Operação da Polícia Civil desmonta esquema de fake news e ataques virtuais

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral, Polícia | Data: 18 jun 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte: Ascom / SSP/BA

Foi desmontado nesta quarta-feira(17), durante uma operação da Polícia Civil, um local usado para propagação de fake news e ataques na internet, localizado no município de Luís Eduardo Magalhães (LEM). De acordo com dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-BA), mandados de busca e apreensão foram cumpridos por integrantes da Delegacia Territorial de LEM e da 11ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Barreiras).

Dentre os materiais apreendidos no imóvel, que abrigava um estúdio, estão aparelhos celulares, notebooks, computadores, drone, pen drivers e câmeras. Os crimes, monitorados pelas equipes há alguns meses, eram referentes a injúria racial, calúnia e difamação, segundo informou o coordenador da 11ª Coorpin, delegado Rivaldo Almeida Luz.

“Os materiais eletrônicos foram enviados para o Departamento de Polícia Técnica [DPT]. Com o resultado saberemos se ele praticava os crimes e se existem outras pessoas envolvidas”, contou o delegado. 

Esquema de compra de CNHs é desarticulado na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Polícia | Data: 21 nov 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

Fonte:A Tarde

Nesta quinta-feira(21), a policia desarticulou um esquema de comercialização de CNHs (Carteira Nacional de Habilitação). A ação aconteceu na cidade de Senhor do Bonfim.

 Segundo a Polícia Civil, responsável pela investigação através da 19ª Coorpin/Senhor do Bonfim, vinte mandados de busca e apreensão mais 11 de prisão foram cumpridos.Ainda segundo foi divulgado pela polícia, na Operação Captiosus foram presos Arlivan Carvalho Gonçalves, vereador de Campo Formoso e dono de autoescola, Rute Maia Batista, mulher de Arlivan e também dona de autoescola, os servidores Manoel Regivaldo Vitor Damasceno, João Bosco Soares Guimarães e Carlos Alberto Menezes Andrade. 

Outras três proprietárias de centros de formação de condutores (CFCs), identificadas como Maria Angélica Rodrigues, Antônia Maria de Carvalho Conceição, a Toinha, e Marley Pollyanna Carvalho Feliz, além dos instrutores de direção Emerson Pinheiro Sena Gomes, Reinivan Silva Alves e José Sergio Aleixo da Silva, também tiveram os mandados de prisão cumpridos.