Força-tarefa para limpar o município após chuvas, tem a participação de apenados do Projeto Começar de Novo

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 06 mar 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Pel_banner_600x65-Resenha-_day.jpg

Fonte:Secom/PMVC

Uma grande equipe com diversos setores da Prefeitura foi montada para tratar dos prejuízos causados pela forte chuva que caiu em Vitória da Conquista na madrugada desta sexta-feira(06). O Projeto Começar de Novo também integra a força-tarefa que está nas ruas, minimizando os danos causados pelas fortes chuvas. Cinquenta apenados do regime semiaberto do Conjunto Penal Nilton Gonçalves, que participam do programa de ressocialização, estão atuando no trabalho.

A equipe está auxiliando a Secretaria Municipal de Meio Ambiente na limpeza e recuperação da Praça Vítor Brito, Praça do Gil e na Avenida Olívia Flores. Amanhã, eles também vão executar o trabalho na Praça Tancredo Neves.

“Nosso programa de ressocialização de apenados, que o Tribunal de Justiça da Bahia tem em parceria com a Prefeitura de Conquista, também dá esse suporte emergencial, nessa necessidade de mão de obra mais braçal, para sanar os danos causados pela chuva”, diz a secretária municipal de Governo, Geanne Oliveira.

O projeto ligado à Secretaria Municipal de Governo é fruto da parceria entre a Prefeitura Municipal, a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado da Bahia (Seap-BA) e o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Atualmente, os internos do Conjunto PenalNilton Gonçalves trabalham em algumas secretarias, como Saúde, Educação, Meio Ambiente e Agricultura.

O objetivo é criar oportunidades de trabalho e de reeducação social e capacitação profissional. O serviço prestado, além de remuneração e redução de pena, tem gerado dignidade e ressocialização para os apenados.

Município realiza força-tarefa para amenizar danos nas comunidades afetadas pela chuva

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Meio Ambiente, Vit. da Conquista | Data: 07 jan 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Fonte:Secom/PMVC

Após as fortes chuvas, a Prefeitura de Vitória da Conquista está com uma força-tarefa em ação para auxiliar as comunidades que tiveram prejuízo . Na manhã desta segunda-feira (6), uma nova reunião foi realizada no Gabinete Civil com os setores envolvidos, para traçar novas estratégias de assistência e recuperação de danos.

A prática foi imediata. Logo após a reunião, equipes das secretarias de Agricultura, Desenvolvimento Social, Infraestrutura Urbana e Serviços Públicos, além da Defesa Civil, se dirigiram ao povoado de Cabeceira, onde se encontram duas das famílias que ficaram desabrigadas depois do temporal – a terceira foi abrigada por familiares na sede da cidade.

Enquanto os prejuízos estão sendo remediados, a algumas famílias estão abrigadas na Escola Municipal Francisco Antônio Vasconcelos desde sexta-feira (3). A escola foi abastecida com colchões, cobertores e alimentação; servindo de abrigo para qualquer família que se sentisse ameaçada por conta da chuva que vem caindo na cidade desde o dia 2.

Além de encontrarem apoio do abrigo da escola, e no acompanhamento das políticas de assistência social, as família também estão recebendo visitas frequentes de técnicos e engenheiros da Prefeitura, que estão avaliando a situação das casas e buscando soluções imediatas para a segurança e minimização de danos.

Força tarefa com Estado e União discutirá ataque de piranhas em Anagé

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 16 out 2015

Tags:, , ,

por Mateus Novais

barragem-ANAGÉ

Na próxima semana, um encontro entre representantes do município de Anagé, do estado e da União, discutirá os ataques de piranhas na Barragem de Anagé. O encontro se dará na prainha da cidade e debaterá ações efetivas, levando em consideração a preservação da atividade turística.

Moradores do entorno da barragem apontam que outros três ataques foram registrados, porém, com menor dano. Já o da última segunda-feira (11), pelo menos 15 pessoas foram feridas pelas piranhas. A Prefeitura de Anagé trabalha com a possibilidade de que os animais tenham escapado de tanques que criam piranhas na parte alta da barragem.

Segundo reportagem do Jornal A Tarde, a força tarefa é formada pelo Ibama, Defesa Civil, Departamento Nacional de Obras de Combate a Seca (Dnocs), entre outros.

Construída pelo governo federal há 30 anos, o local é utilizado para o lazer de moradores da região Sudoeste do estado, na barragem do rio Gavião. A principal função da barragem é perenizar o rio Gavião para fornecer água para a população de várias cidades e povoados da região, bem como promover a agricultura irrigada.

Confira matéria da TV Aratu sobre os ataques:

Força-tarefa de procuradores vai investigar políticos na operação Lava Jato

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Brasil | Data: 20 jan 2015

Tags:, , ,


por Mateus Novais

650x375_operacao-lava-jato-prisao-advogado_1465054O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, determinou a criação de uma força-tarefa com oito procuradores do Ministério Púbico Federal para comandar apurações sobre o envolvimento de políticos no esquema de corrupção e desvios em contratos da Petrobras.

O grupo ficará responsável por analisar o material da investigação de inquéritos e denúncias feitos pela Procuradoria-Geral da República ao relator do caso no Supremo Tribunal Federal , ministro Teori Zavascki. Caberá à força-tarefa sugerir ao procurador-geral providências sobre políticos citados em delações premiadas na operação Lava Jato. Eles aparecem, por exemplo, nos depoimentos do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, que cumpre prisão domiciliar no Rio.

Em reportagem publicada no dia 19 de dezembro, o jornal “O Estado de S. Paulo” afirmou que Paulo Roberto Costa revelou na delação premiada os nomes de 28 políticos. Entre os mencionados estão os ex-ministros Edison Lobão (Minas e Energia); Antonio Palocci (Fazenda e Casa Civil), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Mário Negromonte (Cidades); o governador do Acre, Tião Viana (PT); os ex-governadores Sérgio Cabral (Rio) e Eduardo Campos (Pernambuco), além de deputados e senadores de PT, PMDB, PSDB e PP. Todos negaram envolvimento.

As denúncias e inquéritos contra políticos devem ser feitos pela PGR em fevereiro. A portaria assinada por Janot já está em vigor. Com informações do G1

Comitê Gestor anuncia medidas para desocupar Presídio Nilton Gonçalves

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 23 jan 2014

Tags:, , , , , ,

por Mateus Novais

IMG_3205

Após reunião na tarde desta quinta-feira (23), o Comitê Gestor de Segurança (formado pelo Ministério Público Estadual, Defensoria Pública, Conselho Penal, Superintendência Estadual de Administração Penal e Vara do Juri e Execuções) definiu ações para a redução do número de detentos do Presídio Nilton Gonçalves, como foi determinado pela justiça e o caos carcerário gerado pela decisão.

As principais ações são: transferência de presos flagranteados para a penitenciária de Jequié, transferência de presos de outras regiões da Bahia e/ou de outros estados e realização de mutirão para julgar os casos que se arrastam na justiça.

Segundo o Diretor de Segurança Prisional do Estado, Major Júlio Cesar, “pelo menos 18 detentos, que estavam aguardando os procedimentos burocráticos, já podem ser transferidos na próxima semana”.

Força Tarefa definirá como será a total desocupação do Módulo 1 do Presídio Nilton Gonçalves

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Segurança | Data: 23 jan 2014

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

IMG_3099A Força Tarefa de segurança, formada pelo Ministério Público Estadual, Defensoria Pública, Conselho Penal e o juiz da Vara do Juri e Execuções, Dr. Reno Soares, se reunirão na tarde desta quinta-feira (23) para definir as ações para facilitar a total desocupação do Módulo 1 do Presídio Nilton Gonçalves.

A reunião ocorrerá no salão do júri do Fórum João Mangabeira, às 17h, e deve ter como proposta um mutirão para revisar alguns processos que permitem a liberação de detentos que aguardam decisão judicial.

Atualmente, o presídio abriga 263 presos e deve, segundo a justiça, reduzir para 139 internos.

Balanço da Operação Minotauro

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia, Polícia | Data: 22 nov 2013

Tags:, , , ,

por Paulo Anderson Rocha

op minotauroNa madrugada desta quinta-feira (21), uma força-tarefa formada pelas secretarias da Fazenda (Sefaz-Ba) e de segurança Pública (SSP), por meio da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap), e pelo Ministério Público Estadual (MPE), começou a Operação Minotauro, com o objetivo foi desarticular grupo que atuava no comércio atacadista de carnes e derivados e produtos alimentícios e causou prejuízos em torno de R$ 20 milhões para os cofres públicos.

Dos 16 mandados de prisão emitidos para a Operação, 6 foram cumpridos, sendo que duas das prisões foram realizadas na Bahia: O empresário Edson Fonseca Júnior e o contador Daniel de Queiroz, ambos ligados à distribuidora de carnes Top Auto. Outras duas prisões ocorrem no Pará, uma em Sergipe e uma no Rio de Janeiro. Também foram apreendidos computadores e documentos sonegados à fiscalização.

Na Bahia, o abate da carne para comércio no próprio estado é isento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Na atuação do grupo, a carne vinha de outros estados, sem o pagamento do imposto e sem a fiscalização dos órgãos de vigilância sanitária.

Imagem: A Tarde

Força tarefa deflagra Operação Espelho Mágico em Vitória da Conquista

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Bahia, Economia, Polícia, Vit. da Conquista | Data: 18 dez 2012

Tags:, , ,

Da Redação

A ação desmontou esquema de subfaturamento praticado por empresas do ramo de materiais de construção nas cidades de Vitória da Conquista, Feira de Santana e Amélia Rodrigues.

Foi deflagrada na madrugada desta terça-feira (18), a Operação Espelho Mágico, com objetivo de desarticular grupo suspeito de crime de sonegação fiscal. Os envolvidos no esquema atuavam no comércio de materiais de construção em geral, em duas empresas, uma distribuidora e outra transportadora. A estimativa é de que tenham sonegado cerca de R$ 2 milhões de por ano aos cofres do estado em ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

A Operação cumpriu os oito mandados de busca e apreensão. A ação foi realizada pela Força-Tarefa formada pela Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz), Secretaria da Segurança Pública, através da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap), e o Ministério Público do Estado da Bahia. …Leia na íntegra