Justiça Eleitoral registra recorde de inscrições para mesários voluntários

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 04 set 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte: Brasil 61

Mesmo em meio à pandemia de Covid-19, Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de todo país vêm registrando recorde de inscrições para mesários voluntários nas Eleições Municipais de 2020. Em Tocantins, o TRE contabilizou um aumento de 11,5% nas inscrições para o pleito deste ano, em relação às Eleições Gerais de 2018. Se comparados com as últimas eleições municipais, o salto é de 83% em quatro anos. 

O aumento no registro mesários voluntários também pode ser observado em outros estados. No Paraná, entre 2016 e 2020, houve acréscimo de 98%. O Rio de Janeiro teve aumento de 97% e em São Paulo, o número foi 15% maior. 

Os interessados em ser mesários podem se inscrever nos cartórios eleitorais de suas cidades. É preciso preencher um cadastro no site de cada TRE ou fazer a inscrição por meio do aplicativo e-Título, que está disponível para download em tablets e smartphones com os sistemas operacionais iOS ou Android.

Prazo para regularizar situação eleitoral termina nesta quarta

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Política | Data: 05 maio 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

EBC

Termina amanhã (6) o prazo para o eleitor regularizar a situação com a Justiça Eleitoral e votar nas Eleições Municipais de 2020. Para evitar aglomerações, por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), a regularização está sendo feita somente por meio eletrônico.

Por meio de atendimento remoto é possível solicitar alistamento (primeira via do título), mudança de município (transferência), alteração de dados pessoais, alteração de local de votação por justificada necessidade de facilitação de mobilidade e revisão para a regularização de inscrição cancelada.

Além do passo a passo e da indicação dos documentos necessários, o espaço também contém link direcionando para as páginas de atendimento de cada um dos 27 tribunais regionais eleitorais (TREs) para efetuar o requerimento de alistamento eleitoral.

Justiça Eleitoral oferece diversos serviços ao eleitor pela internet

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Justiça, Política | Data: 23 abr 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Em tempos de coronavírus, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atualizou recentemente as regras para que os eleitores possam votar nas eleições de 2020. Agora, é possível realizar diversos serviços pela internet, incluindo regularização da situação eleitoral, transferência do título de eleitor e até inscrição de novos votantes. Além disso, foram suspensas medidas de coleta dos dados biométricos, bem como a cancelamento do título em decorrência da falta desse dado.

No entanto, o prazo inicial para que mudanças e regularizações sejam feitas, previsto para se encerrar em 6 de maio, foi mantido. A diferença é que o comparecimento aos cartórios eleitorais – anteriormente obrigatório – foi substituído pela identificação digital – obviamente, quando possível.

Uma das opções oferecidas para que a identidade do eleitor seja confirmada é o envio de selfies segurando o documento de identificação. O carregamento da foto pode ser feito pela plataforma Título Net, sistema voltado para regularização de pendências eleitorais. Esse modelo já é adotado por bancos digitais, principalmente em situações de aberturas de contas, por exemplo.

Por fim, o TSE afirma que os títulos de eleitor cancelados por fraude continuarão sem validade. Os documentos que deveriam ser suspensos pela falta de biometria serão válidos provisoriamente, perdendo a validade após as eleições municipais, previstas para acontecer em outubro deste ano.

Eleitor tem até 6 de maio para regularizar situação eleitoral

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Política | Data: 13 abr 2020

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Fonte

Termina no dia 6 de maio, o prazo para que os cidadãos regularizem a sua situação com a Justiça Eleitoral. Após o prazo, quem estiver com pendências no documento não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que tem o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

O prazo também deve ser observado pelos jovens de 16 anos que vão votar pela primeira vez e querem solicitar o documento. 

Com o fim do prazo, o cadastro eleitoral será fechado e nenhuma alteração será permitida, somente a impressão da segunda via do título será autorizada. A medida é necessária para que a Justiça Eleitoral possa saber a quantidade de eleitores que estão em dia com o documento e poderão votar. 

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Cada turno equivale a uma eleição

Justiça Eleitoral cancela mais de 700 mil de títulos na Bahia

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 02 mar 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

Fonte:

Os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado, têm até o dia 6 de maio para regularizar a situação.  De acordo com informações do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), existem 799.076 eleitores baianos em situação irregular.

Mais de 800 mil eleitores baianos ainda não fizeram o recadastramento biométrico, que é obrigatório. A falta do recadastramento causa o cancelamento dos títulos e também fica impedido de votar este ano.

Quem ficou três vezes consecutivos sem votar nas eleições ou ficou sem justificar a ausência às urnas, também fica irregular com a Justiça Eleitoral, com o título cancelado. Cada turno de um pleito é considerado uma eleição diferente. O eleitor deve evitar o cancelamento do título e normalizar a situação no cartório ou posto eleitoral. O cidadão pode consultar a sua situação no Portal do TRE-BA na internet.

Mais de 2,4 milhões de eleitores tem o título cancelado pela Justiça Eleitoral

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral, Política | Data: 27 maio 2019

Tags:, ,

Da Redação

A relação das 2.486.495 pessoas que tiveram o título de eleitor cancelado por ausência nas últimas três eleições, foi divulgada pela Justiça Eleitoral. Os cancelamentos são referentes às ausências nos dois turnos das majoritárias de 2018 e no pleito de 2016.

Para consultar a sua situação basta acessar o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o órgão informa os eleitores irregulares em seu portal, na área “Serviços ao Eleitor – Situação eleitoral – consulta por nome ou título”. Também é possível conferir a validade do documento em qualquer cartório eleitoral. Quem teve o título cancelado deve pagar uma multa para então regularizar a situação.

O eleitor deve ir ao seu cartório eleitoral com documento de identificação com foto, comprovante de residência e o título, se ainda o possuir. Sem o título de eleitor, o cidadão pode ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e contrair empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo. A irregularidade também pode gerar dificuldades de inscrição em concurso público, matrícula em estabelecimento público de ensino, além de impedir a obtenção de certidão de quitação eleitoral.

Cartórios eleitorais voltam a funcionar normalmente nesta segunda (05)

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Justiça, Política | Data: 05 nov 2018

Tags:,

Da Redação


Após as eleições, os  cartórios eleitorais de todo o país retomaram suas atividades nesta segunda-feira (05). Os serviços como a emissão da primeira via do título de eleitor, chamada de alistamento eleitoral e a transferência do documento.

As unidades também voltarão a expedir certidões de quitação eleitoral, que atestam que o cidadão está em dia com a Justiça Eleitoral, isto é, que compareceu às urnas nas eleições mais recentes ou que comunicou, dentro do prazo determinado, o motivo de sua ausência a um dos postos de justificativa montados para essa finalidade.

O eleitor que não votou nem apresentou justificativa no primeiro e segundo turnos do pleito (7 e 28 de outubro) têm 60 dias, a contar de cada turno, para preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral – Pós-eleição e escolher de que forma o documento deve chegar ao juiz da zona eleitoral na qual está inscrito: se será entregue pessoalmente ao cartório, enviado pelos correios ou via internet, por meio do Sistema Justifica. Os prazos finais são, respectivamente, 6 e 28 de dezembro.

Direito a folgas para quem trabalha na eleição vale também para o segundo turno

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Política | Data: 25 out 2018

Tags:, ,

Da Redação

Os trabalhadores convocados para atuar nas seções eleitorais no segundo turno continuam com o direito a dois dias de folga para cada dia em que ficaram à disposição da Justiça Eleitoral. Assim, quem participou de um dia de treinamento e comparecer no dia de votação pode tirar quatro dias de descanso, sem prejuízo do salário.

Lembrando que quem tem direito é  todo trabalhador que for convocado pela Justiça Eleitoral e atuar durante a eleição tem direito ao descanso pelo dobro do tempo à disposição. Isso vale para mesários, secretários, presidentes de seção e também para quem exercer função durante apuração dos votos.

Os dias de folga devem ser definidos de comum acordo entre o funcionário e o empregador. A empresa não pode negar o descanso ao empregado. Caso ocorra algum impasse sobre a concessão do período de descanso, o trabalhador deve procurar o cartório eleitoral. A comunicação ao empregador deve ocorrer assim que o trabalhador receber a convocação. A entrega da declaração expedida pelo juiz eleitoral deve ser enviada imediatamente após o pleito.

Quando folgar …Leia na íntegra

Convocados para trabalhar na eleição terão direito a duas folgas

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 26 set 2018

Tags:, ,

Da Redação

Neste ano os trabalhadores que forem convocados para atuar nas seções eleitorais durante o pleito têm direito a dois dias de folga por cada dia à disposição da Justiça Eleitoral. Assim, se uma pessoa participa de um dia de treinamento e comparece no dia de votação em um turno, ela pode tirar quatro dias de descanso, sem prejuízo do salário. Se houver segundo turno, e o cidadão tiver de comparecer à Justiça Eleitoral por mais dois dias, por exemplo, ele tem direito a seis dias de folga.

Os dias de folga devem ser definidos de comum acordo entre o funcionário e o empregador. A empresa não pode negar o descanso ao empregado. Caso ocorra algum impasse sobre a concessão do período de descanso, o trabalhador deve procurar o cartório eleitoral.

A comunicação ao empregador deve ocorrer assim que o trabalhador receber a convocação. A entrega da declaração expedida pelo juiz eleitoral deve ser enviada imediatamente após o pleito.

Termina hoje (08) o prazo para pedir 2ª via do título fora do domicílio eleitoral

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Política | Data: 08 ago 2018

Tags:, ,

Da Redação

Termina nesta quarta-feira(08), o prazo para que o eleitor que se encontra fora de seu domicílio eleitoral peça segunda via do título de eleitor, caso não tenha mais o documento original.

De acordo com o Código Eleitoral, o pedido de 2ª via só pode ser feito até 60 dias antes do pleito, prazo que se encerra nesta quarta. Quem estiver fora de seu domicílio eleitoral pode ir nesta quarta-feira a qualquer cartório eleitoral solicitar o novo documento.

A requisição pode ser feita em qualquer cartório eleitoral e é necessário informar se o documento será recebido na zona eleitoral original ou na cidade em que o pedido está sendo feito.

É necessário, para o procedimento, apresentar um documento de identificação original com foto, como RG, Carteira de Trabalho e Previdência Social, carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional (OAB, CRM, CREA etc) ou Carteira Nacional de Habilitação.

A situação pode ser conferida no site do TSE.

Eleitores têm última semana para cadastro biométrico antes do recesso

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 18 dez 2017

Tags:, ,

Da Redação
foto: Dilson Gusmão


Os eleitores baianos têm até a próxima sexta-feira (22) para realizar o recadastramento biométrico, antes do recesso na Justiça Eleitoral, que começa no sábado (23) e só retorna no dia 2 de janeiro de 2018. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) alerta que, neste período de recesso, o serviço só continua nos postos do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC).

No caso de Vitória da Conquista, o serviço funcionará normalmente no SAC do Shopping Conquista Sul. Mas, para realizar o procedimento, é necessário fazer o agendamento pela internet.

Os eleitores de Vitória da Conquista e mais 58 cidades devem cadastrar a biometria até o dia 31 de agosto. A penalidade para aqueles que não atenderem ao chamado da Justiça Eleitoral é o cancelamento do título de eleitor.

Prefeito, secretários e Presidente da Câmara fazem recadastramento biométrico

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 06 jun 2017

Tags:, ,

da Redação
Conteúdo Ascom / Prefeitura

Até o dia 31 de janeiro de 2018, os 240 mil eleitores conquistenses precisam efetuar o seu recadastramento biométrico, promovido pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). A fim de incentivar a população a não deixar essa tarefa para última hora, o prefeito Herzem Gusmão compareceu ao órgão para fazer o seu recadastramento na manhã desta segunda-feira, 5. O gestor estava acompanhado por membros do secretariado municipal, pelo Presidente da Câmara de Vereadores, Hermínio Oliveira, e comitiva  do poder legislativo.

Recentemente, a Prefeitura firmou um convênio com o TRE-BA para auxiliá-lo nesse processo. Além dos 23 servidores municipais que já estão cedidos ao órgão, o Governo Mais Perto de Você vai ceder mais 40 funcionários para trabalhar no recadastramento biométrico. Além disso, uma estrutura de apoio também será montada no Centro Glauber Rocha – Educação e Cultura. Lá, a população terá acesso ao serviço por meio de distribuição de senhas, enquanto que o atendimento na Justiça Eleitoral passará a se dar através de agendamento prévio.

“A meta é recadastrar mil eleitores por dia. Mesmo assim, nós podemos perder 30% dos eleitores, que representam 70 mil pessoas”, revela o prefeito Herzem Gusmão, demonstrando a sua preocupação. Com isso, ele justifica o apoio da Prefeitura Municipal: “Nós abraçamos essa campanha para que todos possam buscar a Justiça Eleitoral, porque o título de eleitor é um dos documentos mais importantes para o cidadão.”

O presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Hermínio Oliveira, também lembrou a importância de inspirar a população a buscar a regularização perante a Justiça Eleitoral o mais rápido possível. “Nós esperamos que os eleitores, com esse exemplo também que a gente está dando, compareçam, até janeiro de 2018, para fazer a sua biometria. Porque a obrigação nossa é motivar, incentivar e estimular as pessoas para virem fazer isso aí”, afirma.

Cancelamento do título de eleitor – Quem não realizar o cadastramento biométrico dentro do prazo terá o seu título de eleitor cancelado. “Significa que o eleitor que não buscar a Justiça Eleitoral, ele não vai perder apenas o direito de votar, perde também direitos sociais”, lembra o prefeito. Dentre esses direitos, estão a perda de benefícios sociais, como o Bolsa Família; a não-obtenção de passaporte ou carteira de identidade; a impossibilidade de se inscrever para concursos públicos ou empossar cargo público; não receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público; proibição de receber empréstimos de instituições financeiras mantidas ou administradas pelo governo; dentre outras.

Prazo para regularização do título de eleitor termina nesta terça

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 02 maio 2017

Tags:,

Da Redação

O prazo para regularização dos eleitores com três ausências sem justificativa nas últimas eleições termina nesta terça (2). A situação deve ser normalizada junto à Justiça Eleitoral, ou o título pode ser cancelado.

Os eleitores que estão com pendências devem procurar o cartório eleitoral, levando documento oficial com foto, comprovante de residência e, caso possuir, título eleitoral e os comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação de multa. É possível consultar a situação eleitoral no site do TRE, ou ainda procurar um cartório eleitoral e solicitar essa informação.

O cancelamento automático do título de eleitor deve ocorrer entre 17 a 19 de maio deste ano. Eleitores que possuem prerrogativa constitucional ficam excluídos do cancelamento, pois não são obrigados ao exercício do voto, a exemplo de eleitores de 16 a 18 anos incompletos e maiores de 70 anos.

Justiça intensifica trabalho para não perder mais de 100 mil eleitores em Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 21 mar 2017

Tags:, ,

da Redação


A Justiça Eleitoral de Vitória da Conquista iniciou trabalho de cadastramento no sistema biométrico até 2020. O pleito do próximo ano, segundo  o ministro do STF, Gilmar Mendes, já deve ter pelo menos 80 milhões de pessoas registradas pelo novo sistema.

Para se recadastrar, os eleitores devem agendar o atendimento na página do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), instância regional do órgão, e em seguida comparecer na Justiça Eleitoral localizada na Av. Olivia Flores, no Inocoop II. Com a biometria será possível identificar o leitor através de impressão digital tornando  a fraude eleitoral quase que impossível.

Os juízes que integram as zonas eleitorais, Juvino Brito, Clarindo Lacerda e Wander Cleuber estão empenhados em incluir mais de 100 mil eleitores na biometria,  para que o 3º maior colégio eleitoral da Bahia, não sofra uma expressiva redução de eleitores. A Prefeitura fornecerá mais servidores para o trabalho intenso que está começando em Conquista.

Caetité: Justiça cassa mandatos de Presidente da Câmara e mais dois vereadores

0

Publicado por Editor | Colocado em Política, Sudoeste | Data: 14 mar 2017

Tags:, , ,

Da Redação

Montagem: Brumado Notícias

A Justiça Eleitoral de Caetité determinou a cassação dos mandatos do presidente da Câmara do município, Arual Rachid (PSB), dos vereadores Deyvison Silva Barbosa Andrade (PSD) e Moacir José dos Santos (PT) e o diploma do suplente de vereador Sidney Dias da Silva (PSB). A decisão da Justiça foi tomada depois de denúncias de compra de votos.

Os vereadores e o suplente, segundo as provas colhidas pela Justiça Eleitoral, distribuíram caixas d´água, cimento e remédios, realizaram perfuração de poços artesianos, abertura de poços e aguadas, remédios, entre outras ações, o que configurou o crime de compra de votos em favor da coligação “Vamos Governar Juntos”, da qual faziam parte no pleito de 2016.

Com a decisão, os votos recebidos por eles foram tirados da coligação. Com a retirada dos votos obtidos pelos cassados da coligação e confirmação da Sentença pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), houve uma alteração na bancada da Câmara de Vereadores do município. Além disso, a decisão resultou em uma multa no valor de R$ 30 mil.

A Justiça ainda julgou procedente a denúncia contra o ex-vereador Nilo Joaquim de Azevedo (PSB), condenando-o por praticar a mesma conduta em favor do candidato Sidney  a quem apoiou no pleito passado, imputando a ele multa de R$ 30 mil e determinando a inelegibilidade do ex-vereador pelo período de 8 anos.

Prazo de regularização de pendências com a Justiça Eleitoral se encerra no dia 2 de maio

0

Publicado por Editor | Colocado em Justiça | Data: 10 mar 2017

Tags:, , ,

Da Redação

Os eleitores que possuem pendências com a Justiça Eleitoral devem ficar atentos ao prazo para regularização. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE),  para não haver cancelamento do título, as pendências só poderão ser regularizadas até o dia 2 de maio

Ainda conforme o TRE, ao todo, 147.499 eleitores devem comparecer a um dos postos da corte para evitar o cancelamento do título eleitoral. A medida será aplicada a quem deixou de votar nas últimas três eleições – cada turno é considerado uma eleição.

O eleitor deve apresentar documento com foto, título, e a depender do caso, comprovante de votação, de justificativa de multa, de recolhimento de multa ou de dispensa de recolhimento. A lista de eleitores passíveis de cancelamento pode ser consultada nos cartórios eleitorais.

Recadastramento biométrico passa a ser obrigatório para os eleitores de Vitória da Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia | Data: 01 fev 2017

Tags:, ,

Da Redação

A partir desta quarta-feira (1º), o recadastramento biométrico passará a ser obrigatório para os eleitores de Vitória da Conquista e mais 51 municípios baianos. O procedimento consiste em coletar, para armazenamento no cadastro da Justiça Eleitoral, a foto e as impressões digitais do eleitor.

O recadastramento, que dura em média 15 minutos, visa oferecer mais segurança ao processo eleitoral, além de compor, futuramente, o banco de dados do Registro Civil Nacional (RCN). A proposta do RCN é unificar informações dos principais documentos utilizados pelos brasileiros.

Para realizar o procedimento, o cidadão deve portar documento oficial com foto e comprovante de residência de até três meses atrás. O recadastramento deve ser feito nos postos de atendimento da Justiça Eleitoral, de segunda a sexta, das 8 às 18 horas.

Prefeito e vereadores eleitos serão diplomados no próximo dia 14

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Justiça | Data: 06 dez 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

TRE-BA-forum-Vitória-da-Conquista

A Justiça Eleitoral realizará a Diplomação dos candidatos Eleitos no Pleito de 2016, no próximo dia 14 de dezembro. A cerimônia será realizada no auditório do CEMAE, a partir das 15h30.

No ato, serão diplomados o prefeito eleito Herzem Gusmão (PMDB) e os 21 vereadores que irão compor o Poder Legislativo Municipal para os próximos quatro anos.

Conselho Consultivo e advogados pedem reforço de contingente da Policia Federal no segundo turno

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 26 out 2016

Tags:, , ,

por Mateus Novais

img_2612

Na tarde dessa terça-feira (25), membros do Conselho Consultivo e advogados que apoiam o candidato a prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (PMDB), entregaram um requerimento solicitando aumento no número de policiais federais no segundo turno das eleições em Vitória da Conquista. O requerimento foi entregue ao delegado da Polícia Federal, Emerson Fonseca, e à Justiça Eleitoral.

img_1026

Segundo o Coronel Esmeraldino Correia, “esse pedido visa dar maior tranquilidade ao pleito que se avisinha, haja vista que é necessário o reforço da Policia Federal, instituição que é uma das mais respeitadas no País”. Já Rafael Nunes, advogado, afirmou que “a população de Conquista acredita no trabalho da Polícia Federal e, o aumento no contingente vai inibir que o pleito seja maculado, fraudado”.

Após realizar o pedido na Policia Federal o grupo se dirigiu até a Justiça Eleitoral para protocolar o pedido também junto ao juiz Wander Cleuber.

Justiça Eleitoral determina que estudantes desocupem Ifba e Uesb até quinta

0

Publicado por Editor | Colocado em Vit. da Conquista | Data: 25 out 2016

Tags:, , , , ,

Da Redação

Forum TREEm reunião, nesta terça (25), para definir o esquema de segurança no dia das eleições do 2º turno em Vitória da Conquista, a Justiça Eleitoral afirmou que o campus da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e do Instituto Federal da Bahia (Ifba), locais de votação que, neste momento, estão ocupados por estudantes, precisam ser liberados até a próxima quinta-feira (27).

De acordo com a Justiça, não há condições de que a eleição ocorra dentro de sua normalidade com os locais de provas ocupados pelos estudantes. Assim, a Justiça Eleitoral espera que haja bom senso e, assim, os alunos saiam das instituições até a data terminada. Caso isso não ocorra, serão tomadas as medidas necessárias, inclusive com o apoio da polícia, para que os estudantes deixem as unidades de ensino.