FGTS: Caixa deposita nesta segunda saque emergencial para nascidos em março

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 13 jul 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Começa a ser depositado nesta segunda-feira (13) para os trabalhadores nascidos em março, o pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O novo saque tem como objetivo enfrentar o estado de calamidade pública em razão da pandemia de covid-19. No total, serão liberados, de acordo com todo o calendário, mais de R$ 37,8 bilhões para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores.

O pagamento do saque emergencial será realizado por meio de crédito na Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores. O valor do saque emergencial é de até R$ 1.045, considerando a soma dos saldos de todas as contas ativas ou inativas com saldo no FGTS.

Para sacar os recursos, o trabalhadores nascidos em março terão que esperar até o dia 22 de agosto. O crédito dos recursos na poupança social começou no dia 29 de junho para trabalhadores nascidos em janeiro. Nesse caso, o saque será liberado no próximo dia 25.

Segundo lote de pagamento do FGTS de até R$ 1.045,00 já está disponível

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 07 jul 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Fonte:

O saque emergencial do FGTS já está disponível em conta para nascidos em fevereiro, desde essa segunda-feira (06). No entanto, o saque em dinheiro e as transferências só estarão disponíveis para nascidos em fevereiro a partir do dia 8 de agosto. 

Por enquanto, esse dinheiro do saque imediato do FGTS está liberado somente para uso digital, na conta do Caixa Tem. Os trabalhadores poderão sacar esse valor de contas ativas ou inativas, no entanto, o valor não será cumulativo, como os saques do benefício no ano passado. Mesmo que a pessoa possua mais de uma conta, R$ 1.045 é teto que pode ser sacado.

Já é possível consultar, no site www.fgts.caixa.gov.br, baixando o aplicativo FGTS Caixa ou pelo Disque 111, o valor do saque emergencial e ver a data em que o valor será creditado na poupança social digital. 

FGTS: Caixa deposita saque emergencial para nascidos em fevereiro

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 06 jul 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Nesta segunda-feira (29), a Caixa inicia o pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), para trabalhadores nascidos em fevereiro. O novo saque tem como objetivo enfrentar o estado de calamidade pública em razão da pandemia da covid-19. No total, serão liberados, de acordo com todo o calendário, mais de R$ 37,8 bilhões, para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores.

O pagamento do saque emergencial será realizado por meio de crédito na Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores. O valor do saque emergencial é de até R$ 1.045, considerando a soma dos saldos de todas as contas ativas ou inativas com saldo no FGTS.

Caixa inicia pagamento do Saque Emergencial do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 29 jun 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Nesta segunda-feira (29), a Caixa inicia o pagamento do Saque Emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), para 4,9 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro. Nessa primeira etapa, o total de recursos liberados soma mais de R$ 3,1 bilhões.

Os pagamentos serão feitos em poupança social digital da Caixa e, em um primeiro momento, os recursos estarão disponíveis apenas para pagamentos e compras por meio de cartão de débito virtual.

O novo saque tem como objetivo enfrentar o estado de calamidade pública em razão da pandemia da covid-19. No total, serão liberados, de acordo com todo o calendário, mais de R$ 37,8 bilhões, para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores.

A Caixa disponibiliza os seguintes canais de atendimento para informações sobre o Saque Emergencial do FGTS: site fgts.caixa.gov.br, Telefone 111 – opção 2, Internet Banking Caixa e APP FGTS.

Novos saques do FGTS começam a ser liberados na próxima segunda-feira (29)

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 26 jun 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

As liberações emergenciais do FGTS pela Caixa Econômica Federal, por conta da crise provocada pela pandemia do coronavírus, começam na próxima segunda-feira (29). Essa data é para o crédito em conta para os trabalhadores nascido em janeiro.

Os pagamentos serão feitos em poupança social digital da Caixa e, em um primeiro momento, os recursos estarão disponíveis apenas para pagamentos e compras por meio de cartão de débito virtual. O saque em espécie ou transferências, também dos aniversariantes de janeiro, estão liberados a partir de 25 de julho.

Essa nova liberação do saque do FGTS se deu em razão da pandemia do novo coronavírus, que afetou as atividades econômicas e a renda dos trabalhadores.

Saque imediato do FGTS deve ser declarado no Imposto de Renda

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 25 jun 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

A. Brasil

Os trabalhadores que retiraram até R$ 998 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) no ano passado terá de acertar as contas com o Leão. O saque imediato deve ser informado na Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2020.

A obrigação vale apenas para quem recebeu mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2019 ou se enquadra em qualquer outro critério para enviar a declaração. Caso o contribuinte esteja isento de Imposto de Renda, não precisará enviar o documento apenas por causa da ajuda do FGTS.

O saque imediato deve ser declarado no formulário de rendimentos isentos e não tributáveis, no item 4, que engloba indenizações por rescisão de contrato de trabalho, por planos de demissão voluntária, por acidente de trabalho e saques do FGTS. Ao abrir o campo, o contribuinte deve informar o valor sacado, escrevendo “Caixa Econômica Federal” e o número do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) da instituição (003603050001-04).

Caso não tenha o comprovante de saque, o contribuinte pode pedir um extrato na página do FGTS na internet, na página da Caixa ou no aplicativo FGTS para dispositivos móveis.

…Leia na íntegra

Caixa libera consulta a saque emergencial do FGTS em aplicativo

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 22 jun 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

A.Brasil

A Caixa liberou as consultas do valor e da data do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de até R$ 1.045 por trabalhador. A consulta pode ser feita no aplicativo do FGTS e Internet Banking da Caixa.

A consulta no site fgts.caixa.gov.br e na central 111, opção 2, foi liberada no último dia 15. Também já é possível informar que não deseja receber valor do saque. Segundo a Caixa, o trabalhador poderá indicar que não deseja receber o saque emergencial do FGTS até 10 dias antes do início do seu calendário de crédito. Portanto, para os nascidos em janeiro, os primeiros a receber o crédito (no dia 29 deste mês), já é possível fazer essa solicitação.

Cerca de R$ 37,8 bilhões serão liberados para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores. De acordo com a MP, o valor do saque é de até R$ 1.045 por trabalhador, considerando a soma dos saldos de todas as suas contas do FGTS.

Caixa libera consulta a saque emergencial do FGTS em aplicativo

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 19 jun 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

As consultas do valor e da data do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de até R$ 1.045 por trabalhador, foram liberadas pela Caixa Econômica Federal, nesta sexta-feira(19). A consulta pode ser feita no aplicativo do FGTS e Internet Banking da Caixa.

Também já é possível informar que não deseja receber valor do saque. Segundo a Caixa, o trabalhador poderá indicar que não deseja receber o saque emergencial do FGTS até 10 dias antes do início do seu calendário de crédito. Portanto, para os nascidos em janeiro, os primeiros a receber o crédito (no dia 29 deste mês), já é possível fazer essa solicitação.

Cerca de R$ 37,8 bilhões serão liberados para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores. De acordo com a MP, o valor do saque é de até R$ 1.045 por trabalhador, considerando a soma dos saldos de todas as suas contas do FGTS.

Caixa adia saques de R$ 1.045 do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 18 jun 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte:

O calendário referente ao saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de até um salário mínimo (R$ 1.045), foi divulgado no último sábado pela Caixa Econômica Federal. O pagamento estava previsto, inicialmente, para esta segunda-feira (15). Entretanto, foi adiado para o dia 29 deste mês.

Durante a coletiva de imprensa, o presidente do banco, Pedro Guimarães, explicou que desta vez, a Caixa estipulou datas diferentes para depósito em conta e saque, porque já estão sendo pagos, no mesmo período, o auxílio emergencial e o Bolsa Família.“Não há nenhuma possibilidade [de pagar todos os benefícios de uma vez]. É impossível realizar tudo ao mesmo tempo. Por isso, estamos realizando crédito em conta e saques em datas diferenciadas e seguindo um calendário por data de nascimento de janeiro a dezembro”, justificou.

O primeiro grupo que poderá ter acesso ao montante será os beneficiários nascidos em janeiro. O valor será depositado em 29 de junho e quase um mês depois, em 25 de julho. Já para aqueles que fazem aniversário em fevereiro, o crédito na conta será no próximo 6 de julho e o saque em 8 de agosto.

Caixa libera consulta ao saque emergencial do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 15 jun 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte:G1

Nesta segunda-feira (15), a Caixa Econômica Federal liberou a consulta do valor e da data do saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), de até R$ 1.045 por trabalhador.

O trabalhador pode consultar qual o valor do seu saque emergencial e quando o valor será creditado por meio do site fgts.caixa.gov.br ou por meio do Disque 111. A consulta pode ser feita também pelo aplicativo FGTS.

Ao fazer a consulta por app ou no site, o trabalhador também poderá optar por não fazer o saque emergencial ou ainda por devolver o valor para a conta do FGTS caso o crédito já tenha ocorrido. O trabalhador que escolher não fazer o saque emergencial deve informar a Caixa pelo menos dez dias antes da data de crédito prevista.

Saque do FGTS estará disponível a partir de 15 de junho

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 05 jun 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

A partir de 15 de junho, os trabalhadores poderão sacar até R$ 1.045 do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A retirada foi autorizada pela Medida Provisória 946, como forma de ajudar aqueles que tiveram perda de renda durante a pandemia do novo coronavírus. A expectativa é de de que cerca de 60,8 milhões de pessoas sejam beneficiadas e de que R$ 36,2 bilhões sejam sacados do fundo. Há a estimativa ainda de que 80% das contas de FGTS sejam zeradas com o saque.

O calendário ainda será divulgado pela Caixa, mas o prazo final para sacar o benefício será 31 de dezembro deste ano. Pode sacar o benefício qualquer pessoa que tenha conta ativa ou inativa. Mas, diferentemente do saque liberado no ano passado, o total liberado levará em consideração todas as contas do trabalhador. Ninguém poderá sacar mais de R$ 1.045, ainda que tenha duas ou três contas com valores maiores. Quem não retirou os recursos liberados no ano passado não poderá sacar os de agora

Saque de R$ 1.045 do FGTS começa em 15 de junho

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 01 jun 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte:R.News

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) emergencial foi autorizado pelo Governo Federal, e a partir do dia 15 de junho, os beneficiários poderão começar a sacar o valor de R$ 1.045,00, liberado pela Caixa Econômica Federal.

Os trabalhadores poderão sacar esse valor de contas ativas ou inativas, no entanto, o valor ão será cumulativo, como os saques do benefício no ano passado. Mesmo que a pessoa possua mais de uma conta, R$ 1.045 é teto que pode ser sacado.

Os saques ficarão disponíveis até 31 de dezembro de 2020, e poderão ser feitos por meio das agências da Caixa, casas lotéricas e caixas eletrônicos. A data limite para os saques é o mesmo prazo em que se encerra o período de calamidade pública do Brasil, determinado no mês de março, em detrimento da pandemia do novo coronavírus.

Parcelamento do FGTS pode ser suspenso por até seis meses

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 07 Maio 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte:

Em decorrência da pandemia, o Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) estabeleceu que empregadores com parcelamentos de débitos junto ao FGTS poderão suspender os pagamentos temporariamente sem que haja rescisão automática do parcelamento pelo período de seis meses.

Segundo a resolução, no caso de não quitação das parcelas, fica autorizada a reprogramação de vencimentos para acomodar sequencialmente as parcelas que permaneceram em aberto a partir de setembro de 2020, independente de formalização de aditamento contratual. Mas haverá incidência de atualização, multa e demais encargos.

Nos novos contratos de parcelamento que vierem a ser firmados até 31 de dezembro de 2020 poderá ser concedida carência de 90 dias para o início do vencimento das parcelas do acordo. Essa carência que não se aplicará aos débitos de FGTS rescisórios.

Caixa libera saque-aniversário do FGTS para nascidos em março e abril

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 05 Maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Os trabalhadores nascidos em março e abril que aderiram ao saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) já podem ter acesso ao dinheiro. O trabalhador receberá o dinheiro pelo canal que escolheu no momento da adesão, que pode ser os canais de pagamento da Caixa (terminais de autoatendimento ou casas lotéricas) ou a conta de outra instituição financeira.

Em virtude do coronavírus, quem tinha optado por resgatar o dinheiro pessoalmente pode mudar a alternativa no aplicativo “App FGTS”, para receber crédito direto em conta, em qualquer banco. Isso pode ser feito até dia 24 de julho, para receber o dinheiro até 31 de julho.

Ao escolher o saque-aniversário, o trabalhador pode retirar uma parte do saldo das suas contas do FGTS todo ano. A migração para a modalidade é opcional e deve ser informada à Caixa Econômica Federal.

Trabalhador poderá sacar até R$ 1.045 do FGTS em nova fase de liberação de recursos

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 08 abr 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

O governo federal confirmou no Diário Oficial da União (DOU) uma nova fase de liberação de recursos do FGTS. Medida Provisória publicada na noite desta terça-feira vai permitir saques de R$ 1.045 por trabalhador. A medida faz parte das ações adotadas para atenuar os efeitos econômicos do novo coronavírus no País.  O dinheiro poderá ser sacado a partir de 15 de junho e ficará disponível até 31 de dezembro.

Esta fase deve beneficiar aproximadamente 60 milhões de contas. A MP 946/2020, que autoriza os saques, extingue o Fundo PIS-Pasep, instituído por lei complementar em 1975, e transfere o seu patrimônio para o FGTS. O Governo Federal estima uma injeção na economia de aproximadamente R$ 34 bilhões com a nova rodada de saques.

Deste valor, R$ 20 bilhões virão da transferência dos recursos que estavam parados no Fundo PIS-Pasep. Outros R$ 14 bilhões já haviam sido disponibilizados por meio do chamado “saque imediato, aprovado ano passado, mas que ainda não foram resgatados.

Caixa começa a pagar hoje saque-aniversário do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 01 abr 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

A partir desta quarta-feira (1º), os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro que aderiram ao saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem ter acesso ao dinheiro. Essa modalidade permite a retirada de parte do saldo de qualquer conta ativa ou inativa do fundo a cada ano, no mês de aniversário, em troca de não receber parte do que tem direito em caso de demissão sem justa causa.

O dinheiro poderá ser retirado até 30 de junho. O valor a ser liberado varia conforme o saldo de cada conta em nome do trabalhador. Além de um percentual, ele receberá um adicional fixo, conforme o total na conta. O valor a ser sacado varia de 50% do saldo sem parcela adicional, para contas de até R$ 500, a 5% do saldo e adicional de R$ 2,9 mil para contas com mais de R$ 20 mil.

Ao retirar uma parcela do FGTS a cada ano, o trabalhador deixará de receber o valor depositado pela empresa caso seja demitido sem justa causa. O pagamento da multa de 40% nessas situações está mantido. As demais possibilidades de saque do FGTS – como compra de imóveis, aposentadoria e doenças graves – não são afetadas pelo saque-aniversário.

O prazo de adesão ao saque-aniversário começou em janeiro. Ao optar pela modalidade, o trabalhador teve de escolher a data em que o valor esteja disponível: 1º ou 10º dia do mês de aniversário. Quem escolheu o 10º dia retirará o dinheiro com juros e atualização monetária sobre o mês do saque.

Acaba hoje prazo para sacar até R$ 998 de cada conta do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 31 mar 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Os trabalhadores brasileiros têm até esta terça-feira (31) para realizar os saques imediato de até R$ 998 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Quem não retirar toda a grana terá o montante devolvido para a conta do Fundo de Garantia com juros e correção monetária.

A solicitação do saque imediato pode ser feita diretamente pelo aplicativo da Caixa com a indicação de uma conta corrente para onde os valores serão encaminhados, sem nenhum custo adicional.

Os recursos do saque imediato foram liberados de forma escalonada de setembro a dezembro do ano passado, em um cronograma baseado no mês de nascimento do trabalhador.

O valor usado como referência para o saque imediato é o saldo de cada conta – ativa ou inativa – em 24 de julho do ano passado. Os trabalhadores com saldo acima de R$ 998 nessa data só podem sacar até R$ 500 por conta de FGTS. Quem tinha contas com até R$ 998 – montante equivalente ao salário mínimo no ano passado – pode sacar até esse valor.

Cerca de R$ 15 bilhões do FGTS ainda não foram retirados

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 11 mar 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Pel_banner_600x65-Resenha-_day.jpg

Cerca de R$ 15 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ainda não foram sacados pelos trabalhadores, segundo o Ministério da Economia. O Saque Imediato do FGTS foi iniciado no ano passado e vai até 31 de março deste ano.

Segundo a Caixa Econômica Federal, até o dia 9 de março, foram pagos mais de R$ 27,8 bilhões do Saque imediato do FGTS para 59,8 milhões de trabalhadores. A previsão da Caixa, divulgada inicialmente, era de pagamento a 96,4 milhões de trabalhadores, elegíveis ao Saque Imediato, totalizando R$ 42,6 bilhões.

Inicialmente, a medida estabelecia o saque de até R$ 500 por conta do fundo, mas o limite do saque imediato subiu para R$ 998 com a sanção da lei de conversão de medida provisória nº 13.932/2019, no final do ano passado. O limite só subiu para quem tinha saldo de até R$ 998 (valor do salário mínimo, na época) em 24 de julho deste ano. Quem tem saldo acima desse valor na conta do FGTS só poderá retirar os R$ 500 originalmente previstos.

Os clientes da Caixa com conta no FGTS tiveram o valor depositado automaticamente na conta corrente ou poupança. Os saques podem ser feitos nas casas lotéricas e nos terminais de autoatendimento para quem tem senha do Cartão Cidadão. Quem tem Cartão Cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento.

As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser esclarecidas no aplicativo do FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site da Caixa ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800-724-2019, disponível 24 horas.

Cerca de 36 milhões pessoas ainda não fizeram o saque imediato do FGTS

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 10 mar 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Pel_banner_600x65-Resenha-_day.jpg

Fonte:

O prazo para realizar o saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) irá finalizar no dia 31 de março. E 36 milhões de trabalhadores, o que equivale a 38% dos trabalhadores, ainda não receberam o seu dinheiro. O saque do FGTS nesta modalidade foi disponibilizado em 2019. 

O saque imediato se iniciou no mês de setembro do ano passado para os correntistas da Caixa Econômica que tiveram o seu dinheiro creditado automaticamente em conta. Após o fim do prazo em 31 de março, aqueles que ainda não realizaram o saque, independente do mês de aniversário, só podem receber a quantia em caso de doença grave, aposentadoria e no uso para comprar a casa própria.

O dinheiro complementar foi liberado desde o dia 20 de dezembro, mesmo que o trabalhador já tivesse retirado os R$500 de suas contas. Se não fizer o saque do seu saldo até a data limite final, o dinheiro vai retornar para as contas, com a atualização monetárias e juros que correspondem ao período em que estiveram disponíveis para que fossem sacados.

Caixa paga R$ 500 do FGTS para quem tinha mais que R$ 998 na conta

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 07 fev 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é pel.gif

O saque de R$ 500 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) ainda está valendo para quem tinha mais que R$ 998 até julho de 2019, data em que o governo federal anunciou medida provisória para liberação do recurso. De acordo um levantamento da Caixa Econômica Federal, cerca de 38 milhões de trabalhadores que podem resgatar até R$ 998 e ainda não o fizeram.

A regra vale para contas ativas e inativas do fundo, emprego atual e anterior. Por exemplo, se o trabalhador tiver três contas com R$ 500 cada, terá direito de sacar R$ 1.500 no total. O dinheiro está disponível para saque até dia 31 de março de 2020. Porém, quem já sacou os R$ 500, mas tinha até R$ 998 pode solicitar o saque complementar de R$ 498. Lembrando que quem pegar o dinheiro do FGTS agora não perde o direito ao seguro-desemprego em caso de demissão sem justa causa.

Para saber os valores disponíveis para saque, os canais de recebimento e as opções de crédito em conta, acesse o link www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts. Abaixo da opção de saque imediato clique em “Acesse aqui”. Será solicitado o número do CPF (ou NIS, PIS, PASEP) e a data de nascimento.

Pela página também é possível saber sobre os canais de pagamento e escolher se quer receber notificações em seu celular sobre o saldo do FGTS. Quem tem Cartão Cidadão e senha pode fazer o saque imediato diretamente no caixa eletrônico, quem não tem pode apresentar documento de identificação em uma agência da Caixa.