.

Ao todo, 17 mil voluntários de todo o Brasil devem receber a imunização. Todos os participantes terão que ser acompanhados por cinco anos para verificar a eficácia e a duração da proteção da vacina contra o vírus da dengue.

 

Leitores do BRG flagram criadouros do Aedes aegypti por Vitória da Conquista

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 22 fev 2016

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

O temor com a proliferação do mosquito Aedes aegypti tem deixado grande parte da população de Vitória da Conquista em alerta. Infelizmente nem todos estão fazendo sua parte no combate ao mosquito transmissor da Zika, Dengue e Chikungunya.

Leitores do BLOG DA RESENHA GERAL têm enviado fotos que demonstram a falta de compreensão de muitos moradores aos riscos que o Aedes aegypti traz para a saúde. Confira alguns desses flagrantes enviadas por nossos leitores através do Whatsapp do BRG:

endemias

Brumado está em estado de emergência por conta do Zika Vírus

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 18 fev 2016

Tags:, , , ,

Da Redação

BrumadoA cidade de Brumado, a 139 km de Vitória da Conquista, está em estado de emergência na saúde pública desde o dia 2 de fevereiro. De acordo com a prefeitura do município, o estado de emergência foi decretado depois que o Departamento de Vigilância Epidemiológica (DVE) constatou o alto índice de  infestação do mosquito Aedes Aegypti.

Com o aumento da proliferação do mosquito, cresceu o número de casos de doenças a ele relacionadas. De 1º de janeiro a 17 de fevereiro de 2016, já foram registrados no município 157 casos do vírus zika, 39 casos de dengue e um de febre chikungunya.

Segundo informações da Secretaria de Saúde da cidade, o número de casos do vírus zika representa mais de 60% do que foi registrado durante todo ano de 2015. O que pode ter provocado essa crescente da doença foi a falta do larvicida que combate o mosquito na região.

Nesse sentido, uma força tarefa foi montada para combater o mosquito foi montado em Brumado. A prefeitura colocou nas ruas equipamentos especializados e aumentou as notificações. Além disso, oor meio do Diário Oficial, a administração municipal pediu o apoio da população na luta contra o Aedes Aegypti.

Prefeitura, enfim, começa a tomar providências sobre abandono da Praça da Juventude

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 15 fev 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

SC2_4154

Após diversas críticas de moradores e imprensa, finalmente a Prefeitura Municipal resolveu intervir no estado de abandono que caminhava a Praça da Juventude. Espaços como o espelho d’água, quiosques e brinquedos apresentam grandes sinais de deterioração, além de aparentes focos do mosquito Aedes Aegypti.

Nesta segunda-feira (15), representantes de diversas secretarias discutiram ações especificamente ligadas à força-tarefa de combate ao mosquito Aedes aegypti. Enquanto isso, servidores executava trabalho de limpeza da praça, retirando o capim e pontos de acumulo de água.

Segundo a Prefeitura, “todo o trabalho envolve tanto questões de saúde quanto de lazer e esportes”.

Vitória da Conquista no Dia Nacional de Enfrentamento e Combate ao Aedes Aegypti

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Brasil, Vit. da Conquista | Data: 12 fev 2016

Tags:, , , ,

da Redação

Mosquito

A Prefeitura de Vitória da Conquista, está engajada no Dia Nacional de Enfrentamento e Combate ao Aedes Aegypti. O evento acontece simultaneamente em todo o Brasil, neste sábado (13). Aqui, ele será comandado pela Secretária Executiva da Casa Civil da Presidência da República

O Brasil estará unido contra o mosquito Aedes aegypti em um mutirão. Vitória da Conquista fará parte desse mutirão, com ação planejada e executada pela equipe de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde. On municípios brasileiros serão monitorados e incentivados pelo Governo Federal.

No site, a PMVC divulgou a seguinte programação para o município:

8h30 – Mutirão de limpeza no bairro Ibirapuera (Ponto de apoio: Escola Municipal Maria Célia Ferraz);

9h30 – Atendimento à imprensa, no auditório da Praça CEUs;

10h – Reunião com o prefeito de Vitória da Conquista, Guilherme Menezes, e prefeitos da região, membros da Associação dos Municípios dos Vales do Rio do Antônio e Rio Gavião (Amvagra) para discutir o tema e as ações adotadas no combate ao mosquito Aedes aegypti, no auditório da Praça CEUs.