Cras Pedrinhas discute estratégias de enfrentamento ao trabalho infantil

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 24 out 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Secom/PMVC

Com objetivo de buscar soluções coletivas para o enfrentamento ao trabalho infantil presente em seu território, o Centro de Referência de Assistência Socias (Cras) Pedrinhas realizou, na manhã desta sexta-feira (22), no Centro de Convivência do Idoso (CCI), uma reunião com representantes do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), Serviço de Abordagem Social, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) e Pastoral do Menor Nossa Senhora das Graças.

Segundo a gerente do Cras, Lais Pinheiro, a situação do trabalho infantil naquela região tem preocupado e foi agravada devido à pandemia da Covid-19. “Foi um momento de apresentar as nossas dificuldades e desafios. Sabemos que com as escolas e serviços de convivência e fortalecimento de vínculos fechados, muitas crianças foram expostas ao trabalho e, agora, com o retorno das aulas, precisamos fazer uma força tarefa para que elas voltem para sala de aula e abandonem o trabalho”, explicou Laís.

…Leia na íntegra

NEOJIBA lança campanha para enfrentamento à fome

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 28 abr 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

A pandemia evidenciou e agravou um problema sério no Brasil: a fome. Alcançamos a triste marca de 390 mil vidas perdidas para o coronavírus. Mas além disso, a pobreza e o desemprego espalharam-se tragicamente pelo país. Segundo dados da FGV Social e do IBGE, cerca de 27 milhões de brasileiros estão vivendo em situação de extrema pobreza e 14 milhões estão desempregados.

O Instituto Locomotiva, Central Única de Favelas (Cufa) e Data Favela, em pesquisa recente nas periferias de grandes cidades, revela que a maioria das pessoas não consegue fazer duas refeições por dia e 82% dependem de doações para se alimentar.

Em 13 anos de atuação, o NEOJIBA, programa da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Social pela Música (IDSM), já atendeu mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens baianos em situações de vulnerabilidade.

Apenas 48h após o início do confinamento, lançamos o NEOJIBA Online, conseguindo com o projeto manter nossas atividades musicais e pleno apoio psicossocial às famílias, tudo à distância. Também disponibilizamos tablets e pacotes de internet para os integrantes que mais precisam, além de compartilharmos nossas redes de wi-fi com as comunidades do entorno de nossos núcleos. O resultado disso é visível em nossas crianças e suas famílias, que hoje enfrentam a pandemia com coragem e determinação, mantendo viva a chama que nos anima.

Ainda assim, a grande maioria das famílias dos integrantes do NEOJIBA enfrenta diariamente inúmeras dificuldades. 80% delas têm renda de até 3 salários mínimos. Destas, 31% têm renda de até 1 salário mínimo e 10% de até meio salário mínimo. Não podemos ignorar essa realidade, mesmo que o problema extrapole a missão para a qual o programa foi criado.

Diante desse contexto excepcional, decidimos lançar uma campanha de arrecadação para a compra de cestas básicas, que serão doadas às famílias mais vulneráveis dos quase 2000 integrantes do programa em todo o Estado e para a população vulnerável do entorno dos 13 núcleos em Salvador e no interior da Bahia (Simões Filho, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Jequié).

Contamos com a sua colaboração, porque a fome não pode esperar.

Uma cesta básica simples custa hoje em torno de cem reais (R$100,00), mas é possível colaborar com qualquer quantia para nos ajudar a continuar alimentando vidas e sonhos.

PARA DOAR QUALQUER VALOR PARA A CAMPANHA  NEOJIBA SOLIDÁRIO:

…Leia na íntegra