Campanha Escutar é Proteger é levada à zona rural do município

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 29 maio 2021

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Secom/PMVC

A campanha municipal de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes “Escutar é Proteger” chegou à zona rural do município por meio de ações realizadas pelo Centro de Referência de Assistência Social Rural (Cras Rural) em parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social Rural (Creas Rural) .

As ações foram realizadas em Veredinha, Itapirema, José Gonçalves, Dantilândia e São Sebastião, com pequenos grupos,  onde foram debatidos temas como a diferença entre abuso sexual e exploração sexual, sinais de violência, alerta para os pais e como denunciar essa situação.

“Devido à dificuldade com a internet em algumas localidades, optamos por realizar as ações de forma presencial, mas sempre respeitando o distanciamento e o uso de máscara nos locais de encontro. Entendemos que mesmo com toda dificuldade da pandemia, por ser um tema de muita importância e prioritário para equipes e para o Governo Municipal, não poderíamos deixar de conversar com a comunidade rural”, explicou a gerente do Cras Rural, Carla Mascarenhas.

Durante os encontros, as equipes dos Creas Rural e do Cras também aproveitaram para levar informações sobre os serviços ofertados pelas unidades e também de reforçar a importância de denunciar as situações de violência contra crianças e adolescentes pelo Disque 100, ou pra o Conselho Telar Rural pelo telefone: 77 3420-8955.

Suely, vai ficar mais atenta à sua filha de 11 anos

Em Dantilândia, Suely Barbosa, de 41 anos, que tem uma filha de 11 anos participou da reunião e gostou muito do tema abordado. “Agora, depois desta palestra aqui, eu vou ficar mais atenta ao comportamento da minha filha, ela está ficando adolescente e o cuidado deve ser dobrado”, explicou Suely.

Prefeitura lança campanha “Escutar é proteger” pelo enfrentamento ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 17 maio 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

Secom/PMVC

O dia 18 de maio é o Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes. Em Vitória da Conquista a data será marcada pelo lançamento da campanha municipal “Escutar é Proteger” levando em consideração as orientações da Lei nº 13.431/2017, que trata da escuta protegida de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência, e do papel do Sistema de Garantia de Direitos em atender de forma qualificada, com garantia da integridade das vítimas, em ambiente acolhedor e uma atmosfera especialmente criada para que possam sentir-se seguras e protegidas.

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) tem como objetivo mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes garantindo o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

A campanha enfatiza a necessidade de que toda e qualquer escuta deverá observar alguns aspectos que evitem a revitimização.

As atividades serão realizadas, preponderantemente,de forma virtual, com o lançamento marcado para esta terça-feira (18), às 15h, com a participação on-line de Maurício José Silva Cunha, titular da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, órgão do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, que irá abordar o tema do abuso e exploração sexual contra criança e adolescente, divulgando os dados mais recentes desta violação de direitos, sinais identificadores de violência e orientações às famílias de como protegê-las.

“Entendemos que esta data não poderia ser abordada de uma forma diferente, estamos na reta final dos preparativos para entrega do Complexo de Escuta Protegida, que irá garantir mais proteção para crianças adolescentes vítimas e testemunhas de violência, sobretudo a violência sexual, um problema presente em nossa sociedade que deve ser enfrentado por todos, por isso conclamo toda a população para colaborar, por meio de denúncias, deste tipo de situação”, explicou o secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias.

A violência sexual é uma violação dos direitos de crianças e adolescentes, que se traduz pelo abuso e/ou exploração do corpo e da sexualidade – seja pela força ou outra forma de coerção – ao envolver meninas e meninos em atividades sexuais impróprias para sua idade cronológica ou a seu desenvolvimento físico, psicológico e social. Em Vitória da Conquista, durante o ano de 2020, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) atendeu 103 crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual e 13 vítimas de exploração sexual. Das 116 vítimas, a maioria está na faixa etária entre 0 a 12 anos.

…Leia na íntegra