Microcefalia: obstetra diz que não é momento de pânico

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 09 dez 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais
foto: Rafael Gusmão

DSC_0606Médico obstetra Clodoaldo Cadete diz que medo da microcefalia não pode impedir
as mulheres de terem filhos

O crescente avanço de casos da microcefalia causado pelo zika vírus tem criado um enorme pânico nas gestantes. Nas consultas de pré-natal o assunto virou o principal tema das conversas entre médico e mães. Devido a esse medo entre as gestantes e àquelas mulheres que planejam ter filhos, o BLOG DA RESENHA GERAL procurou o médico obstetra Clodoaldo Cadete, especialista em diagnósticos de doenças que possam afligir fetos, para falar sobre o assunto.

Segundo o médico, as mães que chegam ao seu consultório para fazer a ultrassonografia estão mais preocupas em saber o tamanho do cérebro da criança. “O sexo e o tamanho do bebê ficam para depois. E é compreensiva essa preocupação, porque estamos vivendo uma epidemia”, diz Dr. Cadete, que também faz uma ressalva: “Mas não é momento de pânico, é momento de preocupação e vigilância”.

Ele aponta que muito dificilmente o mosquito aedes aegypti, transmissor do zika vírus, dengue e chikungunya, será eliminado ou uma vacina segura será lançada em curto prazo. “O que nós podemos fazer agora é aumentar a vigilância e combater o mosquito no nosso bairro: eliminando potenciais criadouros do mosquito, onde acumule água, e às gestantes o conselho é utilizarem repelentes (mas não em excesso, porque irrita a pele) e roupas que diminua as áreas do corpo onde o aedes aegypti possa picar”, indica Dr. Cadete.

Quanto àquelas mulheres que querem ter um filho e está com medo, o médico garante que não é necessário adiar os planos. “Tem muita mulher preocupada, pensando em adiar a gravidez, o que eu não aconselho, porque são futuras mães que podem estar com idade próxima ou acima dos 30 anos e não podem esperar tanto tempo, já que não sabemos quando essa epidemia irá passar”, explica.

Para tranquilizar esse grupo de futuras mamães, o especialista aponta que, apesar da epidemia, nenhum caso foi registrado em Vitória da Conquista e que a probabilidade de transmissão para o feto é pequena. “Segundo os dados que eu tenho, a microcefalia causada pela zika vírus atinge apenas 0,8% das mulheres grávidas. Destas, as chances de que o vírus atinja o feto e provoque a microcefalia é ainda menor: 0,25%”, conclui o obstetra Clodoaldo Cadete.

Ouça a entrevista concedida pelo obstetra Clodoaldo Cadete à repórter Mônica Cajaíba:

Ação conscientizará população sobre fatores que causam má formação embrionária e fetal

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 27 nov 2015

Tags:, , ,

nov_25_pel_banner_site_resenha_feirao_aquitemnegocio_582x65px_jean

por Mateus Novais

IMG_1399

Você sabe o que são os agentes teratogênicos? Se a sua resposta for não é porque você faz parte de boa parte da população que ainda desconhece os principais causadores de má formação embrionária e fetal, tais como: microcefalia, hidrocefalia, palato fendido e lábio leporino, deformações em membros superiores e inferiores, dentre outras.

Para chamar a atenção dos moradores de Vitória da Conquista sobre as consequências dos agentes teratogênicos, os alunos dos cursos de saúde da Faculdade Independente do Nordeste (Fainor) estarão, no próximo sábado (28), orientando a população sobre os agentes teratogênicos. A ação acontece na Praça 9 de novembro, das 8 horas às 13 horas.

Na ocasião, os alunos dos cursos de Odontologia, Farmácia, Enfermagem, Fisioterapia e Estética estarão distribuindo folders, apresentando banners e realizando orientações sobre os riscos que os agentes teratogênicos representam à saúde.

Veículo cai em ribanceira próximo a Aracatu; criança e gestante ficam feridos

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Sudoeste | Data: 18 ago 2015

Tags:, , , , ,

por Mateus Novais

acidente-aracatu-ba-262-brumado-agora-62foto: Wilker Porto – Brumado Agora

Um veículo caiu em uma ribanceira de cerca de 10 metros, na BA 262, próximo ao município de Aracatu (a 100 km de Vitória da Conquista). O acidente ocorreu na manhã desta terça-feira (18). Dentro do carro de passeio estavam quatro pessoas.

Segundo informações do site Brumado Agora, o motorista perdeu o controle do veículo após o pneu estourar. O carro chegou a capotar várias vezes, antes de parar no final da ribanceira. Uma ambulância que passava pelo local ajudou a socorrer e encaminhar as vítimas para uma unidade de saúde em Aracatu.

Entre os feridos estavam uma criança e uma gestante. Informações preliminares indicam que as vítimas tiveram ferimentos leves.