Lava Jato apura elo de petistas com negócio do pré-sal

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Política | Data: 31 maio 2015

Tags:,

 

Estadão

dirceu4A força-tarefa da Operação Lava Jato investiga se os pagamentos das empreiteiras WTorre e Engevix por consultorias dos ex-ministros Antonio Palocci e José Dirceu, entre 2007 e 2012, podem ter servido para ocultar propina do esquema de cartel e corrupção na Petrobras em contratos do pré-sal.

…Leia na íntegra

STF libera lista de políticos investigados na Lava-Jato

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 06 mar 2015

Tags:,


Correio Braziliense

O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou nesta sexta-feira (5/3) a lista de nomes de políticos e demais investigados na Operação Lava-Jato pela Procuradoria-Geral da República (PGR) (confira no fim do texto). A relação revela que são investigados por suspeita de envolvimento em casos de corrupção na Petrobras os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Além deles, também constam da lista os senadores Fernando Collor (PTB-AL), Humberto Costa (PT-PE), Lindbergh Farias (PT-RJ), Antonio Anastasia (PSDB-MG) e Edison Lobão (PMDB-MA), além dos deputados Nelson Meurer (PP-SC), Eduardo da Fonte (PP-PE) e Simão Sessim (PP-RJ).

A divulgação dos políticos investigados acontece três dias depois de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedir a abertura de 28 inquéritos contra 54 pessoas – 45 parlamentares. Ele ainda solicitou o arquivamento de mais sete investigações sobre políticos citados em delações premiadas do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef, entre eles os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Delcídio Amaral (PT-MS) e o ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Na quarta-feira, o ministro do STF Marco Aurélio Melo havia dito que a divulgação era necessária. “Enquanto tiver sigilo, inclusive quanto aos nomes, a suspeição recairá sobre todos os políticos”, disse. “Tem que abrir.”

Inquéritos

Renan Calheiros
Anibal Gomes
Edison Lobão
Roseana Sarney
João Pizzolatti
Lindbergh Farias
Vander Loubert
Cândido Vaccarezza
Gleisi Hoffmann
Humberto Costa
Simão Sessin
Arthur Lyra
Benedito Lyra
José Mentor
Eduardo Cunha
José Otávio Germano
Luiz Fernando Faria
Roberto Coutinho
Nelson Meurer
Eduardo da Fonte
Agnaldo Ribeiro
Aline Correa
Carlos Magno
Ciro Nogueira
Dilceu Sperafico
Gladson Camelli
Gerônimo Pizzolotto
João Felipe Leão
Luiz Argolo
Sandes Júnior
Afonso Ham
José Linhares
José Olímpio Silveira
Lázaro Botelho
Mário Negromonte
Pedro Corrêa
Pedro Henry
Renato Molling
Renato Balestra
Romero Jucá
Valdir Raupp
Vilson Covatti
Waldir Maranhão
Fernando Collor
Antonio Anastasia

Lista secreta de políticos da Lava Jato chega ao STF

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Brasil | Data: 04 mar 2015

Tags:, ,

por Mateus Novais

STF BA Procuradoria-Geral da República (PGR) já encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) os pedidos de abertura de inquérito contra os envolvidos na operação Lava Jato, que investiga um esquema de corrupção na Petrobras. Segundo o Jornal A Tarde, ao todo, foram 28 pedidos contra 54 pessoas.

Segundo uma fonte do STF, que pediu anonimato, houve ainda sete pedidos de arquivamento. Entre os 54 nomes, constam políticos, mas a fonte não soube precisar o número exato. A fonte também não informou se o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou ao relator do caso no STF, o ministro Teori Zavascki, que seja retirado o sigilo do processo para que possam ser divulgados os nomes que constam no pedido da PGR.

Até agora, 40 pessoas respondem a processo na Justiça Federal no âmbito da Lava Jato. Entre elas, dois ex-diretores da Petrobras e 23 réus ligados a seis das maiores empreiteiras do Brasil.

Empresas na lava jato já demitiram mais de 12 mil

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil | Data: 18 jan 2015

Tags:

Estadão

650x375_operacao-lava-jato-prisao-advogado_1465054Em menos de dois meses, consórcios formados por empresas envolvidas na operação Lava Jato, que investiga denúncias de corrupção em contratos da Petrobras, demitiram mais de 12 mil trabalhadores em todo o Brasil, segundo balanços das centrais sindicais. Para as próximas semanas, são esperadas novas rescisões, especialmente por causa da deterioração financeira de muitas empresas que caminham para a recuperação judicial – ou já entraram nesse processo.

A situação é grave. De um dia para o outro, centenas de trabalhadores ficaram sem emprego e sem dinheiro – muitos deles ainda não receberam a indenização da rescisão e estão em sérias dificuldades financeiras. Os piores casos são verificados na Refinaria Abreu e Lima e no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), dois megaempreendimentos da Petrobras que envolvem centenas de contratos com empreiteiras. Mas, segundo os sindicatos, as demissões também atingem projetos no Rio Grande do Sul e Bahia.

…Leia na íntegra

STF já tem 70 nomes em análise de políticos citados na Lava Jato

0

Publicado por Editor | Colocado em Justiça | Data: 15 nov 2014

Tags:, ,

Por Fernando Rodrigues

Está muito próximo o dia em que a Operação Lava Jato, que investiga corrupção na Petrobras, chegará de uma vez ao mundo da política. O ministro Teori Zavascki, relator do caso no Supremo Tribunal Federal, analisa o que fazer com os nomes de 70 pessoas citadas nas investigações e delações premiadas.

Esses 70 nomes são de pessoas com foro privilegiado –que só podem ser julgadas pelo STF, ou seja, políticos com mandato no Congresso Nacional, por exemplo.

Quem contou ao Blog sobre o volume de nomes de políticos em análise no STF foi o presidente nacional de um dos maiores partidos brasileiros. Ele teve acesso à informação, mas não aos nomes exatamente que estão nas mãos do ministro Teori Zavascki.

As agremiações mais atingidas, de longe, são PMDB, PP e PT.

Adolescente é morto a tiros de revólver no local de trabalho em Guanambi

0

Publicado por Resenha Geral | Colocado em Polícia, Sudoeste | Data: 18 abr 2013

Tags:, , ,

Da Redação

Posto de lavagem de carro em GuanambiUm adolescente de 17 anos foi assassinado a tiros de revólver no final da tarde desta quarta-feira (17), em Guanambi. Alisson dos Santos Oliveira foi assassinado em um posto de lavagem de carros, local onde trabalhava, por dois homens que se aproximaram montados em uma moto e que utilizavam capacetes e dispararam contra a vítima. O adolescente morreu no local. A polícia acredita que o crime tenha relação com dívidas de drogas. Ainda não se sabe o paradeiro dos assassinos.

Foto: Site IGuanambi