Prefeitura garante por mais 90 dias leitos de Covid-19 contratados no São Vicente

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 30 jul 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-e2-engenharia.gif

Negociação feita entre a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Santa Casa de Misericórdia garantiu, até o dia 23 de outubro, a manutenção do funcionamento dos leitos do Hospital São Vicente de Paulo contratados pela Prefeitura de Vitória da Conquista para internação de pacientes com Covid-19.

No início do mês. a Santa Casa havia comunicado à SMS que não continuaria a prestar o serviço a partir do dia 23 de julho, quando o contrato se encerraria. A instituição filantrópica alegou dificuldades técnicas, operacionais e financeiras.

No dia 21, com a intermediação do Ministério Público, a Santa Casa de Misericórdia aceitou manter o serviço por mais 30 dias após o vencimento do contrato com a Prefeitura de Vitória da Conquista.

As negociações continuaram e em uma nova reunião, com a participação do Conselho Municipal de Saúde (CMS), na manhã de quarta-feira (28), a Prefeitura de Vitória da Conquista e a Santa Casa chegaram a um acordo e o contrato para internação de pacientes com Covid-19 no Hospital São Vicente foi prorrogado por 90 dias, com vigência até 23 de outubro.

Pelo acerto, a Prefeitura pagará R$ 480 mil pelos 20 leitos clínicos e o Governo Federal o mesmo valor pelos dez de leitos de UTI. Em relação aos termos anteriores, a mudança é que a Prefeitura passa a pagar 100% do valor, mesmo que não haja ocupação do leito. Antes, se o leito não fosse ocupado, a instituição receberia 70% do valor.

A nova forma de remuneração dos serviços aumenta as dificuldades financeiras da SMS, mas, segundo a secretária Ramona Cerqueira, o município levou em conta a emergência e a prioridade de atender à população que precisa do serviço. “Ainda estamos em uma fase preocupante da pandemia, mesmo que os índices de contaminação, internação e letalidade pela Covid-19 estejam em queda em Vitória da Conquista, não podemos deixar de prestar o serviço e internar quem adoece gravemente”, explica a secretária Ramona Cerqueira.

O reajuste se justifica porque no período de um ano, desde o início do contrato, houve aumento nos preços de insumos médicos, salários de profissionais de saúde e outros custos.

Hospital Geral de Vitória da Conquista reabre novos leitos de UTI para Covid-19

0

Publicado por Editor 2 | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 11 dez 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

O Hospital Geral de Vitória da Conquista deve reabrir dez leitos de UTI para tratamento da Covid-19 ainda nesta semana. A confirmação veio em entrevista concedida pela subsecretária estadual de saúde, Tereza Paim, em entrevista para a TV Sudoeste nesta sexta-feira (11).

Desta forma o município de Vitória da Conquista passa a contar com 70 leitos de UTI para tratamento da Covid-19. Com 40 leitos no HGVC, outros 20 no Hospital das Clínicas de Conquista e mais 10 leitos de UTI no Hospital São Vicente de Paula.

Atualmente a taxa de ocupação de leitos de UTI está em 88%, sendo que desse total 70% são de pacientes de outras cidades e apenas 18% são de Vitória da Conquista. A reabertura desses novos leitos deve aliviar um pouco a situação.

Leitos emergenciais do Hospital São Vicente já estão prontos para atender à população Conquistense

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral, Saúde, Vit. da Conquista | Data: 08 maio 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-04-27-at-15.51.14-1024x190.jpeg

Secom/PMVC

A Prefeitura de Vitória da Conquista publicou, nessa quinta-feira (7), no Diário Oficial do Município, o contrato emergencial de 30 leitos no Hospital São Vicente, para atendimento exclusivo de pacientes diagnosticados com Covid-19. São 20 leitos clínicos e 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), totalmente isolados do resto do Hospital.

“O nosso Governo tem trabalhado no combate ao coronavírus, e nós estamos contando com as bênçãos de Deus e com a cidade, que se levantou solidária e compreendendo as nossas ações”, afirma o prefeito Herzem Gusmão que completa: “Preconiza-se que os recursos do SUS devem ser canalizados para hospitais públicos, na ausência deles, para os hospitais filantrópicos, e é o que nós estamos fazendo”.

O contrato começou a valer nesta sexta-feira (8) e tem duração de três meses. O investimento é de R$ 2.880.000,00 (dois milhões, oitocentos e oita mil reais), de recursos provenientes do Governo Federal. Nesta manhã, a secretária de Saúde, Ramona Cerqueira, e o secretário de Administração, Kairan Rocha, visitaram as instalações do local, que já está pronto para receber pacientes.

O superintendente do Hospital São Vicente, Ricardo Alexandre, apresentou o espaço para os secretários Kairan e Ramona

“Esse é mais um equipamento para fortalecer o SUS em nosso município. É um compromisso de gestão, na intenção de trazer 20 leitos clínicos e 10 de UTI, fortalecendo todo o nosso sistema e trazendo o compromisso de que a nossa população que venha a ser atendida e diagnosticada com Covid terá o melhor tratamento possível dentro do nosso município”, destaca Ramona.

…Leia na íntegra

Sesab coloca o IBR a disposição no combate ao coronavírus em Conquista

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 06 maio 2020

Tags:, , ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

da Redação

O Hospital
Foto: Ascom/IBR

A Sesab – Secretaria de Saúde do Estado da Bahia confirmou a contratação de 40 leitos para o atendimento de pacientes com a Covid-19 em Vitória da Conquista. A informação foi dada pelo secretário estadual de Saúde Fábio Villas Boas, ao lado do governador Rui Costa, no programa Papo Correria. 

Antes, o Governo do Estado já tinha anunciado também a contratação de 20 leitos do HCC – Hospital das Clínicas de Vitória da Conquista.

Além do IBR e HCC, O Governo do Estado dispõe da estrutura do Hospital de Base, com mais 10 leitos, para o combate a Covid-19.

Conquista: Prefeitura contrata leitos do Hospital São Vicente para atendimento a pacientes com coronavírus

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde, Vit. da Conquista | Data: 25 abr 2020

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Resenha_Vermelho_600x65.gif

Secom/PMVC(conteúdo)

A Prefeitura de Vitória da Conquista está contratando, em caráter emergencial, 20 leitos clínicos adultos e 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Vicente de Paula para atender pacientes diagnosticados com coronavírus. O contrato firmado entre a Prefeitura e o Hospital foi publicado no Diário Oficial do Município nesta sexta-feira (24).

O contrato começa a vigorar a partir do dia 1º de Maio e o recurso utilizado para pagamento foi repassado pelo Ministério da Saúde.

Além do Hospital, a Prefeitura está criando o Centro Municipal de Atenção Coronavírus-Covid-19 que deverá ser aberto nos próximos dias e vai atender os pacientes com quadros leves e moderados, encaminhados pelas unidades de saúde.

Para o prefeito Herzem Gusmão, mesmo estando Conquista com índice de contaminação abaixo de outras cidades baianas de porte equivalente, é preciso garantir que o cuidado à população seja completo: “Conquista foi a primeira cidade a tomar iniciativas preventivas na Bahia. Fechamos escolas e faculdades, bem como determinamos que somente o comércio essencial continuasse em funcionamento. Com as bênçãos de Deus temos, até agora, colhido resultados que são referência para outros municípios. Com o Centro de Atenção e com a contratação de leitos hospitalares, estamos, mais uma vez, agindo em nome de nossa cidade. Estamos trabalhando e continuamos a pedir: fique em casa, use máscaras e ore por nossa terra”, declarou o prefeito.

Após Herzem, agora foi a vez do prefeito solicitar reativação do Hospital Crescêncio Silveira

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Saúde | Data: 12 jun 2015

Tags:, , , ,

por Mateus Novais

hospital-crescencio-silveira

Nessa quinta-feira (11), em uma reunião com o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, o prefeito Guilherme Menezes solicitou a utilização do Hospital Geral Crescêncio Silveira para atendimento à criança, à mulher e idosos. O pedido vem logo após o Deputado Herzem Gusmão (PMDB) anunciar que sua indicação para reforma e reativação do mesmo hospital está na mesa do governador Rui Costa.

A ideia apresentada pela Prefeitura Municipal esta semana é que o imóvel de propriedade do Governo Estadual, onde funcionou o Hospital Geral Crescêncio Silveira, seja cedido para instalação, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, de ações de apoio às atividades de atendimento à criança, à mulher e à população idosa do município. Além disso, o governo municipal solicitou um espaço no Hospital Regional Afrânio Peixoto, para instalar provisoriamente o Centro Municipal Especializado em Reabilitação Física e Auditiva (Cemerf). Este último funcionaria durante o período em que o imóvel passará por uma reforma e ampliação.

Segundo a assessoria do deputado Herzem, o chefe de gabinete do governador informou que a solicitação apresentada pelo parlamentar foi encaminhada à Secretaria da Saúde. Em sua indicação, o deputado argumentou que a rede hospitalar de Vitória da Conquista possui cerca de 2.000 leitos, número insuficiente para atender a demanda regional. “Com a privatização do Hospital Esaú Matos, a terceira maior cidade da Bahia só possui uma unidade pública [Hospital de Base]. O Hospital Crescêncio Silveira foi desativado e a Clínica de Urgência Pediátrica (Cupe), descredenciada. Fiz o pedido de indicação porque o Hospital Crescêncio Silveira é muito importante para a região Sudoeste”, disse Herzem.

Já o secretário Fábio Vilas-Boas afirmou que irá “fazer a cessão de parte do Hospital Afrânio para acomodar o Centro de Reabilitação, bem como com a cessão do Crescêncio Silveira, no prazo mais curto possível”.

Governador recebe indicação do deputado Herzem para reativar hospital

0

Publicado por Mateus Novais | Colocado em Política | Data: 09 jun 2015

Tags:, , , ,

Assessoria Parlamentar

unnamed (5)

Já está na mesa do governador Rui Costa o pedido de indicação feito pelo deputado Herzem Gusmão (PMDB) para reforma e reativação do Hospital Crescêncio Silveira, em Vitória da Conquista. No despacho encaminhado ao presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, o chefe de gabinete do governador, Cícero Monteiro, informa que a solicitação apresentada por Herzem foi encaminhada à Secretaria da Saúde. “Oportunamente, serão remetidas informações quanto aos desdobramentos da demanda em questão”, escreveu Cícero Monteiro.

Segundo o deputado, a rede hospitalar de Vitória da Conquista possui cerca de 2.000 leitos, número insuficiente para atender a demanda regional. “Com a privatização do Hospital Esaú Matos, a terceira maior cidade da Bahia só possui uma unidade pública [Hospital de Base]. O Hospital Crescêncio Silveira foi desativado e a Clínica de Urgência Pediátrica (Cupe), descredenciada. Fiz o pedido de indicação porque o Hospital Crescêncio Silveira é muito importante para a região Sudoeste”, disse Herzem.

Vitória da Conquista: é alarmante a falta de leitos hospitalares na cidade

0

Publicado por Editor | Colocado em Saúde | Data: 06 jun 2015

Tags:, ,

da Redação

VitoriadaConquista_FotoAerea

A rede hospitalar em Vitória da Conquista possui 2002 leitos hospitalares, insuficientes para atender a demanda regional. A revelação dos dados é do Ministério da Saúde.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza que para cada 1.000 habitantes são necessários de 3 a 5 leitos para um atendimento satisfatório. A cidade de Vitória da Conquista possui média apenas de 0,005 leitos para 1.000 habitantes. A Bahia possui média de 2,15 leitos.

A terceira maior cidade do Estado, com a privatização do Hospital Esaú Matos, só possui um hospital público (Hospital de Base). A rede hospitalar possui ainda os hospitais São Vicente (filantrópico) e os privados Samur, Unimec, São Geraldo, IBR, Hospec e a clínica cirúrgica Santa Clara. O Hospital Crescêncio Silveira foi desativado e a Clínica de Urgência Pediátrica (Cupe) foi descredenciada. Os dois possuíam 150 leitos.