Conquista: criminosos pretendiam matar presos do Nilton Gonçalves com granadas

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia | Data: 17 abr 2018

Tags:,

Da Redação


As duas granadas da Polícia Militar que seriam jogadas por criminosos dentro do presídio Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista, estavam amarradas a dezenas de pregos. Com isso, conforme informações divulgadas, os bandidos tinham como objetivo aumentar o poder de destruição dos explosivos.

Os explosivos foram apreendidos nessa segunda-feira (16), com dois homens, que foram flagrados após denúncias anônimas. Imagens das câmeras de segurança registraram a movimentação dos criminosos, que estavam em um carro que circulou nos arredores do presídio. Eles foram presos logo em seguida.

De acordo com Alexsandro Oliveira Silva, diretor do presídio, em depoimento, os homens disseram que iriam jogar as granadas com o objetivo de matar presos que pertencem a uma facção criminosa diferente da deles. A Polícia Civil investiga como os suspeitos tiveram acesso às granadas.

Dois suspeitos são presos pela RONDESP, quando se preparavam para jogar granadas no presídio Nilton Gonçalves

0

Publicado por Editor | Colocado em Polícia, Segurança, Vit. da Conquista | Data: 16 abr 2018

Tags:, , ,

Da Redação

Na tarde desta segunda-feira (16), a  equipe da Rondesp Sudoeste, com apoio da 78ºCIPM evitou um grande ação de bandidos em Vitória da Conquista.

Foi informado aos militares por volta  das 14:00 horas, por meio de  uma denúncia anonima, que dois elementos estariam se deslocando para as proximidades do presidio Nilton Gonçalves, para arremessar granadas para dentro da  Unidade.

Após a chegada de policias ao local, dois suspeitos foram avistados, um deles rapidamente conseguiu ser capturado, e identificado como Rafael Santos Leal. O mesmo já estava pronto para arremessar a granada no pátio do presidio. O segundo criminoso conseguiu fugir, mas foi capturado às margens do anel rodoviário. e foi identificado como o Jhon Freddy Oliveira Dias

Foram encontrada duas granadas a descrição da mesma não foi informada. Os dois indivíduos foram apresentados ao DISEP, e confessaram que o objetivo era matar os desafetos de uma facção criminosa conhecida como BDN.