Prefeito e primeira-dama estão em isolamento domiciliar

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 08 dez 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

O prefeito Herzem Gusmão continua se recuperando da Covid-19, em casa. Na manhã desta terça-feira (08), a primeira-dama do município, Luci Freire Gusmão, também testou positivo para Covid. Ela está com sintomas leves, monitorada em casa e cumprindo com o isolamento domiciliar.

“Agradeço as mensagens e orações que tenho recebido desde ontem e peço a todos que continuem orando por nossa plena recuperação. Deus nos abençoe”, disse o prefeito Herzem.

Conquista: Secretaria Municipal de Saúde adere às novas orientações de isolamento e testagem de pacientes com suspeita de Covid-19

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Vit. da Conquista | Data: 19 ago 2020

Tags:, , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

O Ministério da Saúde e a Anvisa publicaram no dia 05 de agosto, o Guia De Vigilância Epidemiológica – Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional pela Doença pelo Coronavírus 2019 e a Nota Técnica Gvims/Ggtes/Anvisa Nº 07/2020 – Orientações Para Prevenção e Vigilância Epidemiológica das Infecções por Sars-Cov-2 (Covid-19). Os dois documentos trazem as novas definições operacionais para o isolamento e testagem de pacientes com suspeita de Síndrome Gripal/Covid-19. A partir das novas definições, a Secretaria Municipal de Saúde passa a adotar os seguintes critérios:

Duração do isolamento – Com as novas orientações para os pacientes que apresentam Síndrome Gripal, o isolamento passa de 14 para 10 dias, desde que o paciente esteja há mais de 24 horas sem febre, sem uso de medicamentos e com melhora nos sintomas gerais. Porém, é importante a avaliação da equipe de saúde para verificar o quadro clínico antes que esse paciente saia do isolamento.

Já para os pacientes que apresentam Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que geralmente são hospitalizados, a orientação muda de 14 para 20 dias de isolamento, mediante a avaliação médica para saber se esse paciente está apto para sair do isolamento e as demais medidas de prevenção.

Testagem de pacientes sintomáticos – Segundo as novas orientações técnicas do Ministério da Saúde, não há mais indicação de aplicação de teste rápido de anticorpos em assintomáticos dos grupos prioritários, como vinha sendo realizada no município, com objetivo de isolamento para interromper a cadeia de transmissão em indivíduos assintomáticos. Isso porque não há mais efetividade dessa testagem, tendo em vista que o resultado do teste não deve ser utilizado, de forma isolada, como critério para diagnóstico, isolamento ou suspensão dele.

De acordo com o farmacêutico e coordenador das testagens no município, Pablo Moreira: “A conclusão desse teste é que o paciente teve contato com o vírus e desenvolveu o anticorpo, mas não quer dizer que desenvolveu a doença, portanto, esse paciente não será mais classificado como caso positivo. Só será um caso positivo, se ele tiver um exame de RT-PCR detectável ou um teste de antígeno positivo, ou então o teste de anticorpo associado a sintomas de Síndrome Gripal”.

Dessa forma, serão testados apenas pacientes sintomáticos com suspeita de Covid-19 a partir do 11º dia do início dos sintomas, “porque aumenta a sensibilidade do teste, ou seja, a capacidade do teste de identificar pessoas doentes e não doentes e, além disso, o paciente vai ficar 10 dias em isolamento e, a partir do 11º, será feito o teste sem fazer a quebra do isolamento, evitando o contato entre pessoas sintomáticas e assintomáticas no momento da testagem, além de minimizar os riscos de infecção da equipe de testagem”, explica o farmacêutico.

A realização de teste por essa estratégia está ocorrendo, mediante agendamento prévio, dos pacientes sintomáticos, com 11 dias ou mais do início dos sintomas. Durante o monitoramento dos pacientes, a Equipe de Saúde informará a disponibilidade de horários para testagem na própria unidade de saúde ou em um dos pontos fixos de testagem – no Centro Cultural Glauber Rocha ou na quadra do Estádio Edvaldo Flores.

Pacientes que se recusarem a permanecer em isolamento ou a fazer coleta de exame serão notificados

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 03 abr 2020

Tags:, , , , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC

A Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com o Ministério Público, tem tomado medidas de contenção – baseadas em normas jurídicas cabíveis – para notificar pessoas com suspeita clínica e epidemiológica de infecção pelo coronavírus que se recusarem a fazer a coleta para exame laboratorial ou para garantir o isolamento domiciliar até obtenção do resultado laboratorial.

A realização do exame nos pacientes com suspeita é indispensável e trata da responsabilidade com a saúde pública. A Secretaria de Saúde está tomando essa medida para se ter o diagnóstico e não haver a contaminação de outras pessoas. Por isso, em casos de recusa, o Ministério Público vai ser acionado para tomar as condutas necessárias para realizar os exames, dentro do período previsto.

De acordo com a Promotora de Justiça, Guiomar Miranda Melo, da 11ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania, em razão da situação de emergência que o país se envolveu após a chegada do vírus e para impedir a disseminação, podem ser adotadas medidas de restrições aos direitos de liberdade, bem como o direito de ir e vir, previstos na Constituição da República. “Estamos com duas leis que nos permitem essas medidas de contenção que venham a proibir a saída de pessoas que estejam com sintomas do coronavírus, ainda que que não tenha sido feito o exame laboratorialmente, mas que tenha já uma previsão, através do exame clínico e epidemiológico, de que possa estar contaminado pelo vírus”, explica a promotora.

Para isso, as notificações são baseadas na Lei Federal nº 13.979, sancionada pelo presidente no dia 6 de fevereiro de 2020, que dispõe sobre as medidas de enfrentamento de emergência em saúde pública decorrente do coronavírus; e no Decreto Estadual nº 19.529, de 16 de março de 2020.

…Leia na íntegra

Estratégia de isolamento pode estar sendo utilizada para afastar o prefeito de Conquista das decisões na sucessão municipal

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Vit. da Conquista | Data: 21 jul 2015

Tags:, , , ,

da Redação

tres

O rompimento anunciado pelo PCdoB com o prefeito Guilherme Menezes (PT), deixa claro que a ruptura atinge apenas o chefe do executivo municipal. A entrega dos cargos, ainda não efetivada, realça a tese que o rompimento não afetará as boas relações partidários construídas ao longo de quase 30 anos em Vitória da Conquista com o PT. É voz geral que o PCdoB, em um provável 2º turno, apoiará o candidato do PT em caso de não emplacar o seu candidato, deputado Jean Fabrício na disputa pela Prefeitura.

Isolamento

O isolamento vem ganhando características marcantes. O vereador Florisvaldo Bitencourt (PT), insatisfeito com a falta de atenção do prefeito tentou durante quase 1 ano e não conseguiu ser recebido em seu gabinete, ameaçou sair, mas vai continuar no partido convencido que foi pelo deputado estadual José Raimundo Fontes (PT).

Como pode ser facilmente notado, o problema do PCdoB, e de outros partidos e lideranças políticas é com o prefeito. Segundo os bastidores da política conquistense, José Raimundo e Jean Fabrício  são os candidatos que estão sendo preparados para sacramentar o isolamento e significar o fim da era “guilhermista”. A ausência de uma gestão do diálogo e do entendimento pode ser a razão da turbulência na Frente Conquista Popular. O prefeito sabe que o seu futuro político, para um possível retorno a Câmara Federal, não poderá contar com o trio José Raimundo, Jean Fabrício e Waldenor (Foto).