Cerca de 1,8 mi de contribuintes podem saber se caíram na malha fina

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 02 jun 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_blog_728x90px_SEVILHA_PEL-1.gif

A.Brasil

Cerca de 1,8 milhão de contribuintes já podem saber se caíram na malha fina do Imposto de Renda. A Receita Federal liberou a consulta ao extrato da declaração de 2021.

O extrato pode ser conferido no Centro de Atendimento Virtual (e-CAC) da Receita Federal. Para ter acesso ao site, o contribuinte deve informar ou o certificado digital (se tiver um), ou o login no Portal Gov.br ou digitar número do CPF/CNPJ, o código de acesso e a senha.

Quem não tiver o código de acesso, ou tiver o código vencido, precisa digitar os números dos recibos das duas últimas declarações entregues à Receita e gerar um novo código. Quem está declarando pela primeira vez precisa informar apenas o número do recibo deste ano.

Contribuinte na malha fina pode contestar valores pela internet

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 20 jan 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

O contribuinte que caiu na malha fina do Imposto de Renda já pode contestar os valores lançados no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC). A defesa poderá ser apresentada de maneira inteiramente virtual, sem a necessidade de comparecimento a uma unidade de atendimento do Fisco.

Primeiramente, o contribuinte deve acessar o sistema e-Defesa para preencher o formulário de impugnação. A ferramenta, segundo a Receita, traz várias vantagens. Além de validar a notificação de lançamento, o formulário apresenta as opções de alegações mais comuns para cada infração, o que facilita a redação da defesa. O sistema também indica os documentos a serem entregues ao Fisco, o que facilita o processo e agiliza o julgamento.

Após gerar a impugnação, o contribuinte deve entrar no e-CAC, abrir um Dossiê Digital de Atendimento (DDA) do tipo Impugnação de Notificação de Lançamento Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) e anexar a defesa e os documentos. Quem pagar os valores da Notificação de Lançamento em até 30 dias tem direito a desconto de 50% sobre a multa. O parcelamento possibilita desconto de 40%.

…Leia na íntegra

Caiu na malha fina? Saiba como fazer contestação online

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 09 jan 2021

Tags:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

Fonte: Brasil 61

Caiu na malha fina? Saiba que já é possível apresentar defesa por meio do e-CAC, sem precisar comparecer a uma unidade de atendimento da Receita Federal. Basta acessar o sistema e-Defesa e preencher o formulário de impugnação. A ferramenta valida a autenticidade das notificações de lançamento; simplifica a redação da contestação; indica quais documentos devem ser apresentados à Receita; facilita a instrução do processo e agiliza a análise do recurso apresentado.

O segundo passo é entrar no sistema e-CAC, abrir um Dossiê Digital de Atendimento (DDA) do tipo Impugnação de Notificação de Lançamento IRPF, e juntar a defesa e os documentos comprobatórios.

O pagamento dos valores da Notificação de Lançamento, dentro de 30 dias, possui desconto de 50% sobre a multa. Já o parcelamento possibilita desconto de 40%.

Contribuinte na malha fina pode contestar valores pela internet

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 08 jan 2021

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 22-12-02-image-2.png

O contribuinte que caiu na malha fina do Imposto de Renda já pode contestar os valores lançados no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC). A defesa poderá ser apresentada de maneira inteiramente virtual, sem a necessidade de comparecimento a uma unidade de atendimento do Fisco.

Primeiramente, o contribuinte deve acessar o sistema e-Defesa para preencher o formulário de impugnação. A ferramenta, segundo a Receita, traz várias vantagens. Além de validar a notificação de lançamento, o formulário apresenta as opções de alegações mais comuns para cada infração, o que facilita a redação da defesa. O sistema também indica os documentos a serem entregues ao Fisco, o que facilita o processo e agiliza o julgamento.

Após gerar a impugnação, o contribuinte deve entrar no e-CAC, abrir um Dossiê Digital de Atendimento (DDA) do tipo Impugnação de Notificação de Lançamento Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) e anexar a defesa e os documentos. Quem pagar os valores da Notificação de Lançamento em até 30 dias tem direito a desconto de 50% sobre a multa. O parcelamento possibilita desconto de 40%.

Informações sobre a impugnação da notificação de lançamento de imposto de renda podem ser obtidas no portal do governo federal.

Receita começa a enviar cartas a contribuintes na malha fina

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 29 out 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_oeste_park_setembro-1.gif

A.Brasil

Um total de 334.338 contribuintes com a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física de 2020 retida na malha fina começarão hoje (29) a receber cartas da Receita Federal. Na correspondência, o Fisco pedirá ao contribuinte que verifique as pendências no processamento da declaração e faça as correções.

As cartas serão enviadas até o dia 1º somente para contribuintes que podem autorregularizar-se e evitar autuações futuras. Quem foi intimado ou notificado pela Receita Federal a prestar esclarecimentos não receberá a correspondência.

A correção pode ser feita por declaração retificadora, sem a necessidade de comparecimento a postos de atendimento da Receita. Para saber a situação perante o Fisco, o contribuinte pode consultar o extrato da declaração na página da Receita na internet. Basta clicar no menu “Onde Encontro?”, na opção “Extrato da DIRPF (Meu Imposto de Renda)”, utilizando código de acesso ou uma conta Gov.br.

Se a declaração estiver na malha fina, aparecerá uma mensagem de pendência, com orientações de como proceder no caso de erro ou divergência de informações. Caso a declaração retificadora não seja enviada, o contribuinte será formalmente intimado e estará sujeito a autuação fiscal e a cobrança de multas.

Após o recebimento da intimação, não será mais possível corrigir a declaração. Qualquer exigência de imposto pelo Fisco será acrescida de multa de ofício de pelo menos 75% do imposto não pago pelo contribuinte ou pago em valor menor do que o devido.

Cerca de 60 mil baianos ficaram retidos na malha fina do Imposto de Renda

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 02 out 2020

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é image-2.png

Nesta quinta-feira (1º), a Receita Federal informou que das 1.285.752 declarações do Imposto de Renda (IRPF) de 2020 recebidas na Bahia, 59.638 foram retidas em malha, após o fim do processamento.

Quando entram na malha fina, as declarações dos contribuintes ficam retidas para verificação de pendências e eventual correção dos erros. As restituições são pagas somente após a questão ter sido resolvida.

De acordo com a Receita, quem apresentou a declaração do IRPF 2020 e tem expectativa de receber restituição deve consultar o Extrato do Processamento da DIRPF, em “meu imposto de renda” através do site. Desse modo será possível saber se está tudo correto com a declaração apresentada ou se há alguma pendência e se a declaração foi retida na malha fina.

A retificação da declaração evita multa de ofício de 75% antes de uma eventual intimação e pode liberar a restituição se for o caso.

Mais de 700 mil contribuintes caíram na malha fina em 2019

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 12 dez 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner_e2_piscina-3.gif

A Receita Federal divulgou nesta semana um balanço com um total de 700.221 contribuintes caíram na malha fina do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Isso equivale a 2,13% das 32.931.145 declarações recebidas pelo Fisco neste ano.

Somente com a retificação das informações e correção das pendências, o contribuinte que caiu na malha fina terá a restituição liberada. Neste ano, segundo o Fisco, 74,9% das declarações retidas têm imposto a restituir, 22,4% têm imposto a pagar e 2,7% têm saldo zero.

Para regulariza a situação com o Fisco, o contribuinte deverá consultar o extrato do processamento da declaração no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) da Receita Federal para verificar a inconsistência. Ele deverá informar o código de acesso ou informar o certificado digital para entrar na página. Para gerar é preciso ter os números dos recibos das duas últimas declarações entregues.

Depois de constatar o problema, o contribuinte deve fazer a declaração retificadora, por meio do mesmo programa usado para enviar a declaração original. O programa pode ser baixado na página da Receita na internet.

Cerca de trinta e quatro mil contribuintes baianos cairão na malha fina

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Geral | Data: 10 dez 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Via-Bahia.png

Fonte:G1

Na Bahia, 33.859 declarações ficaram retidas na malha fina do Imposto de Renda 2019, conforme divulgou a Receita Federal na segunda-feira (9). As consultas ao último lote do IR foram abertas na segunda-feira e quem não estiver nesse lote, nem apareceu nos anteriores, está na manhã fina.

Quando entram na também chamada malha fiscal, as declarações dos contribuintes ficam retidas para que pendências sejam verificadas e que haja a correção dos erros. As restituições são pagas apenas após a questão ter sido resolvida. Além das declarações retidas, a Receita informou que serão creditadas restituições para 14.538 contribuintes baianos, totalizando o valor de R$ 31.398.148,28.

Para confirmar que está na malha fina, o motivo e o que fazer para resolver a pendência, o contribuinte deve fazer a verificação pelo serviço Meu Imposto de Renda da Receita Federal, no site da instituição. Para isso, é preciso gerar um código de acesso, a partir do número do CPF, data de nascimento e recibos de entrega das duas últimas declarações.

  • CLIQUE AQUI para consultar se você está no lote de restituição.

IR: mais de 5 mil empresas caem na malha fina

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 03 jun 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Da Redação

Entre março e maio deste ano, a Receita Federal identificou mais de R$ 1 bilhão em sonegação fiscal de empresas. No período, foram autuadas 5.241 empresas em todo o país por irregularidades no Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) do ano-calendário 2014.

O crédito tributário lançado, que inclui juros moratórios e multa de ofício de 75%, totalizou R$ 1.002.536.449,16. As irregularidades foram apuradas na Malha Fiscal Pessoa Jurídica.

O Orgão orienta as empresas com irregularidades no IRPJ e na CSLL dos anos-calendário seguintes a se autorregularizarem. Em junho de 2019, serão iniciadas as ações referentes ao ano-calendário 2015, com envio de cartas para mais de 14 mil empresas que apresentam inconsistências nos recolhimentos e declarações de IRPJ e CSLL de aproximadamente R$ 1,5 bilhão.

Consulta a lote da malha fina do IR é liberado pela Receita

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 08 maio 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é PEL-1.gif

Da Redação

Foi aberto nesta quarta-feira(08), pela Receita Federal, a consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física de maio. Ao todo, serão desembolsados R$ 260 milhões para 134.720 contribuintes que estavam na malha fina das declarações de 2008 a 2018, mas regularizaram as pendências com o Fisco.

A relação com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no próximo dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Consulta a lotes da malha fina do IR já podem ser realizadas

0

Publicado por Editor | Colocado em Geral | Data: 08 fev 2019

Tags:,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

A Receita Federal abriu na manhã desta sexta-feira (8), a consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física de fevereiro. Ao todo, serão desembolsados R$ 401 milhões para 142,6 mil contribuintes que estavam na malha fina das declarações de 2008 a 2018, mas regularizaram as pendências com o Fisco.

A relação com os nomes está disponível no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

As restituições terão correção de 5,68%, para o lote de 2018, a 107,8% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês.

Receita abre amanhã a consulta aos lotes da malha fina do IR

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil, Geral | Data: 07 fev 2019

Tags:, ,

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-candeias-premium.gif

A consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de fevereiro será aberto nesta sexta (08), pela Receita Federal. Ao todo, serão desembolsados R$ 401 milhões para 142,6 mil contribuintes que estavam na malha fina das declarações de 2008 a 2018, mas regularizaram as pendências com o Fisco.

A relação com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

As restituições terão correção de 5,68%, para o lote de 2018, a 107,8% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês. O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no próximo dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Receita Federal libera último lote de restituições do Imposto de Renda 2016

0

Publicado por Editor | Colocado em Economia | Data: 15 dez 2016

Tags:, , ,

Da Redação

O sétimo e último lote regular de restituições do Imposto de Renda 2016 e lotes residuais, de quem caiu na malha fina, de 2008 a 2015, foi liberado hoje pela Receita Federal. 1.717.596 contribuintes estão incluídos nesse lote, que totaliza R$ 2,5 bilhões em restituições.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte pode acessar a página da Receita Federal ou ligar para o Receitafone, pelo número 146, para se certificar da sua situação.  Já os contribuintes não relacionados deverão esperar a liberação de novos lotes residuais no próximo ano.

Mas para evitar cair na malha fina, consulte a página da Receita, serviço e-CAC, e verifique o extrato da declaração utilizando o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal. Depois de averiguar quais foram inconsistências encontradas na declaração do Imposto de Renda, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora e caso a situação seja resolvida, a restituição será incluída nos lotes residuais do Imposto de Renda.

Postos de combustíveis de Brumado e região são autuados por irregularidades

0

Publicado por Editor | Colocado em Sudoeste | Data: 27 jul 2016

Tags:, , , , ,

Da Redação

650x375_combustivel-gasolina-postos_1504138Sete postos de combustíveis nos municípios de Brumado, Malhada de Pedras, Livramento de Nossa Senhora e Dom Basílio foram autuados por cometer irregularidades. A ação foi resultado de uma força-tarefa de fiscalização de postos de gasolina realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Ibametro e a Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia.

A força-tarefa, que aconteceu de 19 a 21 de julho, interditou um posto por comercializar gasolina com teor de etanol anidro acima do limite permitido na legislação, que, atualmente, é de 27%, um posto revendedor de combustíveis sofreu interdição. Outros seis postos foram autuados por possuir painel de preços em desacordo com a legislação vigente e ausência de equipamento de análise da qualidade de combustíveis.

Na operação, também foram coletadas 32 amostras de combustível para análise em laboratório credenciado. No total, 31 postos revendedores de combustíveis nas cidades citadas foram fiscalizados.

Receita abre consulta a lote da malha fina do Imposto de Renda nesta sexta (8)

0

Publicado por Editor | Colocado em Brasil | Data: 07 abr 2016

Tags:, , ,

Da Redação*

leao-receita-federal-imposto-de-renda--q6a4n22164836-f2A Receita Federal abre nesta sexta (8) a consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de Janeiro. Ao todo, serão desembolsados R$ 91,1 milhões para declarações de 2008 a 2015.

A lista com os nomes dos contribuintes estará disponível a partir das 9 horas desta no site da Receita. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no próximo dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

*Com informações da Agência Brasil

Receita abre consulta a lote da malha fina do IR na segunda

0

Publicado por Roberto Silva | Colocado em Brasil, Economia | Data: 07 fev 2015

Tags:, ,

Agência Brasil

leao-receita-federal-imposto-de-renda--q6a4n22164836-f2A partir das 9h de segunda-feira, 9, 160.715 contribuintes saberão que foram excluídos da malha fina. A Receita Federal liberará a consulta aos lotes residuais do Imposto de Renda Pessoa Física das declarações de 2008 (ano-base 2007) a 2014 (ano-base 2013).

Ao todo, a Receita pagará R$ 300 milhões. As restituições terão correção de 9,11%, relativa às declarações de 2014, a 66,69%, para as declarações de 2008. Os índices equivalem à taxa Selic – juros básicos da economia – acumulada entre o mês de entrega da declaração até este mês.

…Leia na íntegra

50 mil baianos caem na malha fina do IR

0

Publicado por Editor | Colocado em Bahia, Economia | Data: 24 dez 2009

Tags:, , , ,

do A Tarde

Quase 50 mil baianos tiveram sua declaração de imposto de renda retida em malha fina em 2009. O número, divulgado nesta quarta, 23, pela Receita Federal, é equivalente a 4,8%, do um milhão de declarações retidas em todo o Brasil. Este é o maior número já registrado – desde 2005, quando começa a série histórica disponível no Fisco – e representa um aumento de 177% sobre 2008, quando 361.451 contribuintes ficaram retidos.

A principal causa das retenções, na Bahia, continua sendo a omissão de rendimentos recebidos de pessoas jurídicas, respondendo por cerca de 40% do total de declarações inscritas em malha. O critério “despesas médicas” representou 9% das declarações com problemas no Estado.

“Assim como no Brasil, o número de declarações retidas cresceu na aqui na Bahia, mas não nas mesmas proporções”, comentou o auditor da Receita e porta-voz do órgão no Estado, Demian Fagundes. O número foi 25% maior que em 2008, quando 22,2 mil contribuintes foram para a malha fina no Estado. Ainda assim, o percentual é muito menor que a evolução nacional, já que no País o volume praticamente triplicou neste mesmo período.

…Leia na íntegra