NEOJIBA lança campanha para enfrentamento à fome

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 28 abr 2021

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

A pandemia evidenciou e agravou um problema sério no Brasil: a fome. Alcançamos a triste marca de 390 mil vidas perdidas para o coronavírus. Mas além disso, a pobreza e o desemprego espalharam-se tragicamente pelo país. Segundo dados da FGV Social e do IBGE, cerca de 27 milhões de brasileiros estão vivendo em situação de extrema pobreza e 14 milhões estão desempregados.

O Instituto Locomotiva, Central Única de Favelas (Cufa) e Data Favela, em pesquisa recente nas periferias de grandes cidades, revela que a maioria das pessoas não consegue fazer duas refeições por dia e 82% dependem de doações para se alimentar.

Em 13 anos de atuação, o NEOJIBA, programa da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Social pela Música (IDSM), já atendeu mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens baianos em situações de vulnerabilidade.

Apenas 48h após o início do confinamento, lançamos o NEOJIBA Online, conseguindo com o projeto manter nossas atividades musicais e pleno apoio psicossocial às famílias, tudo à distância. Também disponibilizamos tablets e pacotes de internet para os integrantes que mais precisam, além de compartilharmos nossas redes de wi-fi com as comunidades do entorno de nossos núcleos. O resultado disso é visível em nossas crianças e suas famílias, que hoje enfrentam a pandemia com coragem e determinação, mantendo viva a chama que nos anima.

Ainda assim, a grande maioria das famílias dos integrantes do NEOJIBA enfrenta diariamente inúmeras dificuldades. 80% delas têm renda de até 3 salários mínimos. Destas, 31% têm renda de até 1 salário mínimo e 10% de até meio salário mínimo. Não podemos ignorar essa realidade, mesmo que o problema extrapole a missão para a qual o programa foi criado.

Diante desse contexto excepcional, decidimos lançar uma campanha de arrecadação para a compra de cestas básicas, que serão doadas às famílias mais vulneráveis dos quase 2000 integrantes do programa em todo o Estado e para a população vulnerável do entorno dos 13 núcleos em Salvador e no interior da Bahia (Simões Filho, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Jequié).

Contamos com a sua colaboração, porque a fome não pode esperar.

Uma cesta básica simples custa hoje em torno de cem reais (R$100,00), mas é possível colaborar com qualquer quantia para nos ajudar a continuar alimentando vidas e sonhos.

PARA DOAR QUALQUER VALOR PARA A CAMPANHA  NEOJIBA SOLIDÁRIO:

…Leia na íntegra

Leão Hulk, símbolo do Zoológico da Matinha, está passando fome, aponta site

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Meio Ambiente | Data: 02 maio 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

IMG_0041

O animal símbolo do Parque Zoobotânico da Matinha, em Itapetinga, o leão Hulk, agoniza para a morte, aponta o site Sudoeste Hoje. O animal chegou a ficar quatro dias sem ser alimentado e não consegue mais ficar em pé.

A informação foi passada ao blog por funcionários do próprio Zoológico. Segundo eles, o leão estaria extremamente faminto, devido à alimentação regrada de algumas semanas. Devido a fraqueza, o animal não estaria mais conseguindo ingerir a pouca alimentação que lhe é dada.

Os funcionários do Zoo-Matinha também apontam que estão a mais de seis meses com atraso nos salários.

No início do mês de abril, a Justiça Federal ordenou que a prefeitura de Itapetinga regularize a situação do Zoológico da Matinha junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). A decisão deve ser cumprida em 90 dias de sua publicação, sob pena de multa diária de R$ 10 mil.

Recentemente, a Prefeitura Municipal apresentou, em audiência pública, na Câmara Municipal, um projeto de reforma do Parque, com custos orçados em 15 milhões. O Zoológico da Matinha está fechado há mais de 3 anos.

Quilombolas de Conquista têm altas taxas de insegurança alimentar, aponta estudo 

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 13 abr 2016

Tags:, , , ,

Ascom UFBA Conquista
foto: imagem ilustrativa

IMG_1836

Um estudo feito por pesquisadores do UFBA de Vitória da Conquista identificou altas prevalências de insegurança alimentar em várias comunidades da zona rural de Vitória da Conquista, sobretudo, em comunidades quilombolas. Com o apoio da equipe da Unidade de Saúde Familiar do Pradoso, zona rural do município, alunos da UFBA-Conquista, sob a coordenação da professora Danielle Medeiros, em parceria com alguns alunos da UESB, realizaram 459 entrevistas domiciliares com os responsáveis pelas famílias de 21 comunidades.

Os resultados mostraram a presença da insegurança alimentar  na maior parte dos domicílios pesquisados (52,1%), principalmente nas comunidades quilombolas (64,9%), com prevalências superiores às das populações rurais brasileiras (35,3%), da região Nordeste (38,1%) e da Bahia (37,8%).

“A prevalência encontrada foi elevada em todos os níveis nas populações estudadas, com diferenças entre as comunidades quilombolas e não quilombolas, com maior gravidade nas quilombolas, demostrando a possibilidade da existência de fome nas famílias estudadas”, afirma uma das pesquisadoras, a estudante Etna da Silva.

A insegurança alimentar ocorre quando há dificuldade no acesso regular e permanente aos alimentos em qualidade e quantidade suficiente, ou até mesmo com a preocupação da interrupção deste no futuro próximo, comprometendo o acesso a outras necessidades essenciais. Ela se classifica em leve, moderada e grave. …Leia na íntegra

Animais domésticos são encontrados mortos em uma casa em Itapetinga

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Polícia, Sudoeste, Vit. da Conquista | Data: 17 out 2012

Tags:, , ,

Da Redação

Cães, gatos e um periquito estavam trancados e abandonados há 15 dias. Os animais morreram de fome e sede.

Um mau cheiro vindo de uma casa no Loteamento Hilda Gama, cidade de Itapetinga, chamou a atenção de moradores na manhâ de hoje (17). A casa estava fechada há aproximadamente 15 dias, com as lâmpadas acesas.

A Guarda Municipal foi acionada e teve que invadir o local, já que o morador da casa também não era visto há cerca de duas semanas. A causa do mau cheiro só foi descoberta no quintal da residência.

Uma cadela e alguns filhotes, um gato e um periquito dentro de uma gaiola foram encontrados mortos no local. A polícia concluiu que a causa da morte dos animais tenha sido fome e sede, já que as vasilhas de comida estavam vazias e o dono não estava na casa há dias. A Vigilância Sanitária do município fez um boletim de ocorrência e o caso foi encaminhado para a Delegacia Territorial da cidade.

Foto: Site Itapetinga na Mídia